22 de março de 2016

Filosofia da ignorância: Olavetes rezam terço na frente da Embaixada da Rússia e consagram Rússia para Aparecida


Filosofia da ignorância: Olavetes rezam terço na frente da Embaixada da Rússia e consagram Rússia para Aparecida

Julio Severo
Um bando de olavetes, comandados por Allan dos Santos e Rodolpho Loreto, esteve na frente da Embaixada da Rússia em Brasília para rezar o terço e consagrar a Rússia para a Aparecida, como se a Rússia de hoje fosse a União Soviética de ontem — uma ameaça enorme e iminente ao Brasil. A paranoia anda deitando e rolando em cima da ignorância desses olavetes por várias razões, conforme explico:
Olavetes Allan dos Santos e Rodolpho Loreto na frente da Embaixada da Rússia
1. A Rússia de hoje é muito mais conservadora do que o Ocidente. Tal fato é reconhecido por líderes conservadores católicos, evangélicos e judeus internacionais. Contudo, para quem está parado no tempo e não acertou o relógio, uma Rússia conservadora não existe, mas sim a União Soviética.
2. Se rezar o terço funciona, deveriam fazer isso na frente da sede da CNBB e também na sede do PT, que é hoje a principal ameaça esquerdista. Por coincidência, essa ameaça nasceu das entranhas da CNBB. Deveriam rezar também pelo Papa Francisco, que é hoje o maior católico “comunista” do mundo. As PUCs (Pontifícias Universidades Católicas) estão lotadas de comunistas. Por que os olavetes não passam o dia ali rezando terço?
3. O único que ouve e responde oração é Deus, não alguma entidade chamada Aparecida, tratada como uma deusa. Só Deus, não uma entidade, poderia ter impedido a CNBB de ter criado o PT ou mesmo impedido o bispo marxista Dom Hélder Câmara de ter fundado a CNBB, o maior sindicato de bispos católicos marxistas do Brasil, plenamente reconhecido pelo Vaticano. Consagrar pois o Brasil ou a Rússia a uma entidade que não é Deus é a mesma coisa que condenar o Brasil ou a Rússia ao comunismo e outras escravidões satânicas.
Só para lembrar, em 1982, apenas quatro anos depois que bispos da CNBB ajudaram a fundar o PT, o presidente-general João Figueiredo impôs 12 de outubro como data oficial nacional para celebrar a Aparecida como padroeira do Brasil, numa tentativa de agradar ao povão, fortalecer o regime militar e enfraquecer o avanço esquerdista. O efeito foi totalmente contrário. As esquerdas, principalmente o PT, explodiram em visibilidade e crescimento, a inflação disparou como nunca e começaram os protestos em massa contra os militares e pela volta da democracia.
Isso é apenas um pequeno fato histórico que, provavelmente, Allan dos Santos e Rodolpho Loreto e seu bando de olavetes não aprenderam em seu curso de filosofia chamado COF. O que aprendem ali? Somente sobre os “benefícios” da Inquisição? O revisionismo histórico dessa instituição macabra que torturava e matava judeus e evangélicos deveria ser considerado não um aprendizado de filosofia, mas lavagem cerebral que segue a mesma metodologia desonesta utilizada pelo marxismo. Esse revisionismo é amplamente feito por Olavo de Carvalho, que dá as aulas do COF.
Com COF ou sem COF, os olavetes têm muito o que aprender sobre oração, Rússia e fatos históricos.
Confira neste link a ignorância religiosa e histórica deles na frente da Embaixada da Rússia em Brasília.
Leitura recomendada:

28 comentários :

Anônimo disse...

Julio, parece que eles também foram fazer orações na frente da CNBB:

http://fratresinunum.com/2016/03/20/foto-da-semana-272/

marcelo victor disse...

