30 de maio de 2009

Igrejas britânicas serão forçadas a empregar homossexuais praticantes como líderes de jovens sob a lei de igualdade

Igrejas britânicas serão forçadas a empregar homossexuais praticantes como líderes de jovens sob a lei de igualdade

Hilary White

LONDRES, Inglaterra, 21 de maio de 2009 (LifeSiteNews.com) — As igrejas britânicas serão forçadas a aceitar homossexuais ou “transexuais” praticantes em posições de líderes de jovens e funções semelhantes, sob a lei de igualdade que está para vir, disse o governo. A Lei de Igualdade do governo trabalhista proibirá que as igrejas recusem empregar homossexuais ativos mesmo que a religião delas sustente que tal conduta é pecado, disse a vice-ministra Maria Eagle, do Ministério da Igualdade.

A lei entrará em vigor no próximo ano, e as igrejas temem que ela as force a agir contra suas convicções religiosas numa ampla extensão de áreas. Eagle indicou na conferência chamada “Fé, Homofobia, Transfobia & Direitos Humanos” em Londres, que a lei “cobrirá quase todos os que trabalham em igrejas”.

“As circunstâncias em que as instituições religiosas poderão praticar qualquer coisa sem plena igualdade são poucas e raras”, ela disse aos delegados. “Embora o Estado não intervirá em assuntos estritamente rituais e doutrinários dentro dos grupos religiosos, esses grupos não poderão afirmar que tudo o que administram está fora do alcance da lei anti-discriminação. Os membros dos grupos religiosos têm o papel de discutir em seu próprio meio a questão de maior aceitação dos LGBT, mas no meio tempo o Estado tem o dever de proteger as pessoas de tratamento injusto”.

A lei permite isenção religiosa para papéis considerados importantes “para os propósitos de uma religião organizada”, mas restringe essa definição para aqueles que conduzem celebrações litúrgicas ou passam seu tempo ensinando doutrina.

O jornal Daily Telegraph citou Neil Addison, advogado católico e especialista em lei de discriminação religiosa. Ele disse que a lei deixará as igrejas sem forças para defenderem a estrutura de suas organizações. “Essa é uma ameaça à identidade religiosa. O que estamos perdendo é o direito de as organizações fazerem escolhas livres”, disse ele.

Os membros do Ministério da Igualdade incluem o lobista homossexual Ben Summerskill, diretor do Stonewall, principal grupo homossexual britânico. Summerskill reivindicou que as igrejas sejam forçadas a empregar homossexuais e que a polícia detenha cristãos que protestam pacificamente contra as leis homossexuais do lado de fora do Parlamento.

Tony Grew, ativista homossexual e ex-editor do site PinkNews.co.uk, escreveu recentemente que a Lei de Igualdade “estabelecerá de forma muito forte direitos homossexuais em todos os aspectos da vida pública”. Grew escreveu no PinkNews que a lei abrirá oportunidades sem precedentes para os homossexuais.

A lei, disse ele, cobrirá os ministérios principais do governo, as autoridades locais, as agências de educação, saúde e segurança policial e um grande número de outras agências públicas e particulares, inclusive igrejas e instituições administradas por igrejas. A lei imporá o “Dever da Igualdade” em todas as organizações que dão serviços públicos, disse ele, tais como casas de repouso que “terão de considerar as necessidades de casais do mesmo sexo”.

Leia a cobertura relacionada de LifeSiteNews.com:

Enforced “Diversity” will make Britain “First Modern Soft Totalitarian State”
http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/may/09050602.html

UK: Religious Schools May Not Teach Christian Sexual Morals “As if They Were Objectively True”
http://www.lifesitenews.com/ldn/2007/mar/07030504.html

Even an Openly Homosexual Actor has Condemned New UK Law Which Would Criminalize Criticizing Homosexuality
http://www.lifesitenews.com/ldn/2007/oct/07101101.html

“Climate of Fear” Growing in Britain for Christian Civil Marriage Registrars
http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/may/08052204.html

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2009/05/igrejas-britanicas-serao-forcadas.html

Veja o artigo em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/may/09052201.html

Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “LifeSiteNews”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de LifeSiteNews tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

15 comentários :

Anônimo disse...

E as mesquitas, elas também serão obrigadas a seguir esta nova determinação estatal?

Homossexuais ignorantes, são uns parasitas mesmo.

Povo inglês, raça que tem que ser extinta mesmo, para o bem da humanidade.

E viva a chegada do Islam!

Anônimo disse...

Caro Júlio:

Pelo jeito querem dar o golpe de misericórdia nas igrejas.

Se as igrejas adotarem uma cota de homossexuais em seu sacerdócio muitos pais não mais frequentarão as igrejas impedindo seus filhos de frequentá-las.

