26 de março de 2018

Filósofo “direitista” de língua bifurcada, sofisticadamente falsa e mentirosa


Filósofo “direitista” de língua bifurcada, sofisticadamente falsa e mentirosa

Julio Severo
“Não estou alinhado a direita nenhuma, mas não mudei em nada a minha convicção de que, num país saudável, devem existir uma esquerda e uma direita, ambas com o direito a uma quota igual de radicalismo,” disse Olavo de Carvalho, que, embora tenha um comportamento e linguajar baixo de esquerdista, é tratado por seus adeptos, chamados de olavetes, como o maior líder direitista do Brasil.
“Não sou de direita, nem de esquerda, nem de porra nenhuma,” ele disse também.
Afinal, Carvalho é de direita ou de esquerda? Ele é católico ou ocultista? Ele é astrólogo ou não? Ele é filósofo ou não? Ele promove ou ataca René Guénon e a Nova Era?
Os próprios olavetes se confundem ao tentar defini-lo, pois os comentários dele muitas vezes parecem apontar claramente numa direção… mas carregam insinuações sofisticadas que sabotam a pretensa clareza, apontando para outras direções, inclusive contrárias.
Bem diferente da simplicidade evangélica, que segue as palavras de Jesus, que disse:
“Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’; o que passar disso vem do Maligno.” (Mateus 5:37 NVI)
“Digam apenas sim’ e ‘não’. Quando vocês manipulam as palavras, cometem um grande erro!” (Mateus 5:37 A Mensagem)
Recentemente, Carvalho disse que a simplicidade evangélica é a “coisa mais abominável do mundo.” Dá para entender a razão para ele abominar a simplicidade evangélica, pois ele dá valor à manipulação sofisticada das palavras, fazendo com que seu suposto direitismo seja como esquerdismo e vice-versa.
Como a língua bifurcada da serpente vai em duas direções, as palavras de Carvalho muitas vezes vão em duas direções. Vão no “sim” e no “não” simultaneamente. Ao mesmo tempo em que ele diz que o bruxo islâmico René Guénon não é recomendado, ele não cessa de exaltá-lo. Guénon, que fundou a Escola Tradicionalista, de natureza esotérica e antimarxista, é pai espiritual de dois direitistas bifurcados: Olavo de Carvalho e Aleksander Dugin, que foram fundamentalmente influenciados pela Escola Tradicionalista.
Guénon, que era mestre em bifurcações, foi também um dos maiores promotores do perenialismo, que busca mediante a filosofia unir o conservadorismo de todas as religiões. É essencialmente Nova Era.
Carvalho e Dugin são considerados grandes figuras dentro do perenialismo, embora Carvalho, com sua língua bifurcada, simule distância. Em 2017, Carvalho disse: “Não é por nada não, mas raramente encontrei pessoas tão sofisticadamente falsas e mentirosas como nos meios ditos ‘perenialistas.’”
“Pessoas sofisticadamente falsas e mentirosas” é outro termo para pessoas de língua bifurcada!
Isso faz de Guénon e seus adeptos charlatões — termo que significa, de acordo com o Dicionário Michaelis, “Aquele que explora a boa-fé do público. Indivíduo com pretensões, comumente espalhafatosas, de conhecimentos e habilidades.”
O Dicionário Merriam-Webster, o mais famoso dos EUA, define charlatão como “uma pessoa que com falsidade simula conhecer ou ser algo a fim de enganar as pessoas” e “pessoa que faz pretensões cheias de ostentação de conhecimento e capacidade.”
O Dicionário Oxford, o mais famoso da Inglaterra, define charlatão como “uma pessoa que afirma falsamente ter um conhecimento ou especialidade especial.”
Eu chamo os charlatões de sujeitos de língua bifurcada. Carvalho os chama simplesmente de “pessoas sofisticadamente falsas e mentirosas.”
Contudo, ao mencionar na semana passada que o escritor evangélico C. S. Lewis chamava Guénon de charlatão, Carvalho prontamente defendeu o fundador da Escola Tradicionalista, declarando, com sua língua bifurcada, que “Guénon nunca foi charlatão.”
Nessa perspectiva, Carvalho e Dugin também nunca foram charlatões. Dá para dizer também que Carvalho nunca foi astrólogo, ocultista, esotérico, perenialista, neocon, tradicionalista e o principal discípulo de René Guénon no Brasil.
De fato, os filósofos perenialistas são sofisticadamente falsos e mentirosos!
