17 de outubro de 2018

Com 100 tribunais da lei islâmica e 423 novas mesquitas, Londres é mais islâmica do que muitos países muçulmanos


Com 100 tribunais da lei islâmica e 423 novas mesquitas, Londres é mais islâmica do que muitos países muçulmanos

Ronoc R
Mesquitas estão surgindo em toda a Grã-Bretanha, especialmente em sua capital, Londres. Tribunais da lei islâmica estão em pleno funcionamento em Londres, dando decisões reais para a crescente população muçulmana de Londres.
“Londres é mais islâmica do que muitos países muçulmanos juntos,” o pregador islâmico Maulana Syed Raza Rizvi disse à imprensa local.
Igrejas ainda superam as mesquitas na Grã-Bretanha, mas há muitas mesquitas que estão ficando superlotadas. Cinco anos atrás, o jornal Daily Mail publicou fotos de igrejas e mesquitas em Londres. A diferença era surpreendente.
A Igreja de Santa Maria tinha apenas 12 pessoas participando da missa, enquanto perto a mesquita Brune Street Estate estava lotada com mais de 100 muçulmanos.
Desde 2001, 500 igrejas de Londres de todas as denominações foram transformadas em casas particulares. Enquanto isso acontecia, mesquitas foram surgindo em toda Londres. De 2012 a 2014, o número de britânicos identificados como muçulmanos cresceu para mais de um milhão.
Freqüentadores regulares de igreja estão diminuindo num índice que, dentro de uma geração, terá um número três vezes menor do que o dos muçulmanos que vão regularmente a uma mesquita na sexta-feira.
Na Grã-Bretanha, estima-se que até 2020 os muçulmanos que vão a uma mesquita regularmente superarão os cristãos que vão à igreja.
Agora existem oficialmente 100 tribunais da lei islâmica em Londres. A autorização para esses sistemas de justiça que funcionam em paralelo com os tribunais britânicos está preocupando muito os britânicos. Agora, é totalmente legal para os tribunais da lei islâmica operar na Grã-Bretanha graças à Lei de Arbitragem Britânica e ao sistema de Resolução Alternativa de Litígios.
À medida que Londres se torna mais islâmica, você pode se perguntar quando eles darão a Londres o nome de “Londristão.” Olha, isso pode não ser tão longe assim.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do site Voz da Europa: With 100 Sharia courts and 423 new mosques London is more Islamic than many Muslim countries
Leitura recomendada sobre islamismo:
Leitura recomendada sobre islamismo na Inglaterra:

2 comentários :

Daniel Liu disse...

Como que Anglicismo é uma fé sem reavivamento, ela está condenada à queda mesmo, acredito que nem o Islã poderá segurar a chegada dos cristãos reavivados e cheio do poder! Amém!

É claro, os britânicos devem mudar as leis e não permitir que esses imigrantes muçulmanos virem cidadãos e comecem a influenciar as decisões políticas. Essa mudança deve ser já! Já basta o atual prefeito...

É necessário montar uma rede de evangelização para esses povos europeus e não europeus dentro da Europa. E fazer muita expulsão de demônios, principalmente em turcos, mas acredito também que deve ser a maioria dos adeptos dessa religião também são muito influenciados por espíritos malignos.

Contam que quando você entra nos países deles, você sente um clima pesado e triste, mesmo nos locais mais turísticos.

Unknown disse...

Um horror para o futuro próximo!! Isso é resultado do desarmamento espiritual da igreja ocidental, teremos que evangelizar os paises que nos evangelizaram...