21 de outubro de 2020

Um Império Lançado por Socialistas dos EUA

 

Um Império Lançado por Socialistas dos EUA

Julio Severo

A 2ª Guerra Mundial estava começando e, por razões patrióticas e conservadoras, os republicanos americanos não queriam nenhum envolvimento de sua nação com problemas externos, mas o presidente Franklin Delano Roosevelt e seu Partido Democrata estavam desesperados para envolver os Estados Unidos nessa guerra sangrenta.

Franklin Delano Roosevelt e Josef Stalin

Os republicanos achavam que os Estados Unidos deveriam cuidar de seus próprios problemas nacionais e deixar que outras nações cuidassem de seus próprios problemas. E há escritores americanos que pensam que o ataque a Pearl Harbor foi permitido por Roosevelt para “forçar” os EUA a entrar na guerra. Funcionou. Os conservadores republicanos fizeram exatamente o que o socialista Roosevelt queria.

Contudo, Roosevelt estava olhando não apenas para a guerra, mas também para maneiras de usá-la para fazer avançar seu projeto pessoal de uma organização global governando o mundo — a ONU.

Roosevelt era um socialista muito diferente dos socialistas do moderno Partido Democrata. Seus discursos neoconservadores tinham muitas palavras de patriotismo, Deus, orações, etc. Ele parecia muito mais conservador do que os conservadores republicanos modernos, embora seu conservadorismo fosse puramente estratégico. Mas seu sonho de uma ONU foi realizado — com ditaduras sangrentas como a União Soviética e a China obtendo assentos permanentes, por cortesia dos Estados Unidos.

Em seu livro “New World Order The Ancient Plan of Secret Societies” (Nova Ordem Mundial, o Plano Antigo das Sociedades Secretas), o autor William T. Still disse:

“O apoio às sociedades secretas e ao marxismo está na família de FDR [Franklin Delano Roosevelt]. Seu ancestral, Clinton B. Roosevelt, um deputado de Nova Iorque, foi um famoso socialista americano. Ele escreveu The Science of Government Founded on Natural Law (A ciência do governo baseada no direito natural), onde ele esboçou seu plano para estabelecer um governo mundial.”

Still mostrou que em seu livro, Clinton B. Roosevelt disse:

“Não existe nenhum Deus de justiça para ajustar as coisas na terra; se existe um Deus, ele é um ser malicioso e vingativo, que nos criou para a miséria.”

Still disse que “a política de empréstimos de Roosevelt do início da década de 1940” para ajudar os soviéticos a enfrentar os nazistas “reconstruiu a máquina de guerra soviética na força dominante.”

Portanto, a primeira intervenção importante do império neocon americano na grande guerra mundial ajudou o império comunista — a União Soviética. E sempre que o império neocon americano faz suas intervenções militares, ele fortalece o socialismo e o islamismo.

Como um projeto socialista da mente neoconservadora de Roosevelt, a ONU tem também sido fundamental para a expansão do socialismo e do islamismo.

Embora os conservadores modernos não tenham dificuldade em ver a ONU como socialista, muitos deles, talvez influenciados pelos neocons, têm muita dificuldade em ver que o papel de um império que os Estados Unidos desempenham hoje foi consagrado e “patriotizado” por Roosevelt na 2ª Guerra Mundial.

O sonho socialista de Roosevelt criou a ONU e deu aos Estados Unidos sua vocação de império. Hoje, os Estados Unidos têm mais de 800 bases militares em todo o mundo. Não chamar isso de império é negar a própria realidade.

É uma contradição e uma vergonha que uma nação com milhares de soldados em outras nações não seja capaz de proteger suas próprias fronteiras, que estão abertas aos traficantes de drogas e seres humanos.

Então Roosevelt forçou os EUA a entrar em uma guerra sangrenta na qual os conservadores republicanos e patrióticos não queriam entrar.

Ele criou uma organização global de defesa dos direitos humanos, concedendo assentos permanentes a ditaduras sangrentas que violavam sistematicamente esses direitos.

E ele tirou os EUA de sua esfera patriótica e nacional para colocá-los na órbita de um império.

Hoje, esquecendo seus sentimentos patrióticos do passado, muitos republicanos se juntaram aos acampamentos neocons e se um Roosevelt moderno quisesse entrar em qualquer guerra, os republicanos o ajudariam com entusiasmo, sem a necessidade de uma Pearl Harbor. O patriotismo foi derrotado pelo neoconservadorismo.

A ONU socialista deve gratidão ao socialista Roosevelt.

A América neocon deve gratidão ao socialista Roosevelt.

Se a América é hoje um império com mais de 800 bases militares em todo o mundo, ela deve gratidão aos socialistas americanos.

Não são apenas os conservadores que se confundem com a natureza socialista e conservadora da América moderna. Socialistas em todo o mundo costumam acusar os Estados Unidos de ser um império capitalista sem perceberem que o papel da América como império é uma tragédia criada pelos próprios socialistas.

Portanto, quando os conservadores republicanos embelezam seus discursos com muitas palavras de patriotismo, Deus e orações para desculpar o intervencionismo militar e guerras em outras nações, eles não estão fazendo nada que um democrata astuto não poderia fazer. Roosevelt é apenas um exemplo.

A América cumprindo uma missão neocon e imperialista de intervenções militares e guerras sem fim apenas mostra que Roosevelt e o socialismo colocaram a natureza ideológica da América em um estado de confusão moral e espiritual total.

Versão em inglês deste artigo: An Empire Launched by U.S. Socialists

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

A força transcendente do neoconservadorismo na mídia e entre esquerdistas e direitistas dos EUA

O que é neoconservadorismo? Quem são os neocons?

Babilônia conservadora em “Perseguição”: Televangelista híbrido cai em armação de neocon pagão, e o “evangelho” da liberdade de expressão, do patriotismo ou igualdade substituindo o Evangelho de Jesus Cristo

Deus é bom para Israel: Como a Providência impediu Franklin Roosevelt de impedir o nascimento do moderno Estado de Israel

Mike Pompeo: O comunismo chinês é “a ameaça central dos nossos tempos”

Destino Manifesto na Bíblia? Os EUA São a Babilônia Moderna, Disse David Wilkerson

Nenhum comentário :