26 de setembro de 2015

Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco


Olavo de Carvalho excomunga o papa Francisco

Lucas Banzoli
Poucos meses após ter excomungado o cardeal Odilo Scherer (veja aqui), o Mestre da Virgínia não freou seu ímpeto e colocou o próprio papa Francisco no “rol dos heréticos”, e mediante sua interpretação pessoal do Código de Direito Canônico de João Paulo II descobriu aquilo que nenhum católico sabe, exceto os iluminados olavetes – “esse homem não é papa coisíssima nenhuma”:
Papa Francisco, desesperado em saber via facebook que está excomungado
Só quem acha que o papa Francisco é “papa mesmo” é essa maldita mídia anticatólica:
Já está dado o recado: se você católico pretende ser padre, bispo, cardeal ou papa, vai ter que passar primeiro pela aprovação do Mestre da Virgínia. Fique esperto.
Conclusão: os evangélicos não podem fazer interpretação pessoal da Bíblia e descobrir que o papado é herético, mas os olavetes podem fazer interpretação pessoal do Código de Direito Canônico e descobrir que o papa é herege.
Os olavetes creem ser católicos ortodoxos e leais a Roma, mas ainda não se deram conta de que estão usando o mesmo princípio técnico dos protestantes, dos veterocatólicos e dos sedevacantistas: que o papa é falível. A diferença entre um olavete e um sedevacantista é mínima: enquanto o sedevacantista crê que todos os últimos papas eram hereges, os olavetes creem que apenas este último que é. Mas se os próximos papas forem à la Francisco, a diferença se reduzirá a nada.
E mesmo excomungando o próprio papa(!), eles ainda querem ter moral pra acusar os protestantes de “divisão”. Quer dizer: se um evangélico considera um evangélico de outra denominação “herege”, é divisão. Mas se um católico considera o próprio papa um herege, não tem nada de divisão aí não. São só os seus olhos. Em termos simples: católicos podem brigar, berrar, espernear, crer em coisas diferentes, interpretar o Código de Direito Canônico de acordo com seu próprio ponto de vista e opinião, e até mesmo excomungar o papa, que isso se chama “unidade”. Mas se os evangélicos fizerem coisa parecida entre si, aí é “divisão satânica”.
Antes de terminar, um pequeno comentário sobre a mais nova polêmica olavete. O Mestre da Virgínia soltou seus zumbis adestrados pra cima dos líderes do MBL (Movimento Brasil Livre), tudo porque eles tiraram uma foto com FHC:
Por outro lado, o papa tirou foto com Hitler:
E João Paulo II se reunia com líderes islâmicos terroristas e beijava o Alcorão, livro que manda assassinar os cristãos e os judeus “onde quer que eles estejam”:
Conclusão do olavete: quando o papa se reúne com Hitler e tira foto com ele, é tudo mera diplomacia e pragmatismo. Quando João Paulo II se reúne com líderes islâmicos terroristas e tira foto beijando um livro que manda exterminar cristãos e judeus, é tudo mera diplomacia e pragmatismo. Mas se o Kim Kataguiri e o Fábio Ostermann se reúnem com tucanos e tiram foto com FHC, páááááááááááááára tudo que o mundo acabou!!! Traidores!!! Tucanos!!! Vagabundos!!! #OlavoTemRazao!!!
E assim caminha a mediocridade...
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

43 comentários :

Anônimo disse...

Por que o Blog do Julio severo é um dos melhores - se não o melhor - da internet?
Posts perfeitos como este são a resposta.
Que Deus te abençoe sempre e sempre, Julio!

Eduardo

luiz lobo filho disse...

Excelente, é isso ai mesmo. Os olavetes piram, zoam com a fé inabalável dos militontos petistas mas fazem o mesmo.

Francisco Cleber Gomes Ribeiro disse...

PQP, nunca li tanta m* nesse blog.

Julio Severo, seu espaço na mídia geral já é pequena, e você ainda dá espaço para esses libertários, pró-aborto, pró-homossexualismo, pró-drogas. Sei que vivemos em uma democracia (ainda que muito debilitada), é que quem tem essa opinião deva ter seu direito de expressá-la, mas a pergunta é: nós, cristão, devemos apoiá-las? Na minha concepção de cristianismo, é evidente que não. Então por que dá voz à esse pessoal em nossos já tão poucos meios?

O Olavo não critica o MBL por causa de uma foto com o esquerdista fabiano FHC, mas por compactuar com esse e outros, do naipe de Hélio Bicudo, fundador do PT, afim, unicamente do encaminhamento do pedido de Impeachment da Dilma. Ora, o Impeachment não é certeza, ainda mais com essa gente. Ademais, isso fez com que as passeatas realizadas pela nação contra o esquema Lulapetista (palavras do FHC) entrassem nas manifestações históricas da esquerda pela democracia. Ora, até onde lembro, o povo pedia a cassação do mandato da presidente Dilma, prisão do Lula, fechamento do PT e auditoria do Fórum de São Paulo, o que é o extremo oposto dos movimentos esquerdistas querem.

Julio Severo, não deixe que por cause de uma pequena discussão com Olavo de Carvalho o impeça de ver a Verdade, porque Deus é a Verdade.

