11 de setembro de 2018

Olavo de Carvalho: “As igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira”


Olavo de Carvalho: “As igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira”

Boatos, mitos e fake news do astrólogo Olavo contra os evangélicos do Brasil

Julio Severo
Dias atrás, o astrólogo Olavo de Carvalho disse:
“Do ponto de vista da destruição das inteligências, as igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira. Inclusive porque ajudaram muito na ascensão esquerdista (beneficiando-se dela um bocado) e só se voltaram contra ela demasiado tarde.”
Ele colocou claramente as igrejas evangélicas como um mal muito maior contra o Brasil do que o marxismo.
Ele também disse recentemente:
“A quantidade de lendas urbanas com que os pastores ‘evangélicos’ estufam a cabeça dos seus fiéis vacina-os para sempre contra qualquer conhecimento histórico.”
“Segundo Padre Pio, a religião de vocês foi fundada por Lúcifer. Não vejo por que duvidar, depois de tantas provas que vocês me deram.”
“O evangelismo brasileiro é um subproduto acidental da destruição da Igreja Católica, Sua substância espiritual é a sombra de uma ausência.”
“As igrejas evangélicas americanas já se livraram do seu velho anti-intelectualismo. Exportaram-no para o Brasil.”
“As igrejas evangélicas ainda não fizeram ao Brasil um dano comparável ao que fez o Concílio Vaticano II, ao qual devemos, inclusive, a expansão delas no país.”
Quando o astrólogo Olavo se refere a conhecimento e intelectualidade, ele tem em mente principalmente a Inquisição. Qualquer pessoa que não se sujeite a seu revisionismo da Inquisição é tachado como “canalha” e adjetivos piores, inclusive propagador de lendas urbanas. Ficam então sob xingamentos não só evangélicos, mas também judeus.
Logo depois dos ataques recentes do astrólogo aos evangélicos, Jair Bolsonaro, o candidato em que o astrólogo está pegando carona para tentar obter alguma fama nos EUA, foi esfaqueado por um militante esquerdista.
Querendo ou não, esse episódio traz um paralelo inevitável. Se não é certo minimizar o crime do agressor contra Bolsonaro, por que o astrólogo, a quem Bolsonaro prometeu cargo de ministro (confira este vídeo: https://youtu.be/XWx3wzh0dVE), minimiza crimes de agressores contra judeus e evangélicos? A esquerda nojenta minimiza o atentado à faca a Jair Bolsonaro. De forma semelhante, seguidores radicais de Bolsonaro elogiam o astrólogo, que faz pouco caso das torturas e assassinatos da Inquisição contra judeus e evangélicos. É a mesma coisa que elogiar o terrorista que deu facada em Bolsonaro. Assista ao próprio astrólogo Olavo minimizando os crimes da Inquisição: https://youtu.be/PltbzpNFnoU
O evanjegue (termo que significa “evangélico jegue,” usado pelo astrólogo Olavo contra os evangélicos que não o seguem, mas que eu uso para os evangélicos que o seguem) que se sujeita às mentiras e xingamentos do astrólogo Olavo por causa da luta contra o marxismo é tão trouxa que não percebe que essa luta, cedo ou tarde, redundará em luta contra os evangélicos.
Não chamo Olavo de Carvalho de astrólogo por xingamento. Enquanto eu passei toda a minha vida como evangélico combatendo o marxismo, ele não passou a vida dele combatendo o marxismo, mas praticando e dando aulas de astrologia.
Dizer que “as igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira” é puro boato, mito e fake news do astrólogo Olavo contra os evangélicos do Brasil!
E essa boataria não para por aí.
Dizer que a ascensão do PT e das esquerdas no Brasil é culpa das igrejas evangélicas é acusar a maioria das igrejas evangélicas de ter passado várias décadas apoiando o desenvolvimento do PT. Mas isso não é verdade. Isso é puro boato, mito e fake news. E quem anda espalhando essas mentiras é o astrólogo Olavo.
Nas décadas de 1960, 1970, 1980, 1990 e em diante, a Igreja Católica em maioria esmagadora apoiou a esquerda. Quando estive na sede da CNBB em Itaici dez anos atrás, líderes católicos pró-vida me disseram: Aqui nasceu o PT!
Nas décadas de 1960, 1970, 1980 e 1990, a maioria das igrejas evangélicas era contra o PT, e só caiu momentaneamente depois, na primeira eleição de Lula, graças à influência do apóstata Caio Fábio, que se tornou mais tarde amigo do astrólogo Olavo — sem porém abandonar o esquerdismo.
Mas a ascensão do PT não começou em 2002. Começou no final da década de 1970 com amplo apoio de líderes católicos, enquanto amplos setores dos líderes evangélicos denunciavam e combatiam o PT e todo tipo de esquerdismo. Quem é que não lembra os programas de televangelistas pentecostais da década de 1970 e 1980 criticando ferozmente todas as esquerdas?
Quem não se lembra de que na década de 1980 enquanto as famosas comunidades eclesiais da Igreja Católica estavam a todo vapor criando os políticos e o eleitorado do PT, as igrejas evangélicas estavam ensinando que se Lula fosse eleito e o PT governasse, o Brasil se transformaria numa ditadura comunista?
Quem é que não se lembra dos livros da Editora Betânia e Editora Vida com testemunhos impressionantes de cristãos oprimidos pelo comunismo? Quem é que não se lembra do programa Clube 700, na antiga TV Tupi, com o apresentador Pat Robertson alertando diariamente contra o comunismo no final da década de 1970? Quem é que não se lembra do programa de Jimmy Swaggart, na TV Bandeirantes, alertando contra o comunismo no final da década de 1970 e durante toda a década de 1980?
Eu, que sou resultado dessa formação evangélica, sempre fiz oposição ao PT, não tendo votado em Lula e outros comunistas uma única vez. Por isso mesmo, fui o maior denunciador da queda momentânea da maioria dos líderes evangélicos em 2002. Confira:
