25 de agosto de 2018

Rússia está também por trás do movimento anti-vacinas?


Rússia está também por trás do movimento anti-vacinas?

Julio Severo
Acusações contra a Rússia, vindas de esquerdistas e direitistas, estão tão na moda hoje na grande mídia dos EUA que eles acrescentaram outra acusação: a Rússia está por trás do movimento anti-vacinas.
Considerando que a Rússia é economicamente incapaz de se defender de todas as acusações, é o bode expiatório perfeito para todos os caprichos e queixas ideológicos.
De acordo com a reportagem do DailyMail intitulada “Trolls e bots russos do Twitter estão impulsionando o movimento anti-vacinas mundialmente na internet, revela estudo”:
“Desde 2009, a proporção dos chamados ativistas anti-vacinas aumentou… O debate sobre as vacinas ficou drasticamente mais acalorado e, se a atividade de mídia social fosse seu meio de avaliar, você poderia pensar que os ativistas anti-vacinas estão ganhando. Aliás, bots anônimos de spam e trolls russos estão por trás de uma proporção gigantesca de atividade de mídia social contra a vacinação, de acordo com o estudo revelador publicado hoje pela Universidade George Washington.”
De acordo com uma reportagem do New York Post intitulada “Trolls russos da internet espalham propaganda anti-vacina”:
“Mais de 250 tuítes ligados a uma agência apoiada pelo governo russo de Vladimir Putin usaram táticas mais sofisticadas,” compartilhando “mensagens anti-vacinação 75 por cento mais do que a média dos usuários do Twitter.”
A CNN, apelidada por Trump de Mídia de FakeNews, disse em uma reportagem intitulada “Por que trolls russos alimentaram os debates sobre vacinas nos EUA”:
“A interferência da Rússia na internet foi além da eleição presidencial americana de 2016 e entrou na esfera da saúde pública, ampliando os debates on-line sobre vacinas.”
Em uma reportagem intitulada “Trolls e bots de Twitter russos exploram a controvérsia sobre vacinas,” o jornal Washington Post disse:
“Especialistas de saúde pública que lutam contra a desinformação sobre a segurança de vacinas têm um novo inimigo: bots do Twitter e trolls russos.”
Há muitos outros membros da grande mídia culpando a Rússia pelo aumento de interesse em mensagens anti-vacinas. Existe um óbvio conluio poderoso da grande mídia para enganar os pais de que a base para a sua postura anti-vacinas é a “desinformação” vinda da Rússia!
Se a Rússia pode ser usada como bode expiatório para as enfermidades políticas dos esquerdistas e direitistas dos EUA, por que não também das enfermidades financeiras das grandes empresas farmacêuticas em suas perdas por causa de pais que escolhem proteger seus filhos de vacinas imorais e até perigosas?
Antes de 2009, eu tinha fortes opiniões contra a vacinação, não por causa de uma suposta doutrinação russa. Eu mantinha contato desde a década de 1980 com o movimento de educação escolar em casa dos EUA, onde a vacinação obrigatória não é um dogma indiscutível.
Quando soube a verdade sobre as vacinas a partir do movimento de educação escolar em casa dos EUA, eu não tinha absolutamente nada com a Rússia e, por muitos anos, a única conexão que vi era entre o movimento anti-vacinas e o movimento de educação escolar em casa.
As grandes empresas farmacêuticas passaram anos demonizando pais que protegem seus filhos da vacinação. Pelo fato de que seus truques sujos não funcionaram, agora aparecem, em conluio com as grandes empresas farmacêuticas, com a propaganda de que pais anti-vacinas foram de alguma forma enganados pela Rússia!
Chuck Norris, mega-estrela de Hollywood, tem artigos contra vacinas. Ele também foi enganado pela Rússia?
O que as grandes empresas farmacêuticas farão em seguida? Vão dizer que o movimento de educação escolar em casa é uma estratégia da Rússia para destruir o Ocidente? Embora a educação escolar em casa seja legal na Rússia, o modelo americano é mais antigo.
Não ficarei surpreso se disserem que o monstro de Loch Ness é uma invenção russa ou que a Rússia assassinou Elvis Presley. Afinal, está simplesmente na moda culpar a Rússia por tudo, por qualquer coisa e por nada.
Versão em inglês deste artigo: Is Russia Also Behind the Anti-Vaccine Movement?
Leitura recomendada sobre a Rússia:
Leitura recomendada sobre vacinas:

Nenhum comentário :