20 de abril de 2016

Marco Feliciano: Olavo de Carvalho é como um “verdadeiro profeta”


Marco Feliciano: Olavo de Carvalho é como um “verdadeiro profeta”

Julio Severo
Em recente discurso (https://youtu.be/K91sq9HEJK8) no Congresso Nacional, o deputado federal Marco Feliciano, que é também pastor da Assembleia de Deus, exaltou Olavo de Carvalho, dizendo que ele durante os últimos 20 anos vaticinou como um “verdadeiro” profeta.
Os olavetes não perderam tempo e proclamaram seu mestre como “o homem que está salvando o Brasil.” Toda essa adoração só porque o homem vaticinou contra o marxismo?
Em 1926, um austríaco alertou a Alemanha inteira contra o marxismo. Diferente do Olavo, que não está preso, esse austríaco alertou diretamente da prisão. Ele vaticinou:
Marxismo: veneno mortal.
A face feia do marxismo.
A democracia no Ocidente hoje é o precursor do marxismo. A democracia oferece um terreno propicio, no qual consegue desenvolver-se a epidemia [marxista].
O problema mais importante que confronta a Alemanha: o marxismo.
Expressei pela primeira vez a convicção de que a questão do futuro da nação alemã é a questão da destruição do marxismo.
Uma praga como o marxismo.
A obra de destruição do marxismo, a sua propaganda envenenadora, cega o povo.
O marxismo tem que ser aniquilado.
O marxismo marchará com a democracia até que consiga, por via indireta, os seus criminosos fins.
Esforçava-me, por todos os meios ao meu alcance, por convencê-los da perniciosidade dos erros do marxismo.
Ele vaticinou certo? Sem dúvida alguma. Os alertas dele demonstraram exatidão, e ele poderia ser considerado muito mais “profeta” do que o Olavo, pois o austríaco alertou acertadamente sobre o marxismo muito antes de o Olavo nascer.
Ele era um “verdadeiro” profeta? Não. De acordo com o Rev. Erwin W. Lutzer, em seu livro “A Cruz de Hitler,” esse austríaco estava envolvido no mesmo problema do Olavo: ocultismo. Seu nome era Adolf Hitler. Esse austríaco, que era católico, conseguiu enganar muitos católicos e evangélicos usando a luta contra o marxismo soviético.
Então, em suas vaticinações, previsões e premonições contra o marxismo, o austríaco não foi um verdadeiro profeta, mas um verdadeiro astrólogo.
Feliciano declarou que tudo o que o Olavo disse sobre política nos últimos 20 anos aconteceu. Mas ele de fato leu tudo o que o Olavo escreveu nos últimos 20 anos? Ele leu cada livro e artigo que o Olavo escreveu nos últimos 20 anos? Se leu, como ele não conseguiu notar a vasta literatura esotérica do Olavo nesse mesmo período? Como ele não viu as aulas de astrologia e esoterismo dele?
Entretanto, o que mais choca é ouvir Feliciano exaltando o Olavo como um “verdadeiro” profeta. O que o Olavo era exatamente 20 anos atrás? Ele era um “verdadeiro” profeta? Não. Ele era um adepto da astrologia. Ele já foi também presidente de uma instituição de astrologia (confira aqui: https://youtu.be/-XDFh_eLgPI) e foi um dos primeiros promotores de uma espécie de espiritismo islâmico (conforme a filosofia tradicionalista ou perenialista do bruxo islâmico René Guénon). Ele chegou a ganhar um prêmio do governo da Arábia Saudita por uma biografia de Maomé que ele escreveu.
Essas questões do Olavo foram denunciadas anos atrás por um escritor católico tradicionalista já falecido.
Antes de ter um curso de filosofia, Olavo já tinha um curso de astrologia e alquimia, com a mesma sedução sobre os alunos.
O que a Bíblia tem a dizer sobre astrologia? De acordo com Daniel 1:20; 2:2, 10, 27, o astrólogo (cuja palavra original em hebraico é “ashshaph” e significa “encantador”) é alguém que professa ver, com a ajuda de “deuses,” acontecimentos futuros através da aparência das estrelas. Essa prática era comum na Babilônia, onde o profeta Daniel estava. A astrologia é proibida por Deus. Confira Deuteronômio 4:19; 18:10 e Isaías 47:13. Os “deuses” da astrologia são na verdade demônios.
Na antiga Babilônia, astrologia (ocultismo) andava de mãos dadas com a política.
Encantador é alguém que encanta, seduz, fascina, cativa, maravilha e enfeitiça. Pela sua experiência espiritual, Olavo tem vasto conhecimento e prática dessas técnicas, pois fazem parte da função do astrólogo.
O Michaelis-Moderno Dicionário de Língua Portuguesa diz que “astrólogo” é sinônimo de “encantador, feiticeiro e mago.”
Existe farto material, escrito pelo próprio Olavo, que mostra suas afinidades espirituais. O mistério é como evangélicos têm sucumbido a esse tipo de encantamento. Há casos até de pastores que se converteram para o peculiar catolicismo pró-Inquisição dele depois de se tornarem alunos do curso dele. Isso de fato é encantamento.
Chamar o Olavo, nessas condições, de “verdadeiro” profeta é igualar o papel de um encantador ou astrólogo (que “vê” o futuro por meios desaprovados por Deus) ao papel de um homem de Deus que recebe revelações de Deus. É uma comparação incompatível.
