8 de fevereiro de 2016

Imigrantes muçulmanos vão à discoteca na Rússia, incomodam as moças e acordam no hospital na manhã seguinte


Imigrantes muçulmanos vão à discoteca na Rússia, incomodam as moças e acordam no hospital na manhã seguinte

Jacob Bojesson
Um grupo de 51 refugiados muçulmanos sofreu agressões brutais fora de uma discoteca em Murmansk, na Rússia, depois que apalparam e assediaram sexualmente mulheres numa discoteca no sábado.
Imigrantes muçulmanos apanhando na Rússia
Os refugiados haviam antes recebido ordem de deixar a Noruega por “má conduta” e tentaram sua sorte na Rússia. O que eles não perceberam quando foram à discoteca em Murmansk é que os russos têm menos tolerância do que outros países europeus no que se refere a agressões sexuais contra mulheres locais.
Os refugiados teriam apalpado e assediado as mulheres de um modo semelhante às agressões em Colônia, na Alemanha, na véspera de Ano Novo. Um grupo de homens russos levou os refugiados para o lado para lhes ensinar que “Colônia está a 2.500 km ao sul daqui.”
Os refugiados tentaram fugir, mas foram rapidamente capturados pelos russos. Eles então os levaram à rua e lhes deram uma surra que eles jamais se esquecerão. A polícia chegou para dissolver a briga, mas a população local informa que a polícia deu alguns murros nos refugiados antes de prender 33 deles. Dezoito refugiados estavam em condições tão péssimas que tiveram de ser levados ao hospital.
A polícia decidiu deixar as surras se intensificarem e não fez um boletim de ocorrência. A única coisa que se pôde confirmar é que havia “briga de massa envolvendo refugiados.”
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do Daily Caller: Refugees Go Clubbing In Russia, Harass Girls, Wake Up In Hospital The Next Morning
Leitura recomendada:

13 comentários :

Pedro Siqueira disse...

Baladeiros e muçulmanos, têm mais é que se f*der mesmo!

Ivan Simões disse...

A única forma que se deve tratar estes malditos porrada e pena capital no mais é balela de esquerdinhas com seu discurso politicamente correto!

Anônimo disse...

Parabéns aos russos! Eu não esperava nada menos que isso.

Andreia

Anônimo disse...

Se deram mal esses maníacos que pensam que as mulheres ocidentais, cristãs, "infiéis", são para serem usadas, estupradas, abusadas.... Sou contra a violência, mas, eles mesmos se arriscaram e levaram.... Agora devem aprender (talvez) e respeitar as mulheres não muçulmanas....

Aqui no Brasil ia ser pior!... Iam levar bala!...

Anônimo disse...

Putin mais uma vez ensinando o ocidente como se comportar diante das minorias abusadas...

Buck Williams disse...

Se algum telejornal noticiar isso, podem ter certeza de que o tom será de vitimização dos muçulmanos e demonização dos agressores.

Anônimo disse...

No bananão eles iam levar bala? Só se fosse de menta! No dia seguinte a Globo faria o maior estardalhaço no Jornal Nacional, no domingo fariam um Fantástico especial sobre "quais as causas da xenofobia e a intolerância presentes na sociedade brasileira", gente como jean willys na Comissão de Direitos Humanos exigindo a punição dos responsáveis e jogando a culpa nos seguidores do Bolsonaro, e o tal "japonêis da federau" levando detidos os acusados de "trucidar os indefesos imigrantes sírios", com direito à foto postada nos principais sites de notícias do país. Também teríamos a dilma em discurso nacional, dizendo que o bananão está "de braços abertos para receber as culturas e povos de todo o mundo", reportagens de ONGs "levando ajuda" e "inserindo os refugiados" na sociedade, e também não podemos esquecer dos nobres deputados bananeiros com discursos demagogos, criando um projeto de lei para aumentar as penas para crimes de xenofobia... querem apostar que não seria assim?

Viana disse...

Julio, boa noite.

Por favor, você sabe me informar porque seus artigos quando postados no Facebook as fotos não aparecem. Fica um quadro branco. É algum erro?

Obrigado.

Abraços

Jabesmar disse...

Nunca deu certo tirar onda com os Russos. E não vai ser agora que dará, pois eles não foram imbecilizados pela idiotizante ideologia do Poliicamente Correto.
Aposto que agora as gangues de muçulmanos pensarão duas vezes antes de assediar sexualmente as mulheres russas!

Anônimo disse...

Violencia se responde com violencia, já dizia Bolsonaro!!!

BIG KARL disse...

Lex Talionis é a melhor Lei editada de todos os tempos.

Anônimo disse...

Legitima defesa é excludente de ilicitude!!!

Anônimo disse...

Vieram buscar lã e saíram tosquiados, espero que a Alemanha aprenda com os Russos.