18 de abril de 2019

“Pesquisador” muçulmano causa indignação ao afirmar em vídeo online que judeus “matam crianças cristãs” e usam seu sangue para fazer “doces de festa”


“Pesquisador” muçulmano causa indignação ao afirmar em vídeo online que judeus “matam crianças cristãs” e usam seu sangue para fazer “doces de festa”

Julio Severo
Um pesquisador muçulmano do Kuwait está causando indignação ao afirmar que os judeus “matam crianças cristãs” para fazer “doces de festa.”
Em um vídeo postado no YouTube, Muhanna Hamad Al-Muhanna, aparentemente, afirma que os judeus usam sangue humano, preferencialmente de crianças cristãs, na confecção de “doces de festa.”
Muhanna postou o vídeo em seu canal no Youtube, que tem mais de 13.000 assinantes, no início deste ano.
O vídeo de 47 minutos foi visto cerca de 25.000 vezes e provocou uma onda de críticas online.
“Uma das práticas religiosas mais famosas dos judeus é matar uma criança cristã em determinado feriado. Eles tomam seu sangue e transformam em uma massa, que é comida naquele dia. Eles chamam de ‘sangue sagrado.’ Deve ser uma criança inocente, que não tenha sido contaminada pelo mundo.”
Continuando, Muhanna chama os judeus de “Os inimigos de Islamismo, Os Inimigos dos Muçulmanos” enquanto ele ataca a fé judaica.
Ele também parece afirmar que Hitler matou os judeus porque eles estavam “combatendo a ordem social.”
“Hitler notou que os judeus estavam por trás de todo movimento clandestino que lutava contra a ordem social. Ele notou que os judeus estavam por trás dos filmes pornográficos e da literatura. Então ele disse que se a Alemanha quiser progredir, precisa se livrar dos judeus ou de seu controle.”
Com informações do jornal britânico DailyMail.
Leitura recomendada:

Nenhum comentário :