Nesse ponto, preciso perguntar: Onde está o discernimento espiritual do Feliciano, que é pastor assembleiano? Em 2002, grandes líderes evangélicos apoiaram o PT porque não tinham nenhuma visão profética. Será que hoje foram para o extremo oposto, achando que alguém é “verdadeiro profeta” apenas por ser contra o PT, que lhes pode preencher a falta de visão com uma visão “encantadora”?
O PT encantou e enganou. Mas mesmo sendo contra o PT, a astrologia, de acordo com a Bíblia, está intimamente ligada a encantamento e feitiçaria. E encantado Feliciano está, proclamando no Congresso que é aluno do Olavo e recrutando outros para o curso “encantador” de filosofia
Encantador, que na Bíblia é o astrólogo, é alguém que encanta, seduz, fascina, cativa, maravilha e enfeitiça. Essas técnicas, que parecem estar fazendo efeito em Feliciano, poderão induzir ao erro multidões de jovens evangélicos.
E a Bíblia é bem clara que a filosofia pode induzir a erros:
“Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo.” (Colossenses 2:8 NVI)
“Certifique-se de que nenhum predador transforme você em vítima por meio de alguma filosofia enganadora e ilusão vazia com base em tradições fabricadas por meros seres humanos mortais. A fonte dessa filosofia e ilusão está nos princípios que se originam neste mundo e não no Ungido (por isso, não deixe as conversas deles capturarem você).” (Colossenses 2:8 The Voice Bible)
O título de “verdadeiro profeta” cai bem em quem guia espiritualmente o povo de Deus a caminhos indicado por Deus, mas Feliciano deu publicamente, sem a permissão de Deus, a etiqueta de “verdadeiro” profeta a um homem que durante 20 anos se guiou pela astrologia e pelo ocultismo.
Quando o profeta Daniel estava entre os astrólogos e feiticeiros da Babilônia, ele era cabeça, não cauda. Mas Feliciano tem se feito de cauda e colocado Olavo como cabeça. Ele inverteu o que não podia ser invertido.
Outra questão intrigante é que Feliciano denunciou publicamente que a aula que ele ia fazer do Olavo sofreu ataques de instituições governamentais. Como ele pode saber disso? Por que ele não pede uma investigação oficial da Polícia Federal no site do Olavo para averiguar se foi ou não?
Acima de tudo, por que um pastor assembleiano chamaria de “verdadeiro” profeta um astrólogo que desculpa a Inquisição católica, que torturava e matava judeus e evangélicos, chegando ao ponto de dizer que essa instituição assassina foi invenção dos evangélicos dos EUA? Se era invenção, por que o Papa João Paulo 2 pediu perdão por ela, inclusive igualando os crimes dela aos crimes do nazismo e comunismo?
Olavo tem defendido um revisionismo onde existiu, só na imaginação dele, uma Inquisição anestésica que não permitia que as vítimas judias e protestantes sentissem dores na hora da execução, quando fatos históricos comprovam que a morte dos condenados era lenta e atroz.
Ao tratar publicamente o Olavo como “verdadeiro profeta,” Feliciano deixou claro para o povo de Deus que esse homem tem a aprovação de Deus em tudo o que fala e faz. Isso é incoerente do ponto de vista da Bíblia.
Se Feliciano tivesse dito que o Olavo é um grande astrólogo, tendo fundado uma escola e curso de astrologia no Brasil, seria coerente e verdade. A especialidade do Olavo é premonições e previsões.
A propaganda que Feliciano anda fazendo do Olavo só contribui para ampliar o desejo do homem pelo monopólio e hegemonia do conservadorismo brasileiro, embora algumas de suas atitudes denunciem um anticonservadorismo estridente.
Sua atitude de xingar conservadores o desqualifica totalmente de ser conservador nos EUA, que retêm o melhor padrão de conservadorismo do mundo. O conservadorismo americano rejeita palavrões.
A atitude dele de rejeitar e xingar sumariamente conservadores discordantes o coloca à vontade entre antidemocráticos, não entre democráticos. Nesse sentido, cai-lhe muito bem defender e desculpar a Inquisição, cuja especialidade era torturar e matar judeus e protestantes discordantes.
Sua atitude de se vangloriar perpetuamente de que durante os últimos 20 ou 30 anos ele “previu” todos os problemas marxistas do Brasil (tal qual o austríaco “previu” os mesmos problemas na Alemanha) é a mais intrigante: Nesse passado, Olavo estava mergulhado até o pescoço no esoterismo e astrologia.
A astrologia na verdade não tem capacidade de ver nada no futuro. O que os espíritos sussurram mentalmente para seus adeptos envolvidos em esoterismo e astrologia e que parece previsão (mas de fato não é) é o que eles pretendem fazer no futuro. E isso pode ou não pode acontecer.
Claro que se o Olavo tiver um real encontro com Jesus, as previsões, premonições e sussurros em sua mente darão lugar às revelações do Espírito e talvez a um chamado de profeta. Nesse ponto, Feliciano poderá chamá-lo de “irmão” e “verdadeiro profeta.” Antes disso, tudo é ilusão.
Leitura recomendada:

24 comentários :

Anônimo disse...

APOSTASIA DA FÉ NOS ENSINAMENTOS DO SENHOR JESUS CRISTO
Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.
Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;
E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.
2 Timóteo 4:2-4
Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; 1 Timóteo 4:1

Flávio disse...

Já chegamos na época em que os líderes religiosos dão ouvidos a espíritos enganadores. O protestantismo está em crise!!!

Anônimo disse...

Sinceramente Julio, não sei porque está supreso em relação ao Feliciano e outros lobos. Praticam o mesmo engodo! São bestas!

Anônimo disse...

Religioso inculto, metido em política, dá nisso mesmo!!!
A contrapartida também é verdadeira: político metido em religião, só pode dar confusão!!!

Anônimo disse...

Ambos estão cumprindo seus papéis, deixemos os mortos enterrarem seus mortos!!!

Anônimo disse...

Olhemos isso tudo pelo lado positivo.
Olavo prega contra os petralhas e Feliciano está contra os petralhas, e, com isso, a igreja verdadeira vai ganhando tempo pra evangelizar as almas.
Está bom!!!

Anônimo disse...

Feliciano estava empolgado, assim como uma criança quando ganha um brinquedo...merece perdão!!!

Anônimo disse...

Qual dos dois é um verdadeiro profeta, Olavo ou Feliciano? Ou os dois são profetas de baal?

