11 de abril de 2016

Boston: Era uma vez uma fortaleza calvinista…


Boston: Era uma vez uma fortaleza calvinista…

Julio Severo
Calvinistas, calvinistas, calvinistas! De acordo com o historiador católico Paul Johnson, a cidade americana de Boston era uma fortaleza calvinista no século XVIII. Os calvinistas dominavam Boston demográfica e religiosamente.
Boston hoje
E hoje, quem domina? De acordo com o Centro de Pesquisa Pew, 57% de Boston se consideram cristãos, com 25% se identificando como protestantes e um número levemente maior (29%) se identificando como católicos. Os que não vão a nenhuma igreja compõem 33% da população e os muçulmanos e hindus perfazem quase 10%.
Hoje Boston é mais notória pelo catolicismo, que ficou mundialmente famoso pelos enormes escândalos de padres homossexuais pedófilos. “Spotlight: Segredos Revelados,” um filme ganhador de Oscar baseado em acontecimentos reais, relata que “249 padres e monges foram publicamente acusados de abuso sexual dentro da Arquidiocese de Boston,” fazendo essa ex-fortaleza calvinista o centro americano de acobertamento católico de crimes de pedofilia homossexual.
A “fortaleza calvinista” morreu, enterrada num passado distante.
Falta avivamento, mas com o cessacionismo e o liberalismo (posturas pró-aborto e pró-homossexualismo) imperando em muitas igrejas calvinistas americanas, tudo o que vai sobrar de calvinismo em Boston é a memória de um passado distante.
Do jeito que os muçulmanos se multiplicam como coelhos, será um milagre se em poucas décadas Boston não se tornar uma fortaleza islâmica — com pedofilia islâmica sem necessidade de acobertamento. E ai de Hollywood se tentar lançar um “Spotlight” da pedofilia islâmica!
A pedofilia é uma realidade no islamismo desde a época de Maomé, que aliás também era pedófilo, mas nunca foi condenado como criminoso.
No entanto, quando Boston era uma fortaleza calvinista, a pedofilia era crime e sua população calvinista não precisaria ser movida por um “Spotlight” para linchar um pedófilo homossexual. Ter uma mesquita nessa cidade, nem pensar. Mas passado é passado e sem um reavivamento, se nem o presente está bem, o futuro será muito pior.
Leitura recomendada sobre calvinistas:

77 comentários :

Anônimo disse...

Tudo isso nos mostra que o caminho do ECUMENISMO será inevitável...a apostasia generalizada chegou!!!

Alex disse...

kkkk Julio Severo se tornou um ante-católico, vai fazer questão de alfinetar a Igreja em um a cada dois artigos.

Marcelo disse...

Os padres católicos, homossexuais que são, praticaram pederastia (pedofilia masculina). Os muçulmanos e Maomé também, ou só praticam pedofilia feminina? É bom lembrar que no Brasil somente o sexo com menor de 14 anos (incompletos) é estupro. Com menina com idade de 14 anos acima não há crime. Não seria uma pedofilia feminina?

André Reis disse...

Julio, nunca havia escutado falar sobre a tal pedofilia islâmica, muito menos que Maomé era um. Gostaria muito que você escrevesse - ou indicasse - algum material, mesmo em inglês sobre esse assunto.
Muito obrigado.

Leni disse...

Alex: Quer dizer que para ser católico, eu, que sou católica, tenha a obrigação de acobertar crimes de pedofilia para não manchar a reputação de padres safados? Não sou seu tipo de católico. Crime tem que ser denunciado, onde estiver.

Maristela disse...

Se o Severo é anticatólico por noticiar crimes de pedofilia dentro da Igreja Católica, então ele é também anti-brasileiro por noticiar crimes dentro do Brasil.

Anônimo disse...

Instituições levarão as pessoas pro lago de fogo...saiam delas, entreguem suas vidas nas mãos do Mestre, pois aqui não ficará pedra sobre pedra que não seja derribada.

Mr Galeto

Anônimo disse...

Defender instituição religiosa é a mesma coisa que defender partido político.
Isso tudo não passa de uma BABILÔNIA!!!

Anônimo disse...

A idolatria romana é a mãe das prostituições, tendo gerado muitas filhas.
Muitos que conseguiram escapar das suas amarras acabaram caindo no colo das filhas!!!

marcelo victor disse...

Se essas instituições religiosas estivessem alicerçadas na verdade, jamais seriam abaladas...isso é um claro sinal de que foram edificadas na areia.

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

O calvinismo, por si só, já é uma baita heresia...essa derrocada pode ser um claro sinal de que está havendo um juízo de Deus sobre esses religiosos heréticos que asseguram, em última análise, que Deus é o autor do mal.

Anônimo disse...

Luciano A. Betim

As vezes penso que falta um pouco de amor em tudo.

Verdadeiros Calvinistas e verdadeiros Arminianos que amam a Jesus não precisam ficar se bicando...