Se Deus perdoa até assassinato, se o culpado se arrepender do fundo do seu coração, não vai ser porque alguém disse que a Virgem Maria foi a mais perfeita das criaturas de Deus, pois ela foi a primeira a realmente a dizer sim ao Nosso Senhor, e que por cause desse sim é que a humanidade pode ser salva pelo sangue de Jesus, que esse alguém vai ser condenado.

Vera Lúcia disse...

Francisquinho ou Chiquinho! O texto é light e sem nenhuma maldade. Traz somente críticas às visões de mundo religioso de Olavo, que, quando trata de temas protestantes, não poupa palavrões e desrespeito aos evangélicos. Pare, pois, de choramingar como se o artigo estivesse desmoralizando ou condenando Olavo a uma morte de inquisiçao. O Severo já foi muito mais criticado, e xingado, por Olavo e olavetes. O texto presente nem arranha a honra de Olavo em comparação com isto tudo.

Anônimo disse...

Não sei por que disso tudo?!

Na história da Igreja Católica já houve casos de anti-papas.

O texto do Lucas Banzoli é mais uma cortina de fumaça para induzir que Olavo de Carvalho é católico.

É só lerem a opinião de muitos católicos que a muito tempo vem dizendo que Olavo de Carvalho é estranho.

Anônimo disse...

Só sei de uma coisa esses barracos todo uma confusão inteira dos irmãos em geral respinga na igreja pode crê quem bate palma, vibra, pula de alegria, gargalha, horrores próprio Satanás.
O demônio mais uma vez enganando algumas pessoas sabe como? Colocando velho conhecido sentimento de orgulho(Primeiro pecado capital o mesmo que fez cair satanás e Martinho Lutero), vaidade(prima do orgulho),soberba, prepotência, arrogância,infelizmente venho observando seu comportamento e atitude o que está acontecendo com Olavo de carvalho irmão Julio e a todos.
Particularmente já faz mais de 1 ano e meio ando estudando sobre esse primeiro pecado capital o ORGULHO e ao mesmo tempo sobre a virtude da humildade.
Esse sentimento e silencioso se pessoa não tomar cuidado o pecado de orgulho se apodera dela sem perceber muito sutil. A várias formas deixar entrar em seu coração por exemplo: Eu posso ser a pessoa mais inteligente e culta da face da terra e estudada ter vários títulos, diplomas, escritora, deixar claro não estou falando contra que não deve estudar e crescer na vida por favor.
Mais se não tomar cuidado a gente pode cair nesse pecado de orgulho de vc se achar o tal traz sentimento eu sei tudo ou sou a cara e coroa sem perceber orgulho entrou dentro do seu ser sem vc se dá conta. Pode está mascarado numa INSEGURANÇA eu orgulhosa? Orgulhoso? Eu imagina pode crê o orgulho já está dentro de você escondido lá no fundo, fundo, fundo só cavar mais fundo. Por favor não sou juíza e fazendo julgamento de ninguém só queria trazer essa reflexão para todos olharmos pra dentro de nós mesmos.

Abraço apertado a toda sua família Julio Severo saudade de entrar no seu blog sempre. Ester.

Teresa disse...

Eu costumava muito ouvir e ler Olavo de Carvalho. Parei. Cansei. Muita linguagem vulgar. Acima do mais, o velho não aceita nenhuma discordância de pensamento. Ele bloqueia sumariamente. Metralha primeiro, faz perguntas depois. Parei, parei. Pensa ele que só comunista vai para o Inferno.

Eduardo disse...

Chicão, Bebê Chorão!! Carvalho não precisa da sua choradeira não senhor .

Getúlio disse...

Ô LOOOOCOOO, Francisco

Se Júlio xingasse o Olavo do jeito que ele faz com todo mundo, inclusive contra o próprio Júlio, você afirmaria que o Blog do Júlio pretende matar o Olavo.

Calma aí, rapaz!

Ningúém está acima de crítica. O próprio Júlio é criticado, de todas as formas possíveis, sem revidar com baixarias.

Maria Rita disse...

Deste jeito, se atacando, Severo e Carvalho terão todas as suas boas obras anuladas e vão ser barrados por São Pedro de entrar no Paraíso Celestial. Os dois precisam fazer penitência imediatamente.

Francisco Cleber Gomes Ribeiro disse...

Vamos para o começo: primeiramente eu não critiquei a pessoa do Julio Severo, nem defendi a Pessoa do Olavo de Carvalho, apenas manifestei minha opinião sobre o artigo.

Aí vem a Vera Lúcia disser:
"Francisquinho ou Chiquinho! O texto é light e sem nenhuma maldade." A pergunta que fica é se ela pelo menos sabe ler, porque só o tom zombeteiro já implica maldade. E ainda continua com falácias: "Pare, pois, de choramingar como se o artigo estivesse desmoralizando ou condenando Olavo a uma morte de inquisiçao.". Aponte onde escrevi isso. Minha argumentação praticamente toda foi em relação ao MBL.