Resultado: evaziamento das igrejas cristãs.

Acho que o Apocalípse já está entre nós. Só não sei ainda quem é o 666.

Abraços.

Aprendiz disse...

Julio

Recomendo a você e aos leitores:

http://sophismwatch.blogspot.com/2009/04/como-legalizar-pedofilia-em-20-anos.html

Léo disse...

Entrei na caixa de comentários tão somente para fazer uma pergunta, e para minha surpresa ela já tinha sido feita. Disse o anônimo no primeiro comentário do post: "E as mesquitas, elas também serão obrigadas a seguir esta nova determinação estatal?" A resposta é obviamente negativa. Está claro que esta "lei da viadagem" é só mais uma grande sacanagem dessa bosta desse governo comunista britânico. Essas putas querem exatamente chocar os cristãos que, hoje em dia (não representando de maneira alguma os CRISTÃOS CRUZADOS que, com espada em punho e dando se preciso as suas vidas, lutaram para que o cristianismo pudesse chegar até os nossos dias), são uns bundas moles (daí a piadinha desse anônimo otário louvando a chegada do islam). Eu que sou católico, tenho grande repugnância dessa atitude abjeta, frouxa, boiola mesmo do atual clero de todas as igrejas cristãs. Cadê a reação dessa gente? O que mais eles olharão complacentes? É claro que em parte minhas perguntas são retóricas, pois qualquer cristão sabe que as escrituras sagradas nos dizem que este tempo de uma "igreja anômica" chegaria. E parece, não é de hoje, esse tempo já chegou.
Só um lembrete aos navegantes: Dos três segredos de Fátima revelados em julho de 1917, dois já se realizaram; o primeiro, os pecados das pessoas, castigados especialmente pela I Guerra Mundial, e que Nossa Senhora nesta revelação anunciava o seu fim (a guerra acabou naquele mesmo ano); o segundo previa que "a Rússia espalharia seus erros pelo mundo". Resultado: veio o comunismo, que se transformou na maior e mais temível máquina de perseguição cristã da história. E, finalmente, o terceiro segredo que trata dos pecados cometidos pelo clero e que serão punidos. Leiam um trecho da visão: “(...) E vimos numa luz imensa que é Deus: "algo semelhante a como se vêem as pessoas num espelho quando lhe passam por diante" um Bispo vestido de branco "tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre". Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meio em ruínas, e meio trêmulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegando ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande cruz, foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam vários tiros de armas de fogo e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás aos outros os bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, e várias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de várias classes e posições. Sob os dois braços da cruz estavam dois anjos, cada um segurando um regador de cristal em a mão, neles recolhiam o sangue dos mártires e com ele regavam as almas que se aproximavam de Deus."
Muito mal ainda nos aguarda, a degradação da sociedade é inevitável, e os primeiros sinais já podemos ver. Infelizmente, quem viver verá.

Isaias S. OLiveira disse...

Júlio Severo, amigos do blog e políticos que se dizem cristãos: Vocês não acham que já está mais do que na hora de sair-mos da defensiva e lutar-mos para criar projetos de lei específicos para proteger as igrejas, sinagogas, mesquitas e outras instituições religiosas das artimanhas dos homossexuais radicais e dos esquerdistas? Não dá para ficar só na defensiva! Uma hora dessas, de tanto apanhar, vamos acabar caindo!É hora de pressionar os políticos e exigir leis específicas para garantir a total liberdade de liturgia religiosa, pois me parece que a constituição não está sendo suficiente para garantir tal liberdade.
Estou em contato com o pessoal do www.averdadesufocada.com para ver se conseguimos um candidato à presidencia da república que seja militar (aposentado, é claro). Assim, quem sabe, conseguiremos salvar a nossa nação. Afinal de contas, os militares não são nada favoráveis a essa baderna que está tentando se instalar em nosso país. Já desistí de candidatos que se dizem evangélicos, pois eles mesmos estão se deixando vender a essa corja imoral que está governando nosso país. Além do problema da mordaça gay, ainda temos um presidente que se reúne com traficantes, terroristas e sequestradores (FARC), além de amar genocidas (Fidel Castro, Raul Castro, Che Guevara...), além de exaltar criminosos como Lamarca, Mariguela (já mortos), Dilma Roussef, Franklin Martins, Carlos Minc e tantos outros terroristas que assaltaram bancos, praticaram sequestros, atentados a bomba e tantas outrs barbaridades. Esses mesmos bandidos agora estão lá no Palácio do governo, rindo de todos nós e acusando nossos heróis militares de serem torturadores. E este (des)governo ainda é favorável a infanticídios (aborto). Que futuro pode ter uma nação como essa?
Recomendo que voces acessem www.averdadesufocada.com e façam o dowload do Projeto Orvil. Neste, voces verão toda a trajetória desta corja esquerdista desde os anos 30 até hoje.
Em Cristo,
Isaias S. OLiveira

Pop Liberal disse...

