10 de setembro de 2017

Relatório: Governo saudita teria financiado treinamento dos terroristas que cometeram o atentado contra os EUA em 11 de setembro de 2001


Relatório: Governo saudita teria financiado treinamento dos terroristas que cometeram o atentado contra os EUA em 11 de setembro de 2001

Evidência em ação judicial indica que funcionários da embaixada saudita em Washington estavam envolvidos

(Fox News) Evidências recentes entregues numa grande ação judicial que está avançando contra o governo da Arábia Saudita envolvendo o atentado contra os EUA em 11 de setembro de 2001 revelam que sua embaixada em Washington pode ter financiado o treinamento dos sequestros de aviões realizados por dois funcionários sauditas, reforçando ainda mais a afirmação de que funcionários e agentes sauditas dirigiram e ajudaram os sequestradores e conspiradores do atentado contra os EUA em 11 de setembro de 2001.
Dois anos antes dos ataques de aviões de passageiros, a embaixada saudita pagou a dois cidadãos sauditas, que viviam disfarçados de estudantes nos EUA, para que fossem de avião da cidade de Phoenix para a cidade de Washington “num treinamento para o atentado contra os EUA em 11 de setembro de 2001,” alega a ação judicial emendada apresentada em prol das famílias de algumas das 1.400 vítimas que morreram nos atentados terroristas 16 anos atrás.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do WND (WorldNetDaily): Report: Saudi government allegedly funded 'dry run' for 9/11
Leitura recomendada:

2 comentários :

Marcelo Victor disse...

Tenho por mim que duas grandes forças directamente opostas e que crescem a cada dia acabarão, inevitavelmente, entrando em choque, em algum momento de um futuro bem próximo: a SODOMIA e o ISLÃ.
Como o ISLÃ tem como filosofia a morte de todos os seus inimigos (aqueles que não são muçulmanos), praticando o terrorismo aberto e declarado, creio que a SODOMIA deverá ser escolhida para prevalecer e, de quebra, ser eleita como símbolo da liberdade e da não violência.
Dessa forma, possivelmente o ISLÃ será varrido do mapa da história e considerado um movimento contrário à PAZ e a SEGURANÇA em âmbito mundial, de forma que uma futura condenação da Arábia Saudita, por causa do 11 de setembro, signifique o estopim para a derrocada muçulmana (o bode expiatório).
Com isso, mediante o estabelecimento de uma abominação generalizada, o Senhor Deus visitará a terra para a destruição final.

Marcelo disse...

Marcelo Victor, esta é a profecia mais inteligente que eu li nos últimos tempos. É bem isso que parece que acontecerá e em meu coração tenho sentido isso. Aqui no Nordeste, por incrível que pareça, nosso povo está, em até certo ponto, almejando a vinda dos muçulmanos, para barrarem o gayzismo desenfreado dos governos e instituições, já que nós, cristãos, fomos domados e castrados.