Arminianismo não é heresia
Calvinismo não é heresia
Pentecostalismo não é heresia
Cesacionismo não é heresia

São apenas irmãos que amam a Jesus porém tem posicionamentos teológicos diferentes.

Sou Cristão, Protestante e Calvinista. Não sou melhor que ninguem.

Deus abençoe a todos

Alex disse...

Leni, eu nunca disse que ser católico é acobertar crimes, eu sou católico e sei que a denuncia essas coisas é o melhor a ser feito, mas no caso, o autor não está denunciado nada, está alfinetando a Igreja de Cristo.

Anônimo disse...

Caros,
Ou uma pessoa é calvinista ou é arminiana, as duas posições não podem ser verdadeiras ao mesmo tempo.
Quem quiser agradar a todos, ficando em cima do muro, é mais herético do que elas próprias.

Ass. Rodrigues

marcelo victor disse...

Uma das coisas que mais me enoja é esse espirito de ecumenismo, pregado pelo Chicão das Couves.
Esse demônio é terrível e tem conquistado a mente de muitos evangélicos; um demônio que já afligia a igreja primitiva, conforme citado em Ap 3:15-16, desviando os crentes da fé verdadeira.
Em nossos dias, todo aquele que toma posições firmes e radicalmente alicerçadas na Bíblia tem sido classificado como fanático, intolerante, fascista, etc.
É o que enxergo no comentário feito por Luciano A. Betim, um sério candidato a ser um dos fieis da PAZ E SEGURANÇA, a religião da nova ordem mundial, que prega que todos os caminhos levam a Deus.

Anônimo disse...

Luciano Betim

Marcelo,Com todo respeito, não entendeu o que eu disse.
Respeitar e tratar como irmão outro evangélico de corrente teológica diferente e ser candidato a "nova ordem"?

Me perdoe irmão, mas procuro a paz com todos os "evangélicos" verdadeiros que professam a salvação somente pela graça em Jesus Cristo.

A verdadeira união deve ocorrer somente com quem se mantem fiel a Palavra de Deus.

marcelo victor disse...

Eu entendi, porém, caro irmão, só existe uma única verdade, ou seja, ou Deus decretou o mal, como dizem os calvinistas, ou não. Não existe meio termo, meu velho.

Vejo vários teólogos querendo fazer média e assumindo a posição da ``tolerância´´ (aquilo que eles chamam de tolerância). Agora, se tem uma coisa que Jesus não fez, foi ser tolerante com a mentira e com o pecado, em cumprimento que Ele próprio disse: onde há luz, não há trevas.

Assim sendo, meu velho, não há outra saída: ou somos frios ou somos quentes, pois os mornos serão vomitados!!!

Também procuro manter a paz com todos os homens, mas, no tocante à doutrina apostólica, não arredo meu pé um milímetro sequer.

Anônimo disse...

É uma saída fácil dizer que Deus decretou todo mal que ocorre no universo, porém faz de Deus um deus tirano, contrário ao Deus de Israel.
Deus tirano é o deus muçulmano, o deus católico, o deus dos abortistas, dos sodomitas, os quais tem histórico de sangue em suas mãos.
Quem fala uma coisa dessas nunca conheceu aquele em quem não há trevas alguma, nem mesmo em seu pensamento e planos!!!

Anônimo disse...

Ai daquele que duvidar do caráter de Deus, como alguém que poderia usar o mal para sua própria glória, como fazem os homens que se elegem por causa das desgraças como a seca, como a fome, como as doenças, explorando o sofrimento alheio!!!

Mr Galeto

Anônimo disse...

Luciano A. Betim

Caros irmãos, há muitas coisas difíceis de entender nos mistérios de Deus, mas com certeza ele não é o autor do pecado como muitos pintam...

O Calvinismo extremamo é lamentável, assim como o é o Arminianismo.

Há quem interesse, segue o que pensam os Reformados sobre a Soberania de Deus.

"Desde toda a eternidade, Deus, pelo muito sábio e santo conselho da sua própria vontade, ordenou livre e inalteravelmente tudo quanto acontece, porém de modo que nem Deus é o autor do pecado, nem violentada é a vontade da criatura, nem é tirada a liberdade ou contingência das causas secundárias, antes estabelecidas".

Referencias Bíblicas:
Isa. 45:6-7; Rom. 11:33; Sal.5:4; Tiago 1:13-17; I João 1:5; João 19:11; At.2:23; At. 4:27-28 e 27:23, 24, 34.

Um grande abraço

Anônimo disse...

RESPOSTA AOS CALVINISTAS:
CONGRESSO #AZUSANOW2016 - FUI IMPACTADO PELA PRESENÇA DE DEUS, IMAGINE QUEM ESTAVA LÁ....SIMPLESMENTE MARAVILHOSO ADORAR A DEUS!!!!!

https://www.youtube.com/watch?v=csVJNgiZmlM

marcelo victor disse...