Esse terrorismo gaysista. Essa tendência de se auto-vitimizar para repelir qualquer repreensão a condutas humanas,consideradas por uns tantos como "erradas" é pura política que visa a obtenção de poder.

As igrejas também terão de aceitar manifestações de "afeto gay"? Isso me parece infiltração, enchem as Igrejas de gays militantes (e eu os conheço, pois costumam justificar condutas imorais, como sexo em público) e o que teremos? Uma parada gay paulista dentro de cultos e pastores e padres obrigados a celebrar casamentos gay! Quem viver verá.

Trindade disse...

Estou com o Isaias S. Oliveira, não vejo candidatos ditos evangélicos à altura, ou se são evangélicos tem uma qualidade que cristão nenhum deveria ter que é a covardia, ou no caso dos que apóiam a bandalheira que são os mentirosos. Imagino que num debate para presidente o candidato se apresentar como Cristão e dizer que apóia os valores Cristãos e fazendo compromisso de que se for eleito vai criminalizar o aborto com pena de crime contra a vida e o Brasil por ter maioria Cristã tera instruções escolares compativel com a moral Cristã, não aula de religião mas uma leitura da Bíblia antes do inicio de qualquer evento público junto com o hino nacional, inclusive nas escolas antes da aula começar, criminalizar qualquer violação contra a propriedade, para pegar os terrorristas do MST, mudança no Estatuto da Criança e Adolescente, dando direito para quem nunca feriu a lei e colocando para responder perante a lei quem a ferir, em qualquer idade, e tem mais varios bandeiras de moral para esse candidato defender. Sei que muitos vão dizer que isso é utopia, mas não é basta ver as estatística somos entre todos os ramos de Cristãos mais de 98% da população.
Eu topo começar a buscar esse candidato e se ele aparecer seremos seu cabo eleitoral.

Teóphilo Noturno disse...

O pior de tudo é que, ao contrário do senso comum mencionado por um comentarista anterior, as igrejas vão se encher quando estas aberrações forem instauradas.
Pais levarão filhos para a igreja-estatal (que, na verdade, já está estabelecida desde já) e aí teremos a "perfeita" formação do caráter da sociedade do futuro.
Apostasia significa o abandono da fé genuína... e não das igrejas.
A Igreja, corpo de Cristo, esta permancerá intocável: com muitas dificuldades (que o diga você, não é Júlio?), mas contra ela as portas do inferno não prevalecerão.

Anônimo disse...

Jesus em breve vira.

Preparai-vos.

Trindade disse...

Ao Teófilo, Nobre comentarista, valores cristãos não tem nada a ver com Igreja Estatal e mais ainda valores cristãos não tem nada a ver com a prática da comunhão com Cristo, pois isso é individual e escolha para se fazer quando a pessoa tiver o carater formado, quando digo valores cristãos me refiro aos valores éticos cristãos que ai sim o Estado brasileio tem obrigação de atender a maioria da sociedade e garantir que as minorias façam por conta própria suas escolhas, por exemplo: eu não quero que meu filho no primário aprenda valores cristãos, então o Estado deve me autorizar a educar meu filho em casa ou reunido com pessoas que tenham os mesmos valores que eu criemos uma escola com nossos valores e o Estado aplique provas de conhecimentos das matérias seculares de tempos em tempos para que a formação de meu filho tenha validade, e não como ocorre hoje todos temos que deixar nossos filhos ditatorialmente sendo doutrinado pelo Estado nas escolas com os valores que é contra minha ética de moral cristã. Essa seria a plataforma do sonhado candidato com valores cristãos que eu defendo.
Outra situação preocupante é achar que é "senso comum" essas idéias quando na verdade não é, pois se fosse não estariamos sendo dominados e massacrados por ideologias de uma minoria de 3% a 5% da população brasileira.
Mas não desisto porque uma coisa é minha comunhão com Cristo e outra são valores eternos do Deus criador que se aplicado em qualquer sociedade traz como consequencia a paz, vide os dez mandamentos são regras até hoje para qualquer código penal no mundo de hoje, Não mataras, etc...

Anônimo disse...

Olá! Desculpe a franquesa mas isso tudo é o resultado da briga de poder entre os lideres, isto é, uma igreja se considera a mais santa e mais perfeita que a outra. Aqui no Brasil vai ser fácil dominarem as igrejas, pois onde moro os pastores apenas se toleram, debaixo dos panos um fala mau do outro. Isso só fortalece o movimento Gay. Na minha opinião a culpa é dos lideres que um quer ser mais santo e mais servo que o outro. Na verdade mesmo o que os lideres querem é PODER e não estão preocupaddos com o verdadeiro evangelho.