Apos ter assistido o filme "A Reforma Protestante-Martinho Lutero" entendi a postura atual do Papa Francisco, um politico herege, como todos aqueles que o apoiam, o qual quer avocar para si o merito de ter "salvado o cristianismo" (quanta presunçao).
Em outras palavras, esse anticristo julga ter poder para salvar aquele que nos salvou com o Seu sangue: Jesus Cristo.
Nao passa de uma BLASFEMO e perseguidor da verdade!!!

https://www.youtube.com/watch?v=eezenm7Tlps

Flavio Da Vitória disse...

Verdade só Deus ouve orações, orar para ídolos é anticristão e estúpido.

"Política sem medo" disse...

E conservadora mas ja passou a mao em 28 bilhoes de dolaes que Dilma entregou a Putin para assegurar o seu lugar na ajuda a KGB atraves do Brics.
No Segundo item concordo com voce em tudo quanto a CNBB e o Papa Francisco, mas o Papa e devido a falta de informacao e nao por ma fe. Ele so recebe Stedile… e nao arcebe alguem como eu por exemplo, ja pedi… Catolicos deveria sim levar-lhes fotos das destruicoes levadas a cabo por Stedile e sua gang de assassinos de animais, torturados e deixados a morte por pura maldade.
Tambem concordo com o item 3.
Nem vou ver o link recomendaado por nao concordar tambem com essa oracao para a Russia porque ela continua mais comunista do que nunca atraves de Putim mas que disfarca bem conforme o que recomenda Gramsci. Continua tentando aumentar a KGB e pior dentro do Brasil. E o passo ja foi dado por Dilma.

Anônimo disse...

Talvez o COMUNISMO seja a forma que o jesuita do vaticano escolheu pra banir o protestantismo da terra e fazer aquilo que chamada de "reunificaçao da igreja", mesmo que para isso seja necessario usar a espada dos muçulmanos para que o mundo clame pro PAZ.
Maldito herege!!!

Ass. Rodrigues

Julio Severo disse...

Política Sem Medo, o BRICS não pertence ao Putin nem é um banco para promover o comunismo, como acreditam teóricos da conspiração.

A Índia, que não é comunista, está no BRICS. A China é comunista, mas seu maior parceiro comercial são os EUA. Aliás, a sede da BRICS fica na China.

Daí, não entendo a razão por que dizer que quando o Brasil deu dinheiro para BRICS, deu para o Putin. Muito tendenciosa sua opinião, que parece muito olavista.

A resposta do Olavo é ver uma “grande operação de engodo mundial” da Rússia. Em contraste total, nomes evangélicos americanos de peso (nomes muito mais conhecidos do que o do Olavo) têm dado reconhecimento e apoio para as políticas pró-família da Rússia. A postura contra a agenda gay da Rússia já foi elogiada por Franklin Graham, filho do famoso evangelista Billy Graham, que aliás escreveu uma matéria de capa na revista Decision (do ministério do pai dele) elogiando as posturas de Putin. Confira aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2014/03/a-controversia-olimpica-de-putin.html

Scott Lively, a maior autoridade evangélica mundial sobre agenda gay, também apoia as posturas pró-família de Putin.

É bem evidente então que entre uma opinião pessoal de Olavo, que se declara católico, e Franklin Graham e Scott Lively, que são grandes líderes evangélicos, eu prefiro me alinhar com meus irmãos americanos.

Além disso, em 2014, Moscou realizou um grande evento pró-família, do qual fiz parte, com a presença dos maiores líderes evangélicos pró-família dos EUA. Na época, grupos esquerdistas, abortistas e homossexualistas dos EUA pediram que o Departamento de Estado dos EUA investigasse criminalmente os participantes americanos pelo único motivo de que foram ao evento pró-família em Moscou. A Esquerda americana e mundial odeia as posturas pró-família do governo russo e atacará qualquer um que as apoiar. Então, a mania atual do Olavo continuar atacando até mesmo as posturas pró-família da Rússia é um tremendo desserviço à causa da vida e um belo serviço aos grupos esquerdistas, abortistas e homossexualistas dos EUA.