A grande surpresa é como a lábia bifurcada deles engana multidões de católicos rasos e alguns evangélicos rasos com a propaganda de filosofia, tradicionalismo, conservadorismo, antimarxismo, etc. Os adeptos de Carvalho o louvam como o maior direitista do Brasil. Os adeptos de Dugin o louvam como o maior direitista da Rússia.
Para quem acha que Carvalho é pai de uma nova direita, composta de olavetes, a própria língua bifurcada de Carvalho responde: “Eu sei lá o que é a nova direita. Eu quero que ela se dane. É um bando de picaretas,” em entrevista à Folha de S. Paulo, jornal que ele abomina como esquerdista, mas não perde uma única oportunidade de ser entrevistado por eles. Abominar e aceitar ao mesmo tempo é atitude bifurcada.
Alguém tem dúvida de que os olavetes são um bando de picaretas? A resposta bifurcada de Carvalho só confirma o que muitos já perceberam.
“Se a direita brasileira aceita como ‘líder’ qualquer um que a grande mídia lhe apresente como tal, o futuro da esquerda está garantido,” disse Carvalho, que a grande mídia, inclusive a Folha de S. Paulo, apresenta como ‘líder’ da direita brasileira. A língua bifurcada dele às vezes funciona como tiro pela culatra.
Outros comentários bifurcados de Carvalho:
* “A direita está repleta de puros doentes mentais.”
* “Por isso é que, quando me apresentam como ‘filósofo conservador,’ a única resposta que me ocorre é: — Conservador é a puta que o pariu, que conservou você na barriga por nove meses em vez de deixá-lo cair na privada.”
* “A burrice alheia é o flagelo da minha vida, mas é também a minha fonte de sustento.”
A defesa da Inquisição, que torturava e matava judeus e protestantes, é pura doença mental. E se a direita olavética está hoje repleta desses doentes mentais — defensores da Inquisição — é graças ao filósofo perenialista Carvalho, que é o maior defensor da Inquisição do Brasil. Ao mesmo tempo em que ele provoca a doença mental, ele acusa os que adoeceram mentalmente sob a influência dele. Atitude bifurcada.
Injetar o revisionismo da Inquisição na direita brasileira, principalmente entre católicos rasos, foi um grande “triunfo” para o emporcalhamento do conservadorismo brasileiro. Mas Carvalho culpa outros por esse emporcalhamento. Ele disse: “Se eu soubesse a merda em que a direita brasileira iria se transformar pelos bons préstimos de… Julios Severos.”
Por que ele simula preocupação com a direita se sua língua bifurcada já disse que ele não é de direita nem de esquerda? Por que ele doutrina suas olavetes a repetir o mantra de que ele quebrou a hegemonia da esquerda brasileira quando a realidade, fundamentada em fatos, mostra que quem quebrou essa hegemonia foram os evangélicos?
Não é à toa que ele diga que a simplicidade evangélica é a “coisa mais abominável do mundo.” A revolta dele tem justificativa, pois ele sabe o que todo esquerdista já sabe: o mérito principal da resistência à esquerda brasileira pertence aos evangélicos, principalmente televangelistas. Aliás, até mesmo o instituto que ele tem nos EUA é fruto de John Haskins, um evangélico americano que há muito tempo apostatou da igreja. Haskins fundou o Instituto Inter-Americano e trouxe evangélicos e católicos.
O único mérito de Carvalho é despertar ativistas para o revisionismo da Inquisição. O resto é plágio ideológico. Sua visão geopolítica, por exemplo, é de natureza nitidamente neocon.
Contudo, o mantra e a hipnose ganham tal controle da mente que alguns dão a ele mérito por tudo, repetindo inverdades sem perceberem. O Instituto Liberal repetiu alguns desses mantras, desmascarados por mim na seção de comentários deste artigo “Pior do que a Fake News é a Hidden News: Os Casos de Olavo de Carvalho e Jair Bolsonaro.”
Em nada ajudei a inflamar a doença mental e emporcalhamento que se vê hoje na direita olavética. Meu conservadorismo tem bons fundamentos: a influência de evangélicos conservadores dos Estados Unidos. Essa influência na minha vida veio décadas antes de eu saber que existe no Brasil um astrólogo chamado Olavo de Carvalho.
Carvalho já chegou a dizer de mim: “Os meios tradicionalistas estão repletos de discípulos do Julio Severo.” Isto é, ele me acusou exatamente do que ele tem. Os meios tradicionalistas, frutos da Escola Tradicionalista do bruxo islâmico René Guénon, estão repletos de ocultistas, astrólogos, bruxos e esotéricos antimarxistas que seguem Carvalho e Dugin.