Anônimo disse...

Não se preocupem com políticos,pois são em sua maioria
oportunistas e carreiristas.
Leiam Mateus 24:1 até 51 e Lucas 21:7 em diante,bem como II Timóteo 3:1-9 e ficara, para todos mais claro o ¨por que¨ de tudo
isso em nossos dias.
O mundo cristão esqueceu de DEUS e de sua LEI(todos os mandamen
tos,inclusive o sábado)e adotou os
costumes do mundo pagão.
Na verdade o mundo ira de mal a pior,essa é a consequência
natural desse afastamento de DEUS
e de Sua palavra.
José Moraes

Ismael Pio Elias disse...

Tal medida deste governo do Partido Trabalhista Britânico (o nome é o mesmo do PT do Brasil) demonstra bem que o que penso: "os comunistas são muito mais perigosos para o Cristianismo do que o Islamismo, ainda mais quando se declaram esquerdistas moderados".
Jamais um califa ou mufti muçulmano tentou se infiltrar nas igrejas cristãs para impedir que padres ou pastores pregassem contra a poligamia. A guerra do Islã contra o Cristianismo (tanto a travada nos campos de batalha quanto a travada no campo religioso e teológico) quase sempre foi aberta.

O movimento comunista é em sua origem um movimento subversivo e após Antonio Gramsci esta característiva subversiva tornou-se ainda mais evidente. Para criar a tão acalentada "ditadura mundial do proletaridado" (eufemisticamente chamado de "outro mundo possível") os comunistas, primos de Satanás, usam da astúcia e da malícia para corromper todas as instituições milenares que guiaram a humanidade por séculos.

Se esse atentado à Liberdade for aprovado será o fim definitivo da Grã-Betanha e o estabelecimento da "Oceania", a sociedade totalitária do livro 1984 de George Orwell.
A Grã-Betanha já foi um marco do Cristianismo, e tal fato denota-se em sua bandeira formada pelas cruzes inglesa e escocesa, mas caminha a passos largos de se tornar uma nação mais inimiga do Cristianismo do que o Império Romano no tempo de Nero.
A outrora valorosa ilha britânica tornar-se-á a "Fortaleza de Satã".
Entre um inimigo declarado (o Islã) e um inimigo subversivo (o Comunismo) deve-se sempre escolher o inimigo declarado, contra o qual há meios de se defender, ao contrário dos subversivos, que agem a traição e não conhecem o que signifa honra, pois já não tem mais alma após terem vendido-a ao Diabo.

Avante Islã, salve a Grã-Betanha do opróbio e da miséria, pois nenhuma nação que se rebele totalmente contra Yahwé e seu povo sairá impune. Os muçulmanos foram escolhidos por Yahwé, mesmo que sem o saber, para punirem as nações que ousem destruir a Igreja de Cristo.
Muçulmanos, salvem a Grã-Betanha, e talvez, daqui a dois ou três séculos, o Cristianismo possa voltar a florar nessa ilha.
Que neste século XXI "Deus (Yahwé) abençoe o Islã", inimigo ferrenho do Cristianismo, mas que ao menos não serve diretamente ao "deus das fortalezas", tal como descrito no livro de Daniel, e que é definitivamente o deus dos comunistas.

Anônimo disse...

Nunca vi tantas sandices.Ismael
você esta totalmente equivocado o
Cristianismo não precisa da ajuda de
de ninguém para ser vitorioso,talvez
o cristianismo de alguns e outros. Na morte de Jesus,para muitos
foi uma derrota,mas sabemos que foi
o contário(vitória eterna),logo,mui breve Ele vira buscar aquêles que o amam e se preparam independentemente
dos acontecimentos mundiais.

Ismael Pio Elias disse...

Ao anônimo lembre-se do que dizem os apóstolos: "estar preparado para a volta de Jesus hoje, mas lutar pelo evangelho como se isso não fosse ocorrer".
Em muitas outras épocas os cristãos pensaram que era o "fim do mundo", mas continuaram a lutar pela propagação da fé cristã.

Ninguém sabe quando Jesus voltará, assim, devemos lutar até o fim.
Esperar a volta de Jesus enquanto o mundo desaba a nossa volta, degenerando em um ditadura genocida, sem nem ao menos protestar, é algo covarde, reprovado por Jesus, pelos apóstolos (como os valentes Paulo e Pedro), e pelos profetas históricos (como Elias, Oséias e João Batista).