3 de setembro de 2019

Igreja Bola de Neve, Daniel Lopez e a armadilha de um ocultista


Igreja Bola de Neve, Daniel Lopez e a armadilha de um ocultista

Como um pastor da sede da Igreja Bola de Neve se apostatou da fé evangélica para abraçar o esoterismo fascista de Olavo de Carvalho

Julio Severo
Uma das coisas mais bizarras é ver hoje alguns católicos defendendo a Inquisição, quando até mesmo os papas — desde João Paulo 2 até Francisco — já se distanciaram dessa defesa e até pediram perdão pelos crimes da Inquisição. É tão bizarro quanto ver um professor universitário defendendo as atrocidades do comunismo.
Daniel Lopez vendendo o livro “A Inquisição — Um Tribunal de Misericórdia”
Mais bizarro ainda é ver um pastor neopentecostal defendendo a Inquisição, que torturou e matou multidões de judeus e protestantes, abraçando um fascismo católico rejeitado até por papas.
Entre os livros “interessantes” promovidos por esse pastor está “A Inquisição — Um Tribunal de Misericórdia,” como se torturar, humilhar e matar publicamente fosse um ato de misericórdia, ainda mais que o “crime” das vítimas, tanto judias quanto protestantes, era apenas ter opiniões religiosas diferentes das doutrinas obrigatórias da Igreja Católica da Era Medieval.
Dizer que a Inquisição foi um tribunal de misericórdia é a mesma coisa que dizer que Satanás é o pai das misericórdias.
Daniel Lopez, que é identificado por ele mesmo em seu site como pastor da Igreja Bola de Neve em sua sede na cidade de São Paulo, tem uma loja virtual chamada “Livraria Daniel Lopez” em que ele disponibiliza diversos livros defendendo a Inquisição.
Defender a Inquisição virou uma obsessão tão doentia entre católicos direitistas fascistas que eles dizem que a Inquisição “sofre difamações” do mesmo jeito que Trump! É uma “criatividade” digna da mente mais diabólica.
Não sei se Lopez está fazendo isso porque a Igreja Bola de Neve, que é uma das maiores denominações neopentecostais de São Paulo e uma igreja contextualizada para surfistas e jovens, está abraçando o fascismo católico com sua carga imoral de defesa da Inquisição.
Não sei se Lopez abandonou seu prestigioso cargo de pastor e saiu de sua denominação, pois a Bola de Neve não emitiu nenhum comunicado sobre o estado espiritual de seu pastor, que ocupava ou ocupa um dos cargos mais importantes da sede denominacional em São Paulo.
Na fanpage de Facebook de Lopez, há um silêncio sepulcral sobre suas recentes atividades pastorais e nos últimos seis meses ele não postou nada sobre a Bola de Neve, embora tenha postado um pouquinho no ano passado.
O que há em sua fanpage é excesso de discurso político e politizado. A fanpage dele está encharcada, desde o começo, de conteúdo político que em nada contribui para a salvação e edificação de almas.
Sua postagem mais recente o mostra na Embaixada do Brasil em Washington posando com o astrólogo Olavo de Carvalho, na cerimônia em que o astrólogo recebeu do governo brasileiro a mais elevada condecoração. Lopez comenta: “Sem duvida, um dia que entrou para a história.”
Daniel Lopez e Olavo de Carvalho
Sem dúvida, entrou para a história. A cerimônia toda foi pura e simplesmente uma glorificação de Olavo de Carvalho. Mas para quem passou muitos meses em sua página glorificando muito mais a política do que Jesus, Cristo, o que estranhar? Você pode conferir a glorificação do astrólogo Olavo aqui: “A glorificação de Olavo de Carvalho na Embaixada do Brasil em Washington D.C.
Glorificar na Embaixada do Brasil o maior revisionista da Inquisição no Brasil é um tremendo tabefe na cara de judeus, evangélicos e historiadores.
Como olavista, Lopez se alegrou com a condecoração do astrólogo, não muito diferente do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que ao saber em abril que um hipnotizado Jair Bolsonaro condecoraria o guru de ambos, imediatamente comparou Bolsonaro com Jesus Cristo.
Esse não foi o primeiro encontro de Lopez com o astrólogo. Ele esteve em abril passado na casa do astrólogo numa entrevista com o tema “Como derrotar a esquerda” — quando na verdade ele precisava de um profundo discipulado de “Como derrotar as influências ocultistas na vida de um pastor.” Se essas influências não são derrotadas, o pastor obviamente se converte para essas influências.
