8 de agosto de 2017

Um milhão de muçulmanos enche ruas para ouvir acerca de Jesus, bem no centro do islamismo radical


Um milhão de muçulmanos enche ruas para ouvir acerca de Jesus, bem no centro do islamismo radical

Stephanie Riggs
DENVER, Colorado, EUA — Numa época em que os terroristas muitas vezes miram cristãos e o islamismo radical está manchando muçulmanos que amam a paz, uma televangelista neopentecostal corajosa está construindo pontes em lugares tão perigosos que a maioria dos turistas evita visitar.
Marilyn Hickey, a famosa televangelista americana que ensina sobre a Bíblia, acredita que esses lugares perigosos são território fértil para plantar sementes de amor.
A fundadora dos Ministérios Marilyn Hickey recentemente disse ao noticiário da Rede de Televisão Cristã nos EUA acerca de sua viagem à Karachi, no Paquistão.
“Eu amo os muçulmanos e eles me amam,” Hickey disse. “Está além da minha imaginação que teríamos um milhão de pessoas numa única reunião!”
Mas é exatamente isso o que aconteceu. Um milhão de muçulmanos encheu as ruas de Karachi para ouvir essa avó de 85 anos compartilhar a Boa Notícia de Jesus.
“As pessoas podem não saber seu nome, mas Jesus sabe,” Hickey disse à multidão.
Perguntamos a ela como as pessoas reagiram à mensagem dela.
“Eles batem palmas e ficam emocionados. Oh, sim, Jesus sabe seu nome, onde você está, quem você é, ele tem um plano e destino em sua vida. Tenho minha Bíblia, Salmo 139, “Ele formou você” e Ele tem um compromisso e destino divino para todos os seres humanos,” ela disse.
Hickey começou a pregar numa pequena igreja de Denver, a qual cresceu e se transformou num ministério de televisão internacional que está hoje alcançando o mundo muçulmano.
“Antes disso tudo estar uma bagunça, Deus falou comigo para que eu orasse pelos países muçulmanos. Eu memorizei 40 países e orei todos os dias durante quatro anos ou mais. Então Deus começou a me enviar a esses lugares,” ela nos disse.
“Não acho que devemos assistir ao noticiário. Temos de mudar as notícias,” ela acrescentou.
Hickey dá toda a glória a Jesus, e por meio dele ela diz que suas reuniões de massa experimentam inúmeros milagres.
“Isso é positivo: O Corão diz que Jesus cura, então quando fazemos propaganda e dizemos ‘Venham e sejam curados,’ eles vêm para ser curados,” ela disse.
“Não me pergunte a razão. Eles me chamam de Mãe. Os muçulmanos me chamam de mãe do Paquistão,” Hickey disse.
“Esse é o favor de Deus, mas não faço concessões. Digo como Jesus morreu por seus pecados, ressuscitou dos mortos. Se você se arrepender e crer nisso Ele entrará no seu coração. Não é uma mensagem que faz concessões, mas uma mensagem de cura para o espírito, alma e corpo,” ela acrescentou.
Enquanto isso, a viagem de Hickey a essa região islâmica extremista foi tão profunda que até a imprensa secular deu atenção.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês da Rede de Televisão Cristã nos EUA: Why a Million Muslims Filled the Streets to Hear About Jesus, Right in the Heart of Radical Islam
Leitura recomendada:

14 comentários :

Thel Araújo disse...

Enquanto isso, no meio dos mortos (os calvinistas e demais ´tradicionais´) ninguém aparece para evangelizar.
Se não fosse por nós pentecostais, que saímos para evangelizar, o mundo já estaria perdido.

luciano betim disse...

Caros irmãos, graça e paz.

Sou Presbiteriano, e fico feliz pelos irmãos pentecostais com as grandes cruzadas evangelísticas. Que Deus continue a abençoar.
Mas esse não é o único grupo no mundo que evangeliza. As igrejas históricas evangelizaram quase todas as partes do mundo, e isso bem antes do movimento pentecostal nascer.

Por meio de ofertas de igrejas históricas que as grandes sociedades Bíblicas foram criadas. Graças a Deus pelas traduções que temos hoje.

Quanto ao comentário do irmão que se referiu aos “os calvinistas e demais tradicionais”, lembre-se de pesquisar antes querido. Julgamentos nunca são o espírito cristão. Somos (IPB) uma pequena igreja, apenas 3 mil igrejas no Brasil. Mas temos investido em missões.

Caso lhe interesse em saber se os tradicionais evangelizam, acesse os links abaixo:


Missões nacionais IPB: http://www.ipb.org.br/evangelizacao/jmn

Atualmente, são mantidos pela JMN 188 missionários em 185 campos. Sendo 50 missionários exclusivos da JMN IPB e 138 em parcerias.


Missões mundiais IPB: http://apmt.org.br/

A APMT hoje atua em mais de 30 países e conta com mais de 130 missionários espalhados em todos os continentes.

Que Deu continue abençoado seu povo, seu corpo, nas mais variadas denominações na grande obra de evangelização.

Julio Severo disse...

