15 de dezembro de 2020

Natal de 2020: Conflito na Terra e má vontade entre os homens

 

Natal de 2020: Conflito na Terra e má vontade entre os homens

Scott Lively

Ao contrário da tradição do feriado de Natal, o próprio Jesus disse em Mateus 10:34: “Não pense que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.” A noção de que Jesus veio para estabelecer a paz mundial (antes do Reino Milenar) é, na verdade, uma deturpação da história do Natal contada em Lucas. O que o anjo de Deus realmente disse sobre o nascimento de Jesus foi o seguinte: “Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens sobre os quais repousa o seu favor!” (ênfase minha). A frase final é um qualificador, como a promessa condicional de Romanos 8:28 de que Ele fará todas as coisas cooperarem para o bem daqueles (e somente daqueles) que O amam e são chamados de acordo com Seu propósito. Somente homens e mulheres em quem repousa o favor de Deus merecem paz. E até que Ele retorne para estabelecer o “Dia” do Sábado de mil anos na terra (o Reino Milenar), haverá e deve haver conflito entre aqueles em quem Seu favor repousa e aqueles que O desafiam.



Esse conflito existe para o benefício dos perdidos, já que o diabo quer que eles se sintam à vontade, sem fazer nada e sejam indiferentes em questões espirituais, porque eles pertencem a ele por direito sob a maldição de Adão e permanecerão seus escravos condenados ao Inferno, a menos que se arrependam e aceitem voluntariamente o presente gratuito da salvação em Cristo de acordo com João 3:18 (embora meus amigos calvinistas possam ter dificuldades com a palavra “voluntariamente” nessa frase, e meus amigos judeus ortodoxos possam se submeter a seu prazo, o qual nossa Bíblia cristã estabelece em Romanos 11 — o fim da “era dos gentios”). Somente quando os perdidos forem confrontados com a realidade de que Deus criou a humanidade para o Seu plano e propósito é que se tornará possível que escamas caiam de seus olhos, permitindo-lhes ver e compreender a VERDADE.

Somente os iluminados podem reconhecer o grande tumulto cíclico da história humana, aumentando e diminuindo de estação em estação e desde os vales até as montanhas, como uma performance dramática contínua de Sua História: um espetáculo interativo fascinante que exige nossa atenção e nos força a tomar partido na batalha incessante do bem e do mal; um filme 4-D ininterrupto no qual todos nós somos público e atores no glorioso teatro de Sua Criação, que geme em antecipação ao crescendo em direção ao qual se constrói: o breve retorno do Messias.

Somos exortados a “lutar zelosamente pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Judas 1: 7) e instruídos por Jesus tanto para cumprir a Grande Comissão (Mateus 28: 16-20) quanto para “ocupar até que eu venha” (Lucas 19:13).

Em minha teologia de “Cristianismo Bíblico Integral,” todos os ensinamentos e recursos do Antigo Testamento (temperados pelo Novo Testamento em questões de vida da igreja e moralidade pessoal) servem à Causa de Cristo hoje e impõem o dever de sermos ativos administradores de TODAS as esferas da sociedade — inclusive a social, política, comercial e cultural.

Para ler o restante do artigo em inglês, clique aqui.

Traduzido por Julio Severo do original em inglês do WND (WorldNetDaily): Christmas 2020: Conflict on Earth and ill will among men

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

Pastora de extrema esquerda diz que o Natal é sobre uma mulher liderando uma revolução feminista

O sacrifício do Natal

“No começo… Deus”: esta mensagem de Natal da NASA ainda ressoa 50 anos depois da Apollo 8

O Nascimento de Jesus

Natal é o Aniversário de Jesus

Mensagens especiais de Natal

Um presente de Natal contra o Natal: Folha de S. Paulo retrata Maria como mulher preocupada com a causa palestina

Um triste cenário de fundo para o Natal

O significado do Natal e a longa linhagem de famílias naturais que trouxe Jesus Cristo

Jesus é a pessoa mais famosa da história

O Aniversariante de 25 de dezembro

Natal: Mensagem de Julio Severo

Milagre no Natal: pai atribui à mão de Deus a volta à vida de esposa e bebê

Especial de Natal com Michael Sweet

Dá para haver “Paz na Terra” quando não há “Paz no Útero”?

O avarento Scrooge era esquerdista

Celebrando a “condescendência” de Jesus

Nenhum comentário :