3 de novembro de 2017

Trump, a Reforma e o Halloween


Trump, a Reforma e o Halloween

Julio Severo
O presidente Donald Trump tinha motivos abundantes para celebrar a Reforma protestante em 31 de outubro de 2017.
* Os Estados Unidos foram fundados por uma população 98 por cento de protestantes.
* O primeiro presidente dos EUA, George Washington, era protestante. Aliás, todos os presidentes americanos eram protestantes, exceto o católico John F. Kennedy e o religiosamente híbrido islâmico-protestante Barack Obama.
* Nenhuma outra nação no mundo promoveu tanto o protestantismo e a leitura da Bíblia quanto os Estados Unidos. Alguns presidentes americanos chegaram a ajudar sociedades bíblicas.
* Nenhuma outra nação no mundo enviou tantos missionários protestantes quanto os Estados Unidos. Os EUA deram ao mundo gigantes cristãos como Billy Graham, Rex Humbard, Pat Robertson e muitos outros líderes evangélicos que abençoaram as nações.
Contudo, a Casa Branca de Trump não celebrou os memoráveis 500 anos da Reforma. Foi uma data histórica, e Trump a ignorou. Isso revela muito sobre seu respeito pelos valores cristãos que fundaram os Estados Unidos.
O que ele celebrou em 31 de outubro?
Celebração do Halloween na Casa Branca
Uma simples busca pelo Google mostra que Trump passou 31 de outubro celebrando o Halloween.
Uma simples busca pelo Google também mostra que enquanto outros governos ocidentais estavam celebrando a Reforma, Trump não estava.
O portal USNews noticiou: “Família Trump Celebra Halloween na Casa Branca.”
A Rede de Televisão Cristã, de Pat Robertson, numa reportagem intitulada “Paganismo e Bruxaria: A Realidade Escura do Halloween,” disse: “Muitos não percebem que há uma realidade mais escura nessa celebração e está mergulhada em paganismo e bruxaria.” Trump conhece a Rede de Televisão Cristã, pois Robertson entrevistou exclusivamente um Trump aparentemente cristão neste ano.
Num artigo no site da revista Charisma intitulado “O Halloween é Maligno? Por que as Bruxas, os Ocultistas e os Satanistas Celebram o Halloween e Por que Você Não Deveria,” o autor Michael Snyder disse: “A noite de Halloween é uma das noites mais importantes do ano para as bruxas, ocultistas e satanistas.”
Celebração do Halloween na Casa Branca
Gostando ou não, Trump se colocou do lado das bruxas, ocultistas e satanistas e deu de ombros para o protestantismo.
Celebrar Satanás foi mais importante para ele do que celebrar o movimento cristão que engrandeceu os Estados Unidos.
Pobre América! Ela não tem um governo que reconhece os valores cristãos que a fundaram.
Tal ingratidão é muitíssimo bem-vinda por muçulmanos, bruxas, ocultistas e satanistas, que estão lutando para impor seus próprios valores religiosos nos EUA.
Talvez na próxima vez em que Trump precisar de votos numa eleição, ele devesse tentar as bruxas, ocultistas e satanistas, já que ele desprezou os eleitores evangélicos que lhe deram a vitória.
Versão em inglês deste artigo: Trump, the Reformation and Halloween
Leitura recomendada:

6 comentários :

victor disse...

Realmente o Trump me decepcionou !! Me pegou de surpresa, jamais esperava essa atitude de indiferença !! Injustificável, pois até a ICAR/Vaticano/Papa, ainda q de forma protocolar, mencionaram a data !! Mister Trump, Lamentável !! 😡😡

Alexandre Costa disse...

Pelo o que vem fazendo ultimamente é mais apropriado a ele celebrar o halloween do que o 500 anos da reforma protestante.

Elaine disse...

É estranho a maior nacão protestante do mundo ( por enquanto, se a imigração deixar) deixar passar essa data histórica, vista a formação do país feita por protestantes. Revela bem o nível de pobreza
espiritual que ele vem passando. Esse total desprezo pela história custará- lhes caro.

Jorge Santos disse...

Não é estranho. Há uma pesquisa segundo a qual cerca de 70% dos americanos nunca leram a Bíblia. Hoje a maior nação cristã em números absolutos é a China. Proporcionalmente talvez sejam os EUA, já que eu não considero o catolicismo uma religião cristã.

Labaredas de Fogo disse...

Decepicionante!

TEREZINHA RODRIGUES DO NASCIMENTO disse...

CASADO COM UMA JOVEM QUE PODERIA SER SUA NETA, ELE PROVA QUE TEM MUITO POUCO DE CRISTÃO E, POR ISSO, ESSA DATA DEVE SER UMA PEDRA NO SAPATO DELE.