29 de janeiro de 2017

Grupos judaicos atacam Trump por causa de seu decreto interditando a imigração islâmica


Grupos judaicos atacam Trump por causa de seu decreto interditando a imigração islâmica

Julio Severo
Uma nova ordem de imigração do presidente Donald Trump atraiu a fúria de uma grande variedade de grupos judaicos, pois entrou em vigor na sexta-feira, 27 de janeiro, no aniversário em que as tropas soviéticas libertaram os judeus do campo de concentração nazista de Auschwitz.
A data é comemorada como o Dia Internacional de Memória do Holocausto.
“É uma ironia horrível que hoje, no mesmo dia em que essa ordem foi sancionada, é também o Dia Internacional de Memória do Holocausto,” disse numa declaração o grupo judaico esquerdista J Street.
“O fato de que a ordem do presidente Trump parece designada especificamente para limitar a entrada de muçulmanos faz lembrar as memórias horríveis entre judeus americanos do período vergonhoso que levou à 2ª Guerra Mundial, quando os Estados Unidos não deram refúgio para a vasta maioria dos judeus na Europa que estavam tentando escapar da perseguição nazista,” disse a declaração.
Uma comparação irracional, pois Trump não está interditando pessoas perseguidas. No governo de Obama, 99% dos sírios que tiveram permissão de entrar nos EUA eram muçulmanos no ano passado e 97% deles eram muçulmanos sunitas. Os muçulmanos sunitas são responsáveis pelo atentado terrorista contra os EUA em 11 de setembro de 2001. Eles são também responsáveis pelos atentados terroristas em Ft. Hood, San Bernardino, Orlando, Paris, Bruxelas e Nice, só para citar alguns exemplos, de acordo com William Murray.
Os cristãos sírios, que são as vítimas reais de perseguição, inclusive do ISIS criado pelos EUA e dos rebeldes treinados pelos EUA, eram só 1% dos imigrantes que tiveram permissão de entrar nos EUA.
Para uma comparação racional, não faria sentido nenhum os EUA permitindo a entrada de 99% de imigrantes nazistas em 1940, quando a maioria das pessoas perseguidas eram judias, e os nazistas eram os opressores. Os cristãos em nações de maioria islâmica são os novos judeus.
Por que os judeus hoje deveriam lutar pela imigração islâmica nos EUA quando os muçulmanos perseguem e atormentam judeus e cristãos?
As portas dos Estados Unidos têm estado escancaradas para os novos nazistas, os muçulmanos, enquanto os cristãos em nações islâmicas são tratados do jeito que os judeus eram tratados na era nazista.
Os verdadeiros judeus entendem a semelhança. Indivíduos esquerdistas, judeus ou não, não entendem.
Os cristãos estão sofrendo um Holocausto em várias nações islâmicas, com um tributo anual de 100 mil cristãos martirizados, e os judeus esquerdistas estão preocupados com seus opressores não obtendo vistos para os EUA?
Os EUA não têm obrigação de receber refugiados, cristãos ou não. Mas pelo fato de que os EUA foram muito responsáveis pela guerra na Síria, criando o ISIS e treinando os rebeldes islâmicos, que perseguiram e massacraram os cristãos, os EUA têm uma obrigação e responsabilidade de acolher refugiados cristãos.
A ordem executiva de Trump declara que os EUA “priorizarão pedidos de refugiados feitos por indivíduos na base de perseguição religiosa.” Isso se aplica quando “a religião do indivíduo é uma religião minoritária no país de nacionalidade do indivíduo.”
A interdição de Trump coloca uma pausa de 90 dias em vistos e imigração de sete países, inclusive o Iraque, Síria, Sudão, Irã, Líbia, Iêmen e Somália.
A ordem também coloca uma interdição de 120 dias em todas as entradas de refugiados nos EUA e declara que os refugiados da Síria não são bem-vindos até comunicado adicional.
O presidente Trump também tratou do assunto do Holocausto numa declaração reconhecendo o Dia de Memória do Holocausto.
“É impossível entender plenamente a perversidade e horror que o terror nazista infligiu em pessoas inocentes,” ele disse na sexta-feira.
“No nome dos que pereceram, me comprometo a fazer tudo em minha capacidade em toda a minha presidência, e minha vida, para garantir que as forças do mal nunca mais derrotem as forças do bem.”
Com informações do DailyMail.
Leitura recomendada:

3 comentários :

wilsonjuniorfoz disse...

Grupos judaicos esquerdistas. Esta bem claro!

Marcinho Alves disse...

Meu nome é Márcio sou de Brasília! Sou administrador da radio Web Resgate Net. A web radio que tem o propósito evangelístico resgatar e aliançar vidas a Jesus, por meio de programas ao vivo, com oração, pregação da palavra e louvores em diversos gêneros sempre com o melhor da música gospel que, nos edifica, alegra, reaviva e transforma vidas. Através do chat temos a possibilidade em um bate-papo ganhar vidas para Jesus.

É uma obra por amor aos perdidos sem fins lucrativos! Convido para somar e Resgatar vidas conosco, sendo assim um de nossos parceiros colocando a nossa rádio e chat ou um dos dois em sua página inicial do seu site ou blog, adquira os códigos-fonte livremente em nosso site no menu parceiros e parceria.

Nos comprometemos em divulgar o banner do seu site ou blog na página do site oficial da Radio Resgate Net . Sendo assim os membros ouvintes e visitantes do nossa site poderão ter acesso a sua página através da nossa divulgação.

Email: resgatenet@gmail.com

Parceria : http://www.resgatenet.com/2013/05/seja-nosso-parceiro.html

Link código do Chat : http://bit.ly/2jZZscK

Acesse já nosso novo site: www.resgatenet.com


*Baixe App da radio play Store:* https://play.google.com/store/apps/details?id=com.shoutcast.stm.resgatenet&hl=pt_BR


*Chat e Pate-papo da radio no PC caso use vil Celular baixe e use o navegador Dolfin:*
http://xat.com/resgate_net

Marcelo Victor disse...

Até mesmo no meio daqueles que tinham relativa intimidade com nosso Senhor Jesus Cristo havia um traidor...