6 de setembro de 2017

Socialista obstinado critica Julio Severo por não culpar o aquecimento global pelo Furacão Harvey


Socialista obstinado critica Julio Severo por não culpar o aquecimento global pelo Furacão Harvey

Julio Severo
Escrevendo num site chamado “Democrata Obstinado” (Die Hard Democrat), o esquerdista americano Jeremy Berg está irritado porque em meu artigo “Juízo sobre Houston e aviso aos Estados Unidos?” não culpei o aquecimento global pelo Furacão Harvey. (Democrata nos EUA se refere a um membro do Partido Democrático, cujas políticas são socialistas.)
Em seu artigo intitulado “Right-Winger Has Odd Explanation For Why Harvey Happened” (Direitista Tem Explicação Esquisita para Porquê Harvey Aconteceu), Berg disse:
“Membros da extrema direita apoiadores de Trump não conseguem enxergar como a mudança climática pode ter desempenhado um papel no Furacão Harvey. Em vez disso, eles estão atribuindo todas as espécies de avisos e mensagens divinas à tempestade. Um escritor direitista acabou de aparecer com uma razão particularmente específica e absurda do porquê ele sente que Deus fez o Harvey acontecer.”
Ele então cita meu nome e mostra minha foto.
No que se refere ao compromisso de Trump com seu discurso de campanha contra os neocons, contra o aborto, sem fazer concessões à agenda homossexual, posso ser rotulado de “apoiador de Trump.” Sempre que ele não for fiel a seu próprio discurso, sou apenas um evangélico fiel a Jesus Cristo. (Evangélicos foram a principal base eleitoral de Trump.)
Não sou um “republicano obstinado,” mas sou um cristão inflexível. (Republicano nos EUA se refere a um membro do Partido Republicano, cujas políticas são às vezes conservadoras.)
Se extremistas de esquerda têm direito de culpar o aquecimento global, ou seu rótulo atual de “mudança climática,” pelo Furacão Harvey, sem serem difamados pela grande imprensa, por que os cristãos não podem oferecer sua visão sobre tempestades destrutivas?
O site “Democrata Obstinado” entende que não haveria problema só se, em vez de um possível juízo divino, eu tivesse usado sua vaca sagrada “mudança climática” como razão.
Por que não pode haver uma interpretação de juízo possível com relação ao Harvey? Em minha opinião, as “coincidências” são demais para se descartar tal possibilidade.
Em sua campanha de 2016, quando Trump foi pioneiro com seus discursos contra os neocons e o islamismo, eu o vi como o único candidato e americano que poderia livrar os EUA de sua prostituição com a Arábia Saudita, que é o principal patrocinador do terrorismo islâmico no mundo inteiro.
Contudo, Trump como presidente não tem sido páreo para seus discursos corajosos de 2016. Em sua primeira viagem internacional, ele escolheu a Arábia Saudita como sua primeira visita.
Ele vendeu 110 bilhões de dólares em equipamento militar para a Arábia Saudita. A Casa Branca afirmou que essa venda representou o “maior acordo de armas da história dos EUA.” Esse foi dinheiro de sangue, pois o terrorismo internacional patrocinado pelos sauditas também massacra cristãos.
Trump se gabou do acordo: “Investimentos tremendos nos Estados Unidos. Centenas de bilhões de dólares de investimentos nos Estados Unidos e empregos, empregos e empregos.” Empregos de sangue.
Separadamente, empresas americanas no setor petrolífero ganharam 22 bilhões de dólares em novos acordos com a empresa estatal saudita de petróleo Aramco.
Entretanto, os lucros de sangue foram para o ralo. Os lucros do acordo militar dos EUA com os sauditas, o qual foi o “maior acordo de armas da história dos EUA,” foram praticamente perdidos por causa do Furacão Harvey, que atingiu duro o Texas no final de agosto de 2017 e foi “o sistema de tempestade mais destrutivo a provocar devastações nos Estados Unidos,” de acordo com Shane Hubbard, pesquisador do Centro de Ciência e Engenharia Espacial da Universidade de Wisconsin.
Harvey foi um dilúvio que ocorre só uma vez a cada 1.000 anos, de acordo com os dados científicos.
Hubbard disse: “Nunca vi nada dessa magnitude ou tamanho. Isso é algo que nunca aconteceu em nossa era moderna de observações.”
Pelo fato de que é considerado um acontecimento que só ocorre a cada 1.000 anos, as chances do Harvey acontecendo em qualquer ano determinado é de 0,1 por cento.
“Ou, um melhor jeito de pensar nisso é que 99,9 por cento do tempo, tal acontecimento nunca ocorrerá,” disse Hubbard.