Embora agora em seu site Lopez faça questão de vender livros católicos, a Semana Santa, que é veneradíssima pelos católicos, foi transformada por Lopez como “Semana Olavo de Carvalho,” na qual ele fez promoções dos livros do astrólogo.
A “Livraria Daniel Lopez” disponibiliza livros católicos, desde apologética católica até uma seção inteira que Lopez dedicou à “Maria Santíssima.”
A livraria dele também vende diversos livros de Scott Hahn contando seu testemunho de como ele abandonou a Igreja Presbiteriana para se tornar católico. Hoje, Hahn é teólogo católico.
O que Lopez pretende com isso tudo? Que pastores façam o que ele fez, abandonar as igrejas evangélicas para abraçar o fascismo olavista disfarçado de catolicismo?
Curiosamente, Lopez não vende livros evangélicos, nem mesmo da Bola de Neve!
Como a Bola de Neve não emitiu nenhum comunicado, fica difícil saber se Lopez continua como pastor e se a Bola de Neve está também passando por essa estranha transição. Se a Bola de Neve não aprovou a transição olavista de Lopez, cabe o questionamento: Que tipo de discipulado eles oferecem que não resiste à lavagem cerebral ocultista feita por um astrólogo?
Ver um de seus maiores pastores caindo no buraco ocultista do olavismo é uma humilhação imensa.
Antes que católicos comemorem uma possível conversão de Lopez ao catolicismo, a “Livraria Daniel Lopez” também disponibiliza livros de religiões orientais, tais como “Treinamento Interior Taoista,” de Zhao Bichén e “Tao Te Ching: O Livro que Revelação,” de Lao Tsé. Sem mencionar que qual é o católico que transforma a Semana Santa em “Semana Olavo de Carvalho”?
Se os livros vendidos pela “Livraria Daniel Lopez” indicam a conversão de Lopez, não foi somente o catolicismo que saiu beneficiado. As religiões orientais também. Tal resultado é perfeitamente esperado em adeptos do astrólogo Olavo. Eles se envolvem com um catolicismo sincrético com sua mistura tradicional de esoterismo e ocultismo. O papa desse catolicismo é o próprio astrólogo.
Do ponto-de-vista do evangelicalismo, Lopez não está nada bem, ainda que tenha histórico de ser pastor de uma das maiores igrejas evangélicas de São Paulo. Defender a Inquisição e religiões orientais é 100 por cento incompatível com o evangelicalismo. Mas é perfeitamente compatível com o fascismo religioso.
Do ponto-de-vista do catolicismo, Lopez não está bem, ainda que ande defendendo Maria Santíssima. Defender religiões orientais é 100 por cento incompatível com o catolicismo. E defender a Inquisição é postura só compatível com católicos medievais e fascistas, não com os papas modernos, e muito menos com historiadores judeus e protestantes.
A paixão de Lopez por Olavo o está levando a tolices imensas.
Na seção de livros de filosofia da “Livraria Daniel Lopez,” os livros de Olavo de Carvalho ocupam proeminência.
Sua atual aparência de devoção católica é pura ilusão. Se hoje ele consegue transformar Semana Santa em “Semana Olavo de Carvalho,” o que estranhar se ele vier a balbuciar algum dia que Olavo foi crucificado, morto e ressuscitado ao terceiro dia?
Lopez parece nunca ter dado a devida atenção ao que a Palavra de Deus diz sobre os encantos da filosofia:
“Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo.” (Colossenses 2:8 NVI)
“Certifique-se de que nenhum predador transforme você em vítima por meio de alguma filosofia enganadora e ilusão vazia com base em tradições fabricadas por meros seres humanos mortais. A fonte dessa filosofia e ilusão está nos princípios que se originam neste mundo e não no Ungido (por isso, não deixe as conversas deles capturarem você).” (Colossenses 2:8 The Voice Bible)
Até mesmo o discurso encharcado de política de Lopez vem carregado de más interpretações. Seguindo o astrólogo, em 2018 ele louvou a indicação de Ricardo Vélez para ministro da Educação. Foi uma indicação péssima vinda do astrólogo e apoiada por Lopez, pois naquela época alertei que Vélez era fã da esquerdista Hillary Clinton e opositor de Trump. Se Lopez tivesse lido meu blog, não teria caído no erro do astrólogo nem bajulado sua má indicação.
