13 de dezembro de 2017

Socialista obstinado critica Julio Severo por dizer que Estátua da Liberdade representa maldição pagã-islâmica sobre os EUA


Socialista obstinado critica Julio Severo por dizer que Estátua da Liberdade representa maldição pagã-islâmica sobre os EUA

Julio Severo
Escrevendo num site chamado “Democrata Obstinado” (Die Hard Democrat), o esquerdista americano Thomas Jenkins está irritado porque em meu artigo “Estátua da Liberdade, uma maldição pagã-islâmica sobre os EUA?” vi, baseado em fatos históricos e interpretação da Bíblia, simbolismo pagão e islâmico, representando maldição, na Estátua da Liberdade. (Democrata nos EUA se refere a um membro do Partido Democrático, cujas políticas são socialistas.)
Em seu artigo intitulado “Right-Winger Claims Statue Of Liberty Is ‘A Pagan-Islamic Curse On America’” (Direitista Afirma que Estátua da Liberdade Representa uma Maldição Pagã-Islâmica sobre os EUA), Jenkins disse:
A Estátua da Liberdade é um dos símbolos nacionais mais instantaneamente reconhecíveis e eternos dos Estados Unidos. No entanto, ela traz consigo um simbolismo que não agrada a alguns conservadores direitistas, pois representa também abertura para aceitar estrangeiros em nossa população. Um ativista cristão criticou a Estátua da Liberdade ainda mais longe afirmando bizarramente que a Estátua da Liberdade é realmente uma “maldição pagã-islâmica.”
Então, citando meu nome e mostrando minha foto, ele disse:
Julio Severo, um teórico de conspiração da extrema direita, escreveu um artigo no site conservador BarbWire em que ele tentou compartilhar a história “verdadeira” da Estátua da Liberdade. Severo declarou duvidosamente das origens da estátua: “A Estátua da Liberdade foi originalmente concebida como uma mulher muçulmana para permanecer na entrada do Canal de Suez no Egito, com uma lanterna na sua mão levantada como farol e símbolo de progresso. Mas o escultor, Frederic Auguste Bartholdi da França, não conseguiu vender a ideia ao governante do Egito, pois no mundo islâmico, as mulheres são símbolos de submissão, não progresso. Então o Egito islâmico rejeitou a ‘mulher islâmica de progresso.’” Continuando, ele disse: “Entretanto, Bartholdi não desistiu de sua ideia. Ele a vendeu aos americanos, transformando a mulher muçulmana numa escultura neo-clássica representando a deusa romana da liberdade, Libertas, ou Estátua da Liberdade — como é conhecida hoje nos EUA.”
Teórico de conspiração da extrema direita? Sério? Em setembro passado, o site “Democrata Obstinado” me atacou porque não culpei a teoria de conspiração do aquecimento global pelo Furacão Harvey. Para refutar sua defesa dessa teoria de conspiração esquerdista, escrevi “Socialista obstinado critica Julio Severo por não culpar o aquecimento global pelo Furacão Harvey.”
O Observatório da Direita, uma organização da extrema esquerda que me colocou em sua lista negra, também não gostou do meu artigo sobre a Estátua da Liberdade.
Então, Thomas Jenkins disse:
Julio lamentou: “Não só é a paganização moderna dos EUA um mistério desconcertante para os americanos conservadores, mas também sua atitude submissa de acolher milhões de imigrantes e ‘refugiados’ muçulmanos.” Ele então criticou os últimos cinco governos presidenciais, tanto democratas quanto republicanos, por aceitarem “centenas de milhares” de muçulmanos nos Estados Unidos. Ele disse sobre os presidentes: “A conduta deles é chocante. Ou os EUA estão loucamente apaixonados pelos muçulmanos ou algum ‘espírito’ está destruindo sua resistência cristã e levando-os a seu suicídio cristão pelas mãos de islâmicos. Todos esses presidentes são, nominalmente ou não, cristãos evangélicos. Por alguma razão, que não é cristã, eles injetaram centenas de milhares de muçulmanos nos EUA. Eles estavam submissos a uma agenda secreta — tão secreta quanto a mulher muçulmana por trás de Libertas?” Severo depois declarou: “Os EUA aceitaram uma desgraça sobre si sem saber. Um símbolo pagão romano de um antigo império morto envolvido na cultura da morte. Mistério dos mistérios: a deusa romana que está em Nova Iorque tem uma alma de mulher submissa ao islamismo escondida. A Estátua da Liberdade traz uma maldição pagã do Império Romano extinto. E como bônus na maldição pagã, há uma maldição islâmica.” Você acha triste que este homem realmente acredite nesse absurdo?
Vamos ver o que é absurdo de verdade.
Em outro artigo publicado no site “Democrata Obstinado” (Die Hard Democrat), Jenkins disse: “O presidente republicano Donald Trump criou polêmica internacional desnecessária recentemente quando proclamou que os Estados Unidos haviam oficialmente reconhecido Jerusalém como a capital de Israel.”
Absurdo total é não reconhecer Jerusalém como capital de Israel quando Jerusalém tem sido a capital de Israel por 3 mil anos.
Um membro normal do Partido Democrático nos EUA apoia a doutrinação homossexual de crianças e o aborto legal, que é o assassinato de bebês inocentes. Então democratas obstinados como Jenkins, Barack Obama e Hillary Clinton apoiam muito mais fanaticamente a doutrinação homossexual de crianças e o aborto legal.
A doutrinação homossexual de crianças é puro absurdo. O aborto legal é puro absurdo e assassinato.
Meu “absurdo” (de acordo com as convicções esquerdistas de Jenkins) não assassina bebês inocentes e não sacrifica a inocência das crianças no altar da doutrinação homossexual.
Entretanto, o absurdo esquerdista facilmente desculpa e defende o assassinato da inocência e das vidas das crianças.
Leitura recomendada:
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo:

2 comentários :

  1. É Júlio,se tanto direitistas como esquerdistas estão se incomodando com seus artigos é sinal que são farinha do mesmo saco,a carapuça serviu pra ambos,mas importa agradar mais a Deus do que aos homens,Parabéns pela coragem.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns e obrigado pelo artigo! Que Deus continue fazendo de você O Elias que a nossa geração precisa!

    ResponderExcluir

Esta seção é moderada conforme opção democrática do Blogger para limitar excessos e outros tipos de interferência na interação do público com este blog. Portanto, todas as opiniões, comentários e textos estão sujeitos à avaliação do moderador. Manifestações insensatas, tolas, ridículas e desrespeitosas não são bem-vindas neste blog. Opiniões sensatas são mais que bem-vindas. Aos que querem fazer cobranças neste espaço, é imprescindível a apresentação do perfil oficial. O moderador se reserva o direito de publicar ou não comentários de questionadores anônimos, sem nenhuma identificação válida e verificável.