27 de abril de 2019

GospelPrime e ocultistas apoiando e sendo exaltados por Putin, Bolsonaro e Feliciano


GospelPrime e ocultistas apoiando e sendo exaltados por Putin, Bolsonaro e Feliciano

Julio Severo
Numa reportagem intitulada “Bruxas apoiam Vladimir Putin com rituais e preces políticas,” o GospelPrime, que é o maior portal evangélico do Brasil, informou sobre bruxas na Rússia apoiando o presidente Vladimir Putin, que não foi até elas nem para dar nem pedir apoio.
As bruxas demonstraram apoio politicamente interesseiro para evitar perseguição religiosa — não diferente de pastores brasileiros que apoiam políticos para não perder concessões de rádio e TV. Não se sabe se elas conseguirão evitar perseguição dando apoio no cenário da Rússia que está politicamente dominada pela Igreja Cristã Ortodoxa. Mas o que se sabe é que em nenhum momento Putin lhes deu apoio nem disse que elas foram importantes para a eleição dele.
De fato, o GospelPrime reconheceu que Putin não tem envolvimento ocultista ao dizer: “Putin mantém proximidade com líderes da Igreja Ortodoxa Russa e nunca demonstrou inclinações a práticas ocultistas.” Apesar disso, a matéria deixa no ar um clima de que pode haver algo comprometedor quando bruxas apoiam um político.
Minha questão é: Por que o GospelPrime se preocupa com questões de bruxaria lá longe quando essas mesmas questões existem no Brasil? Embora reconhecidamente a eleição de Bolsonaro tenha sido graças predominantemente aos evangélicos, o próprio Bolsonaro tem dado reconhecimento prioritário a um ocultista, o astrólogo Olavo de Carvalho, que é considerado seu Rasputin.
Uma coisa é o astrólogo e outros ocultistas apoiarem Bolsonaro, e isso de fato aconteceu. Há até pais-de-santo que apoiam Bolsonaro, que não tem culpa nenhuma de quem o apoia. Mas outra coisa bem diferente é ele apoiar ocultistas. A partir do momento em que ele engrandece um ocultista — que aconteceu abundantemente no caso do astrólogo —, aí está o grande problema.
O ocultismo de Carvalho não é menos perigoso do que outras bruxarias. Ele está há décadas envolvido com o ocultismo guenoniano, que o despertou para seu alegado antimarxismo, pois a natureza do ocultismo guenoniano é essencialmente antimarxista. Outros ocultistas guenonianos, inclusive Steve Bannon e Wolfgang Smith, também louvam Carvalho.
Indivíduos afetados pelo ocultismo guenoniano de Carvalho espelham as mesmas inclinações guenonianas. Por exemplo, o ministro das relações Exteriores Ernesto Araújo, indicado por ele, já admitiu que seu conservadorismo tem inspiração no ocultista islâmico René Guénon e seu discípulo mais importante, Julius Evola, cujas obras inspiraram o nazismo. Evola escreveu manuais promovendo bruxaria e direitismo. Araújo teve toda essa influência guenoniana como aluno de Carvalho.
Tal como Bolsonaro, Araújo exaltou Carvalho várias vezes. Se Putin, que não exaltou uma única vez as bruxas que o apoiaram, está numa situação comprometedora, que situação estão Bolsonaro e Araújo, que são apoiados pelo ocultista Carvalho, que foi exaltado várias vezes por eles?
Por falar em Araújo, o GospelPrime publicou vários artigos elogiosos sobre ele, sem mencionar uma única vez a ligação do “conservadorismo” dele com Guénon e Evola. Por que esconder isso do público evangélico quando o GospelPrime é uma mídia evangélica que deveria alertar o povo evangélico, que pode orar quando é informado de problemas e perigos? Como o povo evangélico poderá orar por Araújo se o GospelPrime não mostra a verdade? Pelo contrário, o GospelPrime o apresentou como “cristão praticante,” como se fosse possível seguir o Cristianismo e Guénon, que era assumidamente ocultista.
Se o GospelPrime não quer tratar da questão do ocultismo na política brasileira, então por que não trata dessa questão pelo menos na Igreja Evangélica? O pastor assembleiano Marco Feliciano fez uma romaria recente à casa do astrólogo Olavo, não para lhe pregar o Evangelho e muito menos para expulsar demônios. Foi para engrandecê-lo e para incentivar os evangélicos a se unir ao astrólogo.