Minha oposição a Lula foi reconhecida na mídia internacional em 2006, quando um artigo meu foi matéria de capa no The Religion & Society Report, do renomado filósofo americano Harold O. J. Brown, que me convidou para expor para o público internacional quem era Lula e o PT. O resultado foi o artigo “Behind the homosexual tsunami in Brazil,” cuja tradução está disponível neste artigo: “Por trás do tsunami homossexual no Brasil.”
Eu, que sempre fui contra o PT, lutei muito de 2002 em diante para que as igrejas evangélicas voltassem à sua postura anterior, de oposição majoritária ao PT.
Enquanto nas décadas de 1970 e 1980 Olavo de Carvalho se ocupava com astrologia e outras vigarices, os líderes evangélicos estavam envolvidos no combate às esquerdas.
Em 1992, numa audiência sobre o aborto na Câmara dos Deputados, o Dep. Eduardo Jorge se dirigiu ao presidente da CNBB mencionando seu agradecimento não só pela Igreja Católica, mas por sua formação de Teologia da Libertação dentro da Igreja Católica. Eu estava então acompanhando o presidente da CNBB para apoiar a postura pró-vida dele. Eduardo Jorge deixou claro que se ele agora era petista, foi graças à formação que ele recebeu na Igreja Católica nas décadas de 1970 e 1980.
Sendo que a maioria da Igreja Católica passou décadas apoiando o desenvolvimento do PT e a maioria das igrejas evangélicas não passou décadas participando desse desenvolvimento, igualar as igrejas evangélicas com a Igreja Católica na esquerdização do Brasil é a mesma coisa que dizer que uma esposa que caiu uma única vez em adultério é igual à prostituta que passou décadas envolvida em imoralidades. É uma comparação que só um vigarista poderia fazer, e quem anda espalhando esse boato, mito e fake news é o próprio astrólogo Olavo.
A própria esquerda americana reconhece que a maior resistência ao marxismo no Brasil são as igrejas evangélicas. Essa mesma esquerda não conhece o astrólogo. Mesmo depois de estar vivendo como imigrante há 15 anos nos EUA, o astrólogo não foi notado pela poderosa esquerda americana. Sua única chance agora de ser notado é pegar carona na fama de Bolsonaro, que pode ser tornar presidente. Sem carona em Bolsonaro, o astrólogo Olavo continuará na mesma obscuridade que ele sempre teve nos EUA, onde ele não é reconhecido entre os maiores filósofos americanos, e ele mesmo já se queixou disso. Aliás, ele que xinga frequentemente o protestantismo, foi morar nos EUA, o maior país protestante do mundo, para quê?
Ele busca crescer às custas dos evangélicos, xingando-os e igualando-os à CNBB. E o que não deveria causar nenhuma surpresa é agora ele querer alcançar nos EUA visibilidade pegando carona na fama de Bolsonaro. É uma existência arrastada a reboque de famas alheias.
Usar a queda momentânea dos líderes evangélicos para dizer que a maioria das igrejas evangélicas sempre foi de esquerda é a mesma coisa que dizer que só porque Bolsonaro já elogiou Lula e Hugo Chavez ele sempre foi comunista e responsável pela ascensão do PT.
Vamos aos fatos. Quando estava no exército certas ações de Bolsonaro agradavam às esquerdas.
Em 2002, na primeira eleição de Lula, Bolsonaro chamou Lula de honesto e disse que votaria nele.
Em 1999, quando Bolsonaro foi questionado sobre o que achava de Hugo Chávez ser apoiado pelos comunistas, ele afirmou: “Ele não é anticomunista e eu também não sou. Na verdade, não tem nada mais próximo do comunismo do que o meio militar.”
Em 2002, Bolsonaro apoiou Aldo Rebelo, chefe do Partido Comunista do Brasil, para ministro da Defesa.
Apesar disso, o astrólogo Olavo não usa o histórico de Bolsonaro contra ele, porque a intenção clara é pegar carona na atual fama de Bolsonaro.
Quando não é possível pegar carona ou parasitar um movimento, ele o ataca. Um exemplo foi o impeachment da socialista Dilma Rousseff. Sem dúvida alguma, a derrubada dela foi o acontecimento histórico mais importante para o conservadorismo brasileiro nos últimos anos.
Conforme noticiado pela mídia internacional e reconhecido pela Rede de Televisão Cristã dos EUA na manchete “Impeachment de Dilma mostra crescente poder evangélico no Brasil,” a queda do governo da Dilma foi causada especialmente por líderes evangélicos.
Como o astrólogo Olavo não conseguiu tomar para si a glória da derrubada de Dilma, ele disse:
“Quem quer que tenha estudado a ofensiva cultural soviética e a posterior estratégia gramsciana compreende algo que parece ainda totalmente ignorado de cem por cento dos liberais e conservadores neste país: eliminar da consciência popular mitos como a ‘Inquisição’... é infinitamente mais valioso do que ‘tirar a Dilma.’”
O importante, para ele, não foi tirar Dilma do poder. O importante é tirar da cabeça das pessoas o “mito” — que, segundo ele, é promovido pelos evangélicos e judeus — de que a Inquisição torturava e matava judeus e evangélicos.
Se não fosse o papel proeminente dos evangélicos na derrubada de Dilma, o astrólogo diria facilmente que a queda dela foi o acontecimento mais importante contra a esquerda em anos recentes.
Outros comentários antievangélico do astrólogo:
“O Protestantismo nasceu do ódio e da sêde de sangue. Sua inspiração cristã é ZERO.”
“Lutero e Calvino eram almas cheias de ódio. O primeiro foi um genocida, o segundo o inventor do governo totalitário. Seus seguidores estão no caminho do inferno, e se for preciso xingá-los de tudo quanto é nome para tirá-los dessa enrascada, farei isso sem dó nem piedade.”
“Repito: nunca existiu uma entidade chamada ‘Inquisição’ e muito menos ‘Santa Inquisição.’”
