13 de março de 2016

Manifestação em Brasília terá Malafaia, Bolsonaro e Feliciano


Manifestação em Brasília terá Malafaia, Bolsonaro e Feliciano

Deputado Sóstenes Cavalcante, um dos organizadores, também participará de evento pró-impeachment

Jarbas Aragão
Há meses que o Brasil ouve falar das manifestações que devem ocorrer dia 13 de março. A sucessão de denúncias e delações recentes esquentou os ânimos. Em São Paulo, por exemplo, devem se reunir 3 milhões de pessoas na Avenida Paulista.
Em centenas de outras cidades ocorrerão manifestações que visam pressionar o pedido de impeachment de Dilma e a investigação completa nos contratos suspeitos realizados na gestão do Partido dos Trabalhadores.
Entra seus maiores defensores está o pastor Silas Malafaia, que vem convocando os evangélicos para participarem desses atos. Ele estará na grande mobilização que deve ocorrer em Brasília.
Entre os vários trios elétricos que serão colocados em frente ao Congresso Nacional, um deles deverá reunir, além de Malafaia, os deputados Marco Feliciano (PSC-SP) e Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ). O carro de som dos evangélicos também contará com a presença de Jair Bolsonaro (PSC-RJ).
Eles prometem discursar e fazer duras críticas a Dilma Rousseff, Lula e ao PT.
Consultado pelo Gospel Prime, o deputado Sóstenes Cavalcante explicou: “Subiremos em um dos trios dos movimentos sociais que está abrindo espaço para políticos, artistas e religiosos falarem”
Fonte: GospelPrime
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

13 comentários :

Anônimo disse...

Vejo que nesse tipo de disputa (pelo poder) parece nao haver o menor escrupulo.
Numa materia que foi publicada por esses dias alguem fez uma comparaçao esdruxula entre uma possivel chapa contendo Bolsonaro e Feliciano para 2018 e um acontecimento tragico da cidade de Bom Jesus da Selvas no Maranhão (que acabou em tumulto):
http://exateus.com/2016/03/13/bolsonaro-e-feliciano-na-chapa-presidencial-para-2018/
Sera que uma coisa tem realmente a ver com a outra?

Anônimo disse...

Essa mania de fazer projeçoes para o futuro deve ser a manifestaçao da vontade que muitos tem de ser profeta, vidente, leitor de mao, leitor de bola de cristal, prognosticador, ptonisa, Nostradamus, Chico Xavier, etc...

Anônimo disse...

As manifestaçoes populares no Brasil parecem mais as tais "politicas publicas voltadas para os bandidos", ou seja, tempo e dinheiro jogados fora.
No fundo, elas conseguem mesmo é fazer os ladroes ficarem rindo da cara das suas vitimas, enquanto continuam matando, roubando, sequestrando, traficando, corrompendo, desviando, surrupiando,etc.
E tem gente que consegue envolver o Senhor Jesus nessa historia maligna, confundindo-o com Barrabas, preso por causa de uma sediçao.
Saiamos da BABILONIA e de seu sistema bestial, destinado a ridicularizar o nome do Senhor Jesus e nos voltemos pro Evangelho da Salvaçao!!!

Anônimo disse...

Este blog só fala em politica e dos judeus...tem que falar mais em Jesus Cristo!!!
Acho que vou parar de ler os artigos...

Anônimo disse...

Palavra de um pastor que foi preso no Iran:
“Quando deixei os Estados Unidos e acabei sendo preso no Irã, eu achava que os americanos não se preocupavam com a política. Mas após quatro anos, vejo que todo mundo está falando sobre política” e “Os americanos perceberam que precisam mudar, mas eles estão procurando no lugar errado. Nenhum político pode trazer a mudança. Só o Senhor Jesus Cristo, pelo poder do Espírito Santo, pode fazer isso acontecer” (avaliou Abedini em uma publicação no Facebook).

http://exateus.com/2016/03/12/cristaos-no-ira-oram-cinco-horas-por-dia-diz-saeed-abedini-sobre-avivamento/

Osvaldo Aires Bade disse...

Bolsomito Já

Julio Severo disse...

Protestos e a ausência do profético. Muitos líderes evangélicos, que antes acompanhavam a CNBB no apoio a Dilma, se voltaram contra a apoiada e seu poderoso chefão, Lula, não porque entenderam o profético de Deus, mas porque quando o barco começou a afundar, todos começaram a cair fora. Quando um barco começa a afundar, ninguém precisa de dom de profecia para ver o óbvio. Até os ratos pulam fora. Por que nenhum desses líderes viu o profético de Deus quando o barco estava bem? Cadê a visão? Cadê a abertura para ouvir do Espírito de Deus, em 2002, que o PT seria ruína para o Brasil? Em 2002, tentei dissuadir grandes líderes evangélicos a não apoiarem Lula. Esforço totalmente inútil. Todos, inclusive Malafaia, apoiando o PT na TV e nas igrejas. Só para recordar: a CNBB, cujos bispos foram vitais na fundação do PT, continua apoiando sua cria. Pelo visto, nem todos os ratos saem do barco que está afundando…

Anônimo disse...

Eu podia dizer que esses lideres religiosos, em 2002, trairam o Mestre, mas nao posso dize-lo, pois eles nunca O conheceram de verdade e provaram isso atraves das suas obras.

