4 de março de 2016

Donald Trump: “Ninguém lê mais a Bíblia do que eu”


Donald Trump: “Ninguém lê mais a Bíblia do que eu”

Veronica Neffinger
O candidato presidencial republicano Donald Trump declarou que “Ninguém lê mais a Bíblia do que eu.”
Trump, que recentemente ganhou uma terceira eleição primária estadual, desta vez em Nevada, ficou conhecido por seus comentários sobre a Bíblia, alguns dos quais receberam críticas.
O site Christian Post informa que Trump anteriormente disse que a Bíblia era seu livro favorito, mas recusou citar um versículo favorito da Bíblia. Mais tarde, ele disse que seu versículo bíblico favorito era “Nunca se curve diante da inveja,” que não está na Bíblia.
Enquanto estava palestrando na Universidade Liberty [uma instituição evangélica], Trump fez menção do livro de 2 Coríntios como “Dois Coríntios,” uma gafe pela qual Tony Perkins, presidente do Conselho de Pesquisa da Família, aceitou a culpa, comentando, porém, que “mostra que Trump não conhece a Bíblia.”
O site Hill informa que, na terça-feira, enquanto estava criticando o Acordo Nuclear com o Irã, Trump disse que o secretário de Estado John Kerry não deve ter lido o livro “A Arte do Acordo,” acrescentando que “provavelmente ele também não leu a Bíblia.”
“Ninguém lê mais a Bíblia do que eu,” declarou Trump.
Em seu discurso depois de vencer nas convenções de Nevada, Trump disse que sua campanha ganhou em todos os segmentos populacionais, inclusive os evangélicos. “Adoro os evangélicos,” ele disse.
Entretanto, Kerry também falou sobre sua fé e disse que a Bíblia o ajudou a entender o propósito do sofrimento.
“Você lê as cartas de São Paulo e você lê outras partes da Bíblia e ela fala sobre sofrimento e fala sobre adversidade. E comecei mais ou menos a usar isso num lugar melhor. Não vejo isso tanto, sabe, como um Deus determinativo que faz todas as decisões para tudo o que acontece. Mas em vez disso cria um sistema dentro do qual somos responsáveis por fazer as coisas acontecerem,” disse Kerry.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do ChristianHeadlines: Donald Trump: “Nobody Reads the Bible More Than Me”
Leitura recomendada:

18 comentários :

Elender Góis Gallas disse...

Ben Carson lê muito mais isso eu tenho certeza

Julio Severo disse...

E eu que achava que só o Brasil produzia fanfarrões megalomaníacos de esquerda e direita!

Anônimo disse...

Os mentirosos sao filhos do diabo, mas, ainda, parece que esse diabo pode ser melhor do que os demonios esquerdistas declarados...

Gilson disse...

Já que o Sr. Trump diz ler muito a Bíblia, não sei se ele está lembrado destes versículos:

"E sede cumpridores da Palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos" (Tiago 1:22)

"Tu crês que só existe um Único Deus? Fazes bem; porque até os demônios também crêem e tremem" (Tiago 2:19)

"Aquele que diz: Eu O conheço, e não guarda os Seus mandamentos, é mentiroso; nele não existe a verdade" (1 João 2:4)

"Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade" (1 João 3:18)

De que adianta ler (ou conhecer) a Bíblia, e não obedecer a ela? É mesma coisa que dizer que crê em Deus (mas não vive uma vida santificada). É como disse Jesus:

"Por que vós Me chamais de Senhor, e não fazeis o que Eu digo?" (Lucas 6:46)

O que o Sr. Trump dirá quando estiver diante de Jesus?

Anônimo disse...

Cada povo tem o governante que merece...os EUA merecem Trump e os brasileiros merecem uma guerrilheira, amasiada com um sapo ignorante.

Agora, o curioso nisso tudo é que todos eles estão alinhados, pois são populistas e defensores do aborto, da sodomia e da erotização infantil, entre outras abominações.

Anônimo disse...

Com Trump ou sem Trump o certo é que caminhamos para o caos total em termos de moral judaico-cristã...

marcelo victor disse...

Trump é a figura exata dos protestantes norte-americanos...

Rafael Barutti disse...

