11 de agosto de 2015

Canibalismo pró-família?


Canibalismo pró-família?

Julio Severo
O C-Fam vem fazendo um trabalho legal de expor atividades, organizações e indivíduos pró-aborto e pró-sodomia no mundo inteiro. Mas agora, seu diretor Austin Ruse fez um recente trabalho nada legal expondo um de nós — isto é, o Dr. Scott Lively —, acusando-o como “bicho-papão” usado por organizações homossexualistas. Em seu artigo “Anatomy of a Mythical Boogeyman” (Anatomia do Mito de um Bicho-Papão), Ruse empregou de fato um ruse (que em inglês significa: ardil, artimanha, embuste, truque) malvado para justificar uma canibalização moral de Lively e sua reputação.
Scott Lively
Ruse disse:
Os ativistas gays não têm realmente medo de Scott Lively. Eles sabem que ele tem tido pouco ou nenhum efeito em outros países. Ele é a invenção deles, um veículo para manter sua base irritada e o fluxo de cheques de mala direta.
Baseado em boatos, Ruse também menosprezou Lively:
Ele tem vagabundeado pelo movimento pró-família há anos, mas nunca foi de fato aceito pelas maiores organizações. Disseram-me que ele não trabalha bem com outros. Uma grande personalidade pró-família me disse que para Lively tanto faz atacar LGBTs quanto atacar outros líderes pró-família, que ambas as coisas dão alegria a ele.
Um católico atacando um evangélico. Novidade?
Então, se os ativistas gays escolhem uma vítima válida (o católico Ruse) para criticar e insultar, temos de defende-lo. Mas se eles escolhem uma vítima inválida (o evangélico Lively), temos de criticá-lo e insultá-lo também?
No ano passado, Matt Barber (que não é um líder desconhecido no movimento pró-família) escreveu um artigo no WorldNetDaily (que não é desconhecido no movimento pró-família) defendendo Lively:
“Como fez Cristo, Scott Lively fala a verdade absoluta, em amor absoluto, sem nenhum medo de destruição pessoal ou até mesmo morte. Ele ama a todos, quer amigos ou inimigos, cristãos ou pagãos, héteros ou gays. Por exemplo, Scott e sua família acolheram em seu lar e cuidaram, tanto fisicamente quanto espiritualmente, do falecido Sonny Weaver, um ex-homossexual que morreu, como acontece com muitos, de AIDS — uma consequência natural de uma conduta contra a natureza. Sonny virou homossexual depois de ser estuprado aos 7 anos de idade por um homossexual na Associação Cristã de Moços. Ele virou ex-homossexual depois de aceitar Jesus como Senhor em sua vida.”
O artigo de bicho-papão de Ruse recebeu uma resposta inteligente de um colega católico chamado “bonaventure,” que disse:
Prezado Austin:
Você percebe que organizações homofascitas como a HRC, GLAAD, etc., não se referem a você de modo diferente do que fazem com Scott Lively?
Talvez Lively seja “insignificante” (isto é, ele tem um pequeno ministério protestante fundamentalista não convencional, etcl). E talvez ele não se dê bem com os ministérios pró-vida mais famosos (muitos dos quais se opuseram a emendas pró-vida Personhood em nível estadual). E daí? E daí se ele não tem o jeito que você tem de se expressar?
Você deveria ter mostrado Scott Lively sob uma luz melhor em seu artigo, em vez de zombar dele — que não é melhor do que elevá-lo ao chefe dos bichos-papões, pois, no outro lado da guerra cultural, você é tanto bicho-papão quanto é Scott Lively. Aliás, você poderá até mesmo receber, logo, um distintivo de honra de um processo federal de “crimes contra a humanidade” contra você…
Com seriedade e sem sarcasmo: em vez de apresentar Scott Lively sob a luz negativa como você fez em seu artigo (corrija-me se exagerei na leitura), você deveria ter feito contato com ele de algum modo, e se unido a ele numa frente em comum com qualquer força e influência que você realmente tenha.
Outro leitor, Nicola M. Costello, comentou:
Por que, sr. Ruse, criticar e insultar gratuitamente Scott Lively, um líder que está do nosso lado na questão homossexual?
A organização homossexualista americana GLAAD tem um esboço biográfico malicioso de Ruse, basicamente descrevendo-o como uma versão 2 de Scott Lively. Deveríamos agora tratar Ruse como bicho-papão 2?
O blog homossexual JoeMyGod, num post intitulado “Austin Ruse para Scott Lively: Você Não Pode se Sentar Conosco,” disse sobre o imbróglio Ruse-Lively: “Delicioso, delicioso, delicioso.”
Em seus ruses (ardis, artimanhas, embustes, truques) contra Lively e em seu processo de “Crimes contra a Humanidade” contra ele, as organizações homossexualistas querem uma canibalização de Lively e muito mais. Agora será que eles usarão o artigo de bicho-papão de Ruse como evidência de que as organizações pró-família são destrutivas e autodestrutivas?
Em sua resposta intitulada “Taking ‘Friendly’ Fire” (Levando Fogo Amigo), Lively disse:
“O estrategista marxista Saul Alinsky ensinou seus seguidores a 1) escolher um alvo para ser o símbolo da oposição deles, 2) congelar o alvo em lugar por meio de propaganda incessante, e 3) destruir publicamente o alvo para fazê-lo de exemplo para os que se opõem a eles. De algum modo, virei esse alvo: o bode-expiatório sacrificial do movimento LGBT. E, a menos que haja um milagre, serei publicamente destruído, se não for pelo processo de ‘Crimes contra a Humanidade’ então por algum outro meio. Se não temos aprendido nada mais sobre os agitadores do moderno movimento LGBT, sabemos que eles são tão cruéis e implacáveis quanto os homossexuais de Sodoma, que não queriam desistir de cercar a casa de Ló mesmos depois de terem sido cegados por Deus.”
Acima de tudo, católicos e evangélicos sabem, em suas Bíblias, que Jesus disse que uma casa dividida contra si mesma não conseguirá sobreviver. Ele disse:
“Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado; da mesma forma que uma casa dividida contra si mesma ruirá.” (Luke 11:17 King James Atualizada)
E quanto a um reino pró-família se canibalizando? Será que conseguirá sobreviver?
Versão em inglês deste artigo: Pro-Family Cannibalism?
Artigos de ou sobre Scott Lively:

4 comentários :

marcelo victor disse...

Outra face da inquisiçao...esse è o modus operandi desse imperio diabolico. Quem pensa que os seguidores do diabo brincam em serviço està enganado...se pudessem eles poriam todos os seus opositores na masmorra ou os pendurariam na cruz, como fizeram com o Mestre.
Vamos aguardar, com grande expectativa, o dia em que os chifres da propria besta farao a babilonia ficar desolada e nua, queimando-a no fogo.

Julio Severo disse...

“O homem que não tem juízo ridiculariza o seu próximo, mas o que tem entendimento refreia a língua.”

Provérbios 11:12 NVI

marcelo victor disse...

Por isso que a Palavra diz que a besta tem diversas cabeças...ou seja, embora os reinos sejam distintos e combatam entre si, a raiz satanica é a mesma.
"Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?" (Amos 3:3)

marcelo victor disse...

Nobres amigos, a respeito desse espirito de CANIBALISMO, eu vi, esses dias, uma entrevista com um General do Exercito Brasileiro, o qual falava das suas peripecias e da grandeza da instituiçao da qual faz parte (https://www.youtube.com/watch?v=P_rgmz_eqJ8&feature=youtu.be).

Achei tudo belo e formoso, mas enquanto esse General dava a tal entrevista (no ar condicionado), os Policiais Militares do RJ, indefesos, debaixo de 40 graus, sofriam as consequencias da irresponsabilidade dos governantes e da sociedade como um todo (incluindo os militares), sendo alvejados por armas de uso restrito das Forças Armadas (coisa que o General bem sabe).

Nao obstante, nesse mesmo momento, os demonios comunistas (livres, leves e soltos), em alguma "boca" (cognominados de "foros"), por certo estavam reunidos para desenvolver mecanismos que mantenham a populaçao perdendo tempo, estrategicamente, com discussoes filosoficas e sociologicas (infantis), tais como: desarmamento da populaçao, liberaçao das drogas, desmilitarizaçao da policia, etc.

Enquanto isso, as facçoes criminosas, por sua vez, concomitantemente, agradeciam a retorica do General e, por certo, davam gargalhadas dos trouxas, politicamente corretos, que aceitam a estrategia marxista de cozinhar o galo (chamada, astutamente, de democracia).

ACORDA BRASIL e acabem com o CANIBALISMO, pois jà vivemos uma verdadeira guerra e a sociedade precisa dar todas as condiçoes e respaldo aos nossos verdadeiros protetores (e, pelo jeito, unicos): os POLICIAIS MILITARES.

Outrossim, precisa ficar bem claro que, embora algumas autoridades pareçam estar livres dessa guerra, por possuirem segurança particular, tal privilegio, um dia, terminarà. Alem do que, os familiares dessas autoridades tambem sao potenciais vitimas das irresponsabilidades governamentais.

Todos aqueles que direta ou indiretamente estao ligadas à segurança publica e se omitem tem, a meu ver, culpa no sangue dos nossos irmaos policiais, e um dia responderao por isso diante de Deus.

Vejam o que disse, com os seus proprios olhos:
http://www1.folha.uol.com.br/.../1667227-pm-pede-socorro...