Deus não possui somente o atributo da soberania (Ele não é totalitarista), mas também o atributo do perfeito amor (que o torna incapaz de desejar ou planejar o mal para qualquer uma das suas criaturas) e da reta justiça (tornado o homem responsável pelas suas atitudes). Além disso, os atributos divinos estão em perfeita harmonia, de sorte que Deus não é mais soberano do que justo, ou mais justo do que amoroso, etc.

Essa tese calvinista, a meu ver, é falaciosa e contraria às Escrituras Sagradas, pois um ser soberano (que não pode ser contrariado), jamais poderia culpar os agentes pelos crimes que cometeram, uma vez que eles fizeram somente aquilo que ele próprio determinou. FALÁCIA COMPLETA!!!

Anônimo disse...

Luciano Betim

Entendo que a Bíblia Sagrada mostra 3 coisas: a) Deus não é o autor do mal; b) Deus é soberano sobre tudo; c) Os homens em sua liberdade cumprem o plano de Deus.

A) DEUS É PURO, LONGE DELE SER O AUTOR DO MAL

Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar.Salmos 5:4

Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, que não muda como sombras inconstantes. Tiago 1:17


B) DEUS É SOBERANO

Eu sou o Senhor, e não há nenhum outro. Eu formo a luz e crio as trevas, promovo a paz e causo a desgraça; eu, o Senhor, faço todas essas coisas. Isaías 45:6,7

Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e inescrutáveis os seus caminhos! Romanos 11:33


C) DEUS UTILIZA A LIBERDADE HUMANA PARA CUMPRIR SEUS ETERNOS DECRETOS

Este homem lhes foi entregue por propósito determinado e pré-conhecimento de Deus; e vocês, com a ajuda de homens perversos, o mataram, pregando-o na cruz. Atos 2:23

De fato, Herodes e Pôncio Pilatos reuniram-se com os gentios e com os povos de Israel nesta cidade, para conspirar contra o teu santo servo Jesus, a quem ungiste. Fizeram o que o teu poder e a tua vontade haviam decidido de antemão que acontecesse. Atos 4:27,28

Reconheço que ele está acima de tudo e que não tenho respostas para seus mistérios.

Um grande abraço a todos os irmãos presentes.

marcelo victor disse...

O "mal" que Deus promove não é o "mal moral", mas o "mal calamidade" (punição, recompensa), e, isso, tão somente por causa da Sua perfeita justiça, pois Deus não tem prazer nem mesmo na morte do ímpio e não pode contrariar a Sua própria natureza (perfeitamente boa e justa).

Conforme nos mostra a Bíblia, o único "decreto eterno de Deus" é a salvação mediante a fé, extensiva a todos os homens, pois TODOS são alvos do Seu amor salvífico (1 Tm 2:4).

Assim sendo, mesmo sendo soberano, Deus não pode se arrepender pelo homem, não pode crer pelo homem, não pode converter-se pelo homem e não pode confessar pelo homem, pois são ações pura e exclusivamente humanas.

Ocorre que Deus possui o atributo da onisciência e pode anunciar hoje o que irá suceder amanhã (Is 45:21), não como um decreto, mas como consequência das decisões humanas, interferindo na história não aleatoriamente, mas para manifestar Sua reta justiça, pois a Bíblia diz que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus (Rm 8:28).

De sorte que Deus pune os rebeldes e guarda para a vida eterna aqueles que creem na Sua Palavra, os quais foram escolhidos pra herdar a salvação por causa da fé (1 Co 1:21).

Anônimo disse...

Por causa da linha de pensamento calvinista (os tais decretos eternos), creio que os calvinistas tenderão a aceitar o abortismo e a sodomia como algo que Deus planejou (desejou, quis, determinou), vide o que está ocorrendo, atualmente, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, a qual tem ajudado a promover tais abominações.

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

As fortalezas vão ruir...ainda mais as que foram edificadas sobre a areia!!!

Anônimo disse...

Calvinismo é uma heresia, ainda bem que está ruindo, pelo menos para de arrastar mais pessoas pro inferno!!!

Noel Gomes disse...

Nunca ouvi tanta abobrinha e falta de conhecimento.
Desde quando a soberania divina é um atributo paralelo aos outros, ela é junção de tudo que Deus é e representa, Deus é soberano pois é o Senhor de tudo e todos, e nenhum de seus decretos pode ser desfeito ou impedido de se realizar.
Regra do paradoxo, se algo pode ser contrariado ou impedido logo o mesmo não pode ser soberano.
Tudo que acontece foi decretado por Deus,isso não o faz mal nem tampouco injusto, isso só o faz Deus.
Os decretos de Deus não livram o homem da responsabilidade de seus atos, isso é um princípio básico do calvinismo.
Onde vc leu que o calvinismo prega que Deus é o autor do mal, pois sou calvinista a bastante tempo e já li os maiores baluartes do calvinismo e nenhum deles diz que Deus é o autor do mal, exceto Vicent Cheung que nem como calvinista se classifica, já que o mesmo é continuista.

