2 de agosto de 2018

Homens cristãos suaves precisam cultivar força e coragem


Homens cristãos suaves precisam cultivar força e coragem

Dave Daubenmire
Não acho que há uma boa maneira de dizer isso… especialmente se você não está realmente preocupado em ser legal. Chegou ao ponto em que estou quase envergonhado de me identificar com os homens efeminados que vejo representando o Cristianismo.
O que foi que aconteceu conosco? Por que a maioria dos homens cristãos é tão diferente dos
homens cristãos que encontramos na Bíblia?
Escolha seu herói da Bíblia (meu favorito é o meu homônimo Davi) e dê uma boa olhada nele e veja se você vê o protótipo dele nos EUA hoje. Os homens bíblicos eram homens reais. Eles combatiam o mal, falavam a verdade, e geralmente acabavam em apuros com as autoridades da época deles.
São apenas os cristãos modernos que encontram consolo e conforto ao se ajoelharem diante das forças das trevas. Já houve um tempo na história do mundo em que a liderança cristã considerava a atitude de fazer concessões como um sinal de dedicação a Deus?
Fazer concessões é fraqueza. Jesus não fez concessões. Ele não acompanhava as opiniões dos outros para se dar bem com todo mundo. Quanto maior a oposição por causa de sua mensagem revolucionária, mais ele aumentava os riscos. Apesar do que pode ser modelado para você em sua própria igreja, o Rei dos Reis não era um tipo passivo de “não vejo problema que você seja assim.”
Eles o crucificaram.
Gosto muito desse assunto, porque sou frequentemente lembrado de que a minha “aspereza” faz corar alguns homens cristãos efeminados que não reconheceriam algo masculino mesmo que lhes batesse na cara.
João Batista não usava jeans apertados. Jeremias não gostava de evangelismo de “amizade,” e Jesus não se cercava de pastores veteranos, ministros de louvor ou pastores de jovens com as mesmas características tão comuns nas igrejas dos Estados Unidos hoje. Ele buscava os caras durões… caras que sabiam como sujar as mãos… ao contrário do pastor-presidente de hoje, tão predominante entre os evangélicos geléias de hoje.
De onde surgiu a ideia de que Jesus era suave… mole… um clone do Senhor Bacana? Ajude-me aqui. Você pode apontar para mim um único “herói” nas Escrituras que era fracote?
O Cristianismo está em extrema necessidade de uma reforma. Como em nome de tudo que é sagrado chegamos ao ponto em que qualquer homem que fala o que pensa não é cristão? Você já leu o livro de Atos? Você não entende que aqueles na Bíblia que são mais famosos são aqueles que se opuseram ao estado em que as coisas se encontravam? Paulo escreveu a maior parte do Novo Testamento DA CADEIA. Uma cela de prisão era o púlpito dele.
Hoje não. Não senhor. Qualquer um que assume uma postura e fala o que pensa é considerado um encrenqueiro. Desafiar “as autoridades” é agora tabu… “semear discórdia” é o que os religiosos chamam isso. Assumir uma postura em favor da verdade, expor o pecado, fazer resistência à escuridão não é muito cristão mais.
Ouvi de um dos ouvintes do meu programa na semana passada que eu seria mais eficaz no meu ministério se eu fosse mais parecido com Cristo na minha abordagem.
“O que você quer dizer com isso?” Respondi ao e-mail.
“Olha, você parece ser tão duro em sua abordagem. Você pode apanhar muito mais moscas com mel do que com vinagre.”
“Olha,” respondi. “O que faz você pensar que estou procurando moscas? Moscas enxameiam ao redor de coisas que estão mortas. Jesus nos chamou para ser sal, não açúcar.”
“Boa,” ele alfinetou. “Nosso pastor é de fala mansa e construiu um ministério maravilhoso em nossa igreja. Centenas vêm para ouvir sua mensagem encorajadora todas as semanas.”
“Hummm. Parece que ele atraiu muitas moscas,” brinquei. “Gosto mais da abordagem do mata-moscas.”
Os homens cristãos se tornaram tão suaves.
Apesar do que eles querem que você acredite, foram homens cristãos duros que não faziam concessões que construíram os Estados Unidos. Homens cristãos suaves e covardes que fazem concessões o estão entregando.
Os homens cristãos americanos estão tão enganados. Homens suaves não lutam. Homens suaves buscam fazer concessões para alcançar o apaziguamento com opositores. Homens suaves se orgulham de sua capacidade de fazer concessões. Homens suaves toleram o mal. Homens suaves têm mãos suaves. Homens suaves gemem quando levam uma pancada.
Homens duros dizem coisas duras. Homens duros tomam medidas duras. Homens duros inspiram homens de verdade. A Bíblia é a história de homens duros tomando medidas duras durante tempos duros.
A esquerda americana é dura. Eles estão sem Cristo. Eles estão decididos a destruir tudo que homens cristãos fortes construíram. A esquerda avança apenas porque a direita é suave.
Ferro afia ferro, a Bíblia nos diz. Olha, hoje não. A mensagem da igreja americana é: Ferro suaviza ferro. Sente-se, cale-se e acompanhe a programação. Não crie problemas. Deus é amor. Não se revolte.
“O silêncio em face do mal é o próprio mal. Não falar é falar. Não agir é agir,” disse Bonhoeffer.
Os EUA estão sendo bombardeados pelo mal. Por que pensamos que a submissão ao mal significa força? Que tipo de homem se esconde diante do mal?
Homens suaves. Homens CRISTÃOS suaves. É o que as igrejas estão produzindo.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do BarbWire: Grow a Spine: Christian Men Are Just So Soft
Leitura recomendada:

Nenhum comentário :