15 de junho de 2015

DailyMail: Instituição beneficente de Hillary Clinton recebeu 10 milhões de dólares de igreja evangélica africana — apesar do ativismo homossexual de Hillary


DailyMail: Instituição beneficente de Hillary Clinton recebeu 10 milhões de dólares de igreja evangélica africana — apesar do ativismo homossexual de Hillary

Julio Severo
A instituição beneficente de Hillary Clinton recebeu, de acordo com o jornal britânico DailyMail, uma doação de 10 milhões de dólares de uma igreja africana cujas doutrinas são opostas ao “casamento” gay e outras ideologias homossexuais defendidas por Hillary.
A candidata a presidente dos EUA em 2016 recebeu dinheiro da Convenção Batista de Camarões cuja política oficial é que a conduta homossexual “contradiz o propósito de Deus para a sexualidade humana.”
A organização evangélica doutrinariamente conservadora tem também tido uma postura de critica às tentativas dos EUA imporem a agenda gay em Camarões. Aliás, Hillary foi um dos cérebros por trás do atual imperialismo homossexual do governo dos EUA, inclusive idealizando o cargo de embaixador homossexual mundial no Departamento de Estado dos EUA.
Apesar disso, a diretoria médica da Convenção Batista de Camarões deu entre $1 milhão e $10 milhões entre 2010 e 2015, de acordo com a lista mais recentes de instituições que fizeram doações para a Iniciativa de Acesso à Saúde de Clinton.
A revelação dessa informação será um constrangimento para os evangélicos conservadores da África, pois o dinheiro deles está financiando uma americana que tem declarado publicamente que ela apoia o “casamento” gay e muitas outras questões homossexuais, inclusive o aborto e o controle populacional, que são ofensivos à Bíblia.
Talvez a denominação batista africana, ao reconhecer que a igreja dos EUA abençoou a igreja da África por muitas décadas, queira retribuir a bondade. Contudo, eles deveriam financiar pastores evangélicos conservadores americanos como o Rev. Scott Lively, cujas convicções cristãs são similarmente contra a tirania homossexual e o imperialismo homossexual de Hillary.
Hillary não precisa de dinheiro evangélico. Ela tem recebido apoio de celebridades homossexuais como Ellen DeGeneres e Elton John, e muitos outros fortes defensores da ideologia gay.
Os apoiadores de Hillary incluem também a entidade financeiramente poderosa Fundação Bill & Melinda Gates, conhecida por sua postura de favorecer o controle populacional, o aborto e a sodomia.
Por que a Hillary pró-aborto e pró-sodomia, que recebe dinheiro de bilionários pró-aborto e pró-sodomia, precisaria de dinheiro também de instituições evangélicas doutrinariamente conservadoras na África?
Essa situação horrível ajuda a dissipar duas ideias erradas. Geralmente as pessoas acham que os africanos estão sempre em necessidade de dinheiro e assistência. Essa rica igreja africana mostra que eles são tudo, menos pobres. Outra ideia errada é achar que todo investimento em líderes políticos americanos leva a um mundo melhor e conservador. Essa igreja pobre (não num sentido financeiro) tem uma doutrina correta sobre a homossexualidade, mas durante anos deu milhões para uma americana que é inimiga de sua doutrina. É inútil ter uma boa doutrina e não vigiar e orar.
Quando vigiamos e oramos, doamos nossos recursos de acordo com a Bíblia para pessoas e organizações que trabalham de acordo com fortes valores pró-família e pró-vida.
A doutrina sobre homossexualidade da Convenção Batista dos Camarões (CBC) é clara numa carta de dezembro de 2013 assinada pelo presidente Joseph Chebonkeng e pelo secretário-geral Godwill Ncham da convenção.
A carta diz: “Como igreja defendemos a convicção de que o casamento é celebrado entre um homem e uma mulher. Defendemos o princípio de que a relação sexual fora do casamento, a promiscuidade sexual, o adultério, a homossexualidade, a exploração sexual, o casamento de mesmo sexo, o incesto e a perversão sexual contradizem o propósito de Deus para a sexualidade.”
Em contraste, as opiniões de Hillary não são a mesma coisa. Como é que a CBC não conseguiu notar tais diferenças fortes é um mistério, e um alerta para outros cristãos.
Numa entrevista a um site noticioso de Camarões o Rev. Chebonkeng explica mais suas convicções evangélicas. O entrevistador perguntou a ele: “Espiritualmente falando, de onde você acha que vem a ideia da homossexualidade?”
Ele respondeu: “Vem do diabo porque não foi prescrita pela Bíblia, o que significa que se você pratica em desacordo com o que é certo, essas coisas estão vindo do mundo das trevas e eles sabem o que fazem com tais coisas, pois é impensável. Só recentemente, os camaroneses começaram a saber que um homem pode se casar com um homem. E muitas pessoas me confrontam para perguntar o que significa um homem ser casar com um homem? Você começa a imaginar algum tipo de coisa diabólica. Penso que os camaroneses deveriam ser resolutos em questões de homossexualidade e essas não são práticas que são comuns em nossas sociedades. Essas são ideias importadas, estilos de vida importados que são estranhos para nossa sociedade. É hora dos africanos abrirem a boca contra esse mal.”
Ele também acusou os Estados Unidos de tentarem impor a agenda homossexual em Camarões.
Ele escreve: “O Ocidente está se aproveitando do fato de que dão assistência aos países africanos, achando que atrelarão as condições para ter essa ajuda à prática da homossexualidade ou à legalização da homossexualidade. Acho que é hora dos africanos e dos governos africanos mostrarem uma postura claríssima sobre esse assunto na cúpula da União Africana de modo que o Ocidente saiba. Há outros parceiros que podem nos dar assistência sem necessariamente atrelar essa assistência à homossexualidade e então eles não são os únicos que nos ajudam.”
De acordo com seu próprio site, a Convenção Batista de Camarões data de 1841 e foi fundada por dois missionários jamaicanos, John Clarks e George Prince.
A CBC afirma ter 1.028 igrejas com cerca de 105.000 membros e muitos departamentos, inclusive o departamento de “Evangelismo e Missões” e o “Departamento de Educação Cristã.”  
O departamento de saúde administra cinco hospitais e 74 postos de saúde em Camarões e a produção de drogas e um centro de distribuição.
O site da CBC diz que seu primeiro hospital, o Hospital Batista Banso, oferece serviços de planejamento familiar. Provavelmente, todos os hospitais e postos de saúde da CBC são provedores de planejamento familiar. De acordo com o NSSM 200, um documento do governo dos EUA que permaneceu confidencial por muito tempo, durante décadas o planejamento familiar foi integrado nos sistemas de saúde de nações do mundo inteiro. Para os de fora, isso foi apenas para o bem-estar da família. Para os planejadores no governo dos EUA, seu único objetivo era controle populacional, disfarçado de nomes com aparência bonita.
A África adotou o planejamento familiar, que é uma ideologia de controle populacional imposta pelo Ocidente. O que impedirá a África de adotar a homossexualidade como uma ideologia de controle populacional imposta pelo Ocidente?
A agenda homossexual e o planejamento familiar são ideologias compatíveis. Hillary Clinton adota ambas as ideologias. Uma igreja que adota uma acabará adotando a outra.
Uma igreja de planejamento familiar, ao investir na Hillary pró-controle populacional, apoia a agenda homossexual anticristã dela e contradiz completamente seu chamado e missão mais elevados.
A reportagem original do DailyMail atacou a igreja africana por sua postura antissodomia e apoiou Hillary.
Minha reportagem tenta convencer esta e outras igrejas a fazerem investimentos melhores e conservadores no futuro, e a evitarem as ciladas do controle populacional.
Eles querem dar 10 milhões para uma boa causa? Há excelente indivíduos e organizações cristãs combatendo a agenda gay tirânica com o bolso em grande parte vazio. Por que não ajudá-los?
Com informações do DailyMail.
Leitura recomendada:

6 comentários :

Anônimo disse...

julio,você está certo só errou num ponto a áfrica toda está se convertendo ao islamismo e não ao cristianismo veja o exemplo do boko haram, e o que é pior na nigéria haverá mais mulçulmanos que cristãos em 2020 , o islamismo só cresce e alcança poder na líbia ameaçando tomar até o egito.

além disso a cultura africana é totalmente contrária ao homossexualismo, pelo menos metade norte da áfrica já é mulçulmano,além disso a ameaça islãmica na áfrica é pior do que no oriente médio, porque não existem estados fortes que combatam os terroristas.

pra voc~e ter uma idéia o boko haram quase toma toda a nigéria,só não tomou porque os países vizinhos ajudaram, inclusive o camarões que foi ameaçado pelos terroristas, a líbia esta sendo tomada, a somália corre o sério risco de ser toda tomada pelos terrorista.

a líbia,nigéria,somália e outros países africanos corre o risco de cair nas mãos dos terroristas e os eua não fazem nada, só ajudam a síria e o iraque, e a áfrica porque não tem petróleo eles deixam cair nas mãos da alquaida?
porque os eua não faz nada contra o boko haram,deixa nigéria,líbia e a somália lutando sozinha contra os terroristas? isso é justo? se á africa fosse forte venceria os terroristas sem precisar da ajuda dos eua?

tavares disse...

Anônimo, os EUA não são a polícia do mundo, não cabe a eles ficar agindo como se fossem xerifes internacionais. A princípio, são os próprios governos de cada país que devem lidar com os seus problemas de violência. Se eles não forem capazes de lidar com a situação, devem pedir ajuda ao canal certo, que é a ONU.

Marcelo disse...

A China està vindo aì para competir com os EUA pela hegemonia, tanto na Africa como na AL. Seria o cumprimento de uma profecia apocaliptica a respeito dos reis do oriente (Ap 9:13-16)?

Veja em: http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/15895-2015-06-15-22-39-22.html

Anônimo disse...

Não entendo como uma igreja conservadora pode ter uma gigantesca falta de discernimento. Será que corremos o perigo de ver algum dia alguma igreja conservadora brasileira apoiando Marta Suplicy?.

Sebastião

Marcelo disse...

As aparencias enganam, meu velho!!! Hà lobos que se disfarçam de ovelhas...o Senhor jà nos tinha alertado sobre isso.

Muitos desses lobos usam a arma do PEDIDO DE PERDAO, achando que podem apagar o mal que fizeram e as barbaridades que cometeram, como querendo rasgar os livros de historia.

Todavia, eles se esquecem que Deus deu a alguns o discernimento de espirito, segundo o qual nos è concedido enxergar as reais intençoes desses vermes, disfarçados de santos.

Nem tudo que relux è ouro!!!

Marcelo disse...

Correçao: "RELUZ"