Se eu fosse, como evangélico, tratar todos os problemas mundiais a partir de uma ótica simplista, especialmente com base, por exemplo, na ótica dos evangélicos dos EUA há uns 100 anos, o Vaticano seria minha Rússia. Eu atribuiria tudo ao Vaticano, do jeito que o Olavo faz com a Rússia. Eu me recusaria a apoiar o Vaticano por suspeita de intenções ocultas do Vatiano. Essas intenções podem realmente existir, mas se o Vaticano adotou uma postura contra o aborto, pra que tentar vasculhar primeiro as motivações antes de dar apoio? Não somos Deus para fazer isso. E os que se alinham aos grupos esquerdistas, abortistas e homossexualistas dos EUA para condenar as posturas pró-família da Rússia dizendo que enxergam todas as intenções dos corações se julgam acima de Deus.

Se formos nos guiar exclusivamente baseados em teorias ou teorias de conspiração, precisaríamos ter desconfianças do próprio Olavo, que já declarou publicamente que o protestantismo foi o primeiro movimento revolucionário (de linha marxista) da história. Se alguém como Putin fizesse tal declaração absurda e mentirosa, deveria ser denunciado.

Essa acusação mentirosa é extremamente preocupante, porque se nunca tivesse existido União Soviética, tudo então seria culpa do protestantismo, que seria o novo bode expiatório ideológico do Olavo.

Julio Severo disse...

Outra preocupação grave é que o Olavo é um defensor descarado da Inquisição, que massacrou judeus e evangélicos. Nessa defesa ele atribui aos evangélicos muito mais assassinatos e torturas do que a Inquisição. O incrível é que durante mais 400 séculos, o maior trauma dos evangélicos com relação à Igreja Católica era justamente a máquina assassina da Inquisição, que Olavo tem procurado sanear.

O modo como Olavo defende a Inquisição católica atribuindo aos evangélicos massacres maiores é tática clássica de comunistas, que sempre atribuem aos anticomunistas assassinatos maiores do que os assassinatos cometidos por comunistas. Nesse sentido, parece que a antiga experiência comunista do Olavo lhe deixou cacoetes ideológicos. Sua experiência comunista passada parecer lhe servir como base em suas táticas atuais contra o protestantismo.

A Inquisição é real e é de responsabilidade exclusiva da Igreja Católica.

Os EUA, por mais de 100 anos (da década de 1870 à década de 1980) mantiveram cortadas suas relações com o Vaticano, e uma das razões foi a Inquisição e tramas do Vaticano.

Por falar em “tramas do Vaticano para dominar o mundo,” eu mesmo vivi uma experiência interessante. Em meados da década de 1990, uma grande entidade católica pró-vida pediu minha ajuda para alcançar líderes evangélicos com materiais pró-vida. Um famoso bispo evangélico rejeitou dezenas de vídeos, dados a ele gratuitamente, só porque a fonte era católica. Eu mesmo intermediei esse contato. O diretor católico ficou muito abatido com essa rejeição.

Outras rejeições vieram. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) não só rejeitou os materiais, mas também reagiu com extremismo e radicalismo: começou, em suas mídias, a dizer que “o movimento pró-vida é uma trama do Vaticano para dominar o mundo.”

Aliás, quando a IURD observou João Paulo II liderando a luta contra o aborto nas grandes conferências da ONU, parece que a obsessão pró-aborto de seu fundador, Bispo Edir Macedo, foi atiçada.

Parecia que a tentativa de um líder católico pró-vida, e minha colaboração, de alcançar os evangélicos com materiais pró-vida estava fracassando.

Apesar das rejeições, minha união antiga com católicos pró-vida continuou firme.

A década de 1990 passou e hoje, quando eu e outros líderes evangélicos americanos apoiamos as posturas pró-família e antissodomia da Rússia, entram em cena as mesmas reações de extremismo e radicalismo: “o movimento pró-família na Rússia é uma trama soviética para dominar o mundo.”

E lá vamos nós de novo…

Julio Severo disse...