Noel Gomes disse...

Odeio furar sua bolinha de sabão, mas se a salvação fosse extensiva a todos os homens, Cristo teria morrido em vão, pois se ele morreu por Joaquim e Joaquim não quer ser salvo logo ele morreu em vão, já que seu sacrifício de nada adiantou para Joaquim.
Agora se crermos no que a Bíblia afirma dentro de seu contexto que Cristo morreu pelo seus eleitos, como ele mesmo falou quando disse, que não perdeu nenhum dos que o Pai lhe entregou, então chegamos a conclusão que o sacrifício de Cristo foi perfeito, tal como toda obra de Deus.
Só para esclarecer Deus é atemporal, por favor Deus não viveu o passado, vive o presente e viverá o futuro, ele é o próprio tempo, por isso ele é onisciente, não por que vê o futuro como a "mãe Dinah".
Por isso ele tem conhecimento de tudo, pois tudo acontece pra ele no mesmo espaço temporal.
O arrependimento humano não foi, não é e nunca será obra humana, mais sim do Espírito Santo, Paulo disse que estávamos mortos em delito, então como pode um morto se arrepender, somente pela fé e essa fé não é obra humana, mas sim divina.
Sobre o mal, a dezenas de histórias na bíblia em que Deus usa o mal para cumprir seus decretos, ou vc acha que não era a intenção dele que Satanás praticasse toda sorte de mal contra Jó, Deus permitiu que os servos e filhos de Jó fossem dizimados não por que ele é mal, mas porque é soberano e Senhor de tudo e de todos e no final ele foi glorificado segundo sua vontade soberana.
Vc disse "mal calamidade",e o que aconteceu com os filhos e servos de Jó será que foi "mal calamidade", e te pergunto e a mulher dele, ela mandou ele blasfemar e foi a única que continuou viva, isso exclusivamente porque ela fazia parte do plano Divino, ou como vc acha que Deus devolveu os filhos de Jó.
Os filhos e servos de Jó foram parte do plano divino e Deus permitiu que o mal caísse sobre eles unicamente para que ele fosse glorificado, não como uma calamidade, já que fica claro que desde o começo Deus aponta Jó para Satanás.


marcelo victor disse...

Calvinismo é pura FALÁCIA e a Bíblia prova pra quem quiser.

Gostaria de saber como você faz pra educar seus filhos, caro Noel, os quais possuem liberdade de escolha?
Será que você é um comunista e determina tudo o que eles devem fazer, sem direito a escolha alguma?
Já decidiu, por exemplo, o que cada um vai ser quando crescer?
Cuidado, pois pode ser que eles decidam não obedecer as suas ordens, meu velho!!!

Nós seres humanos fomos feitos à imagem e semelhança de Deus e, portanto, possuímos liberdade de escolha, mesmo que você não queira admitir isso; aliás, Deus te deu inclusive a liberdade pra ser calvinista, embora você não perceba isso (ou não queira admitir).

Deus é tão soberano, meu velho, que Ele pode abrir mão de Sua soberania (se Ele quiser), ou será que você O impediria de fazê-lo? Se Ele não pudesse fazê-lo, então, não seria tão soberano assim como você diz. Ou será que você é quem está limitando o poder d´Ele?

Diga-me, como calvinista, como você enxerga a seguinte passagem:
"E edificaram os altos de Baal, que estão no Vale do Filho de Hinom, para fazerem passar seus filhos e suas filhas pelo fogo a Moloque; o que nunca lhes ordenei, nem veio ao meu coração, que fizessem tal abominação, para fazerem pecar a Judá" (Jeremias 32:35).

Pois bem, você disse que é calvinista e disse também que o calvinismo nunca ensinou que Deus é o autor do mal. Mas, se tudo que acontece no mundo faz parte dos planos de Deus, e se no mundo ocorrem males, logo, segundo o calvinismo, os males fazem parte dos planos de Deus. Isso é uma questão de lógica!

Se os males fazem parte dos planos de Deus, logo foi Ele quem desejou que acontecessem, caso contrario eles não teriam acontecido, pois Deus é soberano e Seus soberanos desejos devem se cumprir integralmente (incluindo os males que ocorrem), correto?

Aí está, meu velho, a falacia em que muitos estão envolvidos, pois o Deus de Israel jamais desejaria ou planejaria o mal para qualquer uma de Suas criaturas, as quais foram criadas com um amor puro e sincero. Ocorre que, na Sua soberania, Deus decidiu dar soberania para o homem tomar as suas próprias decisões.

Deus te abençoe!!!

Anônimo disse...

Luciano Betim

Será que ambos, calvinistas e Arminianos não podem ser irmãos? É preciso classificar ambos como heresia?

Wesley era Arminiano e whitefield Calvinistas, e os dois realizaram campanhas evangelisticas juntos.

