31 de março de 2016

A luta de Jean-Claude Van Damme contra trolls anti-Israel durante visita a Jerusalém


A luta de Jean-Claude Van Damme contra trolls anti-Israel durante visita a Jerusalém

Daniel K. Eisenbud
Comentário de Julio Severo: O ator Jean-Claude Van Damme sofreu uma montanha de comentários negativos depois que ele, postando uma foto no seu Facebook, disse “Jerusalém, Israel,” indicando que Jerusalém pertence a Israel. Depois da enorme pressão desfavorável, ele deletou “Israel.” Mas não devemos ser muito duros com o ator. Até mesmo os EUA, que são o maior aliado de Israel, nunca reconheceram Jerusalém oficialmente como capital de Israel ou mesmo como pertencente a Israel. Nem mesmo Ronald Reagan, o presidente mais conservador da história recente dos EUA, nunca fez esse reconhecimento. O motivo são as pressões de países muçulmanos e do Vaticano, que têm interesse que impedem que Jerusalém seja reconhecida como cidade histórica e natural de Israel. Enquanto essas pressões não terminarem, ninguém ousa reconhecer Jerusalém como pertencente a Israel. De acordo com o site DailyMail, o propósito da visita de Van Damme a Israel foi obter “orientação espiritual” num centro de Cabala, que é uma espécie de espiritismo judaico. Ele passou seu tempo em Israel estudando Zohar, o livro místico da Cabala. A reportagem a seguir é do jornal israelense Jerusalem Post:
Sem dúvida, Jean-Claude Van Damme consegue derrubar caras brigões de primeira ordem com um chute circular rápido ou um soco demolidor no queixo, mas esse autor que é conhecido como “Músculos de Bruxelas” aprendeu do jeito difícil em Jerusalém que lutar contra trolls anti-Israel na internet é uma estória completamente diferente.
Na terça-feira, durante sua estadia de cinco dias em Israel, o legendário ator de ação posou para uma foto aparentemente inofensiva do lado de fora da Cidade Velha usando um solidéu de Israel na cabeça. Na foto, ele havia colocado esta legenda: Shalom de Jerusalém, Israel!” em sua página de Facebook.
Foi aí que a encrenca começou.
Dentro de minutos, uma torrente de comentários coléricos inundou a página de Van Damme denunciando Israel.
“Você deveria dizer ‘salam da Palestina,’” escreveu Soufiane Benalla, que recebeu 1.269 curtidas. [Enquanto “shalom” é a palavra hebraica que significa “paz” nas saudações dos judeus, “salam” é a palavra árabe com o mesmo significado usada como saudação dos muçulmanos.]
“Jeruzalem [sic] não é de Israel, mas da Palestina,” acrescentou Isa Tubadan, acumulando 796 curtidas.
Um usuário de Twitter cuja tradução do árabe é “Allah Dararmeh” recebeu 146 curtidas depois de escrever: “Você está em Jerusalém, capital da Palestina, não Israel… Vá para a **** que ****!”
Salah Maaty recebeu 559 curtidas depois de denunciar Van Damme por visitar o Muro das Lamentações, onde ele usou um solidéu, rezou e deixou uma nota.
“Oi, Damme… antes vc era meu heroi… não sei sua religião… eu não estava interessado porque acredito que quem criou vc julgará vc por fazer isso… vi hoje sua foto ao lado do muro das lamentações em Jerusalém… vc perdeu o respeito de mim e milhões como eu… não discutiremos sobre esse caso… só uma pergunta lhe farei: QUANTO LHE PAGAM POR ISSO???” ele escreveu.
Enquanto isso, Hiba Abusharkh disse que ela não conseguia acreditar que o ator identificou a Cidade Velha como Jerusalém.
“Oh meu deus! O que? Israel? Olha, acredito realmente que você é um dos MELHORES atores, e verdadeiramente adoro ver seus filmes, mas quando li sua legenda nessa foto fiquei realmente deprimida! É Palestina, Palestina ocupada, não existe Israel, não vou discutir com você sobre esse fato, mas seus fãs palestinos estão realmente ofendidos com isso!” ela escreveu.
No entanto, havia também gente defendendo Israel, ainda que com muito menos apoio.
“Bem-vindo a Israel, Jean-Claude! Você tem muitos fãs aqui! Agora será que dá para você nos ajudar a identificar os terroristas?” escreveu Arsen Ostrovsky, ganhando cinco curtidas.
Shay Zagoury recebeu 106 curtidas depois de defender a foto, postando: “Sou um grande fã de vc Jean Claude Van Damme. Não dê atenção a esses idiotas que acham que Jerusalém é palestina. Aproveite suas férias.”
“Longa vida a Israel. Enquanto existir Deus, ele sempre protegerá Israel de todo esse ódio,” escreveu Netanel Medina, acrescentando “Shalom também para você, Van Damme.” Ele recebeu 85 curtidas.
Embora Van Damme parecesse ceder à maioria anti-Israel deletando a palavra Israel da legenda, ele deixou a imagem postada com as palavras “Olá de Jerusalém!!” com as hashtags #TeamJCVD #JCVD #MEGAPOSITIVE.
Até a tarde de quarta-feira, a foto havia atraído 128.000 curtidas, 2.448 compartilhamentos e 4.300 comentários contra e a favor de Israel.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do jornal Jerusalem Post: Jean-Claude Van Damme does battle with anti-Israel trolls during Jerusalem visit
Leitura recomendada:

20 comentários :

Osvaldo Aires Bade - EducaOK disse...

ISRAEL FOREVER!!!

Noel Gomes disse...

Israel é uma nação como qualquer outra e precisa de Cristo para sua salvação como qualquer outra, em outras palavras se o cidadão de Israel, Brasil, Iraque ou seja lá da onde for morre com Cristo ele morre salvo e se morre sem Cristo ele morre sem salvação, simples assim, sem nenhum privilégio.

Anônimo disse...

Israel, DEUS te abençoe e a todos que amam tua prosperidade!

Anônimo disse...

Incrível como o mundo todo ainda se volta contra israel, mesmo depois do holocausto nazista, uma barbárie sem tamanho que deveria servir de exemplo para os "humanistas" do século 21.
No entanto, essas figuras saem em defesa justamente dos árabes, que coisa mais esquisita!!!
Creio que não demore muito pro mundo chegar a conclusão que Israel é o único empecilho para a PAZ, juntamente com a verdadeira igreja (que segue a doutrina apostólica).
Quando isso ocorrer, possivelmente virá o fim de todas as coisas.

Anônimo disse...

(Roberto)

Israel não é uma nação como outra qualquer, a própria Palavra de Deus diz: "E o SENHOR bramará de Sião, e de Jerusalém fará ouvir a sua voz; e os céus e a terra tremerão, mas o SENHOR será o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel." (Joel 3:16).
Jesus Cristo não vai voltar para Londres, Nova York, Londres, Pequim ou Roma, ELE vai voltar para Jerusalém: "Assim diz o SENHOR: Voltarei para Sião, e habitarei no meio de Jerusalém; e Jerusalém chamar-se-á a cidade da verdade, e o monte do SENHOR dos Exércitos, o monte santo." (Zacarias 8:3).
Negar a prioridade de Israel como nação do SENHOR, significa negar as Escrituras Sagradas.
"Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. E esta será a minha aliança com eles, Quando eu tirar os seus pecados." (Romanos 11:25-27)



Noel Gomes disse...

Isreael como nação foi reprovada por ter nagado o Messias, hoje a verdadeira Israel é a igreja composta por Judeus, Brasileiros, Canadenses e todos aqueles que conhecem a Cristo como único e suficiente salvador.
Aceite isso que dói menos.
Judeu morreu sem Cristo vai para o Inferno, pronto e acabou.
Cristo vai voltar para buscar a igreja e não nação A ou B.

Anônimo disse...

Anônimo Roberto, matou a pau! Ora vem, Senhor Jesus!

Unknown disse...