Outra coisa, Política Sem Medo:

Recentemente, não resisti fazer um comentário no meu Facebook sobre a incoerência do Olavo e seus olavetes apoiando Trump sendo que Trump defende Putin e eles não. Veja meu comentário:

Por que as olavetes vão pirar se Trump ganhar? Elas veem Putin como o grande Satã do universo. Habitualmente, elas acusam que qualquer um que defende o presidente russo é um agente da KGB. Desde que Trump defendeu Putin dos ataques de outros candidatos republicanos, nenhuma olavete ainda acusou Trump de ser agente da KGB. Pelo contrário, muitas delas dizem que Trump é o Bolsonaro americano, embora eu desconheça se Bolsonaro teria coragem de defender Putin dos ataques das olavetes. Seja como for, parece que elas já estão entrando em parafuso…

Rosa disse...

Nem tinha reparado que o Trump, a quem o professor Olavo endossa, tem simpatias pelo presidente russo. Sendo isso, como maior inimgo do Putin no Brasil, fica péssimo o professor ter Trump como seu candidato. Ele deveria procurar um candidato com as suas mesmas antipatias.

Anônimo disse...

Olavo (Sidi Mohammed) é um vendedor de idolatria, sendo ele mesmo um líder. Nesse momento difícil, devemo perseverar em Cristo é romper com toda sorte de latrias políticas que se camuflam de boas intenções, mas escondem desígnios malignos. Olavo é a personificação do mal em sua forma mai astuta e simpática; ceder a ele é fazer o jogo do cão em favor da idolatria. O melhor é nos recolhermos em nossa intimidade a fim de orarmos a Deus pelo Maranata!

Tião disse...

Nenhum olavette deveria admirar Donald Trump, que fez a nojeira de defender Putinho.

Anônimo disse...

Prefiro o professor do que o gringo arrogante Trump ou o agente soviético que preside a Rússia. Nenhum dos dois conhece a Verdade que só o professor consegue transmitir. Somente com ele voltei aos braços da minha Igreja Mãe. Mesmo sem saber, o professor é um padre espíritual para milhões de brasileiros.

Danilo

Doni disse...

È melhor ser olavete do que um júlio severo da vida

Anônimo disse...

Não reze o rosário e tu terá uma vida desgraçada como a de certo Severo.........

(descubra quem sou)

Dávio Zarzana Jr. disse...

Pô, Júlio, agora você pisou na bola feio... quer dizer que qualquer pessoa que apóia Júlio Severo, ou o que ele escrever, é uma juliete? Ou se preferir, julete? Uma severete? Chamar de olavete ou juliete não quer dizer nada, não é mesmo? O que importa é a verdade. E você não aceita que o protestantismo se separou da Igreja há cerca de 500 anos atrás. Defesa da família e contra o homossexualismo gayzista, parabéns. Mentiras sobre a Igreja Católica, ou mera zombaria contumaz que você tem feito ultimamente, nota zero pra você, Júlio.

Eliana disse...

Pô, Dávio, pega leve! O Júlio nunca teve juliete ou severete, contudo Olavo de Carvalho tem seus grupos designados e aceitos por ele como olavetes há anos. Se o Júlio tivesse e aceitasse grupos assim designados em torno do seu nome, eu já suspeitaria de egolatria e fanatismo religioso ou político.

O Júlio só tá discordando numa boa, cara. Cá entre nós: duvido da catolicidade do Olavo e os seus olavetes. A discordância deles não se dá apenas com o evangélico Julio. Olavo tem uma briga cósmica com ex-alunos e ex-olavetes. Um exemplo: os irmãos De Velasco, que ele cita frequentemente, são católicos e gostam da Inquisição do jeitinho que o Olavo ama. Porém brigam entre si feito bestas feras. Se o Olavo pudesse, daria cabo destes irmãos católicos.