As Bíblias que temos em mãos hoje são traduzidas por teologos calvinistas e arminianos juntos, e que benção não?

Realamente classificar Calvinista ou arminisno como herege é uma bobagem sem tamanho.

"Nas coisas essenciais, unidade, nas não-essenciais, liberdade; em todas as coisas, amor"

Todos nós que alcançamos a maturidade devemos ver as coisas dessa forma, e se em algum aspecto vocês pensam de modo diferente, isso também Deus lhes esclarecerá.
Tão-somente vivamos de acordo com o que já alcançamos.
Filipenses 3:15,16 - NVI

Anônimo disse...

Os calvinistas do Mackenzie estão apoiando os sodomitas...evolução ou falta do Espirito de Deus?

marcelo victor disse...

Nobre Julio,
Vejo que o espirito do ecumenismo realmente é forte, mesmo no meio evangélico, pois, vez por outra, vejo pessoas tentando promover a paz entre você e o astrólogo Olavo de Carvalho, reproduzindo a linguagem papal.

Esses demônios (que nos tentam dia e noite) querem-porque-querem que consideremos os idólatras, da seita romana, nossos irmãos, dizendo que lutamos pela mesma causa (que causa?).

O fato de calvinistas terem prestado bons serviços ao evangelho não lhes concede autoridade divina pra não serem questionados e tão pouco faz deles a palavra final acerca da divindade.

São falaciosos, pois maculam o caráter de Deus, dizendo que tudo faz parte do Seu plano, ou seja, dos Seus decretos eternos, inclusive o mal e a desgraça que ocorrem no mundo.

Meu desejo é que se convertam, pois, caso contrario, vão fazer companhia àquele que sugeriu, no Éden, que Deus havia mentido pro homem: o diabo.

Anônimo disse...

A palavra do homem de Deus deve ser sim-sim e não-não...esse negócio de ficar em cima do muro, dizendo que Deus aceita tudo, inclusive o que ele próprio condena, não vem da parte de Deus.

Anônimo disse...

Será que Deus fez de conta que Adão tinha liberdade pra comer ou não comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, pois Ele próprio já tinha determinado que Adão comeria?
Se isso for assim, então a Bíblia não passa de um FAZ DE CONTA, ou seja, um teatro de fantoches.

Mr Galeto

Noel Gomes disse...

Deus abrir mão de sua soberania ????
Vc tem certeza que entendeu o conceito "Deus", pois eu acredito que não.
Ele não escolheu ser soberano, ele é, pronto e acabou.
Soberano não é um atributo como vc acredita, mas sim a essência de tudo que ele é.
Deus deu soberania ao homem vc disse, eu pensei que dizer que Deus vai abandonar sua soberania fosse o maior erro teológico que vc falaria, mas vc foi além.
O homem não é soberano para nada, absolutamente nada, Paulo disse que o bem que queria fazer ele não o fazia, mas o mal que não queria fazer, esse ele fazia, acho que fica claro que Paulo não era e tampouco achava-se soberano.
O homem não tem o poder de arbitrar sobre seu próprio destino, visto que após a queda todos nós ficamos inclinadsinclinados para o mal(pecado), e nós tornamos mortos nele.
Agora se vc diz o direito de livre agência, sim nós temos.
Mas isso nunca foi e nunca será o um árbitro livre, tendo em vista que sozinhos não teríamos capacidade de lutar contra nossa natureza pecadora.
A questão do mal já te expliquei acima, se vc não entendeu paciência.
O arminianismo é um erro teológico grave, que gerou aberrações dentro do cristianismo como o pentecostalismo e neo-pentecostalismo.



Anônimo disse...

Os conceitos humanos a respeito da divindade são pura vaidade. O que importa é o que a Bíblia diz.
Quando Deus diz, por exemplo, que se "esqueceria dos nossos pecados para sempre" (Is 43:25), isso, segundo o Noel, não deve ser bem assim, pois, segundo o que ele disse (o Noel), Deus jamais poderia esquecer-se de algo (mesmo querendo), pois Ele é onisciente.
Parabéns ao Noel, o grande conhecedor e definidor de quem é Deus e do que Ele pode ou não pode fazer.

Ass. Rodrigues

Noel Gomes disse...

Cara, eu já tinha definido que deixaria esse "debate" pra lá, mas vc fez com que eu muda-se de idéia, tamanho foi sua falta de conhecimento das escrituras.
Quando Deus diz que vai esquecer nossos pecados quer dizer que ele não vai imputá-los em nós, ou seja ele nos deu seu perdão.
Não quer dizer que ele vai apaga-los da sua memória, eu já havia escutado muitos equívocos doutrinários, mas Deus apagando sua própria memória foi osso.

Anônimo disse...

Então Deus se lembrará dos nossos pecados para sempre? Estamos perdidos!!!
Só na tua cabeça de calvinista isso é verdade, aliás, somente um calvinista tem a capacidade de chamar as obras do Espirito Santo de "erro doutrinário".
Cuidado, pois a blasfêmia contra o Espírito Santo não tem perdão; ou será que pros calvinistas tem?

