24 de setembro de 2018

O que o Observatório da Direita, da entidade esquerdista americana People for the American Way, tem contra mim?


O que o Observatório da Direita, da entidade esquerdista americana People for the American Way, tem contra mim?

Julio Severo
O Observatório da Direita (em inglês, Right Wing Watch), uma grande organização socialista dos EUA, tem por diversas vezes, desde 2014 (veja: “Crítica esquerdista perturbada de People for the American contra um conservador brasileiro”), colocado na lista negra meus artigos publicados no portal conservador americano BarbWire, e tem exposto-os para sua audiência esquerdista nos EUA por opiniões politicamente incorretas.
Muitos nomes conservadores proeminentes dos EUA estão na lista negra do Observatório da Direita. Meu lugar na lista deles está aqui.
Meu artigo do BarbWire mais recente colocado na lista negra do Observatório da Direita tem o título de “The Transcendent Power of Neoconservatism in the U.S. Media and among Left-Wingers and Right-Wingers” (cuja versão em português é “A força transcendente do neoconservadorismo na mídia e entre esquerdistas e direitistas dos EUA”). O Observatório da Direita disse em 21 de setembro de 2018:
 “Finalmente, Julio Severo lamenta que ‘Infelizmente, [John] McCain não foi morto em uma das muitas guerras que ele ajudou a provocar. Mas muitos cristãos morreram.’”
Curiosamente, o Observatório da Direita está se condoendo por um belicista do Partido Republicano. Tal defesa confirma meu argumento de que os esquerdistas e os direitistas americanos estão unidos sob a ideologia neocon. McCain ajudou a provocar muitas guerras que deixaram um número incontável de cristãos estuprados, torturados e massacrados. Se pessoas inocentes sofreram por causa dos pecados ele, por que ele não poderia sofrer por seus próprios pecados?
Dá para imaginar membros esquerdistas do Partido Democrático amando um membro supostamente direitista do Partido Republicano? Os esquerdistas, inclusive Obama, adoravam McCain.
Por que o Observatório da Direita não acha que o neoconservadorismo é uma ameaça e expõe meu ataque a ele?
Em um tuíte de 21 de setembro de 2018, o Observatório da Direita disse: “Bônus: Alex Jones banido do PayPal, ‘Não é de forma alguma um elogio,’ e o lamento de Julio Severo.” Um canal de esquerda lamenta que eu não lamentei a morte de um neocon, mas na verdade lamento que milhares de cristãos morreram como resultado do belicismo dele.
Eu respondi por tte:
“Afinal, o que o Observatório da Direita tem contra mim e outros conservadores? Você é um Golias de esquerda bem financiado, e eu sou apenas um pequeno Davi nas mãos de Deus. Que Deus livre você da sua ilusão esquerdista.”
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, Family Research Council (Conselho de Pesquisa da Família), Steve Strang (da revista Charisma), Fay Voshell (de LifeSiteNews) e Alex Jones (de InfoWars) apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Esse não foi meu único artigo colocado por eles em sua lista negra. Meses atrás, eles colocaram na lista negra “Religious Exemption: How Homosexuality Is Transforming U.S. Christianity into a Ghetto” (cuja versão em português é “Isenção religiosa: como o homossexualismo está transformando o Cristianismo dos EUA num gueto”). O Observatório da Direita disse em 8 de junho de 2018:
Julio Severo está menos impressionado com a decisão do Masterpiece Cakeshop: “Na década de 1980, os evangélicos conservadores dos EUA lutaram contra a sodomia. Em seguida, contra o ‘casamento’ gay no final da década de 1990 e 2000. Agora eles só lutam pela isenção religiosa. Em seguida, eles estarão vivendo em um gueto ou na cadeia? É isso que eles interpretam como ‘vitória’?”
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, Linda Harvey, Lee Duigon e os Ministérios Kenneth Copeland apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Em 15 de junho de 2018, O Observatório da Direita disse:
Julio Severo também não é fã do Mês do Orgulho Gay: “Ninguém se orgulha de um grupo de adoradores de sexo anal celebrando o sexo homossexual!”
O texto completo em português está aqui: Google impõe propaganda de “orgulho” homossexual nos usuários.
Como eu poderia ser fã de um mês que celebra orgulho em atos sexuais anal considerados como perversão por Deus na Bíblia?
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, Tucker Carlson, David Limbaugh e Judson Phillips apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Não apenas o Observatório da Direita reclamou da minha postura conservadora contra o Mês do Orgulho Gay, mas o site ativista LGBTQ Nation, em um artigo intitulado “Aqui estão algumas das coisas horríveis que ‘cristãos amorosos’ estão dizendo sobre o Orgulho Gay deste ano,” disse:
Julio Severo, escrevendo no Barbwire, um site conservador de direita dirigido por Matt Barber, compartilhou opiniões semelhantes. Severo expressou sua frustração com o Google mostrando seu apoio ao Mês do Orgulho Gay em seu próprio site.
“Eu estava pesquisando no Google na semana passada quando a página do Google relampejou no meu rosto: ‘Celebrate Pride Month’ #ThisIsFamily. Tradução: ‘Celebre o Mês do Orgulho’ #IstoÉFamília,” disse Severo.
O site apresentava três emojis de bandeiras no pequeno aviso na parte inferior de sua página principal, com bandeiras do orgulho transgêneros e bissexual ao lado da bandeira do arco-íris clássico.
“Um mês inteiro para celebrar… o sexo homossexual pervertido e perverter o significado de família para o benefício da agenda homossexual,” declara Severo. “O Google não pode dedicar um mês inteiro para a comemoração da família natural?”
