14 de abril de 2016

Vírus Zika: Uma arma biológica


Vírus Zika: Uma arma biológica

Grande imprensa admite ligação entre Zika e mosquitos geneticamente modificados

Kit Daniels
Comentário de Julio Severo: Recentemente, especialistas americanos concluíram que o vírus Zika realmente está provocando a epidemia de microcefalia. Mas a conclusão deles omite ou não responde satisfatoriamente a duas questões: Enquanto no Brasil a epidemia de Zika está acompanhada de microcefalia, a epidemia de Zika na vizinha Colômbia não inclui microcefalia. Além disso, durante a história de mais de 50 anos do vírus Zika, não houve epidemia de microcefalia. Essa epidemia ocorreu no Brasil, depois da liberação de mosquitos geneticamente modificados para combater o vírus da dengue. Leia agora a reportagem do InfoWars:
Francis A. Boyle, o professor de direito internacional que elaborou a Lei Antiterrorismo de Armas Biológicas em 1989, revelou que o vírus Zika foi potencializado como arma de guerra por governos mundiais e organizações não governamentais durante uma entrevista em 29 de janeiro no programa de Alex Jones. A entrevista, em inglês, pode ser vista aqui: https://youtu.be/oBWouNjoWOI
Não muito tempo depois, a grande mídia admitiu que a epidemia de Zika tinha como causa possível a liberação de mosquitos geneticamente modificados no Brasil.
De acordo com o jornal inglês The Mirror:
A epidemia de Zika que está neste momento dominando o continente americano pode ter sido causada pela liberação de mosquitos geneticamente modificados em 2012, dizem os críticos.
Os insetos foram projetados por especialistas de biotecnologia para combater a propagação da febre da dengue e outras doenças e liberados na população geral do Brasil em 2012.
Mas com a Organização Mundial de Saúde (OMS) agora se reunindo em Genebra para debater desesperadamente curas para o vírus Zika, estão aumentando as especulações quanto à causa dessa epidemia súbita.
O vírus Zika foi descoberto pela primeira vez na década de 1950, mas a epidemia recente agravou-se de forma alarmante, provocando defeitos congênitos e muitos problemas de saúde na América Central e do Sul.
Em 2010, a Fundação Bill & Melinda Gates financiou iniciativas de pesquisadores australianos para liberar mosquitos geneticamente modificados infectados com uma bactéria.
Naquele mesmo ano, Bill Gates confessou que acreditava em redução populacional.
“O mundo hoje tem 6,8 bilhões de pessoas; vai chegar a 9 bilhões,” disse ele durante uma conferência em 2010. “Agora se fizermos realmente um grande trabalho em novas vacinas, assistência médica e serviços de saúde reprodutiva, reduziremos a população em 10 ou 15 por cento.”
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do InfoWars: Top Expert: Zika Virus A Bioweapon
Leitura recomendada:

10 comentários :

Anônimo disse...

Alguém tem que responder por isso...mas, como no cado de Mariana, onde estão os responsáveis pelo maior desastre ecológico do Brasil?

Fabio disse...

Sempre me questionei se estas novas doenças e novos tipos de vírus não estavam relacionados entre si. A matéria acima veio corroborar com meus pensamentos. Novas vacinas, drogas, remédios, são desenvolvidos sem tempo hábil para análise de sua eficacia e efeitos a longo prazo e logo estão sendo comercializados. A população amedrontada pelos surtos dos novos vírus formam grandes filas para obter uma dose destas novas vacinas. Este é o ambiente propicio para que governos implantem seus projetos de redução populacional e desenvolvam armas biológicas com consentimento da sociedade.

Ivan Simões disse...

Mas é claro que são os senhores do mundo que estão agindo para acabar com metade da população mundial!

Tatiana Marques disse...

A maioria da população é jovem e essas pessoas vão morrer é muito irreal isso de chegamos a 9 bilhões de pessoas. E pra evitar ficar doente recomendo q vcs comam alimentos q ajudem na produção de anti corpos e produtos naturais. esse negocio de vacina em um mundo capitalista é roubada quem me garante q não vou ficar doente? Os médicos pilantras, não obrigada se não peguei a dengue ate hoje não faz sentido tomar vacina. E se Bill gates ta tao preocupado com super população por que ele não se mata?

Anônimo disse...

Esse mosquito deve ser muçulmano!!!

Anônimo disse...

Deve ser encomenda do sapo barbudo pra camuflar o buraco econômico que o Brasil já mergulhou!!!

Anônimo disse...

Vejo possibilidade de boicote às Olimpíadas dos petralhas, por parte de algumas nações, em virtude das diversas pestes que tomaram conta do Brasil...isso sem contar a sujeira do RJ e a violência generalizada, tudo com complacência das autoridades, mesmo custando vidas de policiais e de pessoas inocentes.

Anônimo disse...

Pode ser que o anticristo seja resultado de uma arma biológica como essa.

Anônimo disse...

Guerra biológica e as vacinas? Parece que a H1N1 é um veneno...
https://exateus.com/2016/04/17/depois-de-vacinarem-48-milhoes-de-pessoas-descobriram-que-a-vacina-da-gripe-e-um-veneno-mortal/

Isac disse...

Vacinas, Zika vírus, doenças letais novas e não sei mais o quê, seriam meios de reduzir a população, quem sabe?