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

Meça suas palavras, caro Noel.
Você está correndo um sério risco de menosprezar as obras que o Espirito Santo tem feito pelo mundo, derramando os dons e convertendo almas.
Se existem excessos, isso não limita o poder do Espírito Santo de Deus.
Tenha cuidado, sabichão!!!

Anônimo disse...

Tudo é possível para aquele que crê; se alguém não acredita nos dons do Espirito Santo, pior pra essa pessoa, pois nunca verá os milagres de Deus na sua vida.
Chamar o operar do Espirito Santo de Deus de ERRO, só mesmo um calvinista corajoso como você, Noel, a mesma coragem que teve, por exemplo, o diabo, que disse, para a mulher, que Deus havia mentido (por isso, ele não teve perdão).
Que os homens erram, não temos dúvida, mas, dizer que o movimento pentecostal, iniciado no dia de pentecostes, é um ERRO, me cheira a blasfêmia.
Arrependa-te, meu amigo!

Mr Galeto

marcelo victor disse...

"E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão" (Marcos 16:17,18).

marcelo victor disse...

Se atribuirmos a Deus absoluta soberania (tudo o que ocorre é um desdobramento de seus decretos infalíveis) e o status de sumo bem (nele não há mal algum), o que resta ao diabo e ao humano?

Ora, se em Deus não há mal algum (não possui natureza dual), é preciso colocá-lo na conta do diabo. Mas Deus não é absolutamente soberano? Como o diabo poderia agir fora de seus decretos? Os reformadores admitem uma antinomia: tanto o diabo como o homem agem de acordo com Seus decretos, todavia são responsáveis pelo mal que praticam.

Com tal solução o diabo torna-se “o diabo de Deus” (frase de Lutero), uma espécie de “capitão-do-mato” dos céus. O homem torna-se um mero ser cuja vontade é “como um jumento, montada ou por Deus ou pelo diabo” (outra frase do reformador alemão). Deus usa o diabo para uma "obra alheia” (opus alienum), mas que ao mesmo tempo é sua “obra própria” (opus proprium). Confuso? Voltemos ao Éden.

Enquanto passeavam pelo jardim, homem e mulher cometeram uma infração. Mas a queda, segundo Calvino, já havia sido decretada por Deus. O diabo, travestido de serpente falante, foi um instrumento divino para que este propósito fosse cumprido. Deus é a mão, o diabo a lança, o homem a carne ferida.

A ferida infecciona. Calvino dispara: culpa do homem! Até há remédio, ele diz, mas só para os eleitos.

Noel Gomes disse...

Vc pelo menos se deu o trabalho de ler o que eu escrevi.
Pois se tivesse lido saberia que eu disse que ele já perdoou nossos pecados, e isso significa que eles não nos condenam mais,já vc acredita que Deus teve uma amnésia induzida por ele mesmo.
E o pior e vc achar isso coerente.

Noel Gomes disse...

Pelo amor de Deus cara, leia um pouco da obra calvinista para poder crítica-la.
Eu debato com muitos irmãos arminianos em um grupo sobre monergismo e eles debatem em um nível elevadíssimo pois se deram ao trabalho de ler e conhecer o calvinismo, e a partir desse conhecimento eles combatem as "fraquezas" do calvinismo.
Pois seus argumentos demonstram que vc não conhece uma vírgula do calvinismo e como nós pensamos.

Anônimo disse...

Noel,
Se você tem capacidade de esquecer-se de algo, Deus muito mais do que você (se assim Ele quiser).
Por isso, sabichão, não diga o que Deus pode e o que Ele não pode fazer. Não venha com teorias humanas sobre alguém que a sua mente limitada não tem capacidade de alcançar.
Agora, mesmo com toda a minha limitação acerca da excelência do Criador, de uma coisa eu tenho absoluta certeza: Deus é incapaz de desejar o mal pra qualquer uma de Suas criaturas, muito menos para Sua glória.
Lave sua boca pra falar daquele que é três vezes SANTO, o qual tem, no mal, apenas a manifestação da Sua reta justiça, não um instrumento de prazer e glória pessoal.

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

Erro doutrinário é o calvinismo.

Anônimo disse...

Há um provérbio entre os evangélicos que diz que o primeiro teólogo foi o diabo quando disse: "Não é bem assim...".
Eu estou achando que o segundo foi Calvino.

Noel Gomes disse...

Cara vc continua negando a soberania divina e depois eu é que sou blasfemo.
O direito de arbitrar sobre a própria vontade foi tirado de Paulo pelo pecado original, e ele mesmo afirma isso quando diz que não consegue fazer o bem como eu disse acima, mas vcs arminianos acreditam estar acima de Paulo e acham que escolheram abandonar o pecado e seguir a Deus, graças as suas próprias vontades.
Se vc tem direito sobre de arbitrar sobre sua vida como acredita, então porque não escolheu parar de pecar ???

