13 de novembro de 2015

Ucrânia aprova lei homossexual para facilitar relações com a União Europeia


Ucrânia aprova lei homossexual para facilitar relações com a União Europeia

Julio Severo
De acordo com a Associated Press (AP), os legisladores ucranianos aprovaram ontem uma lei que proíbe discriminação contra as práticas homossexuais. A AP disse que essa lei é importantíssima para abrir o caminho para eliminar a exigência de visto entre a Ucrânia e a União Europeia.
O presidente ucraniano Petro Poroshenko aclamou a aprovação da lei homossexual como “histórica” — algo que nunca aconteceu em toda a história da Ucrânia. Uma bajulação presidencial fora do comum em favor do sexo homossexual só para agradar à União Europeia. Outros acontecimentos históricos são paradas gays nesse país tradicionalmente conservador. E o fato de que a polícia agora bate em cidadãos que se manifestam contra essas novidades impostas pela União Europeia é também algo que nunca aconteceu em toda a história da Ucrânia. Agora, o povo tem apanhar da polícia exclusivamente para agradar aos interesses pró-homossexualismo europeus.
Paradas gays na Ucrânia terminam em violência, onde a mídia retrata automaticamente os manifestantes cristãos como violentos e agressores e os homossexuais como vítimas, justificando assim a brutalidade policial contra os cristãos. O Dep. Marco Feliciano, que foi vítima de muita truculência homossexual e midiática em 2013, bem conhece a experiência nova dos ucranianos.
Como foi então que a Ucrânia aprovou uma lei homossexual que é rejeitada pela maioria esmagadora de seu povo?
Na verdade, essa mesma lei já havia sido rejeitada no Parlamento da Ucrânia quatro vezes antes, por causa da pressão da população e de suas tradições cristãs ortodoxas. Mas devido à ambição do novo governo de querer relações livres com a União Europeia, a vontade do povo e da Igreja Ortodoxa tem sido sacrificada no altar dos interesses políticos.
Com a aprovação dessa lei, a Ucrânia sofrerá uma invasão maior e mais abusiva de educação sexual imoral nas escolas, inclusive a agenda de gênero que hoje predomina na Europa e nos EUA.
Como entender essa invasão? Num debate na semana passada com o Dep. Marco Feliciano, o filósofo Olavo de Carvalho explicou que essa educação sexual imoral vem dos globalistas.
Como vencer essa invasão? Conforme a resposta do Olavo, a saída no Brasil é o povo ir às ruas e invadir prédios públicos e fazer no Brasil como fizeram lá na Ucrânia.
Essa resposta não faz sentido, pois o povo da Ucrânia, que não tinha a agenda de gênero, educação sexual imoral e paradas gays, só ganhou esses males pela força bruta do novo governo que eles mesmos ajudaram a levantar. O próprio povo fez isso.
Mas o povo foi manipulado. De acordo com o WND (WorldNetDaily), um dos maiores sites conservadores dos EUA, a revolução ucraniana, que na aparência e propaganda era do povo, na essência e no coração era manipulada pelo bilionário esquerdista George Soros, Obama e seus neocons.
O WND disse: “A ‘revolução’ ucraniana foi fomentada e incentivada por Nuland, Rice e Geoffrey Pyatt, embaixador dos EUA na Ucrânia. Esses três foram muito importantes para encenar uma campanha de desestabilização. Trabalhando com neonazistas ucranianos, eles fomentaram a revolta ucraniana.”
O WND também disse: “Os nacionalistas ucranianos são fascistas. O propósito original do governo dos EUA ao encenar um golpe na Ucrânia era afastar a Ucrânia da Rússia e levar a Ucrânia à União Europeia. Em outras palavras, os neocons e os ‘moderados’ comprados do governo de Obama queriam tirar, à força, o controle da Ucrânia das mãos de Putin e ganhar controle econômico e energético sobre o país.”
É esse tipo de revolução do “povo” que Olavo e Feliciano querem para o Brasil?
De acordo com o WND, Soros se envolve nos assuntos ucranianos desde 1989. O WND disse: “O bilionário George Soros é um grande investidor no ativismo esquerdista na Ucrânia, estabelecendo um centro em Kiev que doa enormes quantias de dinheiro para as organizações não governamentais do país enquanto ao mesmo tempo defende laços mais próximos com a União Europeia.”
“Soros já forneceu mais de 100 milhões de dólares para sustentar grupos ucranianos,” declarou o WND.
Soros construiu um império empresarial que domina dos EUA à Europa, enquanto forja uma máquina política movida por fundações sem fins lucrativos que vêm provocando revoluções em países e impacto nas políticas americanas e internacionais.
Para que o Brasil tenha, como sugeriu Olavo, uma mobilização do povo nas ruas e nos prédios como aconteceu na Ucrânia, dois ingredientes são necessários: 1. Intervenção de Obama e seus neocons nos bastidores do povo, e 2. Atuação de George Soros nos bastidores do povo.
Na crise em que o Brasil está, George Soros esteve com Fernando Henrique Cardoso no Brasil no começo deste ano. Esse é o sinal de que Soros está “acompanhando” a situação brasileira.
E os neocons, não estão presentes no Brasil? Como sempre, devem estar bem invisíveis nos bastidores despejando milhões de dólares para treinar e incitar os brasileiros para revoluções.
O povo da Ucrânia foi usado, abusado e manipulado para mobilizações pró-União Europeia que deram sucesso. Mas agora que o povo ucraniano, sem nenhuma manipulação, não quer a agenda gay, sua vontade é sufocada e massacrada diante dos interesses muito maiores da União Europeia, Obama, Soros e neocons.
A sugestão do Olavo de que o Brasil precisa de uma mobilização ao estilo do “povo” da Ucrânia é tudo o que Obama, os neocons e Soros querem. É jogar gasolina na fogueira dos neocons. Se o brasileiro hoje luta contra a agenda de gênero e acha tudo insuportável, depois que a “revolução” do povo manipulada por Obama, os neocons e Soros vencer, o incêndio vai aumentar.
E evangélicos como Marco Feliciano, que sem nenhum conhecimento apoiam soluções “ucranianas,” poderão ver, tarde demais, que o resultado final é um tiro pela culatra.
Atiçar o povo brasileiro para revoluções, como Nuland, Rice, Pyatt e outros elevados funcionários neocons de Obama fizeram com o povo da Ucrânia, termina bem somente para os bolsos de bilionários esquerdistas como Soros.
Leitura recomendada:

16 comentários :

Lúcia disse...

Júlio meu Deus do céú!! Ajuda-me! Como o professor Olavo pode apoiar a revolução homossexual que está acontecendo na Ucrânia se ele é conservador? Me dá uma resposta para isto irmão! Estou zonza sem saber para onde olhar.

Julio Severo disse...

Na questão do aborto, Olavo é conservador e pró-vida.

Na questão homossexual, ele é conservador com relação à agenda gay, mas liberal com relação ao comportamento homossexual.

Na questão do homeschooling, ele é conservador.

Na questão da boca suja, Olavo é um esquerdista.

Na questão da Inquisição, ele é tão revisionista quanto qualquer marxista.

Nas questões geopolíticas, ele é neocon.

Na questão da Ucrânia, Olavo prioriza interesses neocons acima de valores conservadores, pois a Ucrânia de antes não perseguia ninguém por causa da agenda gay. Hoje, sob influência de Obama e dos neocons, a Ucrânia persegue. Olavo prefere a Ucrânia sob domínio de Obama e dos neocons. O que querem os neocons? A supremacia militar e econômica dos EUA no mundo inteiro, não importando se os EUA têm ou não um Obama maligno na presidência.

Anônimo disse...

Acho que foi dado mais um passo na direção de dividir a Ucrânia entre a parte pró Rússia e a parte pró União Européia. Se esta divisão se concretizar, vão colocar a culpa Putin.

Sebastião

Estela disse...

Se depender do Professor Olavo, a culpa é do Putin mesmo antes do Putin nascer.