Israel pertence a DEUS, negar isso e negar a sagrada escritura,a teologia da substituiçao inventou que a igreja e israel, oras totalmente eretica essa teologia, ficamos com a biblia a sagrada, Cristo voltara para a naçao de Israel e israel se convertera, a palavra de DEUS e fiel e nunca falha, e claro que em Cristo nao judeu nem grego, mas e no plano de cristo para igreja na era da graça, logo passara e DEUS tratara com israel sua naçao, e israel se convertera e biblia e promessa, Assim diz o Senhor dos Exércitos: Ainda sucederá que virão os povos e os habitantes de muitas cidades.
E os habitantes de uma cidade irão à outra, dizendo: Vamos depressa suplicar o favor do Senhor, e buscar o Senhor dos Exércitos; eu também irei.
Assim virão muitos povos e poderosas nações, a buscar em Jerusalém ao Senhor dos Exércitos, e a suplicar o favor do Senhor.
Assim diz o Senhor dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.
Zacarias 8:20-23
Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança,
Não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito;Como não permaneceram naquela minha aliança,Eu para eles não atentei, diz o Senhor.
Porque esta é a aliança que depois daqueles diasFarei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo;
E não ensinará cada um a seu próximo, Nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece o Senhor; Porque todos me conhecerão, Desde o menor deles até ao maior.
Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.
Hebreus 8:8-12

Anônimo disse...

Ninguém perguntou nada ao Bolo Yeung o que acha disso tudo.

Anônimo disse...

Boa noite, Julio Severo, pessoal:

1. O artista perdeu a chance de confirmar seu entendimento sobre o direito legítimo e cristalino de posse e domínio de Jerusalém e de toda a terra hoje ocupada pela mistura de imigrantes descendentes de jordanianos, sírios, egípcios, iraquianos, etc – denominados de palestinos.

2. É possível que durante sua existência tenha tido a oportunidade de ler a Bíblia Sagrada e até aprendido aos pés dos verdadeiros mestres que Deus concede a Igreja (1 Cor 12.28) – ortodoxos, fundamentalistas, NÃO ALINHADOS IDEOLOGICAMENTE com o mundo – sobre as profecias acerca da Restauração Nacional e Espiritual de Israel.

3. Só pra lembrar: a primeira profecia (contra todas as possibilidades!) foi cumprida na década de quarenta, a restauração nacional de Israel! A segunda profecia se cumprirá (em algum tempo) após o Arrebatamento da Igreja de Cristo (a Parousia).

4. O remanescente de uma geração inteira de israelitas (descendentes dos patriarcas) sobreviverá à Grande Tribulação, aos eventos profetizados no Livro de Apocalípse, porque crerá em Jesus Cristo, o Messias rejeitado por seus antepassados.

5. É por isso que os judeus sobreviverão! Um remanescente será salvo e permitirá que a promessa de Deus feita aos patriarcas SE CUMPRA. Nesse tempo, essa nação inteiramente convertida ao Messias, e sob Seu reinado, será a nação mais poderosa da Terra.

6. É tremenda heresia o ensino de que Israel foi substituído pela Igreja, que Deus teria desistido dos descendentes de Abraão, Isaque e Jacó. São dois povos distintos e que no final da História Humana serão unidos por causa da fé e salvação comum no Unigênito Filho de Deus, Jesus Cristo!

7. Ora vem Senhor Jesus!
Abraço fraterno,
Paulo Ceroll.

Noel Gomes disse...

A promessa já se cumpriu e se chama Jesus Cristo.

Anônimo disse...

Tem zambujeiro achando que é oliveira!

Samuel Ranner disse...

Impressão minha ou você está negando que Jesus vai Reinar os mil anos?
Se Ele vai Reinar Mil anos será aonde?
Estude mais escatologia,meu caro
Parece Testemunha de Jeová falando essas coisas!

marcelo victor disse...

Discussões à parte, é incrível como as pessoas preferem a glória que vem dos homens do que a glória que vem de Deus, como os judeus que negaram a Cristo (João 12:42-43), em quem habitava toda a plenitude de Deus, ou seja, a graça e a verdade (João 1:14).

marcelo victor disse...