Anônimo disse...

O maior teólogo calvinista e cessacionista do Brasil:

Piada do Presbiteriano que foi pregar numa igreja pentecostal- Augustus Nicodemus: https://www.youtube.com/watch?v=ns0gLePq_qk

Noel Gomes disse...

Cara biologicamente ninguém esquece de nada por vontade própria, mas sim por sobreposição de memórias, ou seja, memórias mais recentes vêem e tomam o lugar das mais antigas.
Quanto a Deus ele faz o que bem entende, afinal ele é Deus, mas o versículo que vc citou é uma metáfora e até uma criança consegue ver isso.

Anônimo disse...

Pelos frutos se conhece a árvore.
O Rev. Nicodemus é uma espécie de Papa dos calvinistas, Ex-Chanceler da Universidade Mackenzie, a mesma que está ajudando a promover tolerância para com a sodomia.
Quem o segue e blasfema contra o Espirito Santo, como ele fez, vai junto com ele pro inferno.

Anônimo disse...

Você morreu pela boca, sabichão.
Você é um blasfemo por causa das suas próprias palavras e não porque eu acho ou deixo de achar!
Vou estudar quatro anos de teologia pra entender a Bíblia, Noel, como devem ter feito Pedro e os demais apóstolos. Depois falarei contigo, doutor!

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

Calvinismo é blasfêmia.

Anônimo disse...

Deus diz que não se lembrará mais dos nossos pecados e o caboclo diz que isso é figura de linguagem...se Deus não disse a verdade (como ele assegurou), nós estamos perdidos.

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

A fé sempre foi explorada pelos homens e a tendencia é piorar ainda mais.
Não vejo sinceridade nas falas do pastor pentecostal Feliciano, mas vejo um oportunismo diabólico, de alguém que quer ganhar voto e se manter no poder.
Claro que Deus se usa até mesmo do diabo pra favorecer o Seu povo, por isso, em tudo (até no sensacionalismo dessa figura), eu dou glória a Deus.
Assim sendo, a moeda falsa tem sua importância: é excelente pra mostrar a verdadeira. Mas nem tudo é falso!

https://www.youtube.com/watch?v=MgVwazUwS_0&ebc=ANyPxKpeABYFVmE4BxqdLSBwEvTcPcmaXJ1s5X2yvVhyDWG20L1sicixJk6qC4QonostKD0gx1j0QHjlzx1VoOPnDkLb3rcXEw

Anônimo disse...

A moeda falsa é boa pra mostrar a verdadeira. Já viu alguém amaldiçoar outra pessoa em pleno culto? Dá-lhe Macedão!!!
https://www.youtube.com/watch?v=e_BLJM_Rs18&ebc=ANyPxKpzs7Fc8eZh8s7ilpxw4NKsHbn9xrOT4GL8GAiYMXgU8B9TQ06YFEnhOIRlKPdXIPaxaQTw99a22y-t_JpM_tQRzRig9w

Anônimo disse...

Tem gente brincando com o Senhor, fazendo da fé um balcão de negócios:
https://www.youtube.com/watch?v=8KfN7-k90D8

Anônimo disse...

Guerra entre as igrejas pentecostais e não pentecostais, Malafaia tenta esclarecer:
https://www.youtube.com/watch?v=Nmqn1eHPTKw

Noel Gomes disse...

Rodrigues, eu juro essa é minha última tentativa.
Antes de me tornar cristão eu fiz sexo com a mulher do meu amigo, Deus viu e sabe exatamente como foi, ela sabe tudo que foi falado e quanto tempo durou porque ele é Deus e detém todo o conhecimento das nossas ações, quando me tornei cristão me arrependi e pedi perdão dos meus pecados, Deus simplesmente tirou esse pecado da minha conta, eu não respondo mais por ele, mas isso não quer dizer que ele literalmente apagou a própria memória para não lembrar do eu fiz.

Anônimo disse...

Sinto informar-lhe, mas Deus pode esquecer-se de algo e apagar perfeitamente da Sua memória, basta Ele querer, como disse na Bíblia.
Se você não consegue, é problema seu, mas Deus consegue, pois Ele é soberano (ou não é?).

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

Imaginem se seria possível acreditar que na Jerusalém Celestial o Senhor Deus poderia olhar pro Noel e dizer-lhe: conheço o teu passado, Noel!!! Lembra do adultério que você cometeu?!
Que história é essa, nobre calvinista!!!
Deus tem capacidade de apagar da Sua memória qualquer coisa, se assim lhe aprouver, pois Ele é Deus!!!
Pare de ler Calvino, isso está te fazendo mal!!!

Anônimo disse...

Pecados Predeterminados? Sei lá!
https://www.facebook.com/arminianismodazueira/videos/836741999805962/

Anônimo disse...