"O Severo já foi muito mais criticado, e xingado, por Olavo e olavetes. O texto presente nem arranha a honra de Olavo em comparação com isto tudo.". O texto nem é do Julio, embora ele pareça concordar, já que o publicou sem ressalvas, onde nem de longe tenta ilustrar o contexto dos acontecimentos, fazendo caricatura de momentos distintos, tentando igualá-los apenas por umas fotos, afim de induzir o leitor que desconhece o assunto a já condenar o Olavo de Carvalho. Se isso não é maldade afim de "arranha a honra de Olavo", não me admira o PT ficar mais 30 anos no poder.

E ainda tem esse Eduardo:
"Chicão, Bebê Chorão!! Carvalho não precisa da sua choradeira não senhor.", Há, claro, eu mostro argumentos e em vez de contra-argumentar, chama-me de bebê chorão. Com um pessoal desse tipo, esquerdista para quê?

Vocês ficam indignados porque o Olavo de Carvalho escreve que tem muito protestante ganhando dinheiro falando mal da Igreja Católica, mas tem mesmo. Se fosse só baseado em fatos reais e documentados, fazer o quê? FDP tem que ser achincalhado mesmo, mas quando é na base da mentira protestante, aí não pode criticar, porque vai estar criticando o movimento protestante como um todo. Será que é tão difícil de perceber que tem FDP desde o começo da Igreja. A miséria humana é tamanha que o primeiro apostolo, Pedro, que comia e bebia na mesma mesa que o Deus vivo, foi o que negou-lhe três vezes e Judas o traiu por 10 moedas de prata. Será mesmo tão inconcebível que uma igreja como a anglicana, que foi fundada para o rei Henrique VIII pudesse se separar de sua esposa, inventasse mentiras sobre a Igreja Católica sobre o período da Inquisição Medieval?

E por fim, Julio Severo, Vera Lúcia, Eduardo, oremos por nossas almas, pois se perdemos nosso foco, que é Deus, estaremos colocando nossas almas em risco de perdição. Louvado seja Deus.

Alarido disse...

1. Todos os homens (e mulheres, e meninos, e velhos etc.) são falíveis.
O Papa é homem.
Logo, o Papa é falível.

2. Um indivíduo só pode ser expulso de um grupo, assembléia, congresso ou corporação por outro indivíduo, pertencente ao mesmo grupo e que esteja em posição superior (que pode até ser um chefe imediato, no caso de empresas). As regras ou estatuto do grupo devem definir quem está autorizado a expulsar alguém.

3. Ainda acorde com o item anterior: se um homem é a figura máxima de certa instituição, grupo, empresa etc., a única instância que poderia destituí-lo do cargo ou mesmo expulsá-lo do grupo seria o próprio grupo (ou um órgão colegiado deste), por meio de uma espécie de "impeachment". Se assim não for, seria necessário aguardar pela renúncia da figura indesejada ou pela desintegração ou cisão do grupo.

4. Olavo mostrou-se insano ao demonstrar ignorar o item anterior.

5. O Papa Francisco, tal qual os anteriores, já está excomungado, pois está a serviço da cabala industrial e financeira (Maçonaria, Bilderberg etc). O Papa, por exemplo, parece estar a apoiar a Agenda 2030 da ONU. Na mão dos globalistas (que estão por trás da perseguição aos cristãos no Oriente Médio, da promoção mundial ao aborto e ao casamento gay), a Agenda 2030 da ONU provar-se-á uma ferramenta de escravidão e tirania. Saiba mais em http://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/ (aviso: não se deixe enganar pelo discurso "açucarado" e altamente utópico do documento, pois nas entrelinhas se encontra o veneno da tirania).

Sandro Pelegrineti de Pontes disse...

Júlio, bom dia.

Uma coisa é certa: Deus lhe deu graça e inteligência suficiente para conhecer a verdadeira Igreja, aquela instituída por Cristo para que, apascentada por Pedro, guiasse todas as ovelhas em todos os tempos à vida eterna. "Quanto mais é dado, mas será cobrado", alertou Nosso Senhor.

Espero que abra a sua mente e o seu coração para aquilo que é evidentemente verdadeiro: a Igreja Católica é a Igreja de Cristo. E o protestantismo é obra de Satanás, que impede o céu as pessoas, porque quem não come a carde de Cristo e não bebe o sangue dele não entra na vida eterna. E como diria Santo Agostinho: "quem não crê que a Igreja Católica perdoe pecados não tem os pecados perdoados".

E então, sabendo qual é a Igreja de Cristo, você entenderá também aquilo que o santo Paulo ensinou e que hoje está obscuro aos seus olhos: "ainda que um anjo ou nós mesmos (os apóstolos e bispos) anunciemos um evangelho diferente, seja anátema".

Ou seja, pelo livre arbítrio até mesmo um Papa pode se desviar, e isso não afeta em nada a infalibilidade da Igreja e nem a do próprio Papa quando se pronuncia "ex-cátedra" ou pelo magistério ordinário universal. São duas coisas diferentes, e fáceis de entender, principalmente para uma pessoa inteligente como você.

Que realmente você pare de brincar com sua salvação. Que a Igreja Católica celeste, esta que neste momento está com Maria Santíssima aos pés da Santíssima Trindade nos céus, interceda por você e por todos nós.