Anônimo disse...

Feliciano parece ser pior do que Olavo, pois este falou segundo seu conhecimento humano e aquele confessou sua ignorância cultural e religiosa.

marcelo victor disse...

Olavo, no máximo, faz prognósticos, baseados em seu conhecimento humano. Daí a ser um ``verdadeiro profeta´´, tem uma distancia abissal.
Feliciano foi infeliz na sua observação, pois pode ser que muitos indoutos sejam influenciados a seguir Olavo (inclusive espiritualmente) por causa dessas palavras um tanto quanto inadequadas.
Anão ser, é claro, que Feliciano acredite, de fato, que haja um componente divino nos prognósticos de Olavo (o que é um direito dele). Se for assim, Feliciano acaba de se tornar mais um filho na fé de Olavo. Pobre alma!!!

SHTF and Preparation disse...

Isso Júlio, compare olavó com o Senhor Hitler, que por sinal hoje faz aniversário.

Isto, compre briga com os partidários de olavo, eu adoro tudo isto. Hahahaha. Que o circo cuck pegue fogo!

Marcelo P. disse...

Desculpe, Júlio,

Mas quem ajudou a divulgar o Olavo no Brasil foi você mesmo. Você não sabia desses problemas referentes ao Olavo antes?

Buck Williams disse...

Muito bom! Farei questão de compartilhar nas redes de Feliciano para que ele tenha a noção do ridículo ao qual está se submetendo.

Anônimo disse...

Nos voltemos para a Bíblia, para as profecias bíblicas, essas, sim, VERDADEIRAS.
Quem olha para elas não fica falando besteiras e misturando as coisas santas com as coisas profanas e dando-as aos cães!!!

Ass. Rodrigues

Maira disse...

OLAVÃO CRIOU UMA IMBECIL COLETIVO DE SEGUIDORES, TAMBÉM CHAMADOS DE OLAVETES, QUE LHE SÃO FIEIS EM TUDO.

Anônimo disse...

Julião, vc tem um imenso papel na popularidade de Sidi; você foi um dos que edificou a ponte que permitiu que o Astrólogo acessasse o mundo evangélico. Onde está seu mea culpa?

Julio Severo disse...

Ex-pastor, hoje olavete roxo, louva curso do Olavo e a tariqa (espécie de centro espírita islâmico)

O ex-pastor Gustavo Abadie, que depois de fazer o COF (curso de “filosofia” do Olavo de Carvalho) largou o pastorado para se tornar católico olavete, divulgou hoje em seu Facebook uma poesia olavete que faz a seguinte referência: ”Você tem que me fazer um juramento de só ter um pensamento: fazer o COF até morrer.”

A poesia também diz: “E subindo de camada Ser aluna do Gonzaga.” Gonzaga é o filho do Olavo que é muito mais explícito no esoterismo, astrologia e ocultismo. Os alunos do Olavo, como reconhece o ex-pastor nessa poesia, sobem de camada, indo do curso do pai para o filho Gonzaga.

A poesia finaliza dizendo: “minha amiga e companheira nessa tariqa de nós dois.”

Tariqa é uma espécie de centro espírita islâmico.

Como é que um homem que no passado era pastor e divulgava o Evangelho hoje se ocupa divulgando besteiras de idolatria envolvendo uma suposta filosofia que tem mais cara de seita esotérica, criando adeptos fanáticos e cegos, do que qualquer outra coisa? Se isso não é lavagem cerebral, não sei o que é.

