22 de fevereiro de 2016

Trump e o papa: um populista de direita (hoje) em conflito com um populista de esquerda


Trump e o papa: um populista de direita (hoje) em conflito com um populista de esquerda

Julio Severo
Na sua visita ao México, o Papa Francisco disse que não era cristã a atitude de Donald Trump, candidato presidencial pelo Partido Republicano, de cercar os Estados Unidos com um muro que impedisse a entrada de imigrantes ilegais.
Trump rebateu dizendo que o líder máximo dos católicos do mundo é uma vergonha — evidentemente pelas posturas esquerdistas.
Francisco não quer um muro cercando os EUA e mantendo os imigrantes de fora, mas o próprio Vaticano é cercado 100% por uma muralha que impede a entrada de todos os imigrantes ilegais, especialmente de invasões islâmicas.
Se Francisco está preocupado com os imigrantes, por que ele não os leva para o Vaticano? Por que ele não derruba as muralhas do Vaticano e deixa claro que todos os imigrantes ilegais, especialmente os muçulmanos, são bem-vindos ali?
A política do Vaticano, conforme denunciou o escritor católico Cliff Kincaid, tem sido facilitar invasões de imigrantes nos EUA e na Europa, pois a Igreja Católica tem convênios financeiros com governos para ajudar os imigrantes, de modo que quanto maior for a invasão de imigrantes, mais dinheiro a Igreja Católica recebe.
É óbvio que Francisco é um populista de esquerda, embora ele seja pró-vida e pró-família. É igualmente óbvio que Trump é um populista de direita, embora ele não tenha um histórico pró-vida e pró-família.
As promessas fantásticas de Trump que o consagram como populista de direita:
1. Ele prometeu banir imigrantes muçulmanos dos EUA. Essa é uma promessa excelente.
2. Ele prometeu abrir as portas dos EUA para os imigrantes cristãos perseguidos pelos muçulmanos do mundo. Essa é uma promessa excelente.
3. Ele publicamente demonstra admiração por Vladimir Putin, o presidente da Rússia, e prometeu relações melhores com a Rússia. Ele é o único candidato americano que vê o islamismo, não a Rússia, como principal ameaça.
Em suas promessas, Trump é uma lufada de ar fresco na política americana.
Os outros candidatos republicanos, especialmente os neocons, vociferam paranoicamente contra a Rússia, colocando-a como a principal ameaça do universo. De modo oposto, Trump vocifera contra os islâmicos, colocando o islamismo como tal ameaça e prometendo melhor relacionamento e amizade com a Rússia.
Os outros candidatos republicanos, especialmente os neocons, prometem maiores medidas para conter os russos. De modo oposto, Trump promete maiores medidas para conter os islâmicos e maior abertura para a Rússia.
Os outros candidatos republicanos, especialmente os neocons, não vociferam contra os crimes islâmicos contra os cristãos. Trump faz isso.
Os outros candidatos republicanos, especialmente os neocons, querem intervenções americanas na Síria e apoiam os melhores interesses da Turquia e Arábia Saudita na Síria. Ambas nações islâmicas têm apoiado os melhores interesses do ISIS e outros grupos terroristas islâmicos que têm sido os principais responsáveis pelo sofrimento e morte de cristãos na Síria, que tem uma das comunidades cristãs mais antigas do mundo. Trump é o único candidato republicano que tem expressado preocupação com os cristãos sírios acima dos melhores interesses da Turquia e Arábia Saudita. Aliás, ele é o único candidato republicano que tem apoiado a intervenção russa na Síria para combater o ISIS e proteger os cristãos.
Os outros candidatos republicanos, especialmente os neocons, vociferam contra as posturas pró-Rússia e anti-islâmicas de Trump.