Ele continua: “Pessoas normais não têm orgulho do sexo anal. Elas têm orgulho da família natural: um homem, uma mulher e filhos. Ninguém se orgulha de um grupo de adoradores de sexo anal celebrando o sexo homossexual!”
No entanto, LGBTQ Nation se esqueceu de mencionar isso no contexto que coloquei: Neoconservadorismo.
É dever do governo dos EUA intervir contra ameaças à sua segurança nacional. A família não é tal questão de segurança nacional?
O Google sugeriu que o orgulho no sexo anal é “família.” Os fundadores dos Estados Unidos viam os adoradores do sexo anal como “família”? Eles eram adoradores de depravações homossexuais? Eles defendiam que o orgulho do sexo homossexual representa a família? Então, por que o governo dos EUA não faz nada para impedir essa profanação de seu recurso nacional mais importante, a família?
Por ameaças menores, os EUA intervêm militarmente nos assuntos de outras nações. Por que não uma intervenção militar também no Google?
Se os EUA podem enviar tropas para nações distantes para resolver questões sem relação com a segurança nacional americana, por que os EUA não podem enviar suas tropas para a sede do Google e suspender seus abusos contra seus usuários e a família americana?
Abandonar a própria família para se intrometer em assuntos de nações longínquas não é patriotismo. É trair os valores mais importantes de uma pátria.
Por que travar guerras estúpidas em nações longínquas se os EUA não conseguem travar a guerra mais importante em seu próprio território e proteger a integridade da família contra empresas gananciosas que têm ultrapassado seus limites?
Se o governo dos EUA não pode intervir no Google, por que intervir em nações distantes? O petróleo é mais importante do que a família? Proteger e armar pesadamente a ditadura islâmica da Arábia Saudita é mais importante do que proteger a família?
No entanto, como o governo dos EUA pode intervir no Google se o seu próprio Departamento de Estado, liderado por um cristão evangélico, também declarou junho como o Mês do Orgulho LGBTI?
Em 4 de janeiro de 2018, O Observatório da Direita disse:
Julio Severo está muito transtornado que Trump reconheceu Kwanzaa: “Não há dúvida de que o FBI criou uma criatura marxista bastante estúpida. Por que celebrá-la?”
Por que o Observatório da Direita quer defender Trump, que é um evangélico, em sua atitude não conservadoras de reconhecer um feriado marxista? Especificamente, por que essa poderosa organização esquerdista quer defender Trump de um evangélico conservador brasileiro? Para entender a razão por que achei errado Trump celebrar um feriado marxista, leia meu artigo: “Trump deseja Feliz… Kwanzaa, por amor à ideologia politicamente correta.”
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, Ann Coulter e a neopentecostal Paula White apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Outros líderes conservadores proeminentes frequentemente atacados pelo Observatório da Direita são: Scott Lively, Pat Robertson, Peter LaBarbera, Tony Perkins, Matt Barber, Linda Harvey, Bill Federer, Michael Savage, Joseph Farah, Jerry Falwell Jr., Jane Chastain, Erik Rush, Bryan Fischer, Michele Bachmann, James Dobson, Dinesh D’Souza, Barbara Simpson, Mat Staver, Cindy Jacobs, Lou Engle, Lance Wallnau, Rick Joyner, David Horowitz, Larry Klayman e muitos outros.
O que o Observatório da Direita, cujo dono é a entidade People for the American Way, quer?
De acordo com o WND, um dos maiores sites conservadores do mundo, People for the American Way (PFAW) é “uma organização socialista ateísta que, por meio de publicações como seu ‘Right Wing Watch’ [Observatório da Direita] se dedica à destruição dos conservadores em geral.” 
De acordo com seu site, o Observatório da Direita tem uma missão especial de atacar conservadores que se opõem à agenda gay, ao aborto e à ideologia muçulmana.
O que os conservadores americanos dizem sobre o Observatório da Direita?
Pat Robertson, do Clube 700, disse: “Uma organização nojenta.”
Peter LaBarbera, da entidade Americanos pela Verdade da Homossexualidade, disse: “Deveriam chamá-los de Povo pelo Jeito Homossexual.”
Matt Barber, fundador do portal conservador BarbWire, disse: “Uma agenda secularista radical… uma agenda socialista… promovendo a cultura da morte.”
Por que o Observatório da Direita tem focado nos meus artigos?
Qual é a intenção deles?
Em 2011, o WND havia feito uma reportagem (a versão em português está neste link) sobre a monitoração do Ministério de Segurança Nacional dos EUA contra meu blog. Qual era a intenção deles?
No mesmo ano, o WND fez uma reportagem, que se tornou manchete (a versão em português está neste link), sobre o PayPal cortando minha conta depois da campanha de uma organização homossexual nos EUA.
Por que o Golias (Observatório da Direita, Ministério de Segurança Nacional dos EUA, etc.) monitora e se preocupa com um pequeno Davi?
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo:
Leitura recomendada sobre censura do Facebook:
Outra leitura recomendada:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Esta seção é moderada conforme opção democrática do Blogger para limitar excessos e outros tipos de interferência na interação do público com este blog. Portanto, todas as opiniões, comentários e textos estão sujeitos à avaliação do moderador. Manifestações insensatas, tolas, ridículas e desrespeitosas não são bem-vindas neste blog. Opiniões sensatas são mais que bem-vindas. Aos que querem fazer cobranças neste espaço, é imprescindível a apresentação do perfil oficial. O moderador se reserva o direito de publicar ou não comentários de questionadores anônimos, sem nenhuma identificação válida e verificável.