Eis a poesia completa divulgada pelo ex-pastor e, no final, o link da gravação de toda essa besteira vinda do inferno:

MINHA NAMORADA OLAVETE
Se você quer ser a minha namorada
Ai que linda namorada, olavete tem que ser
se quiser ser somente minha,
exatamente esta coisinha
reacinha toda minha,
que critica o PT
você tem que me fazer um juramento
de só ter um pensamento:
fazer o COF até morrer
e também de não perder esse jeitinho
de ler bem devagarinho
os livros que eu recomendo pra você
e de repente me fazer muito carinho
recitando bem baixinho
um clássico português
E se mais do que minha namorada
Você quer ser minha amada
Minha amada, mas amada pra valer
Aquela amada superando a frescurada
E subindo de camada
Ser aluna do gonzaga
você tem que vir comigo em meu caminho
e fazer logo um cadastrinho
no ICLS pra você
os seus livros tem que ser também meus livros
até mesmo as raridades que são caras na EV
e buscar sempre a cultura verdadeira
minha amiga e companheira
nessa tariqa de nós dois

Fonte: http://archive.is/qH9H8

Anônimo disse...

Bom dia, Julio Severo:
1. Os méritos pelo desmascaramento do “sistema” não é mérito exclusivamente de uma só pessoa. Quem seguiu o conselho da Bíblia, “examinou tudo, reteve o que é bom”, e se beneficiou dos escritos do professor e de muitos outros patriotas.
2. Essa informação é muito triste. Ele tem o direito de ter a religião dele. Mas, um cristão fundamentalista, ortodoxo, bíblico não pode admitir a negação da Inquisição Católica (perseguição) contra os cristãos! Seria como um judeu negar o Holocausto!
3. As pessoas têm o direito de saber a religião uma das outras, sim. Em muitos lugares, isso pode significar vida ou morte. Um religioso não resiste ao impulso de querer compartilhar suas convicções, por muito tempo. Cedo ou tarde isso acaba sendo evidenciado no relacionamento, pelo desejo de fazer discípulo. Por isso, o alerta é importante.
4. Quem segue o conselho da Bíblia Sagrada vai “examinar tudo, e reter o que é bom”. Mas, fica subentendido que é preciso ter capacidade para reter, peneirar o que se aprende! Exige pesquisa de outras fontes. Dá trabalho. Mas, é melhor do que morrer pelos ouvidos... A vara de medir, o padrão, a última instância é Bíblia Sagrada: se a coisa é verdadeira (no todo, não somente nas partes...), estará respaldada nela!
5. A outra alternativa é acrescentar à formação dos seminaristas das igrejas cristãs (futuros obreiros, pastores, professores etc), o capítulo: COMUNISMO – no Século XXI, dentro da matéria HERESIOLOGIA. Material para pesquisa é que não vai faltar.
6. Lembro que na década de 70 (mais ou menos) o povão abençoado estudava Comunismo, como uma das heresias que ameaçam a sã doutrina, nas lições da Escola Bíblica Dominical (EBD), da (saudosa) Assembléia de Deus!
7. Somente assim, será possível confrontar a luz da Bíblia, a doutrina, a vida e as obras desses anticristos (do projeto criminoso de poder, inclusive) – sem risco de levar “morte para dentro da panela”, por meio de “outro evangelho”... No mundo espiritual não tem meio termo: ou você está com Jesus ou sem Ele! Não existe o caso de honrar Sua Pessoa e ignorar Seu radical e abençoador ensino. Jesus e Seu ensino são um só!
Abraço fraterno, Paulo Ceroll.

Arnaldo Krogdahl e Lis Versieux disse...

Não importa se ele foi astrólogo ocultista ou fala palavrão. As verdades que ele costuma dizer não é questão de opinião. Esse senhor tem um dos maiores sensos lógicos que já vi. O papo reto e sem jargões dele é que causa esse encantamento, no fim das contas.
Não, eu não sou Olavete não. So não encontro problema em reconhcer o mérito dele.

Julio Severo disse...

