12 de outubro de 2020

Idolatria: a ameaça esquecida

 

Idolatria: a ameaça esquecida

Julio Severo

A grande preocupação nacional dos brasileiros hoje é a ameaça do comunismo, que devastou vários países durante a história.


Os militares fizeram o que podiam para proteger o Brasil dessa ameaça.

Contudo, erros também foram cometidos. Em 1980, os militares resolveram declarar oficialmente Aparecida como padroeira do Brasil. Mas de nada adiantou: os próximos anos foram de muita inflação, protestos e instabilidade no Brasil que culminaram na saída dos militares do poder. O povo se cansou deles.

Os problemas do Brasil não começaram depois do nascimento da União Soviética em 1917. Séculos antes disso, o Brasil enfrentava corrupção e impostos altos, que até hoje são um câncer que não deixa o governo e a sociedade brasileira em paz.

O que posso fazer é comparar o Brasil com os EUA. Antes de existir o comunismo e sua ameaça, os EUA prosperavam sem parar e o Brasil não prosperava na monarquia e e muito pouco prosperou na República. Não prosperou na monarquia (e esse foi o motivo por que Dom Pedro 2 quis importar evangélicos americanos), pois proibia a venda e distribuição da Bíblia, mas promovia idolatria de forma generalizada. Prosperou um pouco na República, que começou a permitir a venda e distribuição da Bíblia.

Em comparação, nos EUA, que havia enorme venda e distribuição da Bíblia, a prosperidade era igualmente enorme.

A diferença é que nos EUA a Bíblia historicamente ocupou um lugar que no Brasil quem ocupava era um ídolo chamado Aparecida. Outros ídolos católicos também ocupavam, e muitas vezes ainda ocupam, um lugar que só Deus e Sua Palavra deveriam ocupar.

Evidentemente, quando Deus olhava para os EUA colocando a Bíblia como o maior valor religioso e cultural, Ele dizia que isso era bom. Mas e quando Ele olhava para o Brasil? Ele também dizia que era bom o que estava acontecendo no Brasil?

O único jeito de sabermos o que Deus pensa das coisas é conferindo na Bíblia, que diz:

“Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra.” (Êxodo 20:4 NVI)

“Não devemos pensar que a Divindade é semelhante a uma escultura de ouro, prata ou pedra, feita pela arte e imaginação do homem.” (Atos 17:29 NVI)

“Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos e trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal.” (Romanos 1:22-23 NVI)

“De que vale uma imagem feita por um escultor? Ou um ídolo de metal que ensina mentiras? Pois aquele que o faz confia em sua própria criação, fazendo ídolos incapazes de falar.” (Habacuque 2:18 NVI)

“Os ídolos deles, de prata e ouro, são feitos por mãos humanas. Têm boca, mas não podem falar, olhos, mas não podem ver; têm ouvidos, mas não podem ouvir, nariz, mas não podem sentir cheiro; têm mãos, mas nada podem apalpar, pés, mas não podem andar; nem emitem som algum com a garganta. Tornem-se como eles aqueles que os fazem e todos os que neles confiam.” (Salmo 115:4-8 NVI)

Nessa altura, o Brasil já deveria ter aprendido a lição de que ídolos e imagens são uma ameaça tão grande quanto o próprio comunismo.

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

Sob o presidente Jair Bolsonaro, o Brasil é consagrado à Santa Maria

Como solução para a corrupção generalizada, católicos direitistas pregam a volta da monarquia

6 comentários :

Fesurfattack disse...

Belo artigo de exortação para todas as nações.

Paulo Vitor disse...

Lá vem o clichê de chamar nós católicos de idólatras, entenda Júlio, Deus proibiu de se fazer ÍDOLOS e não de se fazer IMAGENS. O próprio Deus mandou que Moisés colocasse querubins de ouro em cima da Arca da Aliança e mandou que se colocasse imagens de querubins no Tabernáculo e, quando Salomão colocou imagens de querubins no Templo, Deus não reprovou o Templo. Aliás você insinua que os Eua são mais desenvolvidos que o Brasil por causa da Bíblia, mas o maior símbolo dos Eua é a estátua da liberdade, que é baseada em uma DEUSA PAGÃ.

Fesurfattack disse...

Paulo Victor: Contra fatos não há argumentos. Na Escritura inteirinha se vê exortação contra a IDOLATRIA. Seja ela em esculturas feitas de madeiras , de pedras ou imagens como desenhos, terafins e etc. E isso serve para TODAS as religiões que cultua tais coisas. Aliás, saia dela povo meu né , ultimato do Eterno (Apocalipse 18). Sugiro a vc, ler um livro chamado Santos Pagãos: Deuses Ontem, Santos Hoje. Esteja em PAZ.

Alexandre disse...

Cara, se sair em uma procissão ou romaria, de pé, de joelhos, debaixo de sol ou chuva, seguindo uma imagem seja de que diabo for, não for um exemplo máximo de idolatria, eu não sei o que mais pode ser.

Neves disse...

Paulo Vitor, explica o ato de fazer um pedido a uma "imagem" que não é real, ajoelhando diante dela, confiando de que ouvirá? Como um bom Católico você deve conhecer o Salmo 113 na Bíblia Católica que diz: ""9.(1) Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória, por amor de vossa misericórdia e fidelidade. 10.(2) Por que diriam as nações pagãs: “Onde está o Deus deles?”. 11.(3) Nosso Deus está nos céus; ele faz tudo o que lhe apraz. 12.(4) Quanto a seus ídolos de ouro e prata, são eles simples obras da mão dos homens. 13.(5) Têm boca, mas não falam, olhos e não podem ver, 14.(6) têm ouvidos, mas não ouvem; nariz e não podem cheirar. 15.(7) Têm mãos, mas não apalpam; pés e não podem andar, sua garganta não emite som algum. 16.(8) Semelhantes a eles sejam os que os fabricam e quantos neles põem sua confiança. 17.(9) Mas Israel, ao contrário, confia no Senhor: ele é o seu amparo e o seu escudo". Não vou nem citar os Profetas Isaías, Jeremias e outros.
Salmos, 113 - Bíblia Católica Online

Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/salmos/113/

Anônimo disse...

Aqui no Brasil existe hoje uma grande idolatria por politicos, tanto idolatria pelo Lula, como idolatria pelo Bolsonaro. É muito triste as pessoas deixarem de idolatrar o Deus verdadeiro para idolatrar homens falsos e mentirosos