25 de agosto de 2016

Jornal pró-Hezbollah insinua que Putin é judeu


Jornal pró-Hezbollah insinua que Putin é judeu

Hezbollah é o maior grupo terrorista islâmico xiita

Adam Eliyahu Berkowitz
Um serviço noticioso libanês fez uma afirmação chocante nesta semana: Os laços cada vez mais próximos do presidente russo Vladimir Putin com Israel são porque ele é judeu. Na terça-feira, o jornalista Sami Kleib escreveu um artigo intitulado “A Natureza Judaica de Putin: Serve aos Árabes e a Síria?” O artigo apareceu no As-Safir, um importante jornal diário pró-Hezbollah de língua árabe com sede em Beirute.
Vladimir Putin
O artigo comenta as reuniões frequentes entre Putin e o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e o aumento dos laços econômicos e cooperação militar entre Rússia e Israel. Outra prova citada foi Israel escolhendo não se unir às sanções internacionais contra a Rússia quando os russos anexaram a Crimeia, e a cooperação que vem impedindo confrontos entre as Forças e Defesa de Israel e as forças russas que atuam na Síria. A reportagem sugere que essa amizade crescente poderá levar a Rússia a não cumprir sua promessa de transferir os sistemas avançados de mísseis antiaéreo S-300 ao Irã.
A reportagem descreve os laços pessoais íntimos de Putin com judeus na sua infância e adolescência. Vários desses amigos de infância continuam amigos íntimos do líder russo, se tornando ricos como resultado. Esses laços pessoais são também creditados com a tolerância religiosa recente e inédita para com o judaísmo na Rússia. Putin frequentemente participa oficialmente de cerimônias judaicas e está próximo de líderes da comunidade judaica.
Vladimir Putin com supremo rabino da Rússia acendendo um menorá durante o feriado judaico do Hanukkah
Putin escreveu muito sobre suas experiências de infância com judeus em sua autobiografia publicada no ano 2000. Seu treinador de box, uma figura paterna para Putin, era um judeu praticante.
O site Algemeiner especulou que a reportagem de As-Safir teve como base vários sites de teorias de conspiração que afirmavam que a infância de Putin entre judeus de sua comunidade foi devido ao fato de que ele realmente é judeu. Embora nenhuma prova tivesse sido apresentada, o site Debatepolitics fez a afirmação surpreendente de que os avós maternos e paternos de Putin eram judeus. Depois, fez uma declaração preocupantemente racista.
“Só dê uma olhada de perto na face e ouvidos de Putin; ele é tão cristão quanto Benjamin Netanyahu. Ele é apenas outro cripto-judeu, tendo convenientemente se convertido ao Cristianismo ortodoxo. Muito conveniente.”
A reportagem do As-Safir comenta sobre a importante imigração de judeus russos para Israel como um dos fatores nos laços cada vez mais próximos entre Rússia e Israel. Os israelenses russos, sob o ministro da Defesa Avigdor Lieberman, que é um judeu russo, que lutam contra os árabes nas Forças de Defesa de Israel são um ponto importante de preocupação levantado pelo artigo.
Numa afirmação preocupantemente similar ao manifesto antissemita os Protocolos dos Sábios de Sião, a reportagem afirma que devido à benevolência de Putin, os judeus estão assumindo o controle da economia e dos meios de comunicação da Rússia.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do site israelense BreakingIsraelNews: Hezbollah News: Is Putin Jewish?
Leitura recomendada:

Um comentário :

Jorge Santos disse...

Tomara que, sendo judeu ou não, converta-se ao Senhor dos Exércitos.