Grande Noel,
Concordo plenamente contigo, meu velho.
TODAS as promessas do Velho Testamento foram cumpridas integralmente em Jesus Cristo, mas Paulo, no Novo Testamento, parece profetizar algo acerca dos judeus enquanto nação, quando diz que "assim como os gentios alcançaram misericórdia pela desobediência dos judeus, da mesma forma eles alcançarão misericórdia, pela misericórdia demonstrada, por Deus, para com os gentios" (Rm 11:30-31).
Saúde!!!

marcelo victor disse...

Dizem que um bom lutador não joga a toalha NUNCA, mas, pelo jeito, esse fulano AFINOU!!! Será que ele está com medo dos muçulmanos homens-bomba?

Nos filmes é fácil, meu velho, mas na vida real é que a gente vê quem é quem. Os únicos que não arredam o pé e enfrentam os filhos de Maomé são os judeus, mas o resto...

Sérgio Aparecido Dias disse...

JERUSALÉM É A CAPITAL DE ISRAEL SIM!!! OS MUÇULMANOS QUE SE DANEM!!! NÃO EXISTE, JAMAIS EXISTIU E JAMAIS EXISTIRÁ ESSA TAL DE "PALESTINA", QUE ERA O SONHO DAQUELE OTÁRIO TERRORISTA YASSER ARAFAT, QUE JÁ FOI PROS QUINTOS DOS INFERNOS!!! O VAN DAMME AMARELOU!!! SE ELE QUERIA CONHECER O DEUS DE ISRAEL, PORQUE FOI PROCURÁ-LO ONDE ELE JAMAIS ESTEVE? A CABALA É ESOTERISMO PAGÃO DE ISRAEL, QUE APRENDEU ISSO COM AS NAÇÕES PAGÃS QUE VIVIAM NA MESOPOTÂMIA E EM CANAÃ, NÃO PASSA DE "ESPIRITISMO JUDAICO" E NUMEROLOGIA ASTROLÓGICA!

Anônimo disse...

O Senhor reservou sete mil que não dobraram os joelhos diante de baal...

marcelo victor disse...

Nobres Noel Gomes e Unknown,

A Bíblia diz, em Rm 15:8, que Cristo foi ministro da CIRCUNCISÃO (da nação de Israel), por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as promessas feitas aos pais:
1 - Mt 15:24: "Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel";
2 - Jo 1 11: "Veio pra os seus e os seus não os receberam";
3 - At 3 25-26 "Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus, primeiro o enviou a vós, para nisso vos abençoasse, e vos desviasse a cada um, das vossas maldades"; e
4 - 2 Co 1 20 "Porque todas quantas promessas há de Deus são n´Ele sim".

Logo, em Cristo, encontramos o cumprimento de TODAS as profecias e promessas feitas a Israel, não faltando nenhuma.

Porém, embora tenha punido a nação de Israel por diversas vezes (por causa da desobediência), através de outros povos, Deus também julgava a maldade desses povos para com Israel e os punia (o livro de Ezequiel nos mostra várias sentenças divinas sobre diversas nações).

Por isso, Paulo nos adverte, em Rm 11:18, para não nos gloriarmos contra os ramos, pois não são os "enxertados" que sustentam a raiz, mas a raiz é que os sustenta. Além disso, Deus nos revela que ainda ama a nação de Israel, citando Is 59:20, Jr 31:33-34, Dt 7:8, Dt 10:15 e Nm 23:19.

Assim sendo, o melhor para todos nós é seguir os conselhos de Paulo e orar pelos hebreus, donde veio Abraão, a quem foi feita a promessa de abençoar, em Cristo, todas as nações da terra.

Concluindo, chamo-lhes a atenção para um detalhe importantíssimo, que poucos percebem, acerca da reconstrução do Templo de Jerusalém. Em Ageu 2:9, Deus diz que a casa construída por Zorobabel seria a ULTIMA casa.

Se for literal, provavelmente não haverá outro Templo, e, se for figurado, também não haverá outra chance, pois Jesus não morrerá outra vez.

Deus vos abençoe!!!

Anônimo disse...

Perdeu a moral, pois olhou somente para os lucros dos filmes que participa...a maior parte da pessoas são assim, elas pensam no tempo presentem e se esquecem da vida eterna.