21 de agosto de 2008

Bill Keller comenta sobre fórum político de Rick Warren

Bill Keller comenta sobre fórum político de Rick Warren

O seguinte artigo é de autoria de Bill Keller, fundador de www.liveprayer.com:

“Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação.” (1 Coríntios 1:21 RC)

O Pr. Rick Warren agiu de forma bem leve com os Senadores Barack Obama e John McCain neste sábado passado durante seu “Fórum Civil de Liderança e Compaixão”. O evento foi amplamente promovido como um evento de Warren e sua Igreja Saddleback, porém foi originado e co-patrocinado pelo grupo liberal Fé na Vida Pública (Faith in Public Life), cuja presidente, Meg Riley, é uma pastora do Universalismo Unitarista [que não aceita a Trindade] que no passado dirigiu a secretaria de defesa homossexual de sua denominação. Os membros da diretoria do Fé na Vida Pública incluem outros teólogos liberais pró-aborto, entre eles um líder muçulmano e um rabino judeu, e todos ajudaram Warren a formular suas perguntas.

O mais desapontador é o fato de que Warren, que diz que sua meta é ganhar almas para Jesus Cristo, não declarou nem uma única vez que o único caminho de salvação é por meio da fé em Jesus Cristo. Isso parece uma omissão curiosa para um cristão cujo fórum televisionado foi assistido por milhões de almas no mundo inteiro em redes noticiosas a cabo. Como é que alguém que tem interesse em salvar almas conseguiria perder tal oportunidade de declarar sua intenção? É claro que o que mais vemos é esse tipo de comportamento em cristãos famosos como Warren, Joel Osteen, T. D. Jakes e outros, que entram nos meios de comunicação seculares e se recusam a usar as oportunidades abertas a eles para dizer às pessoas de que modo elas podem encontrar salvação. Imagino que dizer às pessoas a verdade sobre a morte e o inferno não é bom para seus ideais empresariais.

Conforme eu predisse, embora a suposta razão do espetáculo de Warren fosse tratar as convicções pessoais dos candidatos presidenciais, ele não fez nenhuma cobrança. Muitas pessoas acham que Warren fez um trabalho magnífico, o que só mostra como nossas expectativas estão baixas em relação ao homem que teve a oportunidade de revelar ao público as convicções pessoais mais profundas desses homens. É claro que nem Obama nem McCain teriam concordado com tal encontro amplamente coberto pela mídia se achassem que precisariam dar respostas reais. A propaganda da campanha deles se gabou de estar 100% confiante no papel de Warren de lhes permitir usar essa oportunidade de promover suas agendas políticas pessoais sem serem pressionados em questões importantes que deveriam ter sido o foco do encontro. Durante o programa inteiro, fiquei pensando num versículo: o amigo do mundo é inimigo de Deus. Warren é sem dúvida alguma amigo do mundo.

É claro que Warren fez as esperadas perguntas sobre aborto e casamento homossexual. Contudo, parecia como se ele não estivesse a vontade para lidar com essas duas questões, e em vez de prosseguir com mais perguntas nessas questões, ele rapidamente passou para outros assuntos. Depois que ele permitiu que Obama desse suas respostas rotineiras de que ele odeia o aborto e quer limitar o número de abortos, Warren não quis fazer a pergunta óbvia: “Como é que alguém que afirma ser cristão, um seguidor de Jesus Cristo, apóia a matança de bebês inocentes?” Se o Senador Obama quer reduzir o número de abortos, por que ele simplesmente não pára de apoiar a prática do infanticídio legalizado? Essa não é uma questão tão complicada quanto Obama afirma. Você é a favor da vida ou a favor do aborto. É evidente que Obama não é a favor da vida, não importa de que jeito ele tente justificar suas ações.

Quanto ao Senador McCain, já que ele tem de fato um histórico político onde sempre votou a favor da vida, Warren deveria tê-lo pressionado quanto a um compromisso não só de trabalhar para derrubar o aborto legal nos EUA, mas também de imediatamente assinar um decreto presidencial impedindo que financiamentos do governo federal sejam dados para a Federação Americana de Planejamento Familiar, que promove o aborto.

Muitos cristãos crêem que McCain não quer defender as principais questões espirituais que infestam os EUA, e apontam que Warren não fez nenhuma tentativa de procurar determinar até que ponto McCain se comprometeria a lidar com essas questões críticas. Como Obama, McCain afirma ser cristão. Embora ele não tenha feito sua fé pessoal um dos pontos centrais de sua campanha como fez Obama, Warren simplesmente aceitou o McCain evangélico sem fazer uma única pergunta direta para determinar se McCain já fez alguma vez na vida o compromisso de entregar seu coração e vida a Cristo.

