30 de janeiro de 2016

“Os Judeus que Construíram o Brasil” revela capítulo escondido da história brasileira


“Os Judeus que Construíram o Brasil” revela capítulo escondido da história brasileira

Resultado de pesquisas realizadas em todo o mundo e no arquivo secreto do Santo Ofício da Inquisição, "Os Judeus que Construíram o Brasil" revela como judeus e novos cristãos foram perseguidos entre os séculos 16 e 18.
Livro traz detalhes sórdidos da Inquisição portuguesa que transferiu para o Brasil a perseguição aos judeus
Jogando luz sobre uma passagem da história brasileira mantida em sigilo, o livro traz detalhes sórdidos da Inquisição portuguesa que transferiu para a colônia a perseguição aos judeus.
Autorizada pelo Papa, a caça aos judeus começou em 1478 na Espanha e em 1536 em Portugal. Mas só no final do século 16 os portugueses mandaram quadros para o Brasil a fim de vigiar e perseguir os judeus. Distante da Europa, o país foi o destino de muitos convertidos.
Em "Os Judeus que Construíram o Brasil", as historiadoras Anita Novinsky, Daniela Levy, Eneide Ribeiro e Lina Gorenstein contam como a Inquisição prendeu mais de mil pessoas, provocou o desaparecimento de outras mil e arruinou famílias em todo o país.
Lançado pela editora Planeta e com o subtítulo "Fontes Inéditas para uma Nova Visão da História", o livro tem previsão de lançamento para o dia 10 de dezembro e já está em pré-venda na Livraria da Folha.
OS JUDEUS QUE CONSTRUÍRAM O BRASIL
AUTOR Anita Novinsky, Daniela Levy, Eneida Ribeiro, Lina Gorenstein
EDITORA Planeta
QUANTO R$ 33,90 (preço promocional por tempo limitado)
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
Judeus tiveram papel fundamental na fundação dos Estados Unidos

7 comentários :

Enéas disse...

Severo amigo!!!
Infelizmente seu blog vai sair do ar...
Seu blog é termômetro da nossa liberdade de expressão.

Anônimo disse...

Recebi uma mensagem com o seguinte titulo:
"Senador dos EUA anuncia resolução para declarar Lei Marcial Internacional".

No teor dessa mensagem esta dito o seguinte:
"O Senado dos EUA está pronto para dar ao presidente Barack Obama e ao próximo presidente, poderes de guerra sem precedentes, inclusive declarar a 'lei marcial em todo o mundo'.
O líder da maioria Mitch McConnell surpreendeu a todos, na semana passada, dizendo que ele tem uma resolução de guerra pronta para ser votada a qualquer momento.
O sionismo Rothschild criou o ISIS para atacar a Síria e Iraque, ocupar as cidades onde estão os poços de petróleo e repassar as terras à Israel(petroleiras Rothschild). Netanyahu admitiu o plano recentemente, quer uma Síria balcanizada, ou seja, o petróleo sírio sob controle israelense. A outra função do ISIS é servir como pretexto para remover o direito à privacidade e liberdade de expressão em todo o mundo.
Declaram abertamente que a resolução têm 'alcance global', o que significa que todos os países estariam sob intervenção militar.
Em breve a ditadura global sionista(Governo Mundial) ficará evidente para todos e aqueles que resistirem à tirania Rothschild serão rotulados como 'terroristas' ou 'extremistas'. Um cenário que lembra o filme Gray State".
http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-senador-dos-eua-anuncia-resolu%C3%A7%C3%A3o-para-declarar-%E2%80%9Clei-marcial-internacional%E2%80%9D#ixzz3yqB6ILrQ

Seria verdade ou se trata de antissemitismo, Julio?

Ass. Rodrigues

Anônimo disse...

As palavras do primeiro ministro de Israel (abaixo), comemorando a lembrança do holocausto, servem, em muito, para a realidade brasileira.
Devemos ter o direito de nos defender dos vagabundos que estao agindo livremente nas ruas das nossas cidades e nao podemos mais permanecer a merce desses demonios, como querem os politicos, aprovando leis lenientes com a bandidagem.
A organizaçao do crime é tanta no Brasil que a imprensa, que deveria esclarecer os brasileiros, camufla os dados, e, quando publica algo, é para criticar as açoes policiais. Ou seja, trata-se de algo realmente diabolico voltado pra alienaçao da mente das pessoas (como fazem no mundo todo contra os judeus).
Autoridades e personalidade tambem fazem parte desse esquema total demoniaco, vindo a publico para influenciar os simpleces com doutrinaçao diabolica, voltada principalmente para dominar a mente das crianças brasileiras, como, por exemplo: liberaçao das drogas, direito ao prazer em qualquer idade, repulsa ao valores cristaos, feminismo, gayzismo, incentivo à pedofilia...
Podem me criticar, mas, na atualidade, o unico politico que tem se levantado corajosamente (a exemplo de Netanyahu) contra esse verdadeiro "holocausto" contra a familia e contra os cidadaos de bem desta naçao é Jair Bolsonaro.

https://www.youtube.com/watch?list=PLeZEqTjcheIXsX2TjHW4l_R71C1zm6uBa&v=uaUpKMV-B5w

"Política sem medo" disse...

Para a maioria desses politicamente corretos, marxistas, fascistas, nazistas, comunistas, bolivarianos e outras aberracoes, se alguem ve virtudes nos judeus, imediatamente e considerado inimigo da humanidade e deve ser combatido. Por isso e que contamos com a sua persistencia e perseveranca na fe Julio Severo para que tenhamos sempre uma voz que clama por todos nos. Deus o tenha sempre ao seu lado!

Anônimo disse...

No fundo, a luta dos judeus pela sobrevivencia (em todo o mundo) é bastante semelhante à luta da igreja contra o mal.
Quando menos esperamos, estamos lutando contra tudo e contra todos, muitas das vezes sem termos feito absolutamente nada, e, quando fazemos algo, entao, o lado contrario logo toma Providencia pra que "apareça em todos os jornais", sem dò nem piedade.
Engraçado isso, nao?

Osvaldo Aires Bade disse...

ISRAEL FOREVER!!!

Anônimo disse...

Os judeus construiram e os petralhas (ateu-comunistas) destruiram...