Então, Trump é totalmente diferente dos outros candidatos republicanos, que são paranoicos sobre a Rússia, não sobre a ameaça islâmica. Se Trump se tornar presidente, os neocons anti-Rússia e pró-islamismo ficarão profundamente abalados e decepcionados.
Trump é presbiteriano e não é conhecido como um homem espiritual, mas suas promessas sobre deter a ameaça islâmica enfureceram a liderança da Arábia Saudita, que já declarou que Trump não pode se tornar presidente, e o tornam melhor do que a maioria dos presbiterianos dos EUA.
Contudo, ele perde para o papa em questões pró-vida e pró-família. Além disso, Trump nunca colocou em prática suas promessas fantásticas.
Se por um milagre Trump conseguir, depois de eleito, se tornar um homem pró-vida e pró-família que ele nunca foi em toda a sua vida, ele será o presidente perfeito. Um relacionamento mais amistoso com a Rússia e muito menos amistoso com ditaturas islâmicas é tudo o que o mundo precisa, e nisso Trump está absolutamente certo.
Agora, fica difícil escolher entre um populista de direita (hoje) que é pró-Rússia e anti-islamismo e um populista de esquerda que é pró-vida e pró-família e quer invasões muçulmanas nos EUA e na Europa, mas não no Vaticano.
Apoio o populismo pró-Rússia e anti-islamismo (cujas promessas só existem no papel) de Trump.
E apoio o populismo pró-vida e pró-família do Papa Francisco.
Ambos precisam aprender questões políticas um com o outro.
Sobre a acusação do papa de que Trump não é cristão, quem é que pode garantir que o papa é cristão?
Cristianismo real não é populismo nem de esquerda nem de direita. Cristianismo real é conhecer Cristo e pregar e demonstrar o Evangelho do Reino de Deus, curando os enfermos, expulsando demônios e libertando os cativos, tudo no nome de Jesus e pelo poder do Espírito Santo.
Nem o papa nem Trump parecem conhecer esse Cristianismo, que era pregado e vivido por Jesus e seus apóstolos.
Só Deus sabe se ambos virão a conhecer e viver tal Evangelho algum dia.
Só Deus sabe se Trump cumprirá suas promessas pró-Rússia e anti-islamismo.
Só Deus sabe se Trump cumprirá suas promessas de priorizar a entrada imigratória nos EUA de cristãos perseguidos.
Só Deus sabe se Trump, que era um populista esquerdista no passado, será no futuro o populista direitista que ele é hoje.
E quanto ao envolvimento do papa nas eleições americanas? Não sei o que resultaria disso. Mas os católicos americanos, principalmente os imigrantes, preferem votar em candidatos esquerdistas, muitas vezes colocando questões socialistas e populistas acima de questões pró-vida. A maioria dos católicos votou em Obama, um populista esquerdista que tem sido extremamente “generoso” com imigrantes católicos e muçulmanos.
Como um populista direitista, disposto a construir um muro que impedirá a imigração ilegal e muçulmana, provavelmente Trump não receberá apoio do papa e da maioria de suas ovelhas americanas.
Provavelmente, ele também não receberá apoio de líderes pró-vida, a menos que ele fale com clareza e força sobre questões pró-vida e pró-família do jeito que ele tem falado sobre questões islâmicas.
Se até o papa escolheu ser um populista pró-vida de esquerda, por que Trump não pode escolher ser um populista pró-vida de direita?
Muralha do Vaticano
Seja como for, o papa tem uma muralha enorme ao redor do Vaticano para proteção contra imigrantes ilegais e invasões islâmicas. Por que Trump não pode construir uma muralha enorme ao redor dos EUA para o mesmo objetivo?
Leitura recomendada:

16 comentários :

Anônimo disse...

Faça o que eu digo, mas nao faça o que eu faço!!! Como pode esse indivivuo dizer que é discipulo daquele que deixou a Sua gloria, se fez pecado por nos, nasceu numa familia humilde, nao tinha onde reclinar Sua cabeça, nao fez concerto com o diabo, nao aceitou a riqueza e a gloria deste mundo e morreu pelos pecadores?

Anônimo disse...

Basta o Trump ir no Vaticano e pedir a bençao do Chicao, e, logo, estará tudo resolvido.

Anônimo disse...

Para os socialistas, vale tudo, até mesmo mudar de opiniao da agua pro vinho, pois a CAUSA esta acima do proprio carater dos envolvidos.

marcelo victor disse...

O sujo falando o mal lavado!!!

marcelo victor disse...

O sujo falando do mal lavado!!!

SILVIO RICARDO disse...

Esse papa é um comunista enrustido. O cara vai a Cuba se encontrar com outro mala, o chefe da igreja ortodoxa russa, e diz que Cuba, a ilha-prisão comunista de Fidel Castro é um símbolo de "esperança".

Esperança para quem? Esse Francisco pensa que todo mundo é rebanho e otário?

Anônimo disse...

Vejo, nisso tudo, um fundamento para o titulo de uma musica que diz: "O Papa é POP!"

Anônimo disse...

Vejam esse vídeo! Ele comenta a fala do Papa em relação ao Donald Trump. Achei interessante que o comentarista do vídeo mostrou como o Papa Francisco ficou nervoso com o puxão de braço que ele recebeu de um mexicano, com justa razão, mas não quer ver as agressões que os mexicanos ilegais causam nos EUA.

Pope Attacks Trump on Immigration
https://youtu.be/2EMNnrrCp1E

O vídeo que mostra o puxão de braço que o Papa recebeu
https://youtu.be/RkSxjHcyHPY

marcelo victor disse...

Duvido que esses hipocritas diabolicos tenham a coragem de obedecer à voz de Deus: "Vai, vende tudo que é teu; vem e segue-me!!!".

Como dizia a mae do Sapo Barbudo: "Pimenta nos olhos dos outros é refresco!!!

Bobseeks disse...

O papa não é pró-vida. A Igreja Católica Romana apoia esquerdistas. Esquerdistas apoiam o aborto. Por conseguinte, a Igreja Católica Romana apoia o aborto. Na prática, a Igreja Católica Romana é tão culpada de assassinato quanto a IPPF, a maior organização de abortos do mundo.

Anônimo disse...

BINGO!!!

blacky disse...

Você disse DIREITISTA? A igreja católica financia há anos os marxistas por meio de suas muitas organizações de caridade. Os contribuintes não têm ideia, mas o dinheiro que é doado para estas organizações é usado para disseminar o comunismo. A maioria dessas organizações são fachadas comunistas e recebem milhões e milhões de dólares dos governos do mundo todo.

marcelo victor disse...

Creio que a propria referencia de "direita" e "esquerda" ja nao existe mais, acabou, é coisa do passado!!!
A meu ver, o pensamento já foi unificado faz tempo, como resultado dos diversos processos em andamento no mundo, tais como: ecumenismo, humanismo, globalizaçao, imigraçao em massa, anti-patriotismo, etc.

Anônimo disse...

Igreja católica faz caridade com o chapéu alheio... quero ver fazer com o dinheiro dela mesma! Hipocrisia pura, como todo religioso e religiões, não podia ser diferente.

Anônimo disse...

Graças a Deus alguns catolicos estao acordando para a enganaçao que é essa seita...espero que aconteça a mesma coisa com alguns muçulmanos.

marcelo victor disse...

Frases daquele que diz ser cristao:
-Adão e Eva não existiram
-A teoria da Evolução é perfeitamente compatível com o Evangelho
-Jesus fracassou na cruz
-Os ateus vão para o céu, pois o que importa são as boas intenções nos corações dos homens e Jesus já fez tudo por todos na cruz (e declarou isso por DUAS vezes), estendendo essa filosofia para os homossexuais.
-Manifestou seu apoio ao presidente do Irã
-Mantém seus Jesuítas coordenando os trabalhos astronômicos no VATT usando o aparelho infravermelho L.U.C.I.F.E.R para acompanhar e apoiar a chegada dos anjos caídos disfarçados de ETs.
-Apoia a releitura do Evangelho QUANDO os “ETs” chegarem. (Já nem digo SE chegarem, mas QUANDO)
-Estimula uma economia global, um líder político global e uma religião global através de um comunismo global conhecido como Agenda 2030.
-O que ele sabe que não estamos sabendo quando disse que esse ano de 2016 pode passar sem Natal? Terceira Guerra mundial?