Lopez também bajulou a indicação em 2018, feita pelo astrólogo, de Ernesto Araújo como ministro das Relações Exteriores. Foi uma indicação péssima vinda do astrólogo e apoiada por Lopez, pois naquela época alertei que Araújo louva publicamente Julius Evola, que inspirou o nazismo e o fascismo com seus livros defendendo a direita e a bruxaria ao mesmo tempo. Se Lopez tivesse lido meu blog, não teria caído no erro do astrólogo nem bajulado sua má indicação.
Antes que calvinistas cessacionistas, os chamados “reformados,” proclamem que a confusão espiritual de Lopez é resultado do neopentecostalismo, na cerimônia do astrólogo na Embaixada do Brasil em Washington estava o Dr. Steve Turley, um reformado americano. Pelo menos, a página pessoal de Facebook de Turley faz questão de mostrar proeminentemente que ele estudou teologia no Reformed Theological Seminary (Seminário Teológico Reformado).
Olavo de Carvalho e Steve Turley
Turley e outros reformados americanos foram convidados para a cerimônia de Olavo de Carvalho. Por que e quem pagou a passagem de Lopez para estar no evento em Washington ninguém sabe. Se ele foi usado pelo astrólogo apenas como peça de propaganda para mostrar aos reformados americanos como “Olavo de Carvalho é amado por evangélicos brasileiros” é só conjectura.
Se foi uma peça de propaganda, funcionou. O reformado Turley acabou entrevistando Olavo. Mas se ele ler “A glorificação de Olavo de Carvalho na Embaixada do Brasil em Washington D.C.,” ele vai certamente entender muita coisa. Por isso, publico tantas informações em inglês sobre Olavo. Os americanos não entendem o lamaçal de confusão que está dentro e em torno do Olavo.
O fato é que Olavo, que já confundiu totalmente a cabeça de Lopez, busca agora confundir a cabeça de reformados americanos.
Graças aos encantamentos e lábia de Olavo, neopentecostais e reformados caíram na mesma armadilha de confusão.
São quedas previsíveis quando o cristão lê mais livros do Olavo ou recomendados por ele do que a Bíblia.
São quedas previsíveis quando o cristão foca mais no Olavo e suas conspirações ocultistas do que em Jesus Cristo e Sua Palavra.
Pastores amadores e superficiais que acham que tudo o que é louvado na direita tem apoio automático de Deus precisam ler a Bíblia de novo. Precisam de uma conversão. A língua bifurcada de Carvalho é um perigo para amadores.
Tenho alertado os evangélicos brasileiros sobre a influência espiritual escura de Carvalho. Evangélicos que o seguem ficam tão encantados e emburrecidos com sua lábia bifurcada que acabam colocando assuntos políticos acima da Palavra de Deus e da comunhão com Jesus. O resultado final é previsível: um pastor de uma grande denominação neopentecostal servindo como capacho de propaganda para os interesses ocultos e ocultistas de um astrólogo, inclusive a imoral defesa da Inquisição. Aliás, já são vários pastores, tanto reformados quanto pentecostais, que se desviaram do Evangelho para seguir o fascismo olavista.
Enfrentar a lábia e encantamentos de Olavo não é para amadores, inclusive pastores amadores. Marco Feliciano, que é um dos maiores pastores da Assembleia de Deus e deputado federal, pode ser um dos maiores pastores amadores no que se refere ao enfrentamento da lábia de um ocultista.
Pastores continuam iludidos, e até se convertendo, mesmo depois que o astrólogo disse que “as igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira.” Claro que ele sabe que isso é uma mentira descarada, mas ele a espalha para poder tentar derrotar o que ele vê como única competidora para a glória ambicionada por ele: ser considerado o único responsável pela resistência antimarxista no Brasil.
Uma das únicas e últimas pregações de Lopez na sede da Bola de Neve em São Paulo, conforme registrado em sua fanpage de Facebook, foi sobre o diabo. Lopez citou em sua mensagem: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar.” (1 Pedro 5.8).
Através dos encantos da filosofia ocultista-esotérica de Carvalho, o diabo foi andando cada vez mais ao redor de Lopez. O que ele pregou para outros ele não conseguiu aplicar para si mesmo.