Isso infelizmente mostra que até aqueles políticos que falam que tem a bíblia como regra de fé, e um uma simples pergunta : Qual seu versículo favorito? .
Não consegue nem responder e depois fala errado ainda.
Que vergonha.

Anônimo disse...

Somente o Mr Trump pode derrotar os esquerdistas satanicos...mais dois mandatos dos democratas e o mundo vai se transformar numa terra de ninguem, com a piedosa espada do Islã cortando a cabeça de varios representantes de todas as naçoes da terra.

Se Mr Trump perder, quem gosta de carnaval e praia, é bom se preparar, comprando uma burca, turbante, vestidos longos e decorando versos do alcorao.

Anônimo disse...

Ele tem algumas virtudes que podem ser uteis para proteger ou retardar que a abominaçao desoladora persiga e maltrate judeus e cristaos...calma, pois ninguem é perfeito!!!

marcelo victor disse...

Os Democratas representam uma porta aberta para transformar rapidamente o mundo em uma verdadeira abominaçao, mas Trump pode ser uma providencia divina para segurar essa onda, ainda que por outras razoes, como o perigo do Isla, ou a imigraçao ilegal.

Os Democratas estao alinhados com as lideranças mundiais, incluindo o mais novo admirador dos muçulmanos, o Papa. Por isso, Trump pode ser um freio pra essa onda diabolica, ou pelo menos um empecilho que vai dar um pouco de trabalho para essee demonios.

Anônimo disse...

Ted Cruz não tem condições de vencer Hillary, mas Trump, sim, mesmo com as provocações internacionais, incluindo a do Papa, que deveria estar cuidando do bando de pedófilos e sodomitas que povoam a seita que ele comanda...mas, como todo bom populista, resolveu se meter na vida dos outros pra chamar a atenção.

Anônimo disse...

Quem é verdadeiramente Ted Cruz:
http://dailycaller.com/2016/01/26/who-is-the-real-ted-cruz/

Criticam Trump, mas ninguem é perfeito...

Anônimo disse...

Vc confia no que Kerry fala? um mentiroso contumaz. E, ao mesmo tempo desconfia do Trump, o único candidato que questionou os documentos do Obama.

Anônimo disse...

Acho que o Trump entende mais da Biblia do que o Papa...

Anônimo disse...

O Lider da idolatria romana reclamou da postura de Trump, mas olha a dele:
- Afirmou com todas as letras que até ateus podem ir para o Céu;
- Em um discurso aos jovens sacerdotes ele chegou a chamar o carreirismo na igreja de “lepra” (seria ele um leproso entao?);
- Disse com orgulho: Se alguém é gay e procura por Deus, quem sou eu para julgá-lo?
- Criticou a cultura do consumo e a ganância corporativa (Comunismo? Populismo? Hipocrisia?).
- Francisco recebeu Diego Neria Lejarraga, 48, que nasceu mulher, mas fez um procedimento para se tornar um homem transgênero. Uma vez chamado de “filha do diabo” por um padre local na sua Espanha natal, Lejarraga procurou consolo de Francisco em uma reunião privada com sua noiva confirmada por autoridades do Vaticano. Quando Lejarrage perguntou ao papa se ele tinha um lugar na Igreja, o pontífice o repondeu com um abraço.
- Francisco colocou a Igreja no centro do debate sobre as mudanças climáticas, ao dedicar sua encíclica ao tema (o que isso tem a ver com a salvaòao das almas?).
- Neste mês, Francisco anunciou uma janela temporária de “misericórdia”, durante o Ano Santo Católico, para as mulheres que abortaram (ele acha que tem poder pra perdoar pecados).
- Francisco anunciou várias alterações processuais para acelerar e simplificar o procedimentode anulação de casamento. No mês passado, o papa pediu aos clérigos para manter as “portas abertas” para os católicos que se casam novamente (liberou geral; acho que ele quer a igreja cheia e pagando dizimo!!!).

Esse fulano tem moral pra criticar Mr Trump? Acho que o Trump sabe mais da Biblia do que ele...

Anônimo disse...

Pelo menos Mr Trump não disse que a cruz de Cristo foi um fracasso...

Fernando Costa disse...

Discordo.Bem,pelo menos eles ainda são bem melhores do que alguns que temos aqui.