Graças a Deus, não me deixei emburrecer, imbecilizar e emporcalhar com o tradicionalismo gueniano de Carvalho. Não virei um dos muitos doentes mentais que sua seita vem produzindo.
Se a direita está cheia de burros e doentes mentais, como acusa Carvalho, a culpa é exclusivamente dele, que os explorou durante anos para encher seus bolsos. Traduzindo a declaração bifurcada de Carvalho: “A burrice de católicos e evangélicos é o flagelo da minha vida, porque nem todos os católicos aceitam a minha suprema sabedoria e a maioria dos evangélicos desconfia da natureza ocultista do meu conhecimento, mas os que veem até mim se tornam a minha fonte de sustento.”
Mesmo assim, ele conseguiu enganar muitos católicos e alguns evangélicos, que pagaram taxas mensais para se imbecilizarem e se emporcalharem espiritualmente com o curso que sua lábia bifurcada vende como “filosofia” pura.
Não é de hoje que a filosofia é um poderoso canal para enganar. Carvalho, Dugin e Guénon não são os primeiros nem os últimos a usar a filosofia para confundir, desorientar e desinformar com a falsa aparência e propaganda de orientar e informar. A Bíblia é bem clara em sua advertência de que a filosofia tem encantamentos e seduções, que os cristãos precisam evitar:
“Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo.” (Colossenses 2:8 NVI)
“Certifique-se de que nenhum predador transforme você em vítima por meio de alguma filosofia enganadora e ilusão vazia com base em tradições fabricadas por meros seres humanos mortais. A fonte dessa filosofia e ilusão está nos princípios que se originam neste mundo e não no Ungido (por isso, não deixe as conversas deles capturarem você).” (Colossenses 2:8 The Voice Bible)
Se você colocar a Bíblia e seu Autor acima de tudo, você ficará com a Verdade. Se você colocar a filosofia acima da Bíblia, você será presa fácil de filósofos sofisticadamente falsos e mentirosos, charlatões e direitistas de língua bifurcada.
Já vimos, com palavras da própria língua bifurcada de Carvalho, que ele não gosta de ser considerado conservador ou direitista. Com quem então dá para compará-lo?
Mentalidade petista: Todos têm dívida para com eles, que são pobres vítimas inocentes.
Mentalidade olavista: Todos têm dívida para com o astrólogo, que é pobre vítima inocente disso, daquilo e daquilo outro.
Fala do Lula: “Pela primeira vez na história deste país… Se não fosse por mim, as esquerdas não teriam espaço e vez…”
Fala do astrólogo: “Pela primeira vez na história deste país…  Se não fosse por mim, as direitas não teriam espaço e vez…”
Outras semelhanças:
* Lula mente. Os comunistas mentem. E o astrólogo? Diz na maior cara de pau que cigarro não faz mal e que a Inquisição, que torturava e matava judeus e evangélicos, é “mito” e “lenda.”
* Lula é boca suja. Lênin era boca suja. E o astrólogo? Imita Lênin e Lula.
* Comunistas gostam de pintar sua ideologia satânica como filosofia. E o astrólogo? A mesma coisa.
* Karl Marx cometeu todo tipo de negligência e abandono, inclusive intelectual e educacional, dos filhos. Mas hoje é considerado ícone educacional. E o astrólogo? De acordo com depoimento de um de seus filhos, também cometeu negligência e abandono educacional dos próprios filhos. Mas de acordo com o advogado da ANED, ele é exemplo moral para o homeschooling brasileiro!
* Comunistas adoram arrebanhar seguidores tontos com propaganda enganosa. E o astrólogo? A mesma coisa.
* O culto à personalidade é uma das características principais do comunismo. O culto à personalidade é a característica principal do olavismo. Sem culto ao astrólogo, a seita morre, sem esperança de ressurreição.
Conclusão: O que um faz à esquerda, o outro faz à direita.
Como amantes que se brigam às vezes até se matar, mas não se desgrudam, os dois lados brigam, brigam e brigam, mas não se desgrudam dos mesmos vícios e taras.
A pergunta final é: De onde nasceram tamanhas semelhanças?
Dá para ouvir uma criatura vermelha chifruda dando gargalhadas no fundo, se gabando de como mantém hipnoticamente espetados em seu garfão trouxas da esquerda e da direita.
E você, é um desses trouxas?
Leitura recomendada sobre o astrólogo Olavo de Carvalho:
Leitura recomendada sobre olavetes:

5 comentários :

  1. Deverias te lembrar Júlio, que foi o Olavo que te apoiou e fez um apelo para que alguém te ajudasse a sair do Brasil quando o movimento gay queria a tua cabeça. Nenhum dos teus "irmãos" se levantou para te defender. Gratidão é essencial no caráter cristão,e pelo menos um mínimo de moderação nas críticas. Te lembra que de tudo o que se faz e se diz, há uma prestação de contas diante de Deus.

    ResponderExcluir
  2. Soldier, Carvalho fez uma coisa aparentemente boa e outra evidentemente má. Posto este registro público: “Devido aos ataques que o astrólogo Olavo de Carvalho tem feito contra Julio Severo desde 2003, depois que Severo começou a discordar educadamente da defesa que Carvalho faz da Inquisição, inclusive xingando os evangélicos, é preciso um esclarecimento. Por convite de Carvalho, Severo já trabalhava desde 2003 como único colunista evangélico do site Mídia Sem Máscara, cujo dono é Carvalho, trazendo evangélicos. Severo permaneceu como colunista por mais de uma década. Enquanto Severo era útil para trazer evangélicos ao olavismo, Carvalho o tratou bem. Depois da discordância sobre a Inquisição, Carvalho começou uma campanha sistemática de mentiras e difamações. Alguns poderiam questionar: Mas o apelo em favor de Severo não representa uma boa ação? Sim e não. De acordo com dados fornecidos por um dos filhos de Carvalho, ele recebe por ano mais de 3 milhões de reais. Isso, nem de longe, o torna um homem pobre ou mesmo da classe média. Considerando que Severo não era estranho para Carvalho e trabalhou GRATUITAMENTE para o Mídia Sem Máscara por mais de dez anos, sendo que o Mídia Sem Máscara tinha empresários como seus patrocinadores, um verdadeiro amigo não exporia outro amigo na internet e teria, nos dez anos, dado parte do patrocínio para os colunistas necessitados, em vez de só usá-los. Ou ele tiraria do próprio bolso para ajudar. Então, o suposto ato de benevolência de Carvalho no vídeo parece muito mais estratégia de marketing do que verdadeira generosidade, um marketing para pintar um Carvalho bonzinho com evangélicos e assim atrair outros evangélicos. Se eu tivesse um amigo que trabalhou gratuitamente em meu site durante dez anos e ele tivesse necessidade financeira em algum momento, eu tiraria dos meus mais de 3 milhões de reais por ano umas dezenas de milhares de reais para ajudá-lo, sem expô-lo ao público. Mesmo que eu não tivesse 3 milhões de reais, mas meu site tivesse empresários como patrocinadores, eu repartiria uma parte desse patrocínio financeiro com os colunistas. Mas a verdade é que durante os mais de 10 anos em que Severo trabalhou gratuitamente para o Mídia Sem Máscara, ele nunca recebeu um único centavo do patrocínio que empresários davam ao Mídia Sem Máscara. Apesar disso, os olavetes usam o apelo de Carvalho para embasar ainda mais suas difamações, como se ele tivesse ajudado um evangélico e esse evangélico não tivesse trabalhado para ele durante mais de uma década. Muito antes desse vídeo de 2009, Julio Severo já ajudava Carvalho, desde 2003, como colunista do Mídia Sem Máscara, que ganhava patrocínio financeiro de empresários. ANOS ANTES DE CARVALHO AJUDAR SEVERO, SEVERO JÁ O ESTAVA AJUDANDO. Aliás, tudo o que Carvalho tem hoje nos EUA, em termos de um instituto, é graças aos evangélicos, que ele explora. Você pode encontrar muitas informações adicionais importantes neste link: http://bit.ly/2Bfg3Bf

