9 de julho de 2015

Única resistência mundial à impunidade de assassinos e estupradores menores de idade


Única resistência mundial à impunidade de assassinos e estupradores menores de idade

Julio Severo
Lei da Palmada, ECA, total impunidade para assassinos e estupradores menores de idade: tudo isso é fruto da Convenção dos Direitos das Crianças da ONU, que o Brasil e praticamente todas as nações do mundo assinaram e ratificaram, para prejuízo das famílias. Até o Vaticano foi um dos primeiros a assinar e ratificar mais de 20 anos atrás.
A única resistência veio de organizações evangélicas conservadoras dos EUA, que obstruíram toda tentativa do governo americano de assinar e ratificar. Mas com governos esquerdistas, os EUA acabaram assinando, embora a forte pressão evangélica tenha impedido a ratificação.
Os evangélicos dos EUA são agora a última resistência mundial à Convenção dos Direitos das Crianças da ONU. Se eles perderem, os EUA ganharão um ECA e uma Lei da Palmada. E impunidade de assassinos e estupradores menores de idade.
No Brasil, a luta foi perdida desde o primeiro dia em que o governo Collor assinou e sancionou a Convenção dos Direitos das Crianças da ONU, dando-nos o ECA, sem nenhuma resistência dos evangélicos e da Igreja Católica.
O Brasil tem um governo esquerdista que sabe imitar todas as podridões da cultura americana, inclusive a agenda abortista e homossexualista. Aliás, mesmo quando o governo é aparentemente menos esquerdista, imita as mesmas podridões.
Por que não há evangélicos brasileiros para imitar a resistência dos evangélicos americanos à ONU?
Leitura recomendada:
Postar um comentário