No fim, não ficamos conhecendo nenhuma novidade sobre esses dois homens ou sua fé. Warren não quis usar a oportunidade para partilhar com os milhões de telespectadores que há só uma verdade, a Bíblia, e que há somente um caminho de salvação, pela fé em Jesus Cristo. Imagino que isso seria exigir demais de um homem que se vê como o maior pastor dos EUA. A fama de Warren, evidentemente, não adveio da salvação de almas ou de posições sólidas a favor da verdade da Palavra. Ele é realmente famoso por fazer concessões a fim de alcançar o que ele chama de bem maior. A fama dele advém de ser o autor de Uma Vida Com Propósitos, um livro que vendeu mais de 20 milhões de exemplares, em grande parte devido ao fato de que dezenas de milhares de igrejas o usam como estudo, em vez da Bíblia, e as congregações compram o livro a fim de acompanhar a moda. Uma estratégia de marketing muito inteligente.

A realidade é, ao estudar Uma Vida Com Propósitos, as pessoas deixam suas Bíblias em casa, e confiam nas passagens que Warren lhes dá. Um exame mais atento das seleções de Warren revela que as passagens vêm de várias versões da Bíblia, cada uma cuidadosamente escolhida para dar a uma passagem um significado específico, muito embora possam ter sido usadas fora de contexto. Uma Vida Com Propósitos causou divisões em muitas igrejas, e ao mesmo tempo introduziu uma mentalidade cristã rasa naqueles que seguem as orientações de Warren. Compreender a mentalidade inteira de Uma Vida Com Propósitos ajuda a explicar o motivo por que o evento de sábado passado se tornou o que foi: dois homens usando a oportunidade para promover suas carreiras políticas e um homem usando o evento para promover sua agenda global.

Rick Warren deixou claro que ele não vê problema algum em fazer alianças com indivíduos que seguem religiões falsas, seitas e crenças da Nova Era a fim de avançar sua agenda social global. Warren sempre banca o humilde, que nunca liga para dinheiro. Mas não se engane com isso: o plano de paz global de Warren envolve dinheiro… e muito dinheiro. Ele recentemente se gabou de ajudar a fechar um negócio de 300 milhões de dólares. Warren está totalmente envolvido no negócio de ganhar os favores de pessoas de grande riqueza e poder, não importando as convicções pessoais delas. Ele está completamente envolvido no negócio de alcançar poder mundial. A forte queda espiritual dos EUA está ocorrendo porque líderes cristãos como Warren têm mais interesse em seus próprios planos do que nos planos de Deus, mais interesse em suas próprias palavras do que na Palavra de Deus e mais interesse em amaciar a carne dos vivos do que salvar almas.

Qual é a mensagem para você hoje? Simplesmente esta: Não faça negócio com a verdade da Bíblia nem com a pregação do Evangelho! Não há palavras mais verdadeiras ou mensagens maiores. Os homens inventam jeitos astutos de liderar igrejas, mas a menos que o que eles estejam fazendo seja baseado na verdade da Bíblia e do Evangelho de Jesus Cristo, tudo o que fizerem será irrelevante, não importa que da perspectiva do mundo pareça um sucesso.

Dá para se ter certezas de certas coisas depois de testemunharmos o evento de sábado passado na Igreja Saddleback. Obama não é cristão, apesar de suas afirmações ao contrário. Se ou não McCain foi salvo é ainda um assunto desconhecido. Mas é evidente que nem um dos dois homens será amigo de Deus se eleito presidente. Rick Warren é a figura central nos EUA de um grupo perigoso… um grupo sobre o qual tenho avisado vocês. Esse grupo é a esquerda religiosa.

A razão por que os EUA estão espiritualmente falidos é porque a verdade da Bíblia foi negociada e o Evangelho foi diluído. Líderes cristãos famosos se tornam o que são porque são astutos empresários, espertos marqueteiros e são especialistas em manipular as multidões. Eles não chegaram onde estão porque têm paixão de salvar almas e liderar os EUA de volta a Deus e aos valores bíblicos.

Mas não temamos. Há muitos pastores fiéis, muitos homens e mulheres que amam o Senhor, que não negociarão a verdade e que são parte do remanescente dos últimos dias. Esses homens e mulheres não fazem parte da elite que está lado a lado com os poderosos e ricos. Eles são simples homens e mulheres de Deus cujo único desejo é servi-Lo e ver os perdidos ganhos para Jesus Cristo.

Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: Bill Keller, Founder of LivePrayer.com Comments on Rick Warrens Civil Forum OPINION, Aug. 19 Christian Newswire.

Para saber mais sobre Rick Warren, clique aqui.

Para saber mais sobre Barack Obama, clique aqui.

7 comentários :

Daniel Souza disse...

Oi Júlio,

Acho que o Bill Keller foi, certa forma, um pouco "duro demais" com o Rick Warren. Você não acha?

Eu não tenho informações suficientes para classificar o Pr. Warren com esquerdista ou mesmo como alguém deslumbrado com a fama e o dinheiro (ou quem sabe o Keller tem outras informações adicionais e eu que estou enganado).

