21 de junho de 2015

Manifestação de centenas de milhares em Roma contra uniões gays


Manifestação de centenas de milhares em Roma contra uniões gays

“Rejeitamos energicamente toda tentativa… de destruir as identidades sexuais das crianças”

(Agence France-Presse) Centenas de milhares de italianos se reuniram em Roma no sábado para uma manifestação contra as uniões gays e o ensino de teorias de gênero nas escolas, enquanto o primeiro-ministro Matteo Renzi tenta avançar um projeto de lei de união civil no parlamento.
Segurando alto faixas que diziam “A família salvará o mundo” e “Vamos defender nossas crianças,” um grande número de pessoas encheu a praça San Giovanni perto do centro histórico da capital da Itália para apoiar valores pró-família.
A praça, que tem capacidade para um número estimado de 300.000 pessoas, estava com uma multidão imensa de jovens, idosos e pais com filhos pequenos, um fotógrafo da AFP disse, com muitos outros manifestantes transbordando nas ruas próximas. Os organizadores por sua parte disseram que um milhão de pessoas estava participando. A polícia italiana nunca fornece estatísticas para manifestações.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do WND: Hundreds of thousands rally in Rome against gay unions
Leitura recomendada:

9 comentários :

Marcelo disse...

Hino da independencia!!!

Já podeis da Pátria filhos
Ver contente a Mãe gentil;
Já raiou a Liberdade
No Horizonte do Brasil
Já raiou a Liberdade
Já raiou a Liberdade
No Horizonte do Brasil

Brava Gente Brasileira
Longe vá temor servil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.

Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil,
Houve Mão mais poderosa,
Zombou deles o Brasil.
Houve Mão mais poderosa
Houve Mão mais poderosa
Zombou deles o Brasil.

Brava Gente Brasileira
Longe vá temor servil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.

Não temais ímpias falanges,
Que apresentam face hostil:
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil.
Vossos peitos, vossos braços
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil.

Brava Gente Brasileira
Longe vá temor servil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.

Parabéns oh Brasileiros,
Já com garbo varonil
Do Universo entre as Nações
Resplandece a do Brasil.
Do Universo entre as Nações
Do Universo entre as Nações
Resplandece a do Brasil.

Brava Gente Brasileira
Longe vá temor servil;
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a Pátria livre,
Ou morrer pelo Brasil.


Marcelo disse...

Preparem-se italianos, pois a Russia sofreu as consequencias de ter dito nao ao sonho do Hitler negro.

Das duas uma: ou a imigraçao em massa, de milhares de parentes de Obama para a bota, seja o caminho pra iniciar um ataque à Italia, ou, entao, està surgindo a oportunidade para entrar em cena a figura do "Dom Papa", o defensor dos fracos e oprimidos, que quer convencer o mundo da necessidade de uma autoridade politica mundial (possivelmente ele proprio).

Tudo pode acontecer, mas uma coisa è certa: o Hitler negro nao vai frear o avanço da sua mais importante bandeira de governo, qual seja: criar um exercito de mulheres-macho e outro de frangas desvairadas.

Alias, eu nao sei como ele ainda nao beijou um bigodudo na frente das cameras...deve estar sendo dificil para ele resistir ao ìmpeto do seu "eu" (mais pra là do que pra cà).

Anônimo disse...

Verdadeira face do "conservador" David Cameron http://noticias.gospelprime.com.br/jesus-filho-de-deus-crime-inglaterra/

Julio Severo disse...

Gente, tenho de citar o excelente comentário do Marcos Dutra, que disse: “Em Paris, um milhão se reuniram contra o casamento gay. Apanharam da polícia e nao deu em nada. O povo em geral de todos os países é conservador e contra a agenda marxista, mas os governos são todos semi-ditaduras que fazem o que querem, sem nenhum compromisso com a vontade popular.”

Thiago disse...

Verdade Marcos!

Não estamos mais sobre o mundo organizado através do Tratado de Vetsfalia. Não há mais soberanias nacionais. A Globalização engoliu todo mundo. O mundo nunca mais será o mesmo. O povo não é soberano coisa nenhuma e as nações muito menos. Somos todos escravos numerados do curral globalista. Mas já vou logo dizendo que prefiro a morte do que ser numerado com o ferrete 666 Maçônico.

Bom domingo Julio... q vc vá a um culto e q seja uma bênção.

Anônimo disse...

Interessante é que nessas horas a imprensa não diz algo do tipo: "Milhões de católicos se reuniram em Roma no sábado para uma manifestação contra as uniões gays e o ensino de teorias de gênero nas escolas."

Por quê?!

Anônimo disse...

Se a manifestação fosse a favor das uniões gays e o ensino de teorias de gênero nas escolas, ainda que fossem quatro gatos pingados se manifestando, sairia como manchete de vários de nossos órgãos de imprensa.
Sebastião

Walter disse...

De que adianta isso se na votação o pessoal elege um monte de porcarias de esquerda?

Elias disse...

Não duvide que o Cliff Kincaid e outros histéricos anti-russos vão dizer que essa manifestação foi "organizada pelo Putin para enfraquecer o Ocidente contra as ambições expansionistas russas, acabando com a desejada coesão do Ocidente em temas comuns".

Eu estou farto dessa nova "religião" que tomou conta de certos auto-declarados conservadores, que cultuam um tal Ocidentalismo, uma crença na supremacia do Ocidnete, apoiando a hegemonia americana sobre todo o planeta, pouco importa para que fim.
Quando padres católicos aceitaram doações da Rússia para celebrar uma ação conjunta ano passado, na França, li de uns idiotas que se julgam conservadores dizendo que aquilo foi "uma traição dos padres católicos", que estavam se acumpliciando com o mal encarnado, praticamente o Anticristo. Um idiota que assina como Luis Dufaur (e que não passa de um supremacista católico-romano e que considera qualquer um que não considere o Papa como infalível como um herege e servo do diabo, como pode-se claramente notar pelos seus textos) e escreve para o Mídia Sem Máscara publicou um texto exatamente assim à época.

Esses imbecis cultores desse Ocidentalismo preferem um Ocidente forte e hegemônico, mesmo que governado pelo Satanás e com o Cristianismo sob intensa perseguição, do que ver a preservação do Cristianismo e seus valores pelo mundo.
Esses ocidentalistas idiotas só esquecem que Jesus disse, "Meu Reino não é desse mundo", e o Cristianismo não nasceu no Ocidente, mas no Oriente, nas regiões da Síria, Egito e Ásia Menor (atual Turquia), hoje, regiões dominadas pelos muçulmanos.
Está difícil aguentar esses "conservadores" Ocidentalistas, que filtram uma agulha, mas deixam passar um camelo.