Um único astrólogo, adepto de Guénon, foi suficiente para Lopez ser devorado.
Em 2013, Lopez publicou seu livro “A Visão Bíblica do Catolicismo.” O próprio Lopez apresentou seu livro dizendo:
“A Visão Bíblica do Catolicismo traz um manual sobre como confrontar a doutrina católica através das Escrituras, e como responder aos questionamentos feitos por seus adeptos. Hoje, mais do que nunca, este conhecimento se mostra fundamental, pois a Igreja de Roma está, pela primeira vez, sob a liderança de um membro da Companhia de Jesus, ordem criada com o intuito de conter o avanço do protestantismo no mundo. Trata-se, portanto, de uma poderosa ferramenta para todo aquele que deseja atender ao chamado de Jesus e defender a sã doutrina nestes tempos angustiosos.”
Ao se interessar pelo discurso “filosófico” antimarxista do astrólogo, Lopez foi não só conduzido a valorizar a doutrina de Maria Santíssima, mas também a Inquisição, o taoísmo e o próprio Olavo, que se tornou a principal referência “filosófica” e espiritual dele.
Se discurso antimarxista pudesse transformar um homem em santo, o mais santo de todos seria o católico Adolf Hitler, que tinha um discurso antimarxista que enganou milhões de católicos e até protestantes. E que Lopez e outros olavistas não venham me dizer que Hitler não era católico nem antimarxista, pois Julius Evola, que assessorava o nazismo, é louvado por olavistas como Ernesto Araújo. Mais que isso, Evola era o maior discípulo do ocultista islâmico René Guénon, que é o guru de vários “católicos” endeusados pelo populismo de direita, inclusive Steve Bannon e Olavo.
Em uma pregação de 2016, Lopez perguntou para a audiência “Quem é o seu Mestre?” Hoje a audiência da Bola de Neve e outras igrejas em que ele pregou precisam perguntar para ele: “Quem é o seu Mestre?”
Lopez está sozinho nisso ou não? A Igreja Bola de Neve, que ainda não se pronunciou sobre a apostasia dele, também se deixou ludibriar pelo discurso “filosófico” antimarxista do astrólogo?
A Bola de Neve também vai defender a Inquisição, o taoísmo e o próprio Olavo?
Os reformados americanos, ludibriados com a presença de Lopez como sinal de que “Olavo é amado por evangélicos brasileiros,” vão também acabar abraçando o esoterismo fascista com sua carga de defesa imoral da Inquisição, Santíssima Maria, taoísmo e astrologia política?
Na época de Moisés, havia muitos astrólogos e ocultistas no governo do Egito assessorando o governante, mas Moisés não se deixou ludibriar por nenhum deles e suas encantadoras “filosofias” políticas. Pelo fato de que Moisés não os seguiu, Deus o exaltou acima deles.
Na época de Daniel, havia muitos astrólogos e ocultistas no governo da Babilônia assessorando o governante, mas Daniel não se deixou ludibriar por nenhum deles e suas encantadoras “filosofias” políticas. Pelo fato de que Daniel não os seguiu, Deus o exaltou acima deles.
Como no passado, há um astrólogo e ocultista aconselhando o presidente do Brasil.
O que está acontecendo com os pastores de hoje que em vez de seguirem o exemplo de Moisés e Daniel preferem seguir os astrólogos e ocultistas com suas encantadoras “filosofias” políticas?
Leitura recomendada:
Leitura recomendada sobre a Inquisição:

4 comentários :

Eliane Souza disse...

Eu sou membro da Bola de Neve Sede. De tudo o que vejo sendo pregado e ensinado na igreja, parece-me que Daniel Lopez é uma voz discordante que não tem o respaldo da liderança. Posso afirmar que a doutrina oficial da Bola de Neve não segue os mesmos desvios dele. Inclusive não o vejo pregar há muito tempo.

Israel disse...

Julio, você não considera que é hora de tornar os seus textos em áudio/vídeo? Se você quer que a sua mensagem alcance o maior número possível de pessoas, me parece que isso é algo que você deve considerar.

Maciel disse...

Poxa. Fiquei triste em ver o pr Daniel desse jeito. O cara é um mestre... Fazer venda de livros totalmente contra a nossa fé e outros absurdos mais me decepcionaram
Ainda dá tempo dele sair desses engodos...

Marcos disse...

Ótima dica. Poderia existir um podcast ou vídeos no Youtube nem que seja somente com o áudio da leitura do artigo! Abraço Julio!