21 de outubro de 2016

Dr. Wayne Grudem: “Se os americanos não gostam de Hillary e Trump, então eles deveriam votar em…”


Dr. Wayne Grudem: “Se os americanos não gostam de Hillary e Trump, então eles deveriam votar em…”

Bob Eschliman
O Dr. Wayne Grudem está tendo um relacionamento caótico com o candidato presidencial republicano Donald Trump.
Wayne Grudem
Em julho, Grudem recebeu a ira de muitos eleitores americanos (que haviam prometido nunca votar em Trump) quando ele publicamente declarou que apesar das falhas de caráter de Trump, ele apoiaria a candidatura dele para presidente, chamando-o de uma “escolha moralmente boa.” Três meses mais tarde — depois da divulgação de gravações de um áudio sexualmente explícito que estão tendo muita publicidade hoje — ele revogou seu apoio e se retratou do artigo de apoio que havia escrito.
Mas agora ele adotou outra postura na corrida presidencial de 2016.
O teólogo evangélico, usando sua coluna semanal no site conservador TownHall.com, escreveu que já que Trump não deu atenção ao seu conselho de sair fora da corrida presidencial, ele ficou com a pergunta inevitável “E agora?” E já que Hillary Clinton é moralmente tão repugnante para ele quanto Trump, ele precisa achar um jeito de tornar seu voto importante na data da eleição, que será em 8 de novembro.
Grudem disse que ele de forma alguma votará em Hillary, o que o deixa com uma de duas opções: votar em Trump, ou votar num candidato de um terceiro partido. Ele disse que a segunda opção na essência ajudaria a eleger Hillary — algo que ele também disse que se recusa a fazer.
Por isso, ele escreveu:
Ao colocar essa escolha nesses termos extremos, haverá um bom jeito de fazer uma decisão. Considerando que vejo ambos candidatos como moralmente censuráveis, volto à antiga base em que tenho geralmente decidido como votar a minha vida inteira: Quem tem as melhores políticas? Concordo mais com as políticas de Trump ou as de Hillary?
A diferença é enorme. Eu apoio a vasta maioria das políticas de Trump e acredito que as políticas de Hillary prejudicarão gravemente os EUA, talvez para sempre. Sobre o Supremo Tribunal, aborto, liberdade religiosa, normas de orientação sexual, impostos, crescimento econômico, salário mínimo, escolhas de escola, sistema de saúde pública de Obama, proteção contra terroristas, imigração, as forças armadas, energia e segurança em nossas cidades, penso que Trump é muito melhor do que Hillary. Frequentemente, Trump apoia as políticas que defendi em meu livro 2010 “Politics According to the Bible” (Políticas de Acordo com a Bíblia).
Grudem incluiu uma ressalva: restando três semanas para a eleição, havia muito tempo para outra “Surpresa de Outubro” para um — ou ambos — dos candidatos. Mas há outra possibilidade — uma que ele disse é muito ansiada:
Pelo fato de que Trump afirma que ele é um homem mudado, diferente de quem ele era em 2005 e ele pediu perdão pelo modo como agiu então, há uma possibilidade de que ele realmente tenha mudado, e espero que seja verdade. Não sei. Portanto, o que escrevo aqui é a melhor avaliação que posso fazer em 18 de outubro de 2016, considerando as informações que sabemos agora.
Ele então analisou — em detalhes profundos — por que ele havia feito sua decisão de votar em Trump em todo caso.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês da revista Charisma: Dr. Wayne Grudem: 'If You Don't Like Either Candidate, Then Vote For ...'
Leitura recomendada:

7 comentários :

Jorge Santos disse...

Não é a toa que ele, Piper, Dever e Washer, entre outros calvinistas, são alguns dos melhores teólogos da atualidade.

Claudio Henrique Vaz disse...

Paul Washer é Calvinista?!

Flávio Da Vitória disse...

Sim

Fabiano Santos disse...

Bonito mesmo vai ser o beicinho dos militantes da Globo, com uma vitória do Trump. Essa emissora depravada sempre se escorando em pesquisas.

Luiz Junior disse...

Seria muito bom se eles fossem simplesmente cristãos, creio que Calvino e Armínio, não deveriam ser pontos de divergências, ambos tem pontos em sua teologia excelente, não devemos ser excludentes, pelo contrário deveríamos usar tudo o que a igreja tem conquistado em toda sua história em função do crescimento do evangelho. A conciliação deve ser parte de nossa tarefa.

Jorge Santos disse...

Surpreendentemente, Trump subiu nas pesquisas. Resta saber se vai parar de se auto-boicotar.

Renan Prats disse...

Se for olhar para procedimentos de políticos, não se votaria em ninguém!
Porém, Hillary é cria de Obama, um comunista, membro de um regime intrinsecamente cruel e genocida, com mais de 150 000 000 de assassinatos só no século XX, a grande desgraça da humanidade!
Obama é também um mescla de muçulmano e responsável por tantos males que se instalam na sociedade no mundo, idem, apoiando todas as esquerdas material-ateístas da ONU-Nova Ordem Mundial!
O pastor W Grudem soube rever seus conceitos e escolher o menos ruim, pois a Raposa Vermelha Hillary é péssima!