7 de janeiro de 2016

Suprema Corte do Alabama ordena suspender “casamento” gay


Suprema Corte do Alabama ordena suspender “casamento” gay

“Casamento” gay foi aprovado em todos os EUA em junho do ano passado. Juiz diz que decisão federal envolve 'confusão e incerteza'.

Da AFP
Comentário de Julio Severo: O famoso juiz Roy Moore, do Alabama, impede “casamento” gay no seu estado, apesar de que o Supremo Tribunal dos EUA já impôs esse casamento pervertido em todo o território americano. Esse juiz é exemplo de coragem! Seis meses atrás, o juiz Moore divulgou, em seu perfil de Facebook, um artigo escrito por mim. Confira agora a notícia do G1 da Globo que, embora não a favor do juiz Moore, pelo menos mostra que está havendo uma excelente resistência ao “casamento” gay nos EUA:
Juiz Roy Moore
O presidente da Suprema Corte do Alabama ordenou nesta quarta-feira (6) aos juízes do estado do sul dos Estados Unidos que não emitam mais licenças matrimoniais para casais do mesmo sexo.
O juiz Roy Moore, conhecido por seus enfrentamentos com a autoridade federal, marcou assim sua oposição à legalização do matrimônio homossexual decidida pela Suprema Corte de Justiça dos Estados Unidos em junho do ano passado.
Na sua decisão de quatro páginas, Moore citou uma lei estadual segundo a qual "o casamento é intrinsecamente uma relação apenas entre um homem e uma mulher", referindo-se a uma alteração de uma lei de 1901 e uma lei de 1975.
A maior autoridade judicial do país legalizou o casamento do mesmo sexo em todo o território norte-americano em 26 de junho de 2015 em uma decisão histórica. Naquela época, o Tribunal decidiu que os 14 estados (de 50) que ainda se recusavam a unir duas pessoas do mesmo sexo, não só deveriam fazê-lo como também reconhecer os casamentos gays realizados em outros estados.
Mas, segundo Moore, esta decisão federal envolve "confusão e incerteza" entre os juízes de família do Alabama. Alguns se submetem a ela, outros não emitem licenças de casamento para casais gays e outros simplesmente pararam de emitir licenças, de acordo com a ordem do juiz.
"Isso vai afetar a administração da justiça no estado", considerou.
Fonte: G1 da Globo
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
“Casamento” homossexual dos EUA afetará outros países

10 comentários :

Unknown disse...

São a última resistência. A família sofre ataque constante até a volta de Jesus!

Fernando Costa disse...

Muito corajoso este juiz,espero que Deus o ajude nesta luta.

Anônimo disse...

Enquanto isso no Brasil, os petralhas querem porque querem varrer o cristianismo do mapa, atraves da grade curricular das escolas:
https://www.youtube.com/watch?v=cnIoN1nK_m8&feature=share
Isso nao tem nada de Patria Educadora, mas de pura doutrinaçao marxista para transformar nossas ciranças em gays comunistas maluco beleza!!!

Antonio disse...

Tenho imenso respeito pela maneira como, no geral, o povo americano encara o que eh serio com... seriedade. Aqui, na Terra Brasilis, um dos mais festejados juizes chama-se Joaquim Barbosa. interessante que, a maioria da populacao desconhece que o gajo eh... sucialista. Lembrem-se de que quem o colocou no "osso" foi o imundo lularapio. Ele - JB -, DETERMINOU, qdo estava de posse do osso na Justi"ss'a brasileira, que os cartorios, aa revelia da lei, ajuizassem uniao de, vah lah, pessoas de mesmo sexo. Nesse artigo pode-se refletir sobre a diferenca.

Antonio.

Anônimo disse...

Não sabemos o tipo de perseguição que este juiz vai enfrentar ou está enfrentando, mas devemos orar para que o Senhor continue fortalecendo todos os seus servos que não dobraram os joelhos a Baal e nem adoraram a estátua de Nabucodonozor.

Sebastião

Anônimo disse...

Tenho a impressao de que esse senhor Joaquim Barbosa tem interesse nessa causa...nao posso afirmar com certeza, mas me parece que ele tende pro outro lado (posso estar enganado).
Seu compromisso certamente nao é com a VERDADE (Cristo, a unica verdade), mas, como cego, surdo, mudo, nu e morto espiritualmente, seu compromisso é consigo proprio (com os seus interesses pessoais).
Nunca ouvi sequer ele citar o nome JESUS CRISTO...

Anônimo disse...

O "Trump" argentino jà està fazendo historia...disse nao à vergonha de sustentar uma ditadura sangrenta.
Precisamos de um "Trump" brasileiro, mas, se a coisa apertar, vou embora pra argentina!!!
https://www.facebook.com/mblivre/photos/a.204296283027856.1073741829.204223673035117/336958126428337/?type=3&theater

Ass: Rodrigues

Anônimo disse...

Enquanto aparecem pessoas como esse juiz que querem defender os inocentes desse tipo de abominaçoes como essa (o casamento gay), aqui no Brasil as nossas autoridades nos deram um presentao de final de ano:
http://www.bandab.com.br/jornalismo/no-parana-94-dos-presos-retornaram-das-saidas-temporarias-de-fim-de-ano/

Como diz a reportagem, serao mais mortes, mais assassinatos, mais estupros, mais casamentos gay, mais violencia, mais trafico...que baita presentao?! Ou melhor, que belo exemplo de humanismo para o mundo!!!
Todavia, quem soltou esses demonios tem segurança particular (que usa metralhadoras), mora em condominios fechados, tem carro blindado, os filhos vivem no exterior...

Anônimo disse...

A situaçao na Alemanha parece nao estar nada boa, pois o populismo, disfarsado de "humanismo", trouxe verdadeira tranquilidade para os cidadaos.
http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/01/160105_abuso_sexual_ano_novo_alemanha_rb.shtml?ocid=socialflow_facebook%3FSThisFB

Buck Williams disse...

Enquanto isso no Brasil, casamentos gays são realizados sem qualquer respaldo constitucional ou legislativo; e mesmo assim nossas autoridades judiciárias permanecem de braços cruzados.