Quanto ao Júlio, se você acha ofensivo o que ele disse, você não viu o jeito que o Olavo e os olavetes o tratam (com certeza o termo certo é tratar mal, muito mal) há anos: debochando, xingando, difamando. Tudo porque muitos anos atrás o Júlio, no seu direito de livre expressão, ousou discordar dos olavetes no quesito inquisição católica.

No que pude ver os escritos do Júlio sobre este assunto, ele foi respeitoso com todos por anos, diante de um enxurrada de desrespeito contra ele. Um desrepeito sujo que o Olavo e os olavetes jorram em cima de evangélicos como o Júlio e também de católicos.

Quantas vezes você já leu o Júlio xingando um papa ou santo católico de "filho da puta"? Eu nunca vi. POrém já vi Olavo xingado (e seus olavetes concordando) que Lutero e Calvino foram dois filhos da puta.

Ele xinga também católicos.

Conte o número de católicos xingados por eles!

Além do Padre Paulo Ricardo, que é cria midiática do Olavo para lhe servir de escudeiro, você conhece alguma autoridade católica que apoie o Olavo?

Duvido da catolicidade do Olavo e olavetes. DUVIDO!!! Para mim, são enrustidos, fanfarrões e enganadores. PIOR: infiltrados. Porém, sem credibilidade nos altos escalões da Igreja Católica Apostólica Romana.

Para mim, Olavo e olavetes são incógnitas. Fingem catolicismo e atacam católicos. Fingem Direita e atacam direitistas como Reinaldo Azevedo e Rodrigo Constantino, que já chamaram os olavetes de seita.

Se não é seita, o que é? Talvez seja um coven e ninguém tenha percebido.

Anônimo disse...

Caro Júlio Severo,

Para a Igreja Católica, os santos, inclusive Maria, ouvem as súplicas através de Deus porque estão em comunhão com Deus.

Aliás, santo é aquele que está com Deus, vivo ou morto - Deus ouve o santo.

É por isso que a Igreja Católica reconhece Moisés, um personagem bíblico antes de Cristo, como santo.



Dávio Zarzana Jr. disse...

Cara Eliana, vamos lá:
Você acha que o Padre Paulo Ricardo é cria do Olavo? Especifique melhor esta frase, para entendermos o que você quer dizer, pois o Padre Paulo Ricardo não concorda com tudo o que o Olavo diz (veja no Youtube).

Você está dizendo que depois de anos sendo xingado pelo Olavo de Carvalho (após outros anos de concordância em diversos assuntos), o Júlio está autorizado agora a xingar ou desrespeitar também? Acho que o próprio Júlio Severo não concorda com isso.

Na sua versão superficial, Olavo e quem concorda com ele são infiltrados de onde, e para onde?

O fato de Olavo de Carvalho - que evidentemente não é perfeito, como nenhum de nós é - não ser um exemplo de "catolicidade" imediatamente autoriza a crítica sobre algum tema que ele debate?

Outro ponto curioso (e o Júlio Severo sabe disso) é: alguma vez você viu o Olavo de Carvalho falando que a tortura é algo bom e sadio, e que haveria prazer em torturar alguém? Por outro lado, viu ele falando também da Inquisição Protestante? E ainda assim, viu o Olavo falando que qualquer Igreja pratica tortura hoje em dia, ou que uma pessoa não merece nenhum crédito pela simples razão de que sua tataravó era uma assassina?

Acho que não.

Pra resumir: O Júlio Severo faz um excepcional trabalho quando o assunto é atacar o gayzismo e denunciar os males contra a familia brasileira e mundial.

Mas faz um péssimo trabalho ao atacar a Igreja Católica, porque foi desta Igreja que saiu, por divisão do inimigo, a Igreja que provavelmente ele frequenta. E isto é fato histórico.

Abraços




Gisele disse...

O que li do Olavo, anos atrás, é que os padres adotavam todas as medidas para que os condenados pela Inquisição morressem compassivamente antes de serem queimados, de modo a entender que as mortes eram sem tortura. Tal postura implica em defesa da Inquisição e minimização dos seus horrores. Ainda não encontrei nenhum livro de história que confirmasse que o que o Olavo disse é verdade.