A devastação do Harvey no Texas atingiu principalmente a indústria petroquímica. Enquanto as fábricas químicas da Costa do Golfo (que inclui Texas e Louisiana) são projetadas para resistir a inundações e ventos de furacões, elas não estavam preparadas para o super-Furacão Harvey.
Numa manchete intitulada “Harvey Transformou a Química Mais Importante do Mundo em Produto Raro,” a revista Bloomberg disse:
“Poucos americanos se importam com o etileno. Muitos provavelmente nunca ouviram falar disso. A verdade é que esse gás sem cor e inflamável é indiscutivelmente a petroquímica mais importante do planeta — e boa parte dele vem da Costa do Golfo atingida pelo furacão. O etileno é uma das grandes razões por que os danos provocados pelo Furacão Harvey nas comunidades químicas ao longo do Golfo do México provavelmente reverberarão em toda a fabricação americana de produtos essenciais desde jarros de leite até colchões. ‘O etileno realmente é a grande petroquímica que impacta a indústria inteira,’ disse Chirag Kothari, analista na empresa de consultoria Nexant.”
As refinarias mais importantes dos EUA estão exatamente onde o Harvey atingiu forte. Port Arthur, no Texas, é considerado a joia da coroa do sistema de refinarias dos EUA. A refinaria de Port Arthur pode processar 600.000 barris de petróleo por dia, tornando-a a maior refinaria da América do Norte. Harvey parou-a.
Sob o governo Trump, os muçulmanos sauditas assumiram 100% de controle da próspera refinaria de Port Arthur em maio. Agora a Arábia Saudita é a dona da maior refinaria de petróleo dos EUA. Port Arthur foi um dos lugares mais atingidos pelo Harvey. Coincidência?
Uma semana atrás, uma manchete da CNBC disse que se os prejuízos de seguro do Harvey alcançarem 150 bilhões de dólares, a economia inteira dos EUA seria prejudicada.
Nesta semana, Greg Abbott, governador do Texas, estimou os prejuízos do Furacão Harvey em 150 bilhões a 180 bilhões de dólares, chamando-o mais caro do que os furacões épicos Katrina ou Sandy e alimentando um debate sobre como pagar pelo desastre.
A economia americana foi prejudicada. Coincidência ou não, foi prejudicada depois que Trump fez um acordo de sangue com os sauditas, ao vender mais de 100 bilhões de dólares em armas para muçulmanos engajados em guerras e matanças contra os cristãos.
É difícil acreditar que foi coincidência. É difícil acreditar que o Harvey foi um resultado de “mudança climática.”
Mesmo assim, o “Democrata Obstinado” e o Observatório da Direita, da entidade esquerdista americana People for the American Way, estão irritados com minha visão cristã. O Observatório da Direita simplesmente adora me atacar regularmente.
No entanto, eles me louvariam totalmente se eu fosse um democrata obstinado e extremista de esquerda, exatamente como eles são, culpando o aquecimento global pelo Harvey.
Graças a Deus, sou um evangélico conservador inflexível que não acredita no conto de fadas do aquecimento global ou mudança climática. Acredito que, ao reforçar o Dia Nacional de Oração pelos Estados Unidos, Trump pode, por arrependimento pessoal e nacional, conduzir os Estados Unidos a enfrentar suas realidades pecaminosas e mudar de curso antes que outros juízos como o super-Furacão Harvey aconteçam.
Os Estados Unidos precisam de independência da Arábia Saudita e de neocons como John McCain. É uma vergonha nacional que a maior refinaria dos EUA seja possuída pelos sauditas, que, com Obama e Hillary Clinton, criaram o ISIS, que tem cometido genocídio contra os cristãos no Oriente Médio. Sem arrependimento e independência, mais “juízos” (que os extremistas de esquerda chamam de “efeitos do aquecimento global”) virão.
Com informações do “Die Hard Democrat,” Bloomberg, DailyMail, Reuters, WND e CNN.
Leitura recomendada:
Para envolvimento:
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo:

2 comentários :

RONALDO disse...

Pode ser juízo para os americanos da América do norte, como para todo mundo. Já que tudo que afeta os EUA afeta o resto do mundo. Aqui mesmo no Brasil a gasolina aumentou devido ao Harvey ter atingido Houston na semana passada. Nessa semana foi a vez do gás de cozinha subir. Subiu quase treze porcento. vale lembrar que o Harvey foi categoria 3. Já o Irma vem na categoria 5. Que Deus tenha misericórdia dos norte americanos. Que possa lhes poupar a vida.

Thel Araújo disse...

"Por isso a terra está contaminada; e eu visito a sua iniquidade, e a terra vomita os seus moradores." Levítico 18:25.