Sempre cordialmente,

Sandro de Pontes (sedevacantista, porque anticristos não podem ser papas legítimos, assim como Salomão não podia mais governar doutrinariamente os judeus depois que se entregou aos ídolos de suas esposas pagãs)

Julio Severo disse...

Achar que as ideias religiosas do filósofo Olavo de Carvalho, especialmente sua defesa da Inquisição Católica e disparates contra a suprema sabedoria da Bíblia, estão acima de críticas é uma verdadeira afronta à inteligência. Qualquer crítica, desde que seja respeitosa, deve ser avaliada. Os que acham que as opiniões religiosas que o Olavo expõe livremente ao público não podem ser questionadas não são diferentes de um petista fanático, que acha que Lula não pode ser criticado. Ninguém é deus para merecer o pedestal da incriticabilidade. Os que almejaram esse pedestal — ditadores e tiranos — se tornaram grandes perseguidores dos que tinham pensamentos diferentes. Pelo menos nisso, faz todo sentido alguém que não gosta de críticas defender a Inquisição, que foi uma das maiores máquinas de supressão de opiniões bíblicas diferentes que o mundo já conheceu. Suprimia essas opiniões sistematicamente torturando e matando judeus e evangélicos.

marcelo victor disse...

Nao è por nada, mas se, por um acaso, eu tivisse a opotunidade de ver alguem, por quem tenho grande estima e consideraçao, beijando o alcorao e se dizendo cristao, essa pessoa nao entraria mais na minha casa, nem mesmo atraves da telinha (1 Co 5:11).

Outrossim, tirar foto do lado de um sujeito que quer condenar ao vicio milhoes de jovens brasileiros, contribuindo, assim, para trazer desgraça para muitas familias, me parece ser tao reprovavel quanto a atitude do falso cristao.

Todavia, quanto aos jovens do MBL, me parece que eles nao sao nem mesmo cristaos, ou seja, nao passam de oportunistas querendo projeçao(ou qualquer coisa que o valha); por isso, tal atitude è até compreensivel (mas igualmente reprovavel).

Que vergonha para os miseraveis que acreditam na infalibilidade papal e que esse sujeito è o substituto de Jesus Cristo na terra. Outrossim, quanto aos jovesn do MBL, podem marcar um ponto negativo para eles (começaram mal).

Parabens ao Banzoli!!!

Jarbas disse...

O que mais me deixou indignado foi ver esse pessoal do MBL (Movimento Brasil Livre) ao lado de FHC (do PSDB) , como se FHC fosse um verdadeiro opositor de Lula, Dilma, do PT, e da esquerda em geral. Infelizmente, ainda tem muita gente que crê, piamente, que o PSDB é um partido de direita (ou conservador).

Eu digo sem nenhum medo: O PSDB NUNCA FOI DE DIREITA! É UM PARTIDO TÃO (OU MAIS) ESQUERDISTA QUANTO O PT! EM OUTRAS PALAVRAS: O PSDB É CÚMPLICE DE TODA A SUJEIRA DO PT! Só mesmo que for burro para acreditar que o PSDB é contra o PT!

Dom Rafael disse...

Irmão Julio:

Você não deveria TER PEGADO MAIS LEVE, não?

Eu também sou evangélico e anti-católico, e sempre critiquei o catolicismo do professor Olavo, mas eu acho que você foi muito AGRESSIVO a alguém que, em muitas coisas, ESTÁ DO SEU LADO. Assim como Olavo também, mesmo sendo católico.
Veja bem: não é questão de CRITICAR, mas sim A FORMA: vocês 2 são ALIADOS. Podem muito bem fazer uma crítica um ao outro, mas acho que deveriam rever O TOM da crítica: assim como você, Olavão também é conservador e concorda/ é a favor de muitos pontos que nós, evangélicos e protestantes, também somos! ele não é um ESQUERDISTA, e nem você.
Que tal reescrever o texto mas, antes, PEDIR PERDÃO PUBLICAMENTE pelo tom da crítica? eu pretendo escrever o mesmo para ele.
Peçam perdão um ao outro, editem ou apaguem os textos agressivos e duros. Eu fiquei chocado agora, mesmo não sendo católico. A questão não é a crítica, mas a forma que ela foi conduzida: até parece que vocês são inimigos de longa data!
Cara, que horror!
Todos nós pecamos, e isso é normal!
Vamos fazer campanha para que os dois peçam perdão e se perdoem mutuamente, pessoal.
Paz.

Luis Fabiano disse...

É isso Júlio!
Não dá pra explicar com simples palavras, pois a própria Palavra de Deus diz:
"Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.
Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo."
1 Coríntios 2:14-16
Resumindo: Nós temos a mente de Deus(Seu Espirito Santo) e podemos livremente interpretar as sagradas escrituras, pois apenas os que tem Seu espírito têm o privilégio de ter o Autor da obra no momento da leitura.
Que a graça e paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com você!

Cicero disse...

Muito intrigante o que estão aprontando no Papado: - Vaticano e Projeto LUCIFER! - e os supostos "Ets salvadores" aqui:
http://apocalink.com.br/?p=90&

Rafael disse...