A contradição é a marca registrada do calvinismo.
O último comentário (do sr Anônimo) foi na ferida!!!
Por isso, caros calvinistas, procurem outro guru e deixem o Tio Nico falando com as galinhas enquanto é tempo!!!

Mr Galeto

Noel Gomes disse...

Rodrigues vc é um caso perdido, continue acreditando em seu Deus com amnésia.

Anônimo disse...

Luciano Betim

Pergunto mais uma vez: Arminianos e Calvinistas não podem conviver como irmãos salvos pela graça de Deus?

Chamar Arminianismo ou Calvinismo de heresia é uma bobagem sem tamanho...

Anônimo disse...

O que dizer do Presbiterianismo atual? Até o homossexualismo e o ''casamento'' gay estão aceitando. É triste, irmãos! Triste!

Anônimo disse...

Um calvinista brigando pra tirar de Deus a soberania e o poder de apagar da Sua memória o que Ele bem entender!!! Pode?
Quer dizer, então, que Deus é escravo dos Seus atributos?
Até a sabedoria disse que era aluna de Deus e aprendia com ele, mostrando-nos que Deus é maior do que os Seus próprios atributos e não está subordinado a eles.

Anônimo disse...

Deus é eterno, mas é maior do que a própria eternidade, pois está dito que Sua Palavra (feita carne) seria chamada: Pai da Eternidade.
Ou seja, a própria eternidade é criação de Deus.

Anônimo disse...

Os neopentecas não entendem nada de calvinismo.

Anônimo disse...

Luciano Betim

São duas denominações Presbiterianas que aceitam homossexualismo: PCUSA e Igreja da Escócia.

A restante esmagadora das Igrejas Presbiterianas são conservadoras.

Por favor não generalizar...

Julio Severo disse...

Luciano Betim: A PCUSA é a maior denominação presbiteriana dos EUA e do mundo. A Igreja da Escócia é a maior denominação presbiteriana da Europa. E o resto não é esmagadoramente conservadora de forma alguma. Só uma minoria da minoria é conservadora, e mesmo assim com muitos problemas, inclusive a heresia do cessacionismo. Note que os presbiterianos considerados mais conservadores do Brasil aceitam muito bem a heresia cessacionista e convivem muito bem com a Teologia da Missão Integral (TMI), de linha marxista. A instituição calvinista educacional mais conservadora do Brasil é a Universidade Presbiteriana Mackenzie, que abriga muito bem o cessacionismo e a TMI. É esse tipo de “conservadorismo” que existe entre presbiterianos mundo afora.

marcelo victor disse...

O espírito do ECUMENISMO dominou a mente de grande parte dos evangélicos, sob a bandeira da TOLERÂNCIA, uma ideologia diabólica que está dominando o mundo.
Se deixar de participar de cultos ecumênicos é ser intolerante, então podem me chamar de intolerante com muito orgulho.
Claro que não sou a favor de qualquer tipo de violência, assim como o Mestre jamais pregou isso, mas, com relação às coisas do Pai, não tinha qualquer tipo de acordo com Ele, era na base do chicote!!!
Não estudei profundamente o calvinismo (nem quero perder meu tempo com essa tolice), mas, pelos debates e matérias que li, cheguei à conclusão que não passa mesmo de uma heresia das piores, pois macula o caráter de Deus, assegurando que Deus decretou a queda de Adão, bem como todo o mal que ocorre na terra.
E o pior disso tudo, pra comprovar essa falácia, nesses últimos tempos, essa turma que defende essa doutrina herética está se revelando ecumênica, ou seja, pelos frutos estamos conhecendo a árvore.
Oremos por eles, pois eles próprios não acreditam, por exemplo, que as orações podem tocar no coração de Deus e mudar o destino de uma nação.

Anônimo disse...

Eu comparo o calvinismo ao projeto de poder do PT, no qual o fim justifica os meios.
Ou seja, não importa o que aconteça no mundo e que milhões de milhões e milhares de milhares sofram e morram de forma trágica, o que importa é que, ao fim de toda essa desgraça, o nome de Deus seja glorificado.
Esse não é o Deus de israel, mas o deus calvinista.

Mr Galeto

Anônimo disse...

Bispo Ildo Mello desmascara o determinismo calvinista que está sendo pregado aos quatro cantos da terra e espalhando a cegueira:
https://www.youtube.com/watch?v=B0QXI7rBE9Q

Anônimo disse...

Não se deixe enganar pelo determinismo e pelo conformismo calvinista:
https://www.youtube.com/watch?v=DtJgDDWjw00&ebc=ANyPxKrNiKszWhPL_XRj8oVminIFTAXQI-zmvHPgeMb4mLI8x3AgVDKIAAxLVnFrNBGzmlkxEqqarNUgpJ6SKwXN0QHGczoN4Q

Anônimo disse...

A ``inquisição calvinista´´, segundo Dave Hunt: Que Amor É Este? A Falsa Representação de Deus no Calvinismo
https://www.youtube.com/watch?v=ZtDWAkmIQMs