De toda forma, acho que este debate na Saddleback irá contribuir para a queda do Obama. Queda essa que já está em curso há algum tempo. Ele sim, o Obama, que é o grande perigo.

Bem, é isso aí. Forte abraço. Fique com Deus.

Keep up the good work! :)

André L. disse...

Rick Warren é simplesmente um Paulo Coelho gospel e nada além disso. Um estrategista das letras que se desvirtuou da essência pura e simples do evangelho. Lamentável ver alguém tão articulado mas ao mesmo tempo tão longe da sabedoria simples de Jesus.

Anônimo disse...

FANTASTICO ARTIGO , FANTASTICA ABORDAGEM DESSE " EVENTO " CRISTÃO ".
TUDO SE RESUME NO QUE JESUS CRISTO DIZ :
" QUEM É AMIGO DESSE MUNDO É INIMIGO DO DEUS VERDADEIRO JEOVÁ .

NÃO NOS DEIXEMOS ENGANAR POR ESSES FALSOS MESTRES COMO RICK WARREM. UM HOMEM COMPROMETIDO CO O "deus" DESSE MUNDO. O DINHEIRO.

VAGNER DE CASSIO FERREIRA

Cleber disse...

Eu acho interessante que muitos pastores fazem a cabeça de suas ovelhas para só votar em ditos "evangélicos", especialmente aquele apoiado pelo pastor.

Aí vemos Warren promovendo um debate e isso é criticado!

Quem dera os pastores brasileiros tivessem essa maturidade.

Não sou esquerdista e costumo votar em cristãos, mas não sem antes conhecer as propostas dos candidatos e princiapalmente a ideologia de seus partidos.

Se Warren é esquerdista nunca deu qq sinal disso q eu saiba.
Tens algum dado a respeito?

Anônimo disse...

A palavra de Deus condena por completo o que diz respeito a maledicencia e a fofoca. E isso é que estão a fazer!

Julio, com todo respeito a sua autoria e critica. Rick é conhecido não por seu partidarismo ou politicagem. Ele é conhecido por construir na atualidade a maior arquitetura eclesiastica dos EUA. Devo pedir que em seu comentários lembre de seus bons feitos tente conhecê-lo pessoalmente para poder falar de sua integridade.
Assim é como ajo, conheço primeiro. Não atiro pedras, mesmo que a intenção do coração das pessoas sejam piores do que parecem

Regs

Anônimo disse...

Boa noite pessoal, meu nome é Luiz Ricardo, sou de São Bernardo do Campo-Sp.

Julio não queria responder isso mais assim de coração!

eu fiquei super curioso sabe quando eu vi o assunto falando sobre Rick Warren, porém não devemos de maneira alguma julgar o nosso irmão do jeito que você está julgando...está na biblia mesmo que se somos amigo do mundo, somos inimigo de Deus...porem ao invés de orarmos para que Deus possa libertar-lo desse modo que está vivendo, mudar isso você que tem "Esse conhecimento" acho que "Você" deveria orar pela vida dele, e não Expor para que todas as pessoas que o veêm de uma forma, olhar isso, e começar a julgar o evangélio...e você por ser um "Cristão" você sabe muito bem que se uma pessoa do mundo (Catolico, macumbeiro, espirita etc.) andar com um "Elefante" nas costas ninguém vai falar nada, mais se um "Evangélico, um Cristão" anda com uma "Formiguinha" é assunto pra semana toda...

A minha opnião é essa, o que vemos dentro da igreja, com pessoas da igreja que está errado, maior é Deus que nos liberta e nos da a salvação...

Julio quero que você não fique com raiva disso, apenas algo que queria deixar claro as pessoas que também for pesquisar sobre Rick Warren que se ele não for isso que ele aparenta ser...Deus ja tinha agido, e não deixaria que pessoas entregasse a vida dela de coração pela obra... comentário acima, -" vamos ver as coisas boas, o que ele tem feito, o que está acontecendo que ele está crescendo tanto, como Deus tem abençoado a igreja dele" ;)

Julio você tem grande sabedoria com as suas palavras...Use elas pra ganhar almas... se o seu irmão não está fazendo grandes coisas com o dom que Deus deu a ela, ore para que Deus também possa te dar um dom para ganhar almas. ( e o seu dom na escrita, meu de parabéns mesmo, mais vamos usar-las para algo produtivo ;)).

Que Deus possa abençoar muito, e Vamos orar pela Vida de Rick Warren pessoal, pois ele é um servo de Deus e todos nos precisamos de mudanças, e somente Deus pode nos mudar!!!

Luiz Ricardo.

Anônimo disse...

Ola estimado Julio Severo,
uma pergunta: ja dei de presente alguns livros do Rick Warren para alguns cristaos e outros nao-cristaos. Como posso reparar este erro?? Eu nunca saberia o que esta por tras das atitudes desse pastor e escritor, se nao fosse por esta reportagem. Parabens e Obrigada!
Em Cristo.
http://sosrefletir.blogspot.com/