Dom rafael o texto não é do júlio nem agressivo, como vc interpretou. Desde pelo menos 2013, quadno o professor olavo se lançou como cavaleiro paladino da inquisição, tenho-o visto xingar julio. Xingar xingar xingar. O artigo de hoje, que não xinga ninguém é de autoria de banzoli, que não conheço. Vc deveria falar banzoli, não com júlio. Mesmo assim banzoli não foi boca suja. Porisso não precisa pegar tão pesado no banzoli como vc fez, rafael. Exagero, meu xará!

Guilherme disse...

Sandro Peligrinetti,Essa Igreja-ekklesiaem é um conceito bíblico não é uma instituição religiosa como a ICAR em particular, mas meramente a reunião de todos os que buscam a Deus com sinceridade de coração e em espírito em verdade.Se a Igreja fosse uma instituição, isso não remeteria necessariamente à instituição Romana, porque ela não era a única que existia nos primeiros séculos. Na verdade, ela historicamente não é nem mesmo a “primeira”.

3º Mesmo se essa instituição fosse a Romana, isso não daria autoridade a ela, visto que ninguém definiu ou decidiu quais livros eram inspirados e quais não eram, mas apenas reconheceu aquilo que já era, por inspiração do Espírito Santo, e não por autoridade dos bispos romanos.

4º Por fim, os Pais da Igreja não eram católicos romanos, não criam na grande maioria dos dogmas católicos atuais, não tinham a visão que os romanistas possuem hoje e não reconheciam o pontífice romano como superior em autoridade em relação a todos os outros.

Dom Rafael disse...

Xará-san, Paz, como tá?

Poxa, eu vi o site em questão e, cara: o cara usa uma linguagem torpe/ chula e é muito agressivo! ora, eu também, como eu disse, sou anti-católico (a crença, não a pessoa), mas não acredito que justifica essa série de "refutações" (pelo TOM mais parecia ATAQUES) a Olavo de Carvalho, mesmo ele sendo católico. Ora, não está escrito?

Evite as controvérsias tolas e fúteis, pois você sabe que acabam em brigas.
Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente.
Deve corrigir com mansidão os que se lhe opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade,
para que assim voltem à sobriedade e escapem da armadilha do diabo, que os aprisionou para fazerem a sua vontade.
2 Timóteo 2:23-26

E também:

Antes, santifiquem Cristo como Senhor no coração. Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês.
1 Pedro 3:15

Eu sei que é (ou pode parecer) injusto, mas eles podem nos atacar, xingar, serem agressivos, rudes e grosseiros conosco, mas nós não. Afinal, Jesus sofreu calado, e não revidou.
Bem, eu gosto muito (ou amo, não sei) vocês dois: tanto Olavo de Carvalho quanto o irmão Júlio Severo, e espero em Deus que vocês peçam perdão um ao outro e apaguem tudo o que possa ofender, na medida do possível, um ao outro. Olavo de Carvalho tem ajudado muito o Brasil, e Julio Severo, além de ser filho do mesmo Pai, também tem ajudado muito o nosso país! EU, como pessoa, devo muito a vocês dois!
Paz

julia araujo disse...

Muito bom o texto do Lucas Banzoli, o senhor Olavo de carvalho Ja estava merecendo uma resposta dessas com educação e sem os palavrões e xincamentos do senhor carvalho. Parabéns Julio

Anônimo disse...

Julião, sempre te achei um mané fundamentalista dos grandes, sobretudo pq você produz delírios escatológicos típicos do fundamentalismo americano. No entanto, hoje você demonstrou que tem algum culhão ao enfrentar o astrólogo-genosiano elevado à condição de super guru da direita! Em suma, você tirou o veio do salto! Anyway, ainda te acho um mané fundamentalista!

Julio Severo disse...

Contradição psicopata: católicos pró-Inquisição denunciando e rejeitando um papa pró-marxismo. O sujo falando do mal lavado. Os católicos pró-Inquisição não têm nenhuma moral para criticar o papa pró-marxismo.

Julio Severo disse...

Um sujeito pró-Inquisição disse que se a Inquisição tivesse ido em frente, nunca haveria comunismo neste mundo. Minha resposta: Se a maldita Inquisição fosse em frente, é claro, ela eliminaria toda concorrência, monopolizando o genocídio. Não haveria os EUA, a maior nação protestante do mundo, cobiçada e invejada por todo católico bitolado que gosta da Inquisição

marcelo victor disse...

Como a maioria dos leitores sabem, depois da mentira, o diabo tornou-se um instrumento para matar, roubar e destruir, bem como, seus filhos e ministros (1 Jo 3:9-10), ou seja, aqueles que verdadeiramente não se arrependeram de seus pecados e não fizeram um concerto com o Senhor nas águas do santo batismo.

De sorte que, por mais que o Olavo de Carvalho queira, por mais inteligente que seja e por mais que estude, ele sempre acabará mostrado, em seus escritos, que, no fundo, ele não compreende as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens (Mt 16:23), e, por isso, acaba agradando a tantos, mesmo proferindo palavras ofensivas ao Deus de Israel (três vezes santo), a quem ele pensa que serve. Aliás, essa passagem bíblica (Mt 16:23) é bastante propicia (para esta matéria que estamos comentando), pois Jesus disse isso exatamente a Pedro, o qual embora confessasse que Jesus era o Cristo, não o conhecia de fato.

