29 de janeiro de 2021

Lance Wallnau diz que foi nesta questão que os crentes erraram ao orar pela eleição presidencial dos EUA

 

Lance Wallnau diz que foi nesta questão que os crentes erraram ao orar pela eleição presidencial dos EUA

Shawn A. Akers

O professor de estratégia e consultor Lance Wallnau diz que o fundador do MorningStar Ministries, Rick Joyner, acertou em cheio ao descrever as orações de muitos cristãos durante a eleição presidencial americana de 2020.


 

Não é que os crentes não estivessem orando com fervor pelo então presidente Donald Trump e pelos EUA. É que suas orações não foram feitas com humildade e focadas na vontade de Deus.

“Eu estava ouvindo Rick Joyner recentemente, e Rick disse algo no sentido de que não demos a Deus a casa que ele queria,” disse Wallnau em um vídeo recente no Facebook. “E por esta razão, creio que não vimos prevalecer o sucesso que buscávamos.”

Ele também disse:

O Senhor falou a Rick sobre 2 Crônicas 7:14, que diz: “Se o meu povo, que é chamado pelo meu nome, se humilhar e orar, e buscar a minha face e deixar seus caminhos iníquos, então ouvirei do céu, e perdoarei seus pecados e sararei sua terra.” O Senhor disse a Rick que a maioria das orações feitas era por questões temporais. Eles não estavam buscando, de certo modo, a vinda do Reino; eles estavam orando por uma eleição, uma intervenção temporária de Deus, não o Reino. Poucos se humilharam e menos ainda estavam buscando Sua face.

Não sei se estávamos buscando Sua face, ou seja, buscando independentemente da eleição, independentemente da conquista socialista dos EUA. Não deveríamos estar orando apenas para obter um resultado na eleição, mas apenas para buscar Sua vontade, Seu coração, Seu desejo, Sua presença e Sua comunhão.

O Senhor disse: “Há muita oração, mas poucos estão se humilhando, e menos ainda estavam deixando seus maus caminhos… Nem mesmo sabemos o que está entristecendo Seu Espírito. Muitas pessoas estavam buscando um resultado, mas elas não estavam buscando Sua face.”

Apesar do fato de que o presidente Joe Biden agora preside na Casa Branca, Wallnau acredita que Deus ainda tem um plano para os Estados Unidos.

“Deus ainda não terminou,” disse Wallnau. “Os propósitos de Deus serão realizados. Talvez isso aconteça agora porque não temos Donald Trump como nosso Máximo na arena lutando por nós. Eu acredito que o que estamos experimentando é uma disciplina. O juízo começa na casa de Deus. Talvez estejamos passando por um pequeno ajuste agora. Sua disciplina não é para nossa destruição, mas com o propósito de nos tornar os vasos de libertação para esta nação. Como Paulo, podemos estar lá na tempestade e transformar essa circunstância em uma ocasião para aquele despertamento e visão de Deus. A unidade de Deus é inegociável e vamos entrar nessa unidade, mas precisamos lembrar que a humildade é o pré-requisito dessa unidade.”

Traduzido por Julio Severo do original em inglês da revista Charisma: Lance Wallnau Says This Is Where Believers Went Wrong in Praying for the Election

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

Reeleição de Trump: As profecias evangélicas falharam

Julio Severo busca mover os cristãos a orações diárias com “Prophetic Prayers” (Orações Proféticas)

3 comentários :

joao disse...

Mais o tramp ganhou o que aconteceu que teve manipulação roubo

Renan disse...

Esse Lance Wallnau já conseguiu mostrar que é un falso próféta e agora esta qrendo achar desculpa para uma profecia que náo aconteceu. Porque todos esses que profetizaram mentiras, sobre Trump que seria reeleito, náo se arrependem publicamente e peçam misericordia a Deus por muitos cristaos que tropecaram por escutar esses ditos prófétas!!!

Thel disse...

Vários falsos profetas "profetizaram" a reeleição de Trump e falharam miseravelmente. Teve um, que eu até sigo o canal no YouTube, que desativou os comentários, mas sequer pediu desculpas pelas mentiras.