25 de junho de 2018

Evangélicos valorizam mais mudança da embaixada dos EUA para Jerusalém do que judeus, diz Trump


Evangélicos valorizam mais mudança da embaixada dos EUA para Jerusalém do que judeus, diz Trump

Na entrevista na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos diz a Mike Huckabee que ele nunca entendeu por que presidentes anteriores negaram-se a seguir adiante com a mudança — até que líderes mundiais começaram a ligar

JTA
O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que os evangélicos têm valorizado mais sua decisão de transferir a embaixada dos EUA para Jerusalém do que os judeus.
Trump fez a afirmação durante uma entrevista ao ar no fim de semana com Mike Huckabee, no programa de entrevistas do ex-governador republicano de Arkansas, que vai ao ar pela rede cristã TBN.
A entrevista aconteceu na Casa Branca em 18 de junho.
“Eu lhes digo, recebo mais chamadas de agradecimento dos evangélicos, e vejo isso nas audiências e em tudo mais, do que dos judeus,” disse Trump. “E o povo judeu valoriza isso, mas os evangélicos valorizam mais do que os judeus.”
“Não é uma surpresa, porém, senhor presidente, porque os evangélicos são pessoas do livro,” disse Huckabee em resposta. “E eles acreditam que você cumpriu uma promessa, cumprindo um compromisso de 3.000 anos de reconhecer Jerusalém como a capital.”
“Eu acho que é uma coisa boa de dizer, porque isso realmente afeta mais o povo judeu em teoria, mas como você diz pessoas do livro, pessoas da Bíblia,” disse Trump. “Mas os evangélicos realmente valorizam isso e isso me faz sentir bem.”
Huckabee participou da abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém no mês passado.
“Foi uma promessa de campanha, eu ia mantê-la,” disse Trump sobre a mudança da embaixada. Ele acrescentou que nunca entendeu por que os presidentes americanos antes dele não fizeram a mudança da embaixada, até que ele começou a receber telefonemas de dezenas de líderes mundiais pedindo a ele que não transferisse a embaixada.
Huckabee também perguntou a Trump sobre seu relacionamento com o líder norte-coreano Kim Jong-un e sobre a controvérsia sobre imigração.
Traduzido por Julio Severo do jornal israelense Times of Israel: Evangelicals appreciate US Embassy move more than Jews, Trump says
Leitura recomendada:

Nenhum comentário :