Olhando para os tristes acontecimentos da atualidade, o que percebo é que os homens, de uma forma geral, além de terem perdido as fronteiras físicas de seus países, perderam também as referências morais e a vergonha na cara, o que pode ser um claro sinal de que o Senhor está se afastando da humanidade e permitindo a aproximação da operação do erro (2 Ts 2:7,11).

marcelo victor disse...

A propósito, vejam dois vídeos interessantes sobre o papa Francisco:
https://www.youtube.com/watch?t=127&v=jB7q6gX6y2o
https://www.youtube.com/watch?v=sLqnfiyz_Jo

Edilene Amorim disse...

Os grandes santos que conseguiram transformar a Igreja, o fizeram "dentro" dela. Tem muito santo que mandava cartas questionando as atitudes do Papa, portanto é normal que católicos questionem o Papa de forma a trazê-lo à verdade. Para quem não conhece a Igreja Católica e sua história fica horrorizado com afirmações absolutamente normais como as do Olavo de Carvalho. Errado seria se ele saísse da Igreja e ficasse falando mal do Papa, pois este papel é dos protestantes. O erro de Lutero foi ter saído da Igreja em vez de transforma-la por dentro, assim como fez São Francisco. Portanto com todo o respeito, parem de questionar os católicos que estão defendendo a Igreja deixada por nosso Senhor Jesus Cristo, mesmo que estejam repreendendo algumas atitudes de "Pedro". Vocês protestantes escolheram ficar de fora.

Eduardo Pydd Teixeira disse...

Ultimamente pululam feito pipoca na internet declarações de católicos que afirmam que os não-católicos tem de deixar que "os católicos cuidem dos seus", ou seja, que quem não é católico não tem o direito de emitir qualquer opinião sobre o papa. Ora, por esse raciocínio eu, que não sou muçulmano, não posso criticar o estado islâmico. Eu, que não sou comunista, não posso criticar o comunismo. Eu, que não sou criminoso, não posso criticar o crime. E, assim, igualmente, eles, que não são protestantes, não poderão criticar o protestantismo também. Isso é uma simples questão de lógica, de coerência. E mesmo assim, eles o fazem, tanto que até hoje não revogaram os anátemas do Concílio de Trento contra os protestantes. Mas é óbvio o que está acontecendo: eles estão se dando conta de que está cada vez mais difícil, já beirando o impossível, defender esse papa e suas atitudes, principalmente por estar apoiando a Palestina, por criticar o capitalismo... por isso não querem que ninguém fale nada.

Nil disse...

Olavo de Carvalho está certíssimo em dizer que o Papa Francisco não é papa coisíssima nenhuma. A Questão é ! O Papa é infalível pelos dogmas da Igreja Católica. Isto na teoria. Mas ! Na prática ! Quanta diferença! A Questão é ! Se um Papa que é infalível começa a fazer mais e mais coisas erradas. O que os católicos vão fazer ?

Olavo de Carvalho já fez alguma coisa. De saco cheio, já não defende o papa. E já apela: “esse homem não é papa coisíssima nenhuma”

Tá errado Olavo de Carvalho em dizer isto ? Claro que não. O que acontece é o choque entre duas convicções . De um lado o Dogma de que o Papa é infalível. De outra as convicções de vida de uma pessoa. . Um individuo, mesmo católico como Olavo de Carvalho, tem suas ideias,gostos,conhecimentos,aquilo que acha bom e verdadeiro. Aí ! Ele vê um Papa( que é considerado Infalível) fazendo justamente aquilo que considera errado,mal,injusto. Mesmo um católico pode por em primeiro lugar a convicção do que acha certo,bom e justo acima do Dogma de que o Papa é Infalível. È o que fez Olavo. Papa apoiando o regime de Cuba ! Isto é errado aqui ou la na Conchichina.

O Dogma da Infabilidade papal pode ser muito bonito na teoria. Mas ! Na vida prática é uma coisa complicada.

Sobre a foto de FHC com o MBL. Nisto Olavo de Carvalho também está certo. Essa rapaziada do MBL vai se arrepender por causa desta foto. Pois o FHC só esta fazendo coisa errada. http://lucianoayan.com/2015/09/27/sem-nenhum-traco-de-pudor-fhc-esta-incontrolavelmente-petista-nos-ultimos-dias/

Olavo com certeza faz muitas coisas erradas. Mas ! Acertou nestas duas.

marcelo victor disse...

Olhem sò o absurdo que esse herege disse: https://www.youtube.com/watch?v=Qrf9gsMWRBo

António Costa disse...