    ResponderExcluir
  3. Moisés foi criado no palácio do faraó, comendo sua comida, desfrutando de seu luxo e tudo o mais. Mas quando chegou a hora de atender ao chamado de Deus, Moisés estava pronto para confrontar tudo, até seu antigo “patrocinador” — o faraó. E ele fez exatamente isso: Ele confrontou poderosamente faraó e seus feiticeiros — E VENCEU!

    Não cheguei, jamais, a desfrutar do luxo do astrólogo. O pouco que recebi, de CARIDADE, não cobre minha CARIDADE de dez anos como colunista voluntário ao site dele. Ser colunista voluntário foi minha CARIDADE para ele. No entanto, o que se aplica a Moisés diante do faraó também serve para meu caso. Clique no link abaixo:

    Moisés, seu patrocinador e seus bruxos

    ResponderExcluir
  4. Outra coisa, Soldier, quando tive de deixar o Brasil, recebi ajuda também de outras fontes, especialmente evangélicas. Todos eles ajudaram DISCRETAMENTE, inclusive com passagens aéreas, sem alardear nada. O único que alardeou foi Carvalho. Por que ele quis alardear? Acredito que foi marketing, para se pintar de generoso para o público. Mas amigos de verdade jamais expõem amigos. Agem discretamente. Hoje, sei quem são os amigos verdadeiros. Carvalho fez exatamente o que a Bíblia condena: “Tenham cuidado! Não pratiquem suas boas ações em público, para serem admirados por outros, pois não receberão a recompensa de seu Pai, que está no céu.” (Mateus 6:1 NVT)

    ResponderExcluir
  5. Será que Olavo está prestando um verdadeiro desserviço para a educação do país Brasil?Porque,é isso que está me parecendo.Quando Severo falou sobre amizade,me identifiquei muito com a questão,pois concordo que um amigo que se propõe a ajudar outro amigo,se e quando faz isso, não deve sair aos quatro cantos do mundo expondo a pessoa,isso não é amizade,mas sim interesse.

    ResponderExcluir

Esta seção é moderada conforme opção democrática do Blogger para limitar excessos e outros tipos de interferência na interação do público com este blog. Portanto, todas as opiniões, comentários e textos estão sujeitos à avaliação do moderador. Manifestações insensatas, tolas, ridículas e desrespeitosas não são bem-vindas neste blog. Opiniões sensatas são mais que bem-vindas. Aos que querem fazer cobranças neste espaço, é imprescindível a apresentação do perfil oficial. O moderador se reserva o direito de publicar ou não comentários de questionadores anônimos, sem nenhuma identificação válida e verificável.