7 de outubro de 2016

Índio bissexual invoca demônios na Casa Branca


Índio bissexual invoca demônios na Casa Branca

Julio Severo
Na Reunião da Comunidade Bissexual na Casa Branca que ocorreu em 26 de setembro para honrar a “Semana da Consciência Bissexual,” um dos palestrantes invocou uma deidade indígena para cuidar da apresentação, que foi gravada pelo site da Casa Branca.
Reunião da Comunidade Bissexual na Casa Branca
Victor Raymond, organizador de BiNet, se apresentou “como um homem de dois espíritos bissexual assumido” e membro da tribo Sioux Botão de Rosas. “Dois espíritos” é um termo indígena para espírito macho-fêmea.
“Hoje, estamos aqui na Casa Branca, e invoco os ancestrais para testemunharem nossa presença, e para o Grande Espírito, Wakan Tanka, guiar nossas palavras e pensamentos de modo que falemos com verdade e força,” ele disse.
Raymond continuou, dizendo: “Como bissexuais, sempre estivemos aqui. Entre meu povo, os Lakota Sioux, povo de dois espíritos, bissexuais, gays, lésbicas, como são agora conhecidos, povo trangênero, recebemos o dom da medicina para compartilhar com os membros da tribo. Foi Wanka, um mistério. Mas era apropriado e era parte de nossa comunidade.”
“Agora nos deparamos com novos tempos, quando o povo bissexual, o povo de dois espíritos, outros que agora conhecemos como LGBQ, não são reconhecidos e nosso lugar na comunidade é questionado. Mas o povo bi e trans — e particularmente agora entre muitas tribos e comunidades, de bissexuais, transgêneros e mulheres índias em particular — enfrenta desafio e discriminação. Estamos com eles e com todas as pessoas cujo lugar não mais é reconhecido.”
Raymond também disse que os membros da comunidade bissexual precisam apoiar Vidas Negras Importam (um movimento socialista de orientação negra) como parte da defesa de “outras comunidades.” A ideologia socialista em parceria com demônios homossexuais.
Uma interação entre espíritos de homossexualidade e religiões indígenas é comum. No Brasil, os homossexualistas mais proeminentes são adeptos de religiões afro-brasileiras e indígenas. Essas religiões adotam todas as formas de homossexualidade como um presente de seus “deuses.” Tais deidades são consideradas demônios na cosmovisão cristã.
No Cristianismo e Judaísmo, a homossexualidade é aceita só quando há apostasia nessas religiões. Mas nas religiões indígenas, fortemente afetadas pela feitiçaria, nenhuma apostasia é necessária para uma presença homossexual em suas práticas, pois a homossexualidade é ativa entre seus feiticeiros curandeiros e outros adeptos.
Uma cultura homossexual é uma cultura de possessão demoníaca.
A Casa Branca virou morada de demônios?
O primeiro passo para uma “visitação” de tais espíritos é a invocação — que foi feita na Casa Branca. Espíritos homossexuais ouviram. A presença deles está no lugar em que foram invocados, até sua expulsão, que só pode ser feita por pessoas que conhecem e usam a autoridade do nome de Jesus.
A Reunião da Comunidade Bissexual focou em “questões políticas e culturais de importância para a comunidade bissexual dos EUA.” Os espíritos focaram no invisível, letal e destrutivo.
Com informações de MRCTV.
Versão em inglês deste artigo: Bisexual Indian Invokes Demons at White House
Leitura recomendada:

4 comentários :

Ralf Yuri disse...

Índio boiola, que maravilha!
A televisão mantida pelos globalistas mais o sistema educacional emburrecedor criado pelos globalistas fez a humanidade perder o senso do ridículo.
Obama, servo de satanás, embaixador gay da onu-rockefeler, colocando o povo americano nos altares do inferno.

2ª GERENCIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO-GRE disse...

Esse Obama não é mais idiota por falta de tempo.

Humberto Aguiar disse...

Uma casa onde quando o Estados Unidos tinha algum problema se Chamava Billy Graham, hoje invoca demonios por este motivo que a AMERICA esta nesta decadencia moral e espiritual.

flare lockser disse...

este estados unidos esta no caminho das nações pagãs idolatras e fracassadas.