Caríssimo Julio, você sente que foi divinamente inspirado para defender a vida e a familia. Eu aceito. Mas procure no Espírito Santo se lhe é licito participar na deterioração da imagem da Igreja, numa era em que pseudo-investigadores como Dan Brown, ateus, comunistas, maçons, membros de seitas e tantos outros se ocupam bem disso ( e de todo o cristianismo), sem se preocupar com a veracidade ou a eventual deturpação de todos os fatos. Sim o papa é um mero ser humano, vulnerável a erros como qualquer outro ser humano. Mas tem de ter em conta que a Igreja é de Cristo e quem a governa é o Espírito Santo. o Papa é o Vice-Cristo, mas uma entrevista não é uma encíclica ou outro documento do magistério pontifício. S. Paulo em Antioquia também corrigiu Pedro (Gálatas 2, 11-14) . È impossível discutir consigo sobre os condicionalismos históricos, políticos, sociais dao longo dos 200 anos de Igreja, nas poucas linhas que o Julio nos dispõe. A questão da infalibilidade já foi aqui muitas vezes explicada por outros comentadores. Em que circunstancias se aplica. Não, o catolicismo não está espiritualmente morto, porque essa não é a vontade de Deus. Não sigo Olavo (vi apenas um video cheio de palavrões), sigo a Cristo e quando Ele fala através de instrumentos frágeis e pecadores. Em Jo16, 12-13 (Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras.) . Podemos considerar nesta profecia de Jesus, que rebate a tese de “Solo Scriptura”, que seria a Sua Igreja conduzido pelo Espírito Santo, (Mt 16, 18-19 (… tudo o que ligares na terra será ligado nos Ceus…) ). Os Apóstolos e seus sucessores são administradores dos mistérios de Deus (1Cor 5,20). Existe uma verdadeira “linhagem papal” que teve inicio em Pedro

António Costa disse...

Reze pois por mim, um pobre pobre e miserável pecador, católico

marcelo victor disse...

Engraçado como a consciencia pesa e alguns catolicos, vendo a nau sem rumo, jà querem descartar o Papa como se sò isso resolvesse todos os problemas do catolicismo romano.

Aliàs, essa forma de se livrar dos problmeas, pondo a cupa num terceiro, iniciou-se no Eden, primeiro com Adao (que jogou a culpa em Deus e em Eva) e, depois, comm Eva (que jogou a culpa na serpente).

Depois que o catolicismo romano livrar-se dos ritos e crenças pagas (por ele praticados) entao poderà avocar para si o titulo de uma igreja crista, tais como:
1 - Da idolatria (condenada por Deus - "Ficarao de fora os idolatras..." Ap 22:15).
2 - Da mediaçao de Maria (condenada por Deus - "Hà um sò Deus e um sò mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo..." 1 Tm 2:15).
3 - Das oraçoes repetidas (condenada por Deus - “E, orando não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que pelo muito falar serão ouvidos” Mt 6:7).
4 - Da oração pelos mortos (injustificada na Palavra de Deus - “E, como ao homem está ordenado morrer "uma" vez, vindo depois disso o juízo” Hb 9.27; ou seja, depois da morte, vem o juízo de Deus, nao restando nada mais a fazer.
5 - Do purgatorio (injustificado na Palavra de Deus - "E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda" Mateus 25:33-34, 41).

Livrem de satanas enquanto è tempo!!!
Deus vos abençoe!!!


pretinha disse...

Julio

Compreendo sua discordância em relação ao Olavo de Carvalho. Discordo de todas as pessoas do mundo, inclusive de Olavo de Carvalho.

Mas não entendo de forma nenhuma que você tenha reproduzido um texto de tom tão ácido contra ele. Em particular, pode até ser que Olavo de Carvalho tenha razão em relação ao MBL. Se é só uma aliança tática, tudo bem, agora se o pessoal do MBL cair realmente no conto dos fabianos, isso é prejudicial.

Luiz Fernando disse...

Caro Júlio Severo,
Quando o senhor se encontrava exilado e perseguido uma das poucas pessoas que te defendiam era o Olavo. Aliás ele chegou a fazer campanha para que as pessoas doassem dinheiro para te ajudar. Eu mesmo só conheci seu trabalho através do professor Olavo de Carvalho. Por que atacá-lo agora?

Julio Severo disse...

Luiz Fernando (se é que este é o seu nome verdadeiro): Este artigo, que não é de minha autoria, não ataca o Olavo. Se o texto do Lucas Banzoli estivesse xingando ou atacando o caráter do Olavo, claro que eu não o publicaria. O que o artigo faz é questionar que se o Olavo acha que tem o livre árbitrio de interpretar o Direito Canônico para uma excomunhão do papa, os evangélicos estão não estão incorretos em interpretar livremente a Bíblia, algo que é condenado por Olavo e a Igreja Católico.

Refutar é uma coisa. Atacar é outra.

Atacar é exatamente o que o Olavo vem desde 2013, me XINGANDO publicamente porque não aceito a Inquisição católica, que torturava e matava judeus e evangélicos. A Inquisição é tão importante para o Olavo que ele está disposto a atacar qualquer um.

Só não entendo como você vem aqui, com um perfil que é essencialmente anônimo, dizendo que veio ao meu blog através do Olavo edizendo que este artigo está atacando-o, mas não fazendo referência aos muitos xingamentos do Olavo contra mim por questão de discordância religiosa, ética e histórica.

