4 de março de 2018

Por fazer piada sobre islamismo, mulher sueca pode ser condenada a 2 anos de prisão


Por fazer piada sobre islamismo, mulher sueca pode ser condenada a 2 anos de prisão

Comentário de Julio Severo: A Suécia é hoje a capital de estupros no Ocidente. Mas o multiculturalismo adoeceu de tal forma a sociedade sueca que ninguém pode dizer que os estupros em massa que estão ocorrendo na Suécia são cometidos por muçulmanos. Meninas, moças e mulheres suecas não podem nem mesmo fazer piadas dos estupradores muçulmanos. Eles levam proteção do governo e da mídia, e elas podem levar cadeia se não se comportarem como vítimas silenciosas. A que ponto chega uma sociedade ocidental que se prostra diante da tirania islâmica: Entrega suas filhas para estupradores. Leia agora a reportagem do WND:
(Voz da Europa) Uma mulher de 32 anos da cidade de Gothenburg, na Suécia, pode levar 2 anos de cadeia por fazer algumas piadas sobre o islamismo no Facebook, informou o jornal sueco Friatider.
De acordo com relatos da polícia, a mulher é acusada de “falar de modo negativo ou ameaçador sobre um grupo de pessoas” depois que ela postou desenhos sobre o islamismo no Facebook.
Uma investigação preliminar foi iniciada depois que ela foi denunciada à polícia. A mulher teve passar por um interrogatório “humilhante” e teve também de ceder seu DNA. Durante a audiência da polícia, a mulher se desculpou pelo seu post e disse que não tinha nada contra muçulmanos comuns, mas só contra o ISIS.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do WND (WorldNetDaily): Swedish woman jokes about Islam – could get 2 years in jail
Leitura recomendada:
Postar um comentário