Anônimo disse...

Quantas pessoas sairiam às ruas se houvesse uma manifestaçao contra o pecado?

marcelo victor disse...

Meu voto é da chapa Bolsonaro e Feliciano...ainda que nao sejam "os caras", sao mil vezes melhores do que qualquer um dos possiveis candidatos.
Levi Fidelix tambem seria uma boa opçao, pois mostrou-se corajoso e sem vinculo com esses candidatos declaradamente satanicos.

Anônimo disse...

Se Trump sendo rico tem possibilidade de sucumbir, imaginem esses pobretões...haja dizimo pra essa campanha!!!

Anônimo disse...

A sociedade foi condicionada a nao aceitar esse tipo de pessoa...sao considerados retrogrados e facistas, pintados como um perigo pra paz e pra liberdade.

Nesse terrivel engano que foram mergulhados os nossos jovens, vemos, em todo canto, a propaganda enganosa de que a imoralidade e a libertinagem sao grandes conquistas da sociedade brasileira, as mesmas que sao ameaçadas pelos religiosos e pelos militares.

Ass. Rodrigues

Prsj disse...

Respondendo a todos que puseram seus comentários aqui,

Recebi este texto por e–mail, e achei oportuno repassar para todos daqui (porque creio que é muito pertinente ao assunto do presente artigo). Leiam com bastante atenção:

ALERTAS IGNORADOS

(*) Thor


Nos dias de hoje, ainda existem pessoas que se negam a aceitar a existência do mal (principalmente quando este mesmo mal se apresenta grande demais). Muitos acham que devemos esperar sempre o melhor do nosso inimigo (já que pensar no pior é assustador). É como supor que um leão adormecido nunca seria capaz de, de repente, despertar e atacar de surpresa quem cruzasse o seu caminho...

Pior do que ser enganado por outras pessoas é ser enganado por si mesmo. Quase sempre fazemos aproximação, aliança, ou amizade com o nosso inimigo, na provável (ou ingênua) esperança de não sermos suas próximas vítimas. Só que isso nunca deu certo (e jamais dará). Seria como imaginar que a nossa própria auto–inocência tivesse poder o suficiente para fazer o mal desaparecer (ou até mesmo para exorcizar os piores demônios do inferno)...

Por mais que tenham sido dados inúmeros e incansáveis alertas sobre o perigo de se colocar a esquerda (leia-se PT) no governo, muitos não acreditavam (e ainda não acreditam) no perigo que esse mesmo governo representa. Os alertas propagados sobre a esquerda eram (e ainda são) tidos como exagero, teoria da conspiração, fanatismo, ou seja, vinham (e ainda continuam) sendo deliberadamente ignorados.

Só que o tempo provou (e está provando) que os alertas dados não foram sem razão. O que antes era (e ainda é) visto como exagero agora se tornou um risco iminente (como diz o título de um filme, passou a ser um PERIGO REAL E IMEDIATO). Os que antes duvidavam (e ainda duvidam) do poder do mal (no caso, a esquerda) agora estão vendo que o mesmo mal (que antes ignoravam) já está mostrando a sua verdadeira face!

Infelizmente, muitas pessoas costumam reagir contra a ação do mal somente quando são vítimas dele. Aí sim, é que elas finalmente passam a acreditar nos "exageros" dos alertas. Só que a reação contra o mesmo mal num caso desses pode já ser muito tarde, ou melhor, só vai ocorrer quando já não houver mais nenhuma possibilidade de reverter (ou combater) o mesmo mal. É como um câncer em estado terminal: por mais que se apliquem os melhores (e/ou mais poderosos) medicamentos para se tentar obter desesperadamente uma possível cura, a gravidade da doença já atingiu um estágio irreversível, ou melhor, já se alastrou a tal ponto que já não há mais nada a ser feito (a não ser esperar a inevitável morte).

Muitos ainda acreditam que podemos confiar em determinadas pessoas (principalmente os esquerdistas) que afirmam estar se preocupando com o bem de todos (ainda que as atitudes dessas mesmas pessoas provem ou mostrem exatamente o contrário). A simples demonstração (ou propagação) de boas intenções não garante que elas serão necessariamente postas em prática. São apenas uma forma de dissimular (ou disfarçar) o mal. Ou será que muitos estão esquecidos de que "o diabo insiste em se transformar em anjo de luz" (2 Coríntios 11:14)?

A verdade nua e crua é que o mal nunca teve, não tem, e nunca terá nenhum compromisso com o bem. O mal só tem compromisso única e exclusivamente com si mesmo. Assim como a Palavra de Deus diz que "não pode vir nenhuma mentira da verdade" (1 João 2:21), a recíproca também é verdadeira (ou seja, nenhuma verdade jamais poderá surgir da mentira). Afinal, se o diabo é o pai da mentira (João 8:44), por que os seguidores do diabo (no caso, os esquerdistas) agiriam diferente?

Decididamente, não podemos (e nem devemos) mais ser vítimas do nosso próprio auto–engano diante da manifestação sutil e silenciosa do mal!


(*) Pseudônimo de um anti–esquerdista que prefere não se identificar por questões de segurança

Alguém daqui ainda tem alguma dúvida em relação a tudo que este texto diz?

Aguardo as opiniões de todos.