18 de agosto de 2017

Ao lado de Alckmin e Doria, Malafaia diz que não apoiará candidatos que defendem 'ideologia de gênero'


Ao lado de Alckmin e Doria, Malafaia diz que não apoiará candidatos que defendem 'ideologia de gênero'

Por Paula Paiva Paulo
O pastor Silas Malafaia, ao lado do governador Geraldo Alckmin e do prefeito João Doria, disse nesta quinta-feira (17) que quem apoiar "ideologia de gênero" pode "seguir seu caminho". O evangélico e as autoridades participaram da abertura da 13ª Expo Cristã, na Zona Norte de São Paulo.
"Aproveito para dizer para as autoridades, nós não vamos apoiar em nenhuma eleição quem apoiar ideologia de gênero. Quem apoiar segue seu caminho", disse o pastor. "Essa é uma das maiores engenharias do diabo para destruir a família".
"Eu conheço o gênero humano, sexo macho e fêmea", disse Malafaia. "Nós não negociamos nossos valores", completa.
O governador e o prefeito tomaram café da manhã com Malafaia e outras lideranças evangélicas antes da abertura do evento. Ao discursar, Doria se referiu a Malafaia como "meu amigo que tive a honra de dividir o café da manhã".
O prefeito disse ainda que o evento estimula a economia e geração de empregos da cidade, e elogiou a participação das igrejas na ajuda aos "mais vulneráveis".
"Pessoas que têm fé no coração são pessoas de bem, e o bem sempre prevalece contra o mal", disse o prefeito.
Questionado sobre a declaração de Malafaia em um evento no Palácio dos Bandeirantes, Alckmin citou um santo católico. "Santo Agostinho dizia, ama e faz o que quiseres, porque quem ama, faz o bem".
Na Expo Cristã, o governador também elogiou o trabalho das igrejas na área social e a geração de empregos que a feira proporciona. O tucano também usou o púlpito para um discurso religioso.
"Nos momentos conturbados a igreja é o porto seguro. Vamos deixar essa divisão de nós contra eles para nos unir em torno de valores. E essa união das igrejas em torno de valores vai inspirar o Brasil", disse o governador.
Fonte: G1
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
Violência contra crianças: quem é o grande culpado?

7 comentários :

Caicere Naquire disse...

Nesse breve texto, diferentes de tantos outros deste blog, não me ficou claro a quem e qual de fato foi a crítica?! ou será que eu de forma velada e subentendida foi uma forma de dizer que Alckmin e Doria "não tem" essa conexão com a depravada ideologia?! porque se for isso, não foi uma boa piada. Malafaia está entrando numa clara armadilha, o PSDB já mostrou diversas vezes que não está comprometido com políticas sociais conservadoras, Doria por sua vez, já deu declarações mais que suficientes para definir de que lado e posição está, Ele é “100% Hilary”, assumido Socialista Fabiano, apoiador das causas LGBT e contra politicas armamentistas; No cenário da política brasileira atual só existe um candidato que representa essas causas e não tem medo de citar Deus e sua importância na sua atuação política, à revelia dos “isentões” que quando merecido não escrevem uma linha em sua defesa contra as injustiças cometidas contra ele, ou para elogiá-lo quando merecido, não, sua hipocrisia só lhes permiti criticá-lo não importando o quão pífio seja, e nesse ponto, não se diferem do tratamento da mídia parcial e esquerdizada. Soa meio estranho que pessoas com histórico de esoterismo tenham tido a prudência de ter percebido isso primeiro, talvez finalmente tenham visto algo de prudente nos seus "mapas astrais".

Thel Araújo disse...

Excelente comentário de Caicere Naquire. É isso mesmo, Malafaia é tão ingênuo a ponto de acreditar que o PSDB tem uma agenda pró-família tradicional? O PSDB é o PT de batom e de brinco, defende as mesmas ideias do PT, não se enganem!
Os únicos candidatos que realmente defendem a família tradicional e lutam contra a Agenda LGBT são: Jair Messias Bolsonaro e Levy Fidelix. O resto faz parte de uma famigerada quadrilha criada pelo Diabo para tentar destruir completamente os valores morais do Brasil (que já estão cambaleando) e assim transformar o Brasil em uma Europa: morta espiritualmente e totalmente secularizada.
Vou continuar orando contra essas hostes infernais, e vou votar em BOLSONARO (apesar de saber que os ataques contra ele serão ferozes, tanto partindo da mídia quanto dos partidos políticos).

WESLEI ROCHA disse...

Malafaia calado é um poeta!
Ele deve estar imaginando que o Dória terá mais chances do que Bolsonaro em uma eventual disputa presidencial. Nada além disso.

Jorge Santos disse...

O stf vai afastar Bolsonaro da disputa. Um ex-presidente já noticiou isso. Malafaia não é bíblico mas ainda é conservador. Deveria ser político. Precisamos de políticos conservadores.

Cicero disse...

Doria apoiou a passeata gay... por isso já podemos deduzir que tipo de pessoa ele é.

Nativo Fernandes disse...

Rapaz tenho minhas dúvidas Pastor dizer ñ apoia Candidato A B nl final opta por quem ñ tem nada ver com determinados grupos.

JEAN CESAR ALVES PAIVA disse...

Na contra mão de João Dória, o presidenciável Jair Bolsonaro tem um vínculo de parceria com Israel, chegando a visitar a nação santa, interagindo com essa e deixando claro para os conservadores tudo quanto podemos aprender com eles em tecnologia de ponta, economia etc, ou seja, se portando como um estadista que o Brasil procura e acima de tudo, valorizando as raízes que o cristianismo tem com o Deus de Israel.

https://www.jeancesar.org/single-post/2017/08/22/Elei%C3%A7%C3%B5es-2018-a-ingenuidade-Malafaia-e-o-Deus-de-Israel