A televangelista americana não é pentecostal. Ela é neopentecostal. Quanto aos protestantes que evangelizaram no mundo inteiro no passado, você vai notar que muitos deles tinham as mesmas experiências sobrenaturais do Espírito Santo que os muitos pentecostais e neopentecostais têm hoje. Essas experiências seriam rejeitadas por protestantes modernos, que são muito arrogantes. O Rev. Johann Christof Blumhardt, de uns 150 anos atrás, estava grandemente envolvido em missões internacionais. Ele era um pastor luterano famoso que ajuntava multidões, expulsando demônios e curando enfermos. A vida ministerial dele era cercada de milagres. Infelizmente, a maioria dos luteranos de hoje perdeu essa vitalidade. O mesmo ocorre com calvinistas. As experiências sobrenaturais do Espírito são para todos os cristãos, independente se são pentecostais ou não. Mas só experimenta quem se abre. Os fechados colhem gelo e morte de suas congregações, fato muito bem comprovado pelo estado das igrejas luteranas e calvinistas da Europa.

luciano betim disse...

Caro Julio, é de fato lamentável o liberalismo e frieza em muitas igrejas.
Mas ainda há gente boa e fervorosa, mesmo nas igrejas tradicionais.

Com certeza eu e você podemos ter pontos discordantes em relação a obra do Espírito, mas continuo pensando em você como um irmão em Cristo, cumprindo sua missão na forma com que foi chamada.

O mesmo ocorre com as igrejas. Deixando de lado o liberalismo, somos todos irmãos e cada um cumprindo sua vocação em Cristo.

Que Deus o abençoe.

Thel Araújo disse...

Fato incontestável: onde as igrejas pentecostais foram barradas o Evangelho morreu ou ficou totalmente neutralizado pelo Inimigo, a Europa é um bom exemplo como citou o irmão Júlio.
Quem puder adquirir e ler o livro "Cuidado com o Inimigo", de Robert Lee, entenderá o que eu quero dizer com "neutralizado": o autor quase que não encontra em toda a Inglaterra alguém cheio do Espírito Santo para expulsar um demônio que o estava atormentando.
https://www.estantevirtual.com.br/b/robert-lee/cuidado-com-o-inimigo/190196502

Jorge Santos disse...

Olha aí Júlio: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/ansa/2017/08/08/nao-sou-mais-ovelha-negra-diz-pai-gay-apos-carta-de-papa.htm

victor disse...

Graça e paz, irmãos!! Excelente observação feita p/Luciano Betim. Vale lembrar tb o programa Verdade e Vida, apresentado p/pr. Hernandes D.Lopes, na Band e Redetv, atingindo milhares de pessoas.
Se na Europa houve lamentavelmente um decréscimo no evangelismo, no Brasil os esforços são cada dia maiores.

César Pinheiro disse...

Graz e paz amados, O irmão Thel que me desculpe mas o mesmo foi infeliz no seu comentário, eu porém só gostaria de lhe dizer: Se você irmão Thel, pudesse está frente a frente com Jesus,faria esse comentário a Ele?
Quanto a mim, peço perdão a Deus de público por chegar a achar que com esse povo não tinha acordo e que já estavam perdidos!

César Pinheiro

Thel Araújo disse...

A minha desaprovação ao que chamo hoje de "tradicionais" é muito grande, e eu tenho razão para isto: perseguição contínua contra os pentecostais, conluio com a Maçonaria, secularismo, envolvimento com o Socialismo/Comunismo, dentre outras mazelas. Enquanto os pentecostais estão nas praças, nas ruas, nas favelas e nos presídios, fazendo o "Ide" de Jesus, na outra ponta boa parte de tradicionais ou calvinistas chamam esses servos de Deus de loucos ou zombam deles falando que "Deus não é surdo". Verdadeiramente, o Evangelho é loucura somente para os que perecem.
Com relação à pregação do Evangelho, o Brasil hoje ainda é cristão graças ao empenho principal dos pentecostais, principalmente à ação das Assembleias de Deus, que, no início do século passado, foi a única denominação que verdadeiramente causou incômodo à ICAR, tanto que a cúpula católica daquela época ficou com medo de que o Brasil fosse se tornar totalmente uma nação evangélica (e eu creio que isso ainda há de acontecer, segundo o crescimento apontado no último censo do IBGE).
Repito: se os tradicionais ou os calvinistas não tivessem atrapalhado os pentecostais a Europa não estaria daquele jeito espiritualmente.

luciano betim disse...

Caro Thel

Todos somos falhos. Há coisas boas e ruins em todas as igrejas. Só Deus sabe de fato se vc evangeliza ou não. Eu confio que você faz, não posso julga-lo.

Deus sabe quanto tempo você e eu passamos na internet e quanto tempo gastamos orando uns pelos outros e evangelizando. Que ele nos julgue.


Se alguém se considera alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo.
Cada um examine os próprios atos, e então poderá orgulhar-se de si mesmo, sem se comparar com ninguém, pois cada um deverá levar a própria carga.
Gálatas 6:3-5

Deus o abençoe!

Cicero disse...

Irmão Thel certíssimo!
Milagres, maravilhas, sinais, são o excelente tempero que deve acompanhar O Evangelho Transformador:

"E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus.E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém." Mc 16.

Guew Menezes disse...

Como já disse João Alexandre:

"Vaidade no comprimento da saia
No cumprimento da lei
Vaidade exigindo prosperidade
Por ser o filho do Rei
Vaidade se achando a igreja da história
Vaidade pentecostal..."

Yahanah Borges disse...

Como a religião do islã da o direito a eles de até mentir.para derrotar um cristão!!! Não sei não......

Raphael Arquivos disse...

Infelizmente os templos anglicanos, luteranos e calvinistas da Europa estão servindo para eventos nada cristãos, já que muitas igrejas fecharam e hoje são locadas, verdadeiramente o neopentecostalismo está fazendo a diferença no reino assim como fez na Coréia do Sul, está fazendo na Índia, na China, na Europa e está, com o poder do Espírito Santo, sacudindo a África.