Flavio Da Vitória disse...

O protestantismo não é obra do inimigo, mas sim de Deus que queria um cristianismo bíblico, VC vai dizer que o protestantismo não é bíblico, mas te digo que é o mais próximo, porém estão surgindo muitas heresias nesse meio e pessoas como Júlio Severo as combatem.

Anônimo disse...

Deixem eles exercerem a fé deles livremente...pelo menos eles assumem o que sao.

Anônimo disse...

O protestantismo é obra de satanás.

marcelo victor disse...

A reforma foi uma grande providencia divina; foi como um luz que brilhou nas trevas absolutas; foi como uma bomba atomica explodindo no inferno.
Graças a Deus que a Biblia chegou até nos, e, hoje, podemos identificar quais vozem vem da parte de Deus e quais vozes vem da parte do bicho ruim, o diabo. Gloria a Jesus!!!
Martin Lutero foi um vaso nas maos de Deus:
https://www.youtube.com/watch?v=eezenm7Tlps

Anônimo disse...

Deus abomina a idolatria e punirá os idólatras (Ap 22:15)...

Anônimo disse...

Deixem os mortos enterrarem os seus mortos...

Anônimo disse...

Os catolicos sentem prazer em entregar suas intelectualidades, tao brilhantes, aos lideres da sua igreja, como fazem as Testemunhas de Jeovà e outras seitas diabolicas.

Preferem ouvir coisas agradaveis do que pensar, questionar, ir à fundo, examinar as Escrituras, por os sacerdotes na parede...nao è porque os concilios da igreja romana jà consideraram determinados assuntos que as pessoas devem abaixar suas cabeças diante de dogmas que contrariam claramente a Biblia.

Milhoes de catolicos estao acomodados e preocupados com as aparencias, querendo reservar um lugarzinho no ceu, depois de passarem pelo purgatorio (lugar que existe somente na mente dos lideres).

Por isso meu conselho aos catolicos è o seguinte: Parem de ficar orando para os mortos (que nada podem fazer, pois estao mortos) e tenham a paciencia de ler um pouco mais as Escrituras, mas com olhar critico.

A partir do momento que os sacerdotes católicos ensinam os seus seguidores a recorrerem à intercessao de Maria, João, José, Pedro, ou a qualquer outra pessoa que esteja morta, eles estao ensinando, na verdade, praticas espíritas, conhecidas como "consulta aos mortos" (condenada veementemente pela Biblia em Dt.18:9-14; Is.8:19-22, por exemplo). Alem disso, a Biblia diz que sò existe um intercessor entre Deus e os homens: Jesus Cristo.

O 3° catecismo - p.75, da igreja católica, ensina que se deve prestar honra e veneração às imagens de escultura. Porem, imagem de escultura é o mesmo que ídolo, o qual é condenado expressamente por Deus (Ex.20:4; Dt.7:25-26; Hc.2:18-19; Os.4:12; Mt. 4:10).

Assim sendo, para dizer que acreditamos em Deus è necessario aceitarmos o fato de que, quando Deus diz que abomina a idolatria, isso è real, nao havendo explicaçao teologica, por mais bela que seja, que justifique esse pecado.

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

O único INTERCESSOR entre Deus e os homens é Jesus! Por isso Ele disse que "se pedirdes em meu Nome.." Também foi Ele que morreu por nós na Cruz...

Anônimo disse...

Vamos supor que você tem em casa a fotografia do seu filho.De repente você precisa falar com seu filho. O que faz? Vai até a gaveta ou um outro lugar , pega a foto e como conversar com ela? Com certeza que não , pois ela não fala , não responde! Mas , talvez ou vai lhe telefonar , ou vai pessoalmente lhe procurar. O mesmo acontece com Deus e Jesus. Falamos com Eles através da fé , na oração , com a certeza que Eles estão nos ouvindo.