Shirley disse...

Quem diria: a Ucrânia abrindo as pernas e o rabo para a sodomia ocidental....

Marcos Antônio Mazzocato disse...

Oi Júlio. Eu o sigo a muito tempo e gosto das suas colocações, são comentários sérios e de grande valia. Quanto ao movimento arco íris, não será barrado e se expandirá mundo afora. Mesmo não sendo religioso compartilho sua página sempre que possível......Abraço.

Anônimo disse...

Parece-me que tudo pode acontecer, desde a reconstruçao do templo de jerusalem ou qualquer outra coisa julgada impossivel, para que o objetivo diabolico dessa elite mundial seja alcançado (uma sodomizaçao generalizada).

As profecias de Daniel 11:36-39 parecem indicar que, num futuro nao muito distante, uma sujeito perverso serà constituido como o homem mais poderoso do mundo, um rapaz escandaloso (Dn 11:37), que cuidarà em apagar o nome de Deus da face da terra (Dn 11:36), com toda sorte de mentiras (mudando a lei de Deus, criando uma religiao mundial, etc).

Agora, o que me deixa um tanto quanto curioso é saber, nisso tudo, aonde entra a invasao muçulmana da europa (e do mundo), uma vez que os muçulmanos sao radicalmente contra a sodomia? Seria essa uma providencia divina para retardar esse processo de sodomizaçao? Confesso que nao entendo...

De uma forma ou de outra, isso tudo parece indicar um futuro repleto de violencia?

Anônimo disse...

Acho que o Olavo de Carvalho é aquele sujeito que ficou velho, mas que deseja permanecer eternamente jovem. Por isso ele fala palavroes como um jovem inconsequente, que quer chamar a atençao, e, sem entender nada da Obra de Deus na terra, ao mesmo tempo, reza pr'uma santa do pau oco, igual a ele: VAZIA e MORTA (espiritualmente).

Tatiana Marques disse...

O homosexualismo por si só é insustentável,a esquerda que os protege hj sera a q os destruira amanha,o que a esquerda quer é a destruição do cristianismo se vcs cristão não lutarem roubaram a liberdade de vcs

Carlo Germani disse...

Caro Julio Severo,

Olavo de Carvalho,se apresenta como a estãncia máxima da inteligência, da cultura,da intelectualidade e da espiritualidade.
Não tem incoerências,ignorância,imoralidade e falta de clareza cognitiva.

Ocorre que Olavo,como não tem e nunca terá autocrítica,quase sempre,
diz insanidades nas suas convicções.

Olavo,como não vive no Brasil,tem uma idéia deturpada sobre a verdadeira realidade do país.

Olavo,ao defender a via da agressão (invasão de prédios públicos,xingamentos de políticos e de petistas-comunistas em público,...)e fazer apologia a "democracia direta" revela a insanidade da sua proposta.

Ora,a "democracia direta" é a porta de entrada para um governo ditatorial e totalitário.

Olavo,descaracteriza a Constituição Federal ao seu interesse.

OK.Na proposta insana de Olavo,o "povo" ignora as leis e vai para o pau.A causa em questão é a deposição da nulidade humana e política
Dilma Ruimsseff e por efeito o PT (apenas na presidênbcia,porque o PT,Lula,Dilma e todo o bando de comunistas aparelharam TODO o Estado
e os principais setores da sociedade (universidades,grande imprensa e mídia em geral,megaempresariado,sindicatos,entidades de classe,...).
Leia-se revolução Gramsciana.

Mas se o país estivesse num processo de extremo conservadorismo e forte economia liberal,e o "povo" resolvesse subverter essa situação,
exigindo uma guinada radical ao socialismo-comunismo,como ficaria?
O fim da propriedade privada,por exemplo...

Neste simples exemplo,a comprovação da insanidade do que propõe Olavo.

Olavo criou uma ilusão na sua cabeça de que a maioria do "povo" brasileiro tem moral e acuidade cultural-intelectual para promover um verdadeiro projeto de nação.