“A credulidade com que tantos evanjegues ouvem pastores semi-analfabetos, drogados, ladrões e putanheiros é a oitava maravilha do mundo.”
Ao igualar as igrejas evangélicas com a Igreja Católica na esquerdização do Brasil, o astrólogo pretende na verdade se apresentar como a fonte máxima de resistência ao marxismo no Brasil. Ele busca expandir o culto à personalidade dele, que é forte entre olavetes, para as esferas fora do olavismo, tomando a glória dos outros. Ele faz o que qualquer mídia esquerdista de FakeNews faz: absolve a si mesmo de todos os crimes e amplifica supostos crimes de suas vítimas, angariando para si honras que não lhe pertencem.
O astrólogo Olavo não faz essas comparações apenas por desonestidade. Ele tem um antigo ódio às igrejas evangélicas, que ele vê como a maior ameaça à sua propaganda. Então, tanto ele quanto as esquerdas enxergam as igrejas evangélicas como a maior ameaça à expansão de ambos.
O único tipo de evangélico que ele considera aceitável é o evangélico que paga seus cursos e lhe presta submissão. São os evangélicos olavetes, que são tão vendidos ao maligno quanto os evangélicos petistas.
Mas apesar de todos os seus esforços frenéticos para arrogar para si um papel de liderança e glória suprema, a esquerda americana reconhece que a maior resistência ao marxismo no Brasil são os evangélicos conservadores. Confira o artigo neste link: http://bit.ly/2vnU6kH
Quando vemos hoje a maioria dos líderes evangélicos atacando a esquerda, esse é um sinal do retorno deles à sua velha tradição antimarxista das décadas de 1960, 1970 e 1980 que foi momentaneamente perdida por causa da má influência do apóstata Caio Fábio, outrora a maior estrela gospel da Igreja Presbiteriana do Brasil e atual amigo do astrólogo.
Mesmo assim, o astrólogo Olavo garante que “as igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira.” E para provar o que o protestantismo é uma má influência, ele prefere viver como imigrante há quase 15 anos no país mais protestante do mundo, os EUA. Confira neste link: http://bit.ly/2r0mnqC
Apesar de todo esse tempo nos EUA, a esquerda americana nunca notou a presença dele nos EUA.
Essa esquerda poderosa já notou a minha presença e tem me atacado de muitas maneiras. Portanto, se “as igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira,” então era para a esquerda dos EUA me amar, não me odiar. Era para a esquerda americana focar os ataques nele, não em mim.
Não se conhece nenhum escritor conservador brasileiro cujo nome tenha sido sistematicamente atacado durante anos e colocado na lista negra por People for the American Way, uma das maiores organizações esquerdistas dos EUA. Sim, meu nome está ali. Para mim, todo ataque da esquerda contra mim é uma honra. E dou toda a glória a Jesus.
Não se conhece nenhum escritor conservador brasileiro cujo trabalho foi atacado pela CNN, a maior rede de televisão noticiosa esquerdista dos EUA e do mundo. Sim, meu trabalho foi mencionado negativamente pela CNN. Para mim, todo ataque da esquerda contra mim é uma honra. E dou toda a glória a Jesus.
Não se conhece nenhum escritor conservador brasileiro que tenha sido atacado várias vezes por The Advocate, a maior revista homossexual do mundo. Sim, eu tive essa “honra” várias vezes. Para mim, todo ataque do ativismo homossexual contra mim é uma honra. E dou toda a glória a Jesus.
No ano passado, HotSpots, a revista homossexual mais importante da Flórida, EUA, com satisfação maligna anunciou: “Criatura Asquerosa da Semana: Escritor e Blogueiro Brasileiro Julio Severo.” Vários outros sites e revistas homossexuais dos EUA, de costa a costa, também me deram essa classificação em 2017.
Se eu os xingasse, eles jogariam contra mim leis e mais leis americanas contra discriminação. Mas quando eles me xingam… É sinal de que meu trabalho está incomodando e impactando.
Eu não tenho minha própria conta PayPal, porque depois de uma campanha homossexual internacional, o PayPal fechou minha conta. Esse caso virou manchete nos EUA através do WND. A conta PayPal que recebe hoje doações por mim pertence a uma entidade judaica dos Estados Unidos.
Nos últimos 14 meses, o Facebook me impôs pelo menos 5 bloqueios de 30 dias por três vezes e removeu um versículo da Bíblia que postei no meu perfil. De novo, o WND repercutiu esse caso em manchete nacional nos EUA. A tradução completa da reportagem do WND está aqui.
Tudo isso é resultado de impacto — um impacto contra a esquerda nos EUA, um impacto que o astrólogo nunca teve nos EUA. Se os evangélicos fossem piores do que a esquerda, conforme acusa o astrólogo Olavo, a esquerda não me atacaria, mas me elogiaria.
Então todos os esforços do astrólogo para provocar, mentir, atacar, denegrir e desqualificar os evangélicos, suas igrejas e pastores são táticas típicas de um sabotador.
Usando lábia pretensamente filosófica para atacar evangélicos que não se submetem às suas mentiras, o astrólogo Olavo busca matar dois coelhos numa cajadada só:
1) Ele sabota o segmento cristão mais preparado para enfrentar o ocultismo e expulsar demônios — e ocultismo é a própria alma do olavismo.
2) Ele desvia atenção do público da maior resistência brasileira ao marxismo no Brasil, para que todos pensem que é ele, não os evangélicos conservadores.
Se para ele “as igrejas evangélicas fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira,” passou da hora de despertar para o fato de que ele é uma ameaça, com todo o ocultismo e esoterismo político que ele representa, tão grande quanto a ameaça marxista.
Leitura recomendada sobre o astrólogo Olavo de Carvalho:
Leitura recomendada sobre olavetes:

5 comentários :

Filipe Carvalho disse...

Prezado Júlio.

Parabéns pelo seu trabalho. Nunca precisei do astrólogo da Virgínia para me tornar antimarxista, mas percebo uma confusão muito grande no meio da "direita" brasileira. Muitos arrogando para si o ser anti PT, anti esquerda, com agendas tão ou mais perversas para os valores cristãos que todo bom conservador evangélico preza. Que bom, porque no meio de tanta confusão, podemos ouvir a voz do Mestre (através de irmãos como você) que disse a Pilatos: "Todos que são da verdade ouvem a Minha voz".

Sempre compartilho seus textos no grupo de WhatsApp da minha família!

Deus te abençoe querido irmão em Cristo Jesus nosso Senhor!

Alexandre Costa disse...

Um enganador de multidões,o que um astrólogo é na verdade,citando um idólatra,de uma igreja afundada em escândalos e corrupção,criticando a igreja evangélica,realmente o poste está fazendo xixi no cachorro.

IVAN SIMÕES disse...

INSTRUMENTO DO ERRO OLAVO DE CARVALHO E SUAS TOLICES !

Juliana disse...

Deus abençoe o irmão, realmente ao descobrir mais sobre este homem, fiquei espantada com essa falta de respeito com a nossa fé evangélica. E agora começo a entender porque ele faz isso.

5foryou disse...

Deus abençoe a vida de vocês
Actus Materiais Evangélicos