11 de setembro de 2020

A perseguição aos cristãos está aumentando drasticamente em todo o mundo


A perseguição aos cristãos está aumentando drasticamente em todo o mundo

Michael Snyder
Em todo o mundo, milhares e milhares de cristãos estão sendo cruelmente mortos simplesmente por causa do que acreditam. Mas se para suas notícias você confiar apenas em fontes de mídia controladas por corporações, você literalmente nunca ouvirá falar dessa perseguição implacável. Aliás, neste artigo eu não tenho link para uma única fonte de notícias dos grandes meios de comunicação. Tive de ir a sites de notícias cristãs para documentar o que estou prestes a compartilhar com você, porque a grande mídia evita notícias como essas como a peste. Claro, se pessoas inocentes estivessem sendo sistematicamente massacradas por um motivo alinhado com as várias agendas que eles estão constantemente promovendo, a grande mídia estaria falando só disso. Fico muito transtornado que as mortes de cristãos sejam tratadas como se realmente não importassem, e continuamos a ver a perseguição mundial aos cristãos aumentar ano após ano.
Por exemplo, basta dar uma olhada no que está acontecendo na Etiópia. Extremistas têm conduzido uma campanha de porta em porta buscando cristãos para matar…
Pelo menos 500 cristãos foram mortos em uma onda contínua de ataques coordenados de porta em porta e milhares de sobreviventes traumatizados fugiram para salvar suas vidas nos últimos dois meses no estado regional de Oromia, no sul da Etiópia, inclusive sua capital Adis Abeba, de acordo com reportagens.
Para a maioria de vocês, esta é provavelmente a primeira vez que ouvem sobre isso.
Isso apenas mostra o poder da mídia convencional. Se eles não falarem sobre isso, a maioria da população nunca vai saber que existe.
Mas deveríamos estar falando sobre isso, porque o que está acontecendo é absolutamente horrível. Em alguns casos, pais cristãos estão literalmente sendo massacrados na frente de seus filhos
“Os extremistas Qeerroo chegaram em carros e, armados com armas, facões, espadas e lanças, procuraram e massacraram os cristãos. As crianças foram forçadas a ver seus pais sendo brutalmente assassinados com facões,” acrescentou.
Um cristão oromo foi decapitado depois de se recusar a rasgar o fio em volta do pescoço, o qual é usado por muitos cristãos etíopes como um sinal de seu batismo. Os agressores disseram à sua esposa que apenas aqueles que se prostram diante de Alá para rezar são considerados parte da comunidade Oromo.
Esta deveria ser uma das maiores causas de direitos humanos de nossos dias, mas o silêncio que vem da grande mídia é ensurdecedor.
É quase como se houvesse uma campanha concentrada para não falar sobre isso.
Mas eu me recuso a ficar em silêncio. Essas vidas preciosas são importantes e vou falar sobre elas.
No Sudão do Sul, 23 cristãos foram mortos a tiros em uma reunião de igreja em 27 de julho, e os agressores aparentemente decidiram que não era o suficiente e então decidiram queimar uma vila inteira
Enquanto isso, no Sudão do Sul, seis crianças que foram feitas reféns estavam entre as 23 pessoas mortas quando atiradores não identificados atacaram uma igreja anglicana no estado de Jonglei em 27 de julho. Pelo menos 20 outras pessoas ficaram feridas.
“Depois de matar pessoas na igreja, os homens armados foram para a vila e mataram pessoas lá,” disse o bispo Moses Anur Ayom ao Episcopal News Service. “Os homens armados incendiaram toda a aldeia em Makol Chuei.”
Mais uma vez, aposto que você nunca ouviu falar dessa notícia até agora.
Do outro lado do continente, milhares de cristãos estão sendo sistematicamente eliminados por extremistas na Nigéria
Neste ano, cerca de 2.000 cristãos foram impiedosamente cortados com facões e mortos a tiros em ataques surpresa em suas aldeias. Esses ataques mortais e sem sentido são freqüentemente retratados como confrontos contínuos entre fazendeiros e pastores de animais. Aqueles que seguem de perto acreditam que fazem parte de uma agenda maior — aparentemente apoiada por autoridades governamentais e agências de segurança — para expulsar os cristãos de suas terras. Cidadãos nigerianos estão sendo desarmados pelo governo, mas de alguma forma, os pastores de animais do fulanis militantes estão armados até os dentes e não têm medo de serem capturados ou de entrarem em conflito com forças de segurança.
Isso é algo que vem acontecendo ao longo de todo o ano de 2020, e essa é outra notícia que aposto que você nunca ouviu falar até ler este artigo.
Eu poderia continuar passando por mais exemplos na África, mas vamos mudar de assunto.
Na Índia, extremistas religiosos regularmente matam cristãos, mas essas mortes raramente recebem muita atenção. Aqui estão alguns exemplos
Uma jovem no distrito de Khunti de Jharkhand se tornou a quinta vítima em uma série de cristãos mortos na Índia por causa de sua fé.
A mulher, Suman Munda, de 25 anos, foi encontrada morta em 19 de julho em um lugar deserto perto de sua casa, de acordo com o Vaticano News. Apenas um mês antes, em 24 de junho, outro cristão Ramji Munda, de 27 anos, foi morto fora de uma vila no distrito de Khunti.
No geral, o número de ataques a cristãos na Índia parece continuar aumentando ano após ano. Em 2019, uma organização registrou “527 casos de perseguição contra cristãos”…
A matança de cristãos na Índia está aumentando.
Em 2019, Persecution Relief, uma organização dedicada a ajudar os cristãos perseguidos na Índia, registrou 527 casos de perseguição contra cristãos, em comparação com 447 casos em 2018.
Infelizmente, o número final para 2020 será provavelmente o mais alto que vimos até agora.
Mas pelo menos as coisas na Índia não são tão ruins quanto na China. Como já discuti anteriormente, o governo chinês parece ter decidido que a eliminação da fé cristã deveria ser uma política oficial do governo. Nos últimos dois anos, incontáveis igrejas foram invadidas, incontáveis pastores foram presos e incontáveis Bíblias foram queimadas.
E mesmo centenas de “igrejas” pró-governo que fazem tudo o que o governo central lhes diz para fazer ainda estão tendo suas cruzes demolidas
A Bitter Winter informou em 9 de junho que cruzes foram removidas de mais de 250 igrejas estatais na província oriental de Anhui nos primeiros quatro meses do ano. De acordo com as informações recém-recebidas, mais 656 locais protestantes estatais na província perderam suas cruzes durante o primeiro semestre deste ano, o total ultrapassando 900.
Felizmente, ainda não enfrentamos esse nível de perseguição no mundo ocidental, mas muitos de nossos políticos estão usando a pandemia que estamos vivenciando para implementar restrições muito rígidas às reuniões cristãs.
Aliás, a prefeitura de Seattle fechou temporariamente um parque inteiro outro dia para evitar que um evento de adoração cristã acontecesse. A seguinte notícia vem de Todd Starnes
A prefeitura de Seattle fechou um parque local antes de uma grande reunião de adoradores cristãos.
Cristãos foram banidos do parque, mas não Black Lives Matter ou Antifa. Pense bem nisso, pessoal.
Os organizadores poderiam ter cancelado completamente o evento, mas em vez disso decidiram levá-lo às ruas e rebatizá-lo como um “protesto de adoração”…
Mas, em vez de cancelar o evento, os cristãos simplesmente transferiram o culto para a rua e o chamaram de “protesto de adoração.”
Brilhante!
Foi maravilhoso ver um grupo tão diverso de pessoas, todas adorando ao Senhor juntas, sob um lindo céu azul.
Mas você pode ter certeza de que as autoridades em Seattle estarão pensando em maneiras de evitar que tal coisa aconteça novamente no futuro.
O ódio aos cristãos está crescendo rapidamente em todo o mundo e vai piorar muito nos próximos anos.
Infelizmente, a mídia controlada por corporações quase certamente continuará a ignorar a perseguição que está acontecendo porque definitivamente não se encaixa em nenhuma das agendas que estão tentando promover.
Isso é extremamente lamentável, porque cada uma dessas vidas que se perdem tem um valor imenso e suas histórias merecem ser contadas.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do site End of the American Dream: The Persecution Of Christians Is Escalating Dramatically All Over The World
Leitura recomendada:

3 comentários :

Anônimo disse...

Os Cristãos sempre foram perseguidos, por Roma nos primeiros séculos, depois pelos muçulmanos e demais pagãos até hoje na Africa e Asia. Na Europa os cristãos tiveram uma relativa paz, até os católicos romanos massacrarem os cristãos que se recusavam a fazer parte de suas heresias, tanto os pré-reformados quanto os cristãos da reforma. Hoje, cristãos da Asia e Africa estão vivendo coisas terríveis, já os cristãos do ocidente estão em relativa paz, e a mídia é claro se silencia sobre o que esta ocorrendo. Mas como a bíblia diz, a Besta fará guerra aos santos, e aquele que tiver que ser morto pela espada morrera pela espada, e o que tiver que ser preso será preso. Portanto aguardem irmãos, pois no futuro quando este tempo chegar, a perseguição sera em todo o mundo e não só no oriente, mas fiquem tranquilos, pois Cristo já venceu a todos, e derrabara o cálice da Ira de Deus sobre todos os perversos, e os cristãos serão trazidos para viverem com Cristo eternamente.

Alessa disse...

Estamos no tempo do fim.

Renato Bulhoes disse...

Aqui também: http://perigoislamico.blogspot.com/2019/01/mais-de-4300-cristaos-foram-mortos-em.html