10 de junho de 2015

Iludido Campolo iludindo a igreja e a cultura sobre a homossexualidade


Iludido Campolo iludindo a igreja e a cultura sobre a homossexualidade

O Dr. Alex McFarland, especialista em religião e cultura e apologeta cristão, está respondendo hoje a alguns comentários polêmicos feitos pelo ex-líder evangélico Tony Campolo sobre a plena aceitação de duplas gays na igreja.
Tony Campolo
Campolo escreveu num post de blog que é hora da igreja aceitar plenamente as duplas gays.
“Infelizmente, esse ex-líder evangélico está enganando a cultura porque ele está debaixo de engano,” disse McFarland, que é também diretor de cosmovisão cristã e apologética no Centro de Cosmovisão Cristã na Universidade North Greenville em Greenville, S.C. “Tony Campolo tem influência, ainda que ele não se baseie numa teologia bíblica ortodoxa e conservadora.”
McFarland acrescentou que muitos cristãos passam por conflitos com a questão de se aceitar a homossexualidade e “casamento” de mesmo sexo, principalmente pelo fato de que a sociedade está cada vez mais aceitando-os como norma. Mas a Bíblia, ele diz, dissipa toda confusão.
“Quando estamos perdidos no escuro e estamos experimentando uma turbulência emocional sobre questões morais e bíblicas,” ele acrescentou, “o consolo que precisamos está na Palavra de Deus, não no que a cultura rotula como aceitável. Nas águas turvas e confusas do relativismo, Jesus é a Rocha na qual nos firmamos.”
Campolo escreveu que sua postura mudou com o passar dos anos, e agora ele compreende que, em vez de exclusivamente para o propósito da procriação, talvez Deus tivesse como intenção que o casamento seja para “parceiros casados ajudarem a concretizar um no outro os ‘frutos do espírito.’” Campolo acrescentou que, “como cientista social, tenho concluído que a orientação sexual quase nunca é uma escolha e tenho visto como pode ser prejudicial tentar ‘curar’ alguém de ser homossexual.”
Traduzido por Julio Severo do original em inglês da revista Charisma: Misled Campolo Misleading Church and Culture on Homosexuality
Leitura recomendada:
Outro artigo que menciona Tony Campolo:
Postar um comentário