A astrologia, cuja essência são prognósticos, nunca foi separada da política. Então na astrologia é natural e normal ter prognósticos políticos. Sugerir pois que em toda a história humana só no Olavo houve essa separação é mostrar uma ignorância sem tamanho — ou se mostrar encantando e seduzido com poderes astrológicos travestidos de meros e inocentes prognósticos políticos. Além disso, o fato de que o Olavo vem insistindo no revisionismo e defesa da Inquisição evidencia desprezo à opinião alheia e aos direitos humanos. A Inquisição torturava e matava judeus e protestantes pelo “delito” de opinião bíblica diferente da opinião imposta pelo Vaticano. O Papa João Paulo 2 já pediu perdão pelos crimes da Inquisição, igualando-os aos crimes do nazismo e comunismo. O que o Olavo faz então ao desculpá-los é se igualar a nazistas e comunistas, inclusive com sua tática frequente de dizer que as vítimas é que praticavam uma Inquisição maior. Essa igualação que ele faz segue a cartilha do ditador comunista Lênin, que dizia: “Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é.” A defesa da Inquisição, que nunca teve nada a ver com Cristo, é um esforço maligno de aproximar o catolicismo, ou um segmento católico radical, do islamismo, que prega a fé pela espada, tortura e morte dos discordantes. Só para lembrar: Olavo tem vasta experiência islâmica, inclusive tendo obtido prêmio do governo da Arábia Saudita.

Arnaldo Krogdahl e Lis Versieux disse...

Entendi. Obrigado pela resposta. O Sr. Olavo é bem pragmático, eu já sabia.

Leony disse...

"Quando surgir em teu meio um profeta ou um intérprete de sonhos, e te apresentar um sinal ou um prodígio,

Se essa obra maravilhosa que ele anunciou se realiza e ele te exorta: ‘Vinde e sigamos outros deuses (que não é o Deus que tu conheceste) e passemos a servi-los!’

Não deis ouvidos às palavras desse pregador ou sonhador. Porquanto é Yahweh, vosso Deus, que vos está pondo à prova para aflorar diante de todos o quanto, de fato, amais ao SENHOR de todo o coração e com toda a alma."

Deuteronômio 13:1-3

Edy Bill disse...

"...que vaticinou como um verdadeiro profeta..."

Acredito que o que Marco Feliciano fez foi usar de retórica...

O ruim é não conseguirem separar o que é humano do que é divino...

E é compreensível que católicos idolatrem o Olavo de Carvalho: tá no "sangue".
Mas, ver "crente evangélico" idolatrando seja lá quem for é algo que causa repulsa.

Julio Severo disse...

Olavo de Carvalho chama evangélicos de “evanjegues,” debochando deles como jegues (que também significa burros, asnos, jumentos, etc.). Ele disse:

“A credulidade com que tantos evanjegues ouvem pastores semi-analfabetos, drogados, ladrões e putanheiros é a oitava maravilha do mundo.”

Ele com certeza deve estar se referindo ao Pr. Marco Feliciano, a quem dias atrás ele insinuou que levou uma mocinha a um motel. Confira a insinuação neste link: http://bit.ly/2bfEZjO

E os alunos evangélicos dele são também evanjegues por pagarem uma taxa mensal no COF (Curso Online de Filosofia)?

Para deixar de ser “evanjegues” o evangélico tem de se matricular no COF, deixar a Bíblia de lado e tratar as palavras (inclusive palavrões) do Olavo acima da Palavra de Deus?

Mais da metade dos membros do instituto do Olavo nos EUA são evangélicos. Eles também são evanjegues? Eles já sabem que o Olavo trata os evangélicos brasileiros como evanjegues? Ou a barreira da língua os impede de ler as asneiras que o Olavo escreve em português?

Nesse ponto, fazendo um trocadilho com as palavras do próprio Olavo, digo:

“A credulidade com que tantos evanjegues se abaixam para ser pisoteados, xingados e humilhados por um filósofo esotérico é a oitava maravilha do mundo.”

Um desses “evanjegues,” o próprio Feliciano, chamou Olavo de “verdadeiro profeta” no Congresso Nacional. Mais evanjegues que isso, impossível. Confira neste link: http://bit.ly/1XHSaHr

Como diz a Bíblia, dizendo-se “sábios,” tornaram-se loucos.

Fonte: Facebook Blog Julio Severo