17 de novembro de 2009

Enquete do Senado: Vote hoje!

Enquete do Senado: Vote hoje!

Vote e divulgue esta mensagem a todos os seus amigos para que votem "não" ao PLC 122/2006 em enquete do Senado

Julio Severo

Parece muito mais do que coincidência que, no mês de novembro quando a senadora petista Fátima Cleide está determinada a avançar o PLC 122/2006 custe o quanto custar ao Brasil, o Senado faz vista grossa às manobras dela, anula resultados da enquete anterior favoráveis aos sentimentos da própria população brasileira e refaz uma enquete que, do ponto de vista técnico, é uma grande furada.

Fico me perguntando se o Senado é alguma redoma, onde os senadores se isolam da realidade nacional maior e tentam impor sobre o restante da população a realidade menor e interior deles. Mesmo com o radicalismo da esquerda em geral e do PT em particular reinando sobre o Brasil, pesquisa de instituto ligado ao PT apurou que 99% da população brasileira não aceitam o homossexualismo.

Apesar disso, a redoma do Senado ou do PT não permite que Fátima Cleide aceite a realidade do Brasil. E a enquete, feita propositadamente ou não para que crianças de cinco anos votem quantas vezes quiserem, vem no mesmo passo do PT em geral e de Fátima Cleide em particular: manobras, manobras e manobras.

Mesmo assim, vamos votar. Vote um forte "NÃO" à tirania homossexual na enquete: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0

Se votarmos em número suficiente, o Senado provavelmente anulará os resultados. Se permitirmos que o voto "sim" prevaleça, Fátima Cleide usará os resultados como prova de que o Brasil pensa como os habitantes da redoma.

Mas não fique só no voto. Incomode os habitantes da redoma do Senado com seus telefonemas, emails e outros contatos. Visite os senadores do seu estado em suas respectivas localidades. Ajude-os a entender que, fora da redoma do PT e dos radicais grupos homossexuais, 99% da população pensam normal: homossexualismo não é bom para o país, para a sociedade e para as famílias. Homossexualismo e homossexualidade não são bons para ninguém.

Vote "não" à anormalidade sexual. Vote "não" ao PLC 122/2006: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0

Esta é a campanha do "não" à ditadura homossexual.

Distribua esta mensagem livremente para todos os seus amigos.

Fonte: www.juliosevero.com

Enquete do Senado: Senado isenta-se de negligências culpando hackers

Enquete do Senado sobre PLC 122 fora do ar

"Pesquisa" no jornal O Globo indica: 99% dos brasileiros não aceitam o homossexualismo

Governo brasileiro diz que 99% de seus cidadãos são "homofóbicos" e precisam ser reeducados

Brasileiros não apoiam a homossexualidade

PLC 122: Perigo de nova votação surpresa esta semana na Comissão de Direitos Humanos

Surpresa! PLC 122 é aprovado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado

PLC 122: O que Crivella está negociando com Fátima Cleide?

Ameaça sobre o Brasil: nova manobra para aprovar o PLC 122

Pr. Ademir Kreutzfeld é perseguido por alertar acerca da agenda homossexual

PLC 122: propaganda, fantasia e farsa na promoção do homossexualismo

PLC 122: Ditadura gay às portas do Brasil

20 comentários :

Marcia disse...

Esta PL 122/2006 fere a inteligencia da sociedade pensante deste Brasil!
Já votei, apesar que esta enquete seja mais um disfarce democrático, e, enviei emails a todos que conheço e a senadores/ deputados>
Vamos votar conscientes.

Anônimo disse...

Olá Julio, é um prazer falar contigo.

Gostaria de solicitar que você faça uma espécie de catálogo com os endereços de e-mail de todos os senadores, para os leitores desse site encherem a caixa postal de mensagens contra a PL 122.

Tente postar isso no blog o mais rápido possível, e que fique de uma maneira que o leitor rapidamente copie os endereços, cole em destinatário, escreva algumas palavras, e encaminhe para todos os senadores de uma vez, ou se preferirem, um de cada vez.

Vamos lá. Todos contra essa ditadura Gay. Aguardo a resposta.

Julio Severo disse...