O GospelPrime não deu um pio sobre a romaria de Feliciano, que se tornou um olavete fanático ao ponto de exaltar um ocultista na tribuna do Congresso Nacional, chamando-o de “profeta.” Se Putin tivesse chamado as bruxas russas de profetisas, o GospelPrime o teria chamado acertadamente de anticristo. O que isso mostra? Que Feliciano e Bolsonaro têm permissão para exaltar ocultistas e Putin não?
Se Putin tivesse feito uma romaria até às bruxas para engrandecê-las, o GospelPrime com toda a razão noticiaria que o presidente russo está envolvido em satanismo. Por que então o GospelPrime, que regularmente dá notícias positivas sobre Feliciano, não disse uma única palavra contra a romaria dele a um ocultista? Por que não sugerir que ele está envolvido com ocultismo? Se o GospelPrime pode fazer inúmeras reportagens elogiosas ao Feliciano, por que não uma só tocando no seu “deslize” ocultista?
O próprio Pr. Silas Malafaia, hoje o maior líder evangélico do Brasil e responsável por liderar milhões de evangélicos a votar em Bolsonaro, já chamou Feliciano de olavete e seu mestre de guru e astrólogo. Feliciano evidentemente rejeita a classificação de guru e astrólogo para Carvalho. O GospelPrime também parece rejeitar, pois só o chama de “filósofo.” Isso é dois pesos e duas medidas.
Por Feliciano ser pastor assembleiano, a mesma denominação do dono do GospelPrime, a responsabilidade em expor o elogio de um pastor a um ocultista deveria ser muito maior do que de expor um presidente sendo elogiado por ocultistas.
Ora, nem Putin, nem Bolsonaro e nem Feliciano têm culpa se bruxas, pais-de-santo, ocultistas e astrólogos os apoiam. Mas a partir do momento em que eles elogiam, exaltam, bajulam e engrandecem bruxas, pais-de-santo, ocultistas e astrólogos, aí está o grande problema.
Eu nunca cheguei ao ponto de chamar Putin de “cristão praticante” — título imerecido que o GospelPrime deu ao guenoniano Ernesto Araújo. Não considero de forma alguma Putin um homem verdadeiramente cristão nem convertido ao Evangelho. Mas enquanto Bolsonaro e Feliciano caíram no erro de exaltar ocultistas que os apoiaram, Putin pelo menos não caiu no erro de exaltar as bruxas que o apoiaram.
Fica então a lição: se Putin não exaltou, por que Bolsonaro e Feliciano exaltaram?
Se o GospelPrime pôde tratar de bruxas apoiando e não sendo exaltadas por Putin, por que não tratar também de ocultistas apoiando e sendo exaltados por Bolsonaro e Feliciano?
Deixo então uma dica cristã para a grande mídia evangélica: o GospelPrime deveria tratar do envolvimento de Bolsonaro e principalmente Feliciano com ocultistas. Essa dica é especialmente necessária depois do meu alerta sobre olavetes usando o GospelPrime para alcançar os evangélicos.
É triste demais que um pastor assembleiano faça uma longa viagem do Brasil aos Estados Unidos para bajular um ocultista e dar falso testemunho dele entre os evangélicos, apresentando-o como “amigo dos evangélicos” quando as declarações escritas e gravadas dele mostram muito claramente que ele é inimigo dos evangélicos.
Se o GospelPrime, que é uma grande mídia, não agir para alertar, ficará no ar um clima falso de que realmente o ocultista é amigo dos evangélicos, e mais pastores poderão se tornar tão fanáticos e irracionais quanto Feliciano, fazendo romarias aos Estados Unidos para prestar honra a um astrólogo quando poderiam visitar milhares de excelentes líderes evangélicos conservadores americanos que têm um exemplo muito melhor de conservadorismo.
Leitura recomendada sobre Marco Feliciano:
Leitura recomendada evangélicos, conservadorismo e Bolsonaro:
Leitura recomendada sobre o GospelPrime e olavetes:

Um comentário :

ChristopherFrancini disse...

A paz irmão Julio... Não quero mais saber sobre o Gospel Prime... Pois muitas de suas enquetes eles só visam coisas ruins dos pentecostais, e varias de seus estudos bíblicos, são contra manifestações do Espirito... Um dia postei falando, que nunca vi eles debatendo, contra as heresias de Caio Fabio, nunca vi eles falando mau da TMI... Mas quase toda semana, tem um artigo, pontuando algum erro dos pentecostais... Não sou pentecostal, não me denomino nada disso, creio nos dons, e creio em apóstolos nos dias de hoje, mas esse site, infelizmente, não edifica nada, apenas traz polemica e divisão...