O Olavo me ajudou no passado e eu sou colunista do Mídia Sem Máscara durante 12 anos, escrevendo para ele sem ganhar nada, embora o site dele lucre bastante com anúncios comerciais. Fui o primeiro colunista evangélico do site dele, trazendo muitos evangélicos a ele. Mas alertar o público evangélico sobre a defesa imoral da Inquisição (que torturou evangélicos e judeus) que ele faz não é ingratidão nem inveja. É meu dever diante de Jesus. Do contrário, se eu ficasse calado, ia parecer que toda a ajuda que o Olavo me deu foi na verdade um suborno para me calar com relação a essas coisas graves.

Para entender mais sobre o Olavo, clique aqui: Olavo de Carvalho nem sempre tem razão

Julio Severo disse...

Quer ser xingado pelo Olavo de Carvalho? Diga que a Inquisição torturava e matava judeus e evangélicos.

Rafael Santos disse...

Júlio Severo, boa tarde.
Há poucos anos, eu costumava ouvir os podcasts do Olavo de Carvalho, e lembro-me bem que em quase todos os programas, ele o defendia, dizendo você está continuamente sendo perseguido por ter denunciado o movimento gayzista e por praticar e defender o homeschooling, e lembro-me também que ele sempre pedia que os ouvintes de seu podcast fizessem doações para você, para que continuasse tocando sua vida e sua luta pudesse continuar. Depois, fiquei bastante tempo sem ouvir nem ler nada do Olavo de Carvalho, tendo retornado há poucos meses e, agora, vendo esse verdadeiro cisma entre vocês dois, fiquei bastante espantado. Diga-me, qual foi a origem de tamanho antagonismo? O que aconteceu?

Julio Severo disse...

Caro Rafael, em 2013, quando me opus a vários articulistas fanáticos do Mídia Sem Máscara que estavam defendendo a Inquisição católica, que tortura e matava judeus e evangélicos, Olavo tomou não só o lado dessa maioria católica radical, como também começou a me atacar por repudiar a Inquisição. Foi aí que descobri que ele também defende a Inquisição. Desde então, ele não deixa de me xingar. Se quiser entender melhor, leia estes artigos:

Olavo de Carvalho nem sempre tem razão

Por que xingar? Uma resposta a Olavo de Carvalho

Infelizmente, Olavo acha muito mais importante defender uma máquina assassina do que manter amizade com um evangélico conservador. E também acha importante xingar esse evangélico que não aceita essa máquina assassina.

Rafael Santos disse...

Pois é, sr. Júlio Severo.
Assim como outros leitores, eu acho que o Olavo de Carvalho está se deixando cair nas armadilhas da vaidade e do orgulho. Realmente ele hoje em dia ostenta uma legião de idólatras... Ele é humano, afinal, e seu pecado é o orgulho.
Essa atual adoração fanática a suas ideias reflete o estado caótico em que se encontram as consciências dos brasileiros (ou será que também do resto da humanidade?). Estamos todos confusos, desorientados e, por isso, temos uma tendência muito grande de não raciocinar antes de nos agarrarmos a quaisquer ideias já feitas.
Infelizmente, a direita brasileira (e do mundo todo também) é bastante desunida, não aprendeu que a união faz a força e que é muito mais importante obter uma vitória cultural e social sobre a esquerda do que ficar discutindo quem é que está com a razão. De um lado temos os conservadores, muitos alinhados aos pensamentos do Olavo de Carvalho e do Bolsonaro (o qual temo que também poderá ceder ao orgulho e à vaidade, visto que também possui sua própria multidão de idólatras, se é que já não cedeu); Temos os monarquistas (que não me parecem estar fazendo nada de concreto para combater a influência esquerdista) , temos os liberais (muito mais preocupados com a legalização da maconha, atualmente) e temos os libertários (os quais só enxergam a economia e ignoram todo o resto, acreditando que o nosso maior inimigo é o Estado, e não as pessoas inescrupulosas que o estão controlando agora)... Enfim, só conseguiremos vencer os marxistas, trotskistas, leninistas, maoístas, nazistas, etc. quando nos unirmos. É uma pena que dois grandes pensadores como o senhor e o Olavo tenham se desentendido... Rezo para que a direita saiba se unir! Rezo para que a amizade de vocÊs dois seja restaurada! Somos todos amigos na luta pela proteção dos valores e pela moral de nossa sociedade!

Anônimo disse...

Se você quer ser imparcial, fale também da perseguição e do desprezo dos evangélicos por quem não comunga de suas convicções. A perseguição desencadeada por Calvino, por exemplo, na Suíça, não deixa nada a dever à inquisição espanhola. Mas a intolerância dos evangélicos não é coisa do passado não, é coisa que, ainda hoje, se assiste. É o que ocorre, por exemplo,quando se põem a invadir cultos de extração africana ofendendo e agredindo seus praticantes. Os evangélicos são tão intolerantes quanto os muçulmanos, e se vocês não perseguem os católicos não é devido a nenhuma tolerância religiosa, mas porque não têm o poder para tanto. Se ainda existem católicos que defendem a inquisição, esses são minoria, a maioria reprova, agora, no caso dos evangélicos, o desprezo e o desvalor que se tem pelos católicos é generalizado e em nada deixa a dever a repulsa que os muçulmanos sentem pelos cristãos.