8 de janeiro de 2016

Acordo entre Vaticano e Palestina entra em vigor


Acordo entre Vaticano e Palestina entra em vigor

Leiliane Roberta Lopes
Começou a valer no dia 2 de janeiro o acordo firmado entre a Autoridade Nacional Palestina e o Vaticano. O documento foi assinado em 26 de junho de 2015 contendo 32 artigos que regulamentam os trabalhos da Igreja Católica na Palestina.
Através de uma nota, a Santa Sé deu alguns detalhes desse documento, dizendo que os artigos “guardam aspectos essenciais da vida e das atividades da Igreja na Palestina, ao mesmo tempo em que reafirma o apoio para uma solução negociada e pacífica para do conflito da região”.
Um dos capítulos do documento, que não foi divulgado na íntegra, trata sobre a liberdade religiosa e de consciência e em outra parte do acordo todas as ações que a Igreja Católica realiza pelo mundo são relatadas.
Para chegar a este acordo foi preciso esperar 15 anos de negociações que aconteceram através de uma comissão bilateral que foi formada para defender os interesses dos dois estados. Os laços só foram estreitados depois que o Vaticano passou a usar a expressão “Estado da Palestina”, decisão que desagradou a Israel, mas que aproximou os palestinos da Igreja Católica.
Quando o acordo foi assinado, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que estava “desapontado” com a Santa Sé e pediu para consultar o documento. O Vaticano negou o acesso de Israel ao acordo.
Fonte: GospelPrime
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

5 comentários :

Anônimo disse...

O que sera que os padreco da idolatria romana poderao fazer contra Israel?
Sera que o Vaticano desenvolveu a bomba atomica e ninguem sabe? O mundo ta cansado desse bla-bla-bla que nao resolve nada e que mais parece uma campanha publicitaria pra se manter na midia!!!

Anônimo disse...

Ate parece que Israel depende da idolatria romana para sobreviver...nem mesmo as naçoes arabes em conjunto conseguiram subjulgar Israel, quanto mais o Vaticano, um bando de vigaristas disfarsados de religiosos.

Anônimo disse...

Pode ser que esteja chegando a hora de uma nova e terrivel perseguiçao contra o povo judeu, coisa que a idolatria romana faz ha 2 mil anos.
Se os comunistas ganharem as eleiçoes nos EUA, possivelmente as coisas irao de mal a pior para os judeus, pois, na Europa, o clima ja lhes é desfavoravel.
Até os petralhas sinalizam isso, achando que possuem força politica internacional, mesmo com tanta roubalheira, corrupçao, morticinio de inocentes, desmandos, mentiras, etc.
O clima esta piorando tanto pros judeus quanto pra igreja, conforme predizem as Escrituras Sagradas.

Anônimo disse...

Se acordo resolvesse alguma coisa...

Anônimo disse...

Pro Vaticano, acordo significa PODER e mais RIQUEZA:
http://mundoestranho.abril.com.br/materia/e-verdade-que-o-vaticano-tem-varias-riquezas-secretas