13 de setembro de 2020

Anarquista transsexual satanista anti-polícia ganha indicação do Partido Republicano para delegado de polícia em New Hampshire, EUA


Anarquista transsexual satanista anti-polícia ganha indicação do Partido Republicano para delegado de polícia em New Hampshire, EUA

Julio Severo
Um homem transgênero que se descreve como mulher e “anarquista satânico” ganhou a nomeação do Partido Republicano para delegado de polícia em um município de New Hampshire, EUA, depois de concorrer com uma plataforma de “F *** a polícia.”
Aria DiMezzo
“Não consigo imaginar que eles estejam felizes com isso,” disse Aria DiMezzo quando questionado sobre a reação dos republicanos.
A diretora do Partido Republicano do Município de Cheshire, Marylin Huston, referiu-se a Aria como “ele” quando ela deu os parabéns. “Ele se saiu muito bem nas primárias e isso foi maravilhoso,” disse Marylin.
Tecnicamente, Marylin não estava errada, porque Aria é um homem que se identifica como mulher. Mas ele não gosta quando as pessoas o identificam corretamente por seu sexo biológico.
Então, se Aria ler que o estou tratando de acordo com sua biologia masculina, ele pode me processar por “discriminação.”
Recentemente, a ONU condenou a liderança masculina. Então, um transexual satanista liderando homens em uma delegacia de polícia estaria bem para a ONU?
Os transexuais estão isentos da ira da ONU contra os homens e sua liderança, porque os transexuais masculinos se identificam como mulheres e têm direito aos privilégios que a ONU concede às feministas.
Então, todos os homens terão de se identificar como mulheres para merecer ocupar cargos de liderança na sociedade “perfeita” idealizada pela ONU?
Aria é o apresentador de um programa de rádio na Internet no qual ele é conhecido como “Ela-Macho.”
Aria defende o fim de acusação de crimes de drogas, trabalho sexual, imigração ilegal e outros crimes “sem vítimas.” “Há muitas coisas pelas quais as pessoas são multadas, presas, mas que na verdade não têm vítimas,” disse ele.
Ele disse que é mais esquerdista em muitos aspectos quando comparado ao seu oponente democrata, Eli Rivera.
“Sou mais esquerdista do que ele,” disse Aria.
A maioria dos republicanos não o apoiou. Sua candidatura foi apenas tolerada pelo Partido Republicano.
Aria também se identifica como uma “alta sacerdotisa” da Igreja Satânica Reformada, que se descreve como “uma organização dedicada à soberania do indivíduo e ao princípio de não agressão.” Não é raro que um homossexual seja membro de um grupo satanista, pois o satanismo adota a homossexualidade como normal.
Ao contrário da Igreja de Satanás, a Igreja Satânica Reformada não se define como uma religião.
“Somos uma anti-religião,” afirma o site da organização, acrescentando:
“Lúcifer não é nosso deus nem nosso rei. Lúcifer é nosso exemplo. Como ele se recusou a obedecer aos decretos arbitrários de uma autoridade, nós também desobedeceremos. A moralidade é decidida pela consciência, não pela classificação hierárquica de um decreto.”
Para um homem satanista, não haveria nenhum problema ele se identificar como uma mulher para ocupar cargos de liderança na sociedade “perfeita” da ONU. Na verdade, só um satanista ou um indivíduo enganado poderia aceitar essa sociedade “perfeita.” Mas, para os verdadeiros cristãos, haveria muitos problemas, porque Deus, que é homem e líder, não chamou mulheres e falsas mulheres para serem delegados de polícia ou ocupar qualquer outro posto de liderança militar e policial. Ele escolheu homens. Mas tente convencer os satanistas sobre isso.
Com informações do DailyMail.
Leitura recomendada sobre feminismo:
Leitura recomendada sobre satanismo:

2 comentários :

Anônimo disse...

Essa figura tb diz ser lesbica. Ou seja é um autogynephilo, um homem hetero pervertido que sente tesão em se travestir. Bizarro.

Flávio disse...

Ele usa as cores preto e amarelo, diz ser a favor do princípio de nao agresão, será que é anarcocapitalista?. É verdade que qualquer um pode ser ancap. Mas apoio a estilos de vida alternativos não são regra entre libertários. Grupos alternativos são usados pelo estado para se justificar. O pai do anarco capitalismo, Murray Rothbarth, denunciou os libertarios de esquerda como falsos.

Hans Herman Hoppe, principal intelectual libertario diz:

Não pode haver tolerância para com os democratas e os comunistas em uma ordem social libertária. Eles terão de ser fisicamente separados e expulsos da sociedade. Da mesma forma, em uma aliança fundada com a finalidade de proteger a família e os clãs, não pode haver tolerância para com aqueles que habitualmente promovem estilos de vida incompatíveis com esse objetivo. Eles – os defensores de estilos de vida alternativos, avessos à família e a tudo que é centrado no parentesco (como, por exemplo, o hedonismo, o parasitismo, o culto da natureza e do meio ambiente, a homossexualidade ou o comunismo) – terão de ser também removidos fisicamente da sociedade para que se preserve a ordem libertária.”

Homosexualidade deve se limitar a vida privada dos indivíduos. Ativismo gay não necessariamente é apoiado pelos libertarios.