A verdade (dura)é que a grande massa do "povo" brasileiro é composta de imbecis coletivos,oportunistas,existencialistas-materialistas,imorais e ávidos por um governo assistencialista-populista (vide era Lula) e jamais engajado num verdadeiro projeto de nação.

(...)

Olavo,ao invés de propor bancar passagens aéreas à Virgínia/EUA ao lixo de Jean Wyllys,deveria passar uma temporada no Brasil,para ver ao vivo, a tragédia da conjuntura brasileira.

Olavo tem um lado oculto altamente perigoso.
De zero a 10,não vou além de 5 com Olavo de Carvalho.

Cicero disse...

Mas onde está que Feliciano apóia a agenda gay ucraniana ou quaisquer ações gayzistas??

Marco disse...

Pobre Feliciano, ao invés de ficar na sua vidinha de estelionatário religioso inventou de entrar na política e ainda por cima se envolver em questões polêmicas, acima de suas limitações intelectuais de membro do baixo clero parlamentar. Anda falando por aí em "civilização judaico-cristã" (?) e fé cristão conservadora, outra estultice. Para isso recorre a gurus como o neocon agenciado Olavo e o extremista Júlio Severo, para qual todo mal é provindo da esquerda, até a boca suja do Olavão. Para Júlio os esquerdistas são "imorais' segundo sua lógica tirada das tribos de Israel de 5000 anos atrás e de moralidade exclusivamente relacionada a questões sexuais. O interessante é que não se vê a exploração e objetificação do corpo feminino, a corpolatria cultuada, a pornografia escancarada em países como Cuba, mas sim no amado capitalismo "cristão". Nem parada gay tem em Cuba, embora o Fidel tenha revisto sua perseguição anterior aos gays que não fazem mal a ninguém.

Jana disse...

Vez ou outra nos deparamos com comentários racionais por aqui, como o do colega Marco.

Fernando Costa disse...

"Só fala melda palece um metlalhadola de melda "
Não sabia que esquerdistas liam o julio,muito menos que teriam a cara de pau de escrever suas besteiras que não convencem ninguém aqui

Fernando Costa disse...

Impressionante como o cenário político mundial é mais complicado do que agente imagina. Não acho que Feliciano tenha concordado com o que Olavo propôs,esse tipo de idéia radical só o Olavo acredita.

Julio Severo disse...

Olavo de Carvalho chama evangélicos de “evanjegues,” debochando deles como jegues (que também significa burros, asnos, jumentos, etc.). Ele disse:

“A credulidade com que tantos evanjegues ouvem pastores semi-analfabetos, drogados, ladrões e putanheiros é a oitava maravilha do mundo.”

Ele com certeza deve estar se referindo ao Pr. Marco Feliciano, a quem dias atrás ele insinuou que levou uma mocinha a um motel. Confira a insinuação neste link: http://bit.ly/2bfEZjO

E os alunos evangélicos dele são também evanjegues por pagarem uma taxa mensal no COF (Curso Online de Filosofia)?

Para deixar de ser “evanjegues” o evangélico tem de se matricular no COF, deixar a Bíblia de lado e tratar as palavras (inclusive palavrões) do Olavo acima da Palavra de Deus?

Mais da metade dos membros do instituto do Olavo nos EUA são evangélicos. Eles também são evanjegues? Eles já sabem que o Olavo trata os evangélicos brasileiros como evanjegues? Ou a barreira da língua os impede de ler as asneiras que o Olavo escreve em português?

Nesse ponto, fazendo um trocadilho com as palavras do próprio Olavo, digo:

“A credulidade com que tantos evanjegues se abaixam para ser pisoteados, xingados e humilhados por um filósofo esotérico é a oitava maravilha do mundo.”

Um desses “evanjegues,” o próprio Feliciano, chamou Olavo de “verdadeiro profeta” no Congresso Nacional. Mais evanjegues que isso, impossível. Confira neste link: http://bit.ly/1XHSaHr

Como diz a Bíblia, dizendo-se “sábios,” tornaram-se loucos.

Fonte: Facebook Blog Julio Severo