20 de junho de 2019

Televangelista da teologia da prosperidade, que é conselheira espiritual de Trump, inaugura oficialmente a campanha de reeleição de Trump com oração espiritualmente destruindo a rede demoníaca contra o presidente e dizendo que sua vitória em 2020 está assegurada em nome de Jesus Cristo


Televangelista da teologia da prosperidade, que é conselheira espiritual de Trump, inaugura oficialmente a campanha de reeleição de Trump com oração espiritualmente destruindo a rede demoníaca contra o presidente e dizendo que sua vitória em 2020 está assegurada em nome de Jesus Cristo

Julio Severo
Paula White, uma das mais proeminentes televangelistas da teologia da prosperidade nos Estados Unidos e conselheira espiritual evangélica do presidente Donald Trump, fez uma oração poderosa no início da campanha de reeleição do presidente em 2020, em 18 de junho de 2019.
Paula White
Enquanto a televangelista pedia aos milhares de apoiadores de Trump reunidos em Orlando, Flórida, que se unissem às pessoas a seu lado, ela atacou as forças espirituais que se opõem a Trump como uma “rede demoníaca.”
“Oro para que o Espírito do Senhor esteja sobre nosso presidente, e permita que Seu favor faça com que seu chifre, seu poder, seja exaltado de acordo com o capítulo 89 do Salmo, versículo 17,” White orou diante do comício lotado. “Pai, tu levantaste o Presidente Trump para um tempo como este.”
“Agora, eu preciso que você realmente acompanhe o que vou orar,” disse ela para a multidão. “Que todo véu maligno de engano do inimigo seja removido dos olhos das pessoas.”
Ela também disse para a multidão de Trump em Orlando: “Vou lidar com alguns principados agora,” e então ela passou a orar a partir de Efésios 6:12 (KJA), que diz: “Porquanto, nossa luta não é contra seres humanos, e sim contra principados e potestades, contra os dominadores deste sistema mundial em trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.”
Ela continuou sua oração forte, dizendo: “Que toda rede demoníaca que vem se alinhando contra o propósito, contra o chamado do Presidente Trump, seja quebrada, seja demolida em nome de Jesus. Que o conselho dos ímpios seja arruinado agora mesmo.”
A televangelista neopentecostal usou essa linguagem no passado em referência a Trump. Enquanto dava palestra na Casa Branca para o Dia Nacional de Oração no mês passado, ela exigiu que “toda rede demoníaca fosse debandada agora.”
“Declaro que o presidente Trump vai vencer todas as estratégias do inferno e todas as estratégias do inimigo — todas as estratégias — e ele cumprirá seu chamado e seu destino,” White orou.
Durante sua fervorosa oração de quase cinco minutos, White profetizou que nenhuma arma seria capaz de se formar contra Trump. Ela também profetizou que foi a vontade de Jesus que Trump fosse presidente e que Sua vontade era que ele voltasse a vencer em 2020.
“Mobilizo a mão de Deus para operar em favor dele,” profetizou White. “Em nome de Jesus, asseguro seu chamado, asseguro seu propósito, asseguro sua família e asseguramos a vitória no nome que está acima de todos os nomes — o nome de Jesus Cristo.”
Paula White orando na posse de Trump
A televangelista da teologia da prosperidade não ocupa nenhum cargo oficial no governo Trump, mas lidera um conselho consultivo evangélico da Casa Branca e fez a oração na posse de Trump.
Trump tem muito apoio dos evangélicos conservadores americanos, mas a teologia de White é polêmica, mesmo entre os evangélicos, que também discordam dela porque acreditam que a Bíblia não autoriza mulheres a liderar igrejas.
Apesar de Trump ter nascido presbiteriano e raramente frequentar uma igreja presbiteriana, ele não entende as questões espirituais. Mesmo assim, ele tem sido generosamente aberto aos evangélicos. E ele sente nas orações de White um poder espiritual que ele não estava acostumado a ver na igreja presbiteriana.
Trump com Paula White
Antes de começar a oração, White disse que conhece Trump e sua família há 18 anos. A amizade deles começou depois que Trump telefonou para ela para elogiar suas pregações na TV.
Paula White menciona em um comentário para a Rede de Televisão Cristã dos EUA, “o compromisso extraordinário do Presidente com a liberdade religiosa tem sido óbvio desde o início de sua presidência — apenas duas semanas depois de sua posse, Donald Trump participou do Café da Manhã Nacional de Oração onde ele enfatizou a importância de preservar e valorizar valores religiosos.”
Em maio, White deixou o cargo de pastora na megaigreja City of Destiny (Cidade de Destino), em Apopka, Flórida. Ela disse que quer focar em abrir uma universidade cristã e 3.000 igrejas nos Estados Unidos.
Por alguma razão, Trump escolheu White para fazer a oração de abertura de sua campanha de reeleição. Foi uma oportunidade muito importante, que White não desperdiçou. Sua oração foi extraordinariamente impactante.
Parece que os apoiadores evangélicos de Trump — inclusive teleevangelistas neopentecostais, presbiterianos, batistas e outros — têm medo de perder a chance de serem ouvidos por Trump se mencionarem as posturas esquerdistas dele sobre as questões gays.
A oração de Paula White foi interessante e poderosa. E sua oração, e as orações de outros líderes evangélicos dos EUA, poderiam ser muito mais interessantes quebrando, em nome de Jesus, toda rede demoníaca que influencia Trump para apoiar a mesma causa homossexual demoníaca que Obama apoiou por 8 anos.
White poderia ter acrescentado à sua poderosa oração: “Que todo véu maligno de engano do inimigo seja removido dos olhos de Trump em relação à celebração do Mês do Orgulho LGBT e uma campanha global para legalizar a sodomia em todo o mundo.”
Ainda que você discorde totalmente de White e de como ela vive a Bíblia, não há como negar que sua oração foi poderosa.
Deus já deu uma grande vitória a Trump por causa de seus conselheiros espirituais evangélicos: Ele livrou Trump de Steve Bannon, um conselheiro ocultista que estava tentando usar Trump para promover seu movimento fascista esotérico.
Com as poderosas orações de White e de outros, Deus pode fazer muito mais para libertá-lo da rede demoníaca de forças homossexualistas.
Com informações do DailyMail, CBN News e Charisma.
Leitura recomendada:

Nenhum comentário :