Aqui vai, Gabriel, os emails de todos os senadores:

adelmir.santana@senador.gov.br; acmjr@senador.gov.br; demostenes.torres@senador.gov.br; efraim.morais@senador.gov.br; eliseuresende@senador.gov.br; gilberto.goellner@senador.gov.br; heraclito.fortes@senador.gov.br; jayme.campos@senador.gov.br; jose.agripino@senador.gov.br;
katia.abreu@senadora.gov.br; marco.maciel@senador.gov.br; maria.carmo@senadora.gov.br; raimundocolombo@senador.gov.br; rosalba.ciarlini@senadora.gov.br; inacioarruda@senador.gov.br; almeida.lima@senador.gov.br; garibaldi.alves@senador.gov.br; geraldo.mesquita@senador.gov.br; gecamata@senador.gov.br;

gilvamborges@senador.gov.br; jarbas.vasconcelos@senador.gov.br; sarney@senador.gov.br; leomar@senador.gov.br; lobaofilho@senador.gov.br; maosanta@senador.gov.br; neutodeconto@senador.gov.br; paulo.duque@senador.gov.br; simon@senador.gov.br; renan.calheiros@senador.gov.br;
romero.juca@senador.gov.br; valdir.raupp@senador.gov.br; valterpereira@senador.gov.br; wellington.salgado@senador.gov.br; francisco.dornelles@senador.gov.br; cesarborges@senador.gov.br; expedito.junior@senador.gov.br; joaoribeiro@senador.gov.br; magnomalta@senador.gov.br; crivella@senador.gov.br;

robertocavalcanti@senador.gov.br; antval@senador.gov.br; renatoc@senador.gov.br; alvarodias@senador.gov.br; arthur.virgilio@senador.gov.br; cicero.lucena@senador.gov.br; eduardo.azeredo@senador.gov.br; flexaribeiro@senador.gov.br; jtenorio@senador.gov.br; lucia.vania@senadora.gov.br;
marconi.perillo@senador.gov.br; mario.couto@senador.gov.br; marisa.serrano@senadora.gov.br; papaleo@senador.gov.br; sergio.guerra@senador.gov.br; tasso.jereissati@senador.gov.br; josenery@senador.gov.br;

mercadante@senador.gov.br; augusto.botelho@senador.gov.br; delcidio.amaral@senador.gov.br; eduardo.suplicy@senador.gov.br; fatima.cleide@senadora.gov.br; flavioarns@senador.gov.br; ideli.salvatti@senadora.gov.br; joaopedro@senador.gov.br; marinasi@senado.gov.br; paulopaim@senador.gov.br; serys@senadora.gov.br; tiao.viana@senador.gov.br; ecafeteira@senador.gov.br; fernando.collor@senador.gov.br; gim.argello@senador.gov.br; j.v.claudino@senador.gov.br; mozarildo@senador.gov.br; romeu.tuma@senador.gov.br; zambiasi@senador.gov.br;

Unknown disse...

Muito boa iniciativa, Julio. Já votamos e também estamos incentivando os irmãos a votarem NÃO a este projeto de lei inconstitucional.

Também denunciamos que essa enquete deveria ser retirada definitivamente e ignorada pelo Senado, pois, como você disse, até uma criança pode votar várias vezes nela, simplesmente deletando os cookies após a votação.

Seria bom que todos incluíssem essa informação sobre a falha de segurança na enquete quando mandarem emails ou telefonarem para os Senadores.

Os cristão consideram anti-ético votar várias vezes, mas será que os militantes pró-homossexualismo tem os mesmos escrúpulos?

Em Cristo,

Internautas Cristãos

Anônimo disse...

Tem uma maneira de "enganar" a enquete, certamente está sendo usada pelo grupo do "SIM", portanto vou divulgar para o grupo do "NÃO":
Ocorre que o sistema de rastreamento dele é baseado em "cookies", sempre que você vota, o site grava um arquivo de texto no seu navegador, dizendo que você já votou, para votar novamente, basta excluir o "cookie". Para isso faça o seguinte:
-Se usa o IE, clique em Ferramentas->Opções da Internet->Privacidade-> Procure por "cookies" e exclua-os.
-Se usa o Firefox aperte "Ctrl-Shift-Del", deixe marcado apenas "Excluir cookies" e confirme.

Feito isso volte ao site e vote novamente. Exclua, vote, e assim até que o não ganhe, ou seja, que a vontade verdadeira do povo ganhe.

Anônimo disse...

Prezados Senadores do nosso Brasil,



Solicito veementemente que repudiem esta PL 122/2006, com ou sem as emendas, por considerá-la uma forma de repreensão a liberdade conquistada pela democracia brasileira, onde respeitamos a todos independentemente de raça, credo e pensamento científico.



Não há forma mais destrutiva no plano social, do que tolher sua liberdade de expressão!



Aproveitando o momento, solicito ainda a abertura de uma CPI, que venha esclarecer o que há por trás deste movimento (pró gay). Pois entendo que , não há por parte da maioria do nosso povo a intenção de prejudicar, muito menos ferir a integridade física e psicológica das pessoas que são homossexuais.



Nossas familias já sofrem tanto com "certos" descasos do governo, porque então tolher mais ainda nossa esperança de vivermos em um país livre?



Peço que ME representem votando NÃO A PL 122/2006 C/OU SEM EMENDAS.



Minha consciência de cidadã deste país entende que devo lutar por nossa liberdade de expressão.



Contrariamente a muitos cocidadães, ainda creio na justiça brasileira.



um grande abraço



Marcia

Cavaleiro do Templo disse...

Não sei se vocês estão acompanhando e se quem está percebeu o mesmo que eu: DESDE QUE ESTA ENQUETE VOLTOU ELA NUNCA SAIU DOS 51% A FAVOR E 49% CONTRA.

É mais uma coisa absolutamente anormal, visto que na outra enquete, a única válida para mim (por conta da maneira como o Senado lidou com a questão) a variação na votação era minuto a minuto. Desta vez (nova enquete) nenhuma vez, repito, nem uma única vez em que visitei o site a votação apresentou outro placar, sim com 51 e não com 49%.

Para mim, como já disse, valhe a primeira votação, a que o NÃO ganhou. Pois "jogar fora" mais de 500 mil votos em qualquer votação é apenas indamissível. PARECE que querem fabricar um placar a favor do PLC 122/2006 de qualquer jeito.

Cavaleiro do Templo

Anônimo disse...

Cavaleiro do Templo, eu mandei uma mensagem para eles reclamando disso e eles nem responderam.

Julio, obrigado. Acabei de enviar um e-mail falando sobre a liberdade de consciência e expressão. Espero que os assessores repassem aos seus respectivos "patrões" o e-mail. Estou divulgando como posso.

Anônimo, fiz e deu certo, vou votar até dizer chega. rss. Sou cristão mas não sou idiota de ficar apenas olhando enquanto me passam para trás. Na minha opinião, isso não é a atitude de um cristão de verdade.

Unknown disse...

Pra variar o servidor está indisponível de novo, 17/11 14:22

Gisèle disse...

E na votação, pra variar, está empatada rsrsrsrsrsrsrsrsrsr
Só Jesus !!! Esses caras são muito caras-de-pau.

Efraim G. Ferraz disse...

Acabei de votar. Mas está muito difícil, pois a enquete está em letras garrafais, e como o não está abaixo do sim e preciso selecionar e descer o mouse para poder votar. O resultado, por enquanto, é esse:

Você é a favor da aprovação do projeto de lei (PLC 122/2006) que pune a discriminação contra homossexuais?
Sim - 50% Não - 50% Total de Votos: 119164

Marcia disse...

Se está empatando, é uma bela forma de agradar tanto a gregos como a troianos!!!!é uma piada esta enquete!
Marcia

Marcia disse...

Sabe irmão Júlio muitas xs não consigo entrar em teu blog p/ comentar as notícias, fica aparecendo uma tela de aviso de perigo e tranca a pag.

Rafael disse...

Novamente, o senhor Júlio vai impedir um comentário meu. Medo de mostrar aos seus seguidores que tem gente que se opõe a ele e que sabe ler.
Inconstitucional é VOCÊ, senhor Júlio, que pratica o crime do preconceito.
E logo logo vai ter que tirar este site do ar, pois assim que o projeto virar lei eu serei o primeiro a te denunciar por promover a intolerância ao homossexualismo. E você, como diz a lei, pegará de 1 a 3 anos de prisão.

Cavaleiro do Templo disse...

Caro Rafael, duas coisas:

1 - Onde o Julio foi preconceituoso, pode me dizer? Onde ele ofende homossexuais no blog dele?

2 - Esta lei será retroativa? Quem cometeu "crime de preconceito" estará em débito perante a lei? Então teremos Lula como colega de cela, veja isto:

http://www.youtube.com/watch?v=8Hj34A2yLGs

O pouco que você falou é a prova de que esta lei não é para proteger, apenas para perseguição de quem não bate palmas de pé para este ou aquele grupo de pessoas, assim como virão outras leis neste sentido em breve. Como eu sei que você não tem nenhum argumento, a única coisa que espero de ti agora é o que chamo de vômico militante. Ou pior, diarréia militante, se a coisa estiver muito ruim por aí...

Cavaleiro do Templo

Marcia disse...

Bem Sr. Rafael,
Este local é para todos. Um local de informação real, que nos é vedada por pessoas como o Sr, caso não tenha percebido, todas as nótícias aqui comentadas tem origem mundial, ou seja, use seu computador e comece a ameaçar a imprensa internacional então!!!!
Mas certamente esta PL não será mais votada as escondidas...o que é uma vitória para o povo brasileiro.
E esta PL122/2006, é sim inconstitucional, visto que fere uma lei anterior que dá ao brasileiro o direito de livre expressão (científico e credo) e que tbm defende o SR. do senhor mesmo. Os homossexuais deste (grupo pró), são os únicos descontentes com a sociedade ,que os acolhe normalmente e tem medo do quÊ????

Gisele disse...

Rafael, as vezes nem consigo acessar e publicar meus comentários. O problema é da internet cara.
Tem vezes que nem consigo entrar no blog. E eu estou lendo o que vc escreveu, como não será publicado?
Internet é assim mesmo amado.

Aqui ninguém odeia os gays. Lê direitinho, todos tem o direito pela constituição de se expressar com equilíbrio.

Eu não quero que um filho meu seja Homossexual, Hã? Ninguém tem o direito de se meter na criação que eu dou pro MEUS filhos que Deus me deu:
1- Eu que tive eles. Eu que senti as dores do parto.
2- Eu que pago as contas deles.
3- Eu que alimento eles e pago os meus impostos.
4- Eu que passo as noites em claro qdo estão doentes.
5- E tenho que ensinar valores e o que é certo e o que é errado.
Não quero um filho meu com incontinência fecal ou com cancêr no reto e no próstata ou indo pro hospital com tubo de desorante ou uma garrafa no intestino.
6- Sou cristã e meu manual de vida é a Bíblia.

Endente? há um exagero,nessa Lei e da parte de vcs em se meter com os filhos dos outros. Eu não me meto com vcs.
Tenho direito de pensar!!
Ninguém pode direito de me amordaçar- Isso é ditadura!

Tenho colegas gays e eles sabem minha opinião a respeito deste assunto e conviem comigo todo os dias. E aí?
Fica na Paz Rafael.
Deus te abençõe e te aguarde em Nome de Jesus!

Marcia disse...

Concordo com vc Gisele, tbm sou mãe e já existem problemas o suficiente neste mundo e agora temos que pedir licença a algum juiz para ensinar nossos valôres e princípios familiares a nossos filhos?
Isto é impensável!!!!

Anônimo disse...

Julio,

Olha só a farsa da enquete sobre a PLC122.

Hoje, dia 19, faz 2 dias e aproximadamente 10 hrs que se reiniciou a enquete eletronica do senado com o novo "design", acabei de votar (novamente) e verifiquei que o total de "votos computados" é de 170751 (hehehhe), o que dá aproximadamente 2944 votos por hora, ou 49 votos por minuto, ou seja, QUASE UM VOTO POR SEGUNDO !!!!

É O MAIOR RECORDE MUNDIAL OBTIDO NA INTERNET BRASILEIRA, HISTORICO E ÚNICO NO MUNDO, JÁ QUE NÃO EXISTE PROPAGANDA SOBRE O ASSUNTO NA MIDIA CONVENCIONAL!!!


BRASIL, UM PAIS DE TODOS, INCLUSIVE DOS SALAFRARIOS DA ESQUERDA, QUE NÃO LIGAM NEM PRO SENSO DE RIDÍCULO!!!

Vale a pena pensar a respeito, não é mesmo???



Abraços,


Alfredo

Porque? Dê a sua opinião. disse...

Sou mãe de três filhos, duas meninas e e um menino que está com 11 anos. Achei um absurdo nos quadrinhos da Mônica ter um personagem homossexual, nas novelas, filmes, etc.. Eles querem induzir os nossos filhoas a acharem que isto é uma coisa normal. Deus instituiu a família e ela se compoe de macho e fêmea. Assim formam uma só carne. Se fosse normal um homem poderia ter filho com outro homem ou uma mulher com outra mulher e isto nos meios normais é impossível. Vocês já pensaram na cabecinha dessas crianças adotadas por casais gays, quando for perguntado quem é seu pai ou quem é sua mãe? Infelizmente isso não foi colocado no Estatuto da criança. Ela é obrigada a aceitar uma coisa que não está na sua natureza humana. Ela está sendo imposta a fazer algo que ela não escolheu. Podem perceber depois que vieram estas leis que os governantes determinam o que fazer nas famílias como Conselho Tutelar, Lei das Crianças e dos Adolescentes, os nossos jovens e crianças perderam os rumos, os conceitos, o respeito dentro de casa, nos colégios, etc. Não se pensa no amanhã. Se os homossexuais acham tão normal as crianças viverem com homossexuais como pais e mães, já imaginou o que vai haver de pedofilia com os "próprios filhos" por aí?
Que Jesus nos livre